Jump to content

ragecom

Membros
  • Content count

    184
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    1

ragecom last won the day on November 28 2017

ragecom had the most liked content!

Community Reputation

28 Excellent

About ragecom

  • