Jump to content

Leaderboard


Popular Content

Showing content with the highest reputation since 11/14/2017 in all areas

  1. 5 points
    agora todos podem saber como é o cotidiano dele
  2. 4 points
    Vi esse vídeo e achei que vocês iam gostar!
  3. 3 points
    Redes sociais realmente prejudicaram todos os fóruns. Mas para mim não existe comparação. Uma coisa é uma coisa, e outra coisa é outra coisa.
  4. 3 points
    Como você já conferiu aqui no Blog Tectoy, Jon Burton, fundador da Travellers’ Tales e um dos responsáveis pelo desenvolvimento de “Sonic 3D Blast“, está trabalhando em uma “versão do diretor“, trazendo uma série de melhorias para o jogo do ouriço azul, mais de 20 anos depois do seu lançamento original. Neste último fim de semana o programador lançou um trailer apresentando o seu progresso, prometendo que uma versão beta será lançada “em breve“. Entre as inovações e aprimoramentos anunciados estão: Correção de bugs e erros. Um modo time challenge. A capacidade de salvar o jogo através de uma senha. Um editor para criar níveis de jogo. Uma interface revisada. Dificuldade mais equilibrada. Jogabilidade aperfeiçoada. Câmeras melhoradas. Novas opções de jogos. A capacidade de reproduzir o título original. Novas cores para os níveis. Confira abaixo o vídeo: http://blogtectoy.com.br/sonic-3d-blast-directors-cut-ganha-trailer-apresentando-atualizacoes/
  5. 3 points
    Andamos por esse Brazilsão afora, rs!! Mas sempre rola uma pssadinha por aqui!! Abraços!
  6. 3 points
    nao substitui mesmo pra mim isso é coisa de gente que tira o celular do bolso pra qualquer coisa porem infelizmente essa compulsao é comum no povo de hj
  7. 3 points
    A melhor coisa é baixar um set inteiro do MAME e ir testando jogo por jogo, excluindo os clones (tem como filtrar e mostrar o parent/clone aninhado) e jogos mecânicos, poquer, mahjong e etc. Tu descobre muita coisa boa.
  8. 2 points
    Em novembro de 1982 a Atari Inc. lançou o Atari 5200, um console adaptado da sua linha de computadores. Uma jogada interessante, visto que o console era mais potente que seus concorrentes. O problema do 5200 foi que o console não possuía nenhuma compatibilidade com os softwares ou periféricos dos computadores 8-bit. Nem mesmo havia compatibilidade com os cartuchos do videogame anterior da empresa, o Atari 2600. Em 1987 a Atari Corp. recriou a estratégia colocada em prática cinco anos antes, mas com algumas melhorias. O Atari XE Game System foi criado usando o Atari 65XE (um computador da linha 8-bit) como base. A principal diferença desse lançamento com o anterior, é que o Atari XEGS, como é conhecido, possui total compatibilidade com a família 8-bit. De fato, o console pode se comportar como um computador e, nesse caso, até mesmo impressoras e drivers de disquete podem ser ligados a ele. A ideia da Atari era criar um computador para iniciantes somado com um videogame sofisticado, isso convenceria as produtoras e desenvolvedoras a lançarem jogos para o console. De fato o XEGS realmente funcionava como um computador para iniciantes, já que era mais simples que os outros Home Computers da época, como o Atari 130XE. O problema estava no videogame sofisticado. O videogame era vendido em duas versões diferentes: uma somente com o console e seu controle (um joystick similar ao do Atari 2600) e a outra com o joystick, um teclado (que faria o XEGS se comportar como um videogame) e uma pistola. O controle em formato de pistola já havia sido apresentado ao público pela Nintendo e era a vez da Atari tentar trazer a novidade para seus consoles. Com compatibilidade com os Atari 2600 e 7800, aXE Light Gun era utilizada em jogos com função de tiro ao alvo, onde o jogador iria usá-la para atirar em alvos na tela. Uma ótima ideia, porém sem muitos títulos bons para serem aproveitados no XE Game System. Outro problema em relação aos jogos foram os lançamentos que chegaram as lojas junto com o console. A maioria dos jogos eram relançamentos de antigos jogos para os 8-bit, sem nenhuma alteração gráfica ou de jogabilidade. Aconteceu o óbvio, o Atari XE Game System era um console com uma biblioteca de jogos gigantesca, mas a grande maioria desses títulos eram antigos e ultrapassados. Simplesmente não foi possível competir com o Nintendinho e seus jogos inéditos. Outro grande empecilho para as vendas do console foi que ele co-existiu nas prateleiras com outros dois videogames da empresa, o Atari 2600jr e o Atari 7800. Com três videogames da mesma empresa para escolher, além do Nintendo Entertainment System, as vendas do Atari XEGS não foram boas. Em 1992 a Atari Corp anunciou oficialmente o cancelamento do Atari XE Game System, junto com toda a linha de computadores 8-bit. Fonte: Atari Family
  9. 2 points
    O site Polygon publicou uma extensa reportagem, assinada por Charlie Hall, sobre a palestra de Frank Cifaldi, da empresa de preservação tecnológica Digital Eclipse, na Game Developers Conference (GDC). O desenvolvedor defendeu abertamente a prática de emulação, diferente do posicionamento das grandes empresas no mercado. "De acordo com a Film Foundation, metade dos filmes feitos antes dos anos 1950 foram perdidos. Então eu comecei a pensar se alguém está fazendo isso [restaurando filmes] nos games. Queria saber se alguém dá certeza de que a mesma porcaria não será feita com os videogames, aquilo que condenou alguns longas a desaparecerem do mercado. E, yeah, existem pessoas fazendo isso. Mas não chamamos eles de arquivistas. Nós não nomeamos eles como arquivistas digitais ou algo do naipe. Chamamos eles de piratas de software", disse Frank em sua palestra de cerca de uma hora. O discurso dele vai contra a resolução que a Nintendo tomou contra emuladores há mais de 10 anos. "Emuladores desenvolvidos para jogar cópias ilegais de software promovem a pirataria. É simples assim e não é aberto ao debate", afirma o texto. Frank diz que o Virtual Console do Wii U não é nada mais e nada menos do que um emulador. Ao solicitar novos comentários da Big N sobre o assunto, a empresa diz que não utiliza ROMs ou arquivos baixados indevidamente da internet. O posicionamento conservador da Nintendo é conhecido. Ela demorou até 2006, pelo menos, para começar a investir em games baixados pela internet ou mesmo em simples transações online. No Brasil, a presença do mercado cinza de troca pirateada de games impede grandes faturamentos em relação a outros mercados menos sobretaxados e mais legalizados, o que fez a empresa japonesa pular fora do país em 2015. Mas será que a pirataria não acaba conservando os games que tanto gostamos? O questionamento de Frank Cifaldi não foi só provocador e relevante na GDC, mas as questões recorrentes muito além de uma criminalização superficial da pirataria. Ele levanta uma das discussões centrais hoje: Queremos beneficiar apenas as empresas desenvolvedoras ou a cultura gamer que existe entre nós? Fonte: Polygon
  10. 2 points
    Acho que a última notícia faltava sobre Sonic Mania era saber se o jogo foi realmente rentável para a SEGA e isso seria essencial para a empresa pensar em uma continuação ou olhar a possibilidade de fazer o mesmo com outras franquias do passado. O resultado simplesmente deu um grande upgrade nas vendas da empresa neste segundo semestre e teve uma menção honrosa no relatório de demonstrações financeiras consolidadas para este semestre. Acho que podemos esperar um segundo Sonic Mania em breve! Sonic Mania Helps Boost Sega Sales For The Season By ROBERT WORKMAN - November 5, 2017 Sega hasn’t had too many games to lean on this holiday season, but its latest Sonic the Hedgehog adventure, Sonic Forces, will be arriving in just a couple of days. But it’s another Sonic title that has helped the publisher push to profitability for the quarter. Sega Sammy Holdings recently posted its financial statement for the period ending September 30th, and, thanks to the retro-fied Sonic Mania that came out back in August, the company has seen a huge increase in net sales and operating profit. According to the report, the company has reported net sales nearing 194.7 billion yen, a 14.9 percent increase from the same period the year before. Operating income also increased to 26.8 billion yen, up 74.5 percent from the previous year. Approximately 10.1 billion yen of the operating income came from Sega’s Entertainment Contents Division, and sales were led by the strong reception of Sonic Mania, which released in August. It contributed to overall better physical sales, with 8,650 thousand copies sold this year, compared to 4,650 thousand sold the previous year. The company noted the following: “In the packaged game software field, sales amounted to 8,650 thousand copies (4,650 thousand copies for the same period in the previous fiscal year) thanks to the strength of the new title Sonic Mania, which earned the highest Metascore in the new titles of the Sonic series released in the past 15 years. In addition, the Group launched Total War: WARHAMMER 2, a new title of the Total War series, following its popular predecessor in PC games.” Needless to say, the company is having a great year, and Sonic Forces and other forthcoming releases for 2018 can only make it better. Sonic Mania is available now for Xbox One, PlayStation 4, Nintendo Switch and PC. Fonte: http://comicbook.com/gaming/2017/11/06/sonic-mania-sega-sales-sonic-forces/ Relatório da empresa (pdf): https://www.segasammy.co.jp/english/pdf/release/20171102_2q_tanshin_e.pdf
  11. 2 points
    Whip Rush Mega Drive emulado no Xbox 360 Gosto dos jogos que são publicados pela Renovation Esse shooter lateral não saiu desta regra. Com seus upgrades e fases que alguns elementos parece que vieram do r-type Joguei ele pensando como um antecessor dos acontecimentos do Arrow Flash kkk
  12. 2 points
    jogue, não vá pela modinha o sonic lost world para wiiu é muito bom, joguei até o final. não chega a ser melhor que o generations ou colors, mas é bom
  13. 2 points
    Todo mundo ficou velho e não tem mais saco para ensinar como rodar dvd no drim.
  14. 2 points
    kkk, lantis sempre lantis no mais, no meu jeito de velho, zap ou afins não substitui o forum, mas muita gente migrou mesmo. Nos grupos de zap eu sempre tenho a impressão de estar falando sozinho, por isso larguei todos.
  15. 2 points
    Mega me desculpe, todos esses tópicos são meus de outros fóruns, apenas copio e colo para movimentar as discussões e curiosidades do mesmo, participo de eventos no twitter onde também coloco vários tópicos sempre de retrô games, como tava pensando em criar um tópico sobre ganho de consoles nos anos 80 e 90 e coisas desse tipo, participo de vários fóruns e sempre adiciono coisas apenas na sessão retrô por isso o meu foco maior de tópicos é sempre aqui, me desculpe se coloquei tudo de uma vez e ficou parecendo spam, mas não era a minha intenção e vou parar de imediato porque não quero problemas e sim apenas compartilhar coisas interessantes, mas vou dar uma parada e vou participar mais em mensagem em leitura de outros tópicos do que criar tópicos em excesso. Me desculpe mais uma vez e obrigado por avisar :-) Abraços!!
  16. 2 points
    era melhor ter deletados os topicos que ninguem respondeu e manter os que tinham gerado discussão como estavam, agora ficou uma zona e tem os replys tudo misturados...
  17. 2 points
    acho que vc não "intende" o publico desse produto... pra quem sempre emulou... esses VGs são uma perda de tempo e dinheiro... agora para o publico geral a conversa é outra eu tenho um amigo que comprou o megadrive da tectoy, e o nes mini, e está feliz da vida, e certeza que vai comprar esse n64 mini
  18. 2 points
    o emblema historico do comeco da falha de uma empresa regida por radicais e gente de pensamento arcaico celebrado por leigos, porem com algumas migalhas de software que tiveram relevancia verdadeira
  19. 2 points
    Não vejo problema nenhum. O fórum infelizmente está morto e até agora todos os post que esse cara está postando a grande maioria são bem interessantes.
  20. 1 point
    Exatamente! Ele podia ainda ter citado a transição de tecnologia e sua perda. Na transição de VHS para DVD, nem todos os filmes foram convertidos, então se não tem uma cópia de vhs, perdeu. Sobre games, diferente das equipes que correm para destravar um console que está ativo no mercado (seus lindos do meu coração) fazendo perder vendas. Lembro de ler na época que isso ferrou a SNK em 90/2000, pela renda maior dela ser em arcade e neo geo e não jogos para outros consoles. Tem a equipe aí que dumpam ROMs, alteram emuladores e estão resgatando uma caralhada de coisa! Olha só por exemplo o mame. O quanto de games de arcade que ele salvou e ainda salva, jogos que tiveram uma máquina apenas e o dono disponibilizou pra pegar a ROM etc etc.
  21. 1 point
    Noticia de 17, setembro, 2017 Marcos Valverde site Passagem Secreta http://passagemsecreta.com/colecionador-encontra-moonwalker-thriller/ A parceria entre a SEGA e o “Rei do Pop” Michael Jackson, uma das várias linhas de frente da empresa na sua guerra contra a Nintendo, rendeu vários mistérios, acentuados após a morte do ídolo. Alguns deles despertam a curiosidade dos fãs e dos especialistas até os dias de hoje, gerando discussões e muitos rumores na mídia especializada e na Internet. Um destes mistérios é a inexplicável ausência da canção Thriller na fase do cemitério, cenário que teve a óbvia inspiração no clipe desta música, trocada por Another Part of Me no game Michael Jackson’s Moonwalker (Mega Drive). Até mesmo a coreografia da canção encontra-se em Moonwalker, o que nos faz pensar que a música teve que ser cortada na última hora durante o desenvolvimento do jogo. Ainda que o motivo mais provável para a decisão seja algo relacionado a problemas com direitos autorais, uma dúvida permanecia: é possível encontrar alguma versão do jogo com Thriller? Um colecionador conhecido como “Brian” diz ter encontrado um cartucho onde é possível ouvir por completo a canção Thriller no estágio 3-2 do jogo, justamente a fase do cemitério. Segundo ele, cartucho foi encontrado no mercado de segunda mão (espécie de feirão com produtos usados variados) e comprado por apenas 20 dólares! Quando usuários do fórum Reddit questionaram a veracidade da história, alegando que o jogo poderia ser algum hack, ele postou esta foto: A foto mostra um cartucho com a versão EPROM do jogo ainda em desenvolvimento, datado de 24 de abril de 1990, anterior ao lançamento do jogo nos EUA. Esta versão EPROM havia sido mencionada no mesmo fórum há dois anos: a postagem citava rumores da existência de uma cópia do game (a REV00) que incluía a música, mas que era extremamente difícil de encontrar. Uma outra postagem, desta vez no GameFAQs, há 7 anos, também apontava a existência desta versão e da REV01, a qual possui trechos de Thriller nas fases 3-1, 3-2, 3-3 e 5-3 que são ativados pressionando e segurando o botão “A” (como dito por nós neste post do Passagem Secreta, há 6 anos). Brian postou ontem este vídeo de Moowalker com Thriller tocando no estágio do cemitério (3-2): Resta agora torcer para que a rom desta versão de Michael Jackson’s Moonwalker seja dumpada o mais rápido possível, a exemplo da versão cancelada de Rayman para Super NES (Omar Cornut, contamos com você)! Como sempre, fique de olho nas redes sociais e no blog do Passagem Secreta pois estaremos de plantão para trazer qualquer novidade dessa história. Atualização (17/09/2017): entrei em contato com o Omar, conhecido por ajudar a preservar a história dos videogames, para que ele ajude a dumpar a rom:
  22. 1 point
    lembro quando um dos principais do time de criaçao, Yoshinori Ono do Street Fighter 2, veio a BGS ele estava preocupado com a recepção (devido ao Blanka poderia ter sido algo ofensivo etc...mas justamente o contrario foi sua recepção tanto a ele quanto ao personagem na epoca) Blanka mesmo que ele nao seja oficialmente brasileiro, ele e norte-americano (tinha lido quando era pequeno que ele foi uma experiência de M.Bison) Blanka seria o "apelido" que ganhou por se refugiar no Brasil,na floresta amazonica,outra referencia ao pais seria seu poder de eletricidade ja que o Brasil e onde ocorre a maior incidência de raios do mundo. Depois virou discípulo do Dan na serie Street Fighter Alpha junto com a Sakura. Deve ser um dos personagens que Yoshinori Ono mais gosta normalmente quando ele aparece tem um boneco ou algo sobre o Blanka.
  23. 1 point
    Não não você fez certo Mega com certeza, sem isso eu não teria caído a ficha para dar uma parada e postar pelo menos com uma larga forma de tempo entre cada tópicos :-) fez mais do que certo, mas vou postar sim quando tiver algo bem diferente ou algo esquecido para a gente relembrar :-) Obrigado pelo post de consideração :-)
  24. 1 point
    Quando vejo essas listas de deputados que salvaram um super corrupto, só conheço uns 5% de deputados dessas listas. Será que quase todos da lista são aqueles deputados eleitos indiretamente? Aqueles que entraram no bonde de um deputado super votado. Se for isso, não adianta nada votar em alguém com um nome limpo, e que nunca vote para salvar ladrão. Esse sistema tem que mudar!
  25. 1 point
    Oi pessoal, sumi pq passei por algumas boas mudanças nestes últimos 3 anos, agora me mudei pro Canadá Tenho um carinho enorme com várias pessoas aqui que me ajudaram e muito, foi falha minha ter sumido... se bem que meio que sumi de quase todas redes sociais. Vou tentar voltar a postar um pouco por aqui.
  26. 1 point
    Ontem fui tirar o meu X360 da caixa onde ele já estava guardado há quase 1 ano e ao ligá-lo eis que finalmente me torno um novo agraciado com as fatídicas 3RL. Devo dizer que ao mesmo tempo em que eu já esperava que isso estivesse para acontecer, já que o console foi comprado em 2009 e nunca foi aberto, ainda assim tinha uma certa confiança de que por ser um modelo com placa Jasper que talvez ele nunca desse 3RL. Bom, no meu caso houve um fator muito importante para ele morrer. Maresia. Como dá para ver nas fotos acima, a maresia fez com que a poeira de anos acumulada nas entradas de ar do console ficasse úmida e corroesse as partes da chapa metálica onde ela estava mais concentrada. No caso da segunda foto, a ferrugem tomou conta da chapa quase inteira, provavelmente por causa de acúmulo de umidade. Eu moro a uma quadra da praia, então já estou acostumado a ver vários aparelhos eletro-eletrônicos sendo devorados pela maresia até morrerem de vez (principalmente ar-condicionado). No caso do X360, é claro que as chapas metálicas ficando corroídas não foi a razão para o console dar 3RL, então vamos ver como ficou a placa após todos esses anos sem limpeza. Muita poeira acumulada, placa totalmente imunda. Até 2 anos atrás eu morava perto de uma pedreira em atividade, a quantidade de poeira era muito grande mas era uma poeira seca que não causava maiores problemas nos aparelhos eletrônicos. Entretanto, ao me mudar para perto da praia, toda essa poeira acumulada começou a absorver essa umidade (com muito sal) e começou a virar uma poeira molhada e grudenta. Isso provavelmente fez com que algumas partes da placa fechassem o curto onde havia mais poeira acumulada em cima de alguns componentes e isso causou as 3RL. Bom, fiz uma bela limpeza na placa-mãe, removi os dissipadores, raspei a pasta térmica que estava totalmente seca e grudada na CPU e GPU, apliquei uma nova pasta térmica e botei de volta os dissipadores. Uma rápida testada apenas com o console na caixa metálica e pronto. Nada de 3RL. Não tive tempo de remontar o console todo novamente pois tinha que sair para trabalhar, mas aparentemente está tudo funcionando perfeitamente e ele está até mais silencioso já que os coolers parecem não estar mais tendo que girar com tanta velocidade para dissipar o calor. Fica então a dica para quem tem um X360 que não foi aberto até hoje (mesmo que seja um Jasper) para dar uma limpeza preventiva antes que venha a dar algum problema irreversível. Claro que isso serve para qualquer console e mesmo em que não se more em um local que sofra com maresia.
  27. 1 point
    Final Fantasy III de Famicom, em inglês. Wizardry 1: Proving Grounds of Mad Overlod, Super Famicom em inglês.
  28. 1 point
    The Sega Dreamcast Software Creation Standards Guidebook By Tom Charnock There are certain aspects of game development that, unless you're in the business, you probably wouldn't ever be aware of. Just like every industry, there are rules and procedures that must be followed, specifications and standards that must be adhered to. I'm sure everyone reading this who works in a particular sector will know things about their own line of work that others outside would be completely unaware of; rules that need to be followed, boxes that need to be ticked and all manner of bespoke forms and checklists that need to be filled in appropriately in order to meet the requirements of the particular field. As stated, the games industry is no different and by extension the Dreamcast falls inside this remit. Ever wondered why certain Dreamcast games allow you to hide the pause menu with X + Y but others don't? Or why it doesn't matter which controller port the keyboard is plugged into? Or even why the splash screens that appear when you power on a Dreamcast appear in a particular order? Well, it's because Sega - like every console manufacturer - set out all the rules of producing games for its system in a 'developers guidebook.' A precise set of do's and don't's for putting software out on the Dreamcast. And now, you can download and have a read through this fascinating publication. Weighing in at over 100 pages, the Sega Dreamcast Software Creation Standard Guidebook goes into minute detail explaining how developers should order game intro screens and demo modes, how the software should react if a controller is removed during gameplay, best practices when including violence and gore in Dreamcast games, and how best the VMU should store save data. There are schematics and flow plans of how boot sequences should work, and even offers guidance on the reasons why the official Dreamcast light gun from PAL and NTSC-J regions is hardwired not to work with US light gun compatible games. As you can probably tell from the images dotted throughout this article, the guide is very much a utilitarian publication, eschewing fancy graphics and images for pages of text meant to be used by developers. That said, it does have some nice incidental graphics (such as the orange triangle motif which echos the US Dreamcast packaging) and is very clean in overall layout. I'm not totally sure if this document has ever previously been made available online for us - the great gaming proletariat - to cast our unwashed eyes over, but by hitting that lovely download link below you can now grab a copy for yourself. Naturally, this appears to be a US-centric document but I'm sure the PAL and NTSC-J arms had their own versions. In any case, maybe print this one out and keep it on a shelf or something. http://www.thedreamcastjunkyard.co.uk/2017/10/the-sega-dreamcast-software-creation.html
  29. 1 point
    Outros videos antigos de outros robos da Boston Dynamics pra que ainda não viu....pra quem viu, sempre é bom relembrar Falow!!!
  30. 1 point
    Compra o Scorpio e deixa o Xone pro seu piá.....hahahahahahaha
  31. 1 point
    Não gosto também, acesso pouco as redes sociais e detesto grupos de whatsapp. Fora as putarias, da última vez que me chamaram para votar pro grupo do fórum começou uma torrente de putaria, saí na hora. Tem hora e lugar para isso. Aqui no fórum eu sempre leio, mas posto muito pouco, geralmente alguém já disse o que eu tinha para dizer. Sobre os membros antigos, tem uns que foram bons amigos e nunca mais ouvi falar, como o 666 por exemplo.
  32. 1 point
    Olá, Está" tosco" no sentido de... "sério" até demais. Normalmente, ele não é assim... EDIT: MAS... ele postou um vídeo do youtube sobre o que ele está fazendo no Super Monaco GP... e o canal onde o vídeo foi inserido é o do peixe-macaco. Tem vídeos como esse no canal (a não ser que dê pra clonar um canal, só ele deveria ter acesso): EDIT: Além disso, já faz quase uma DÉCADA em que ele saiu daqui, e as pessoas vão mudando...
  33. 1 point
    Mario Odyssey Horizon Zero Dawn (de novo) Doom, GTA V e The Witcher III no PC Mas provavelmente irei parar tudo por causa do novo Xenoblade.
  34. 1 point
    Curtindo o bafão? Jogasso sensacional
  35. 1 point
    Deus Ex. Toda vez que ele é mencionado, alguém vai reinstalar.
  36. 1 point
    Sem nenhum mod! Basta comprar o adaptador de cartao SD que custa uns 60 reais no mercado livre, gravar o DreamShell em um CD e seguir os passos no tutorial!
  37. 1 point
    Como é isso? É só ter o Dreamshell ou precisa fazer algum outro mod no console?
  38. 1 point
  39. 1 point
    Esperei muito por esse dia, agora roda tanto no HD como no SD.
  40. 1 point
    Media Create Sales: 11/6/17 – 11/12/17 Also new, Sonic Forces sold 5,938 units on PlayStation 4 and 4,686 units on Switch for a total of 10,624 initial sales. Read more at https://gematsu.com/2017/11/media-create-sales-11617-111217#062Qtc7aMwMJkXTh.99 Welcome to another episode of the SEGA News Bits, this time around we are looking a bit deeper into Sonic Forces’ launch day patch. According to people who dug through the data, there is a Super Sonic transformation and Sanic shirt for the avatar hidden within the data. Will we ever get to play as Sonic Sonic and avatar in a Sanic shirt? Well, maybe. http://segabits.com/blog/2017/11/14/sega-news-bits-sonic-forces-launch-day-patch-hides-super-sonic-transformation-sanic-shirt/
  41. 1 point
    Pode ser que o canhão esteja cansado e não consegue mais ler os jogos piratas. Você pode aumentar LEVEMENTE o laser do canhão para ver se faz alguma diferença, mas eu se fosse você já ia vendo um leitor novo pra comprar.
  42. 1 point
  43. 1 point
    cada vez que faço uma busca sobre um jogo de Arcade MAME me deparo com outras sugestões que me surpreendem e acabo baixando e jogando!
  44. 1 point
  45. 1 point
    não esquente a cabeça Sonymaster, por mim ta susse e tem realmente varios tópicos que geram discussões interessantes. . na empresa eles guardavam os discos 5" 1/4 de boot em DOS5.0 com o software da máquina que nem ouro .
  46. 1 point
    Fala sério, será que da para converter alguns jogos do Android usando essa engine?? se for o Dreamcast poderá receber muitos jogos da biblioteca android.
  47. 1 point
    Gente eu não sou bot e nem o comentário "Já sei onde vou levar meu carro..." é meu e sim do editor da pagina que colocou, só gostei da noticia pelo fato de usar um computador antigo onde é tido como retrô. tinha vários jogos com ele e muita gente curte retrô computers. Mas se esta ficando meio chato eu peço desculpas e vou parar com tópicos, vou apenas interagir em outros tópicos. Abraços!!
  48. 1 point
    Talvez até continuaria gostando, mas novidades são sempre bem vindas. Sempre renova o folego.
  49. 1 point
    outra coisa chata é o jogo já lançar com 3 versões diferentes, a bem capada, a menos capada, e a normal, que hoje chamam de mega fodona e querem mais de 300 reais por ela.
  50. 1 point
    Conheça o japonês que salvou a vida de milhares de judeus Durante a Segunda Guerra Mundial, um cônsul japonês arriscou sua vida e sua brilhante carreira para salvar a vida de mais de 6 mil judeus. Por este motivo, ele ficou conhecido como o “Schindler japonês”, em referência ao industrial alemão Oskar Schindler. Segundo consta, Oskar Schindler teria salvo 1200 judeus durante o Holocausto. Sua história foi amplamente divulgada, dando origem a um romance e até um filme. Já Chiune Sugihara, jamais alardeou seu heroísmo e sua história foi pouco divulgada na época, porém hoje é reconhecido como um dos maiores humanistas do mundo. Estima-se que mais de 80 mil descendentes de judeus devem sua existência a Chiune Sugihara. Em sua lápide, está gravado seu nome: Chiune. Coincidência ou não, essa palavra, em japonês, quer dizer mil novas vidas. A história de Chiune Sugihara Chiune Sugihara nasceu em 1 de janeiro de 1900 em Yaotsu, uma área rural e bem pobre na província de Gifu. Ele foi o segundo filho de uma família com 6 irmãos. Seu pai queria que ele seguisse a carreira de medicina, mas o sonho de Chiune era estudar literatura e morar no exterior. Sugihara seguiu seu sonho e foi estudar inglês na conceituada Universidade Waseda em 1918, se formando em Literatura Inglesa. Em 1919, passou no exame para o Ministério das Relações Exteriores, indo trabalhar em Harbin, na China, onde também estudou os idiomas Russo e Alemão. Em março de 1939, quando a Segunda Guerra Mundial estava prestes a eclodir na Alemanha, ele foi designado pelo Governo japonês a abrir um consulado em Kaunas, Lituânia. Seis meses depois, a Alemanha invadiu a Polônia e uma onda de refugiados judeus correram para a Lituânia. As notícias e relatos sobre as atrocidades alemãs contra judeus poloneses se espalharam rapidamente. A Lituânia estava dominada pelos russos, mas era questão de tempo até que as tropas alemãs chegassem ao local. O cônsul holandês em Kaunas, Nathan Goodwill, concordou em emitir vistos para Curaçao, possessão holandesa no Caribe. A Rússia permitiu a emigração dos judeus desde que apresentassem visto de entrada e de trânsito em outro país, após cruzarem a União Soviética. Mas, para chegar ao Caribe, os refugiados deveriam passar pelo Japão. Assim, na manhã de 27 junho de 1940, havia uma multidão de pessoas em volta do prédio (do consulado). No início eram apenas 200, mas logo chegariam milhares. Sem saber o que fazer, Chiune pediu instruções a Tóquio sobre os vistos de trânsito requeridos pelos judeus. Foram três os pedidos e os três foram negados. Mas os olhares suplicantes dos refugiados, fizeram com que Chiune tomasse uma decisão que mudaria para sempre os rumos da sua vida. Ele desobedeceu as ordens superiores com um único objetivo: salvar vidas. No início, Chiune pretendia emitir 300 vistos por dia e registrá-los nos livros consulares. Quando já havia preenchido à mão cerca de 2.000 vistos, o cônsul parou de registrar os vistos e de cobrar a taxa oficial. Durante quase um mês, trabalhou de manhã até a noite sem almoçar, sem pausa para um descanso. De 31 de julho a 28 de agosto, foram emitidos cerca de 6.000 vistos. No final de agosto, o consulado foi fechado por ordem das autoridades soviéticas, que haviam anexado a Lituânia. Mas Chiune continuou emitindo cartas de autorização no hotel em que ficou hospedado antes de seguir para seu novo posto e mesmo dentro do trem parado na estação. Os portadores dos vistos emitidos por Chiune saíram de Kaunas de trem rumo a Moscou e depois, pela estrada de ferro Transiberiana, até o Pacífico e o Japão. A maioria dos refugiados conseguiu salvar-se. O preço da sua generosidade O ato de Chiune Sugihara salvou milhares de vida, mas custou sua brilhante carreira diplomática. Ao voltar para o Japão depois da guerra, em 1947, foi sumariamente demitido. Por ser fluente em russo, Chiune mudou-se com sua família para Moscou em 1950, onde trabalhou como tradutor em uma empresa de comércio exterior. Aposentou-se em 1975, quando resolveu regressar ao Japão. Apesar do seu país ser aliado da Alemanha nazista, Sugihara não temeu seguir o que mandava o seu coração. Além disso, jamais mencionou os seus feitos a ninguém. Por este motivo, por quase 30 anos, pouco se sabia dele até que em 1968, ele foi localizado por Joshua Nishri, um dos refugiados a quem ele concedeu o visto na Lituânia. Esse encontro foi muito especial para Chuine, pois até então ele não tinha certeza se os vistos concedidos por ele haviam realmente ajudado os refugiados. Sua ação a favor dos judeus foi reconhecida pelo governo de Israel, que o condecorou em 1985. Em 31 de julho de 1986, Chiune Sugihara morreu aos 86 anos, cinco anos antes do vice-ministro das Relações Exteriores do Japão, Muneo Suzuki, reconhecer seu ato humanitário e pedir desculpas à família. Sua história pode ser encontrada no livro “Passaporte para a Vida”, escrito por sua esposa Yukiko Sugihara e também no documentário “Conspiracy of Kindness” (assista-o aqui). Em 11 de Outubro de 2005, a Yomiuri TV (Osaka) exibiu o filme “Vistos para a Vida”, baseado no livro de sua esposa. Vistos para a Vida (completo sem legenda) Em 2015, outro filme sobre sua vida foi parar nas telinhas dos cinemas: Chiune Sugihara (杉原千畝), mas em inglês recebeu o nome de “Persona Non Grata”. O filme foi dirigido por Cellin Gluck e tem o ator Toshiaki Karasawa como protagonista. Assista ao filme abaixo: Chiune Sugihara é um grande exemplo de como a generosidade e a compaixão podem fazer a diferença neste mundo. http://www.japaoemfoco.com/conheca-o-japones-que-salvou-a-vida-de-mais-de-seis-mil-judeus/
×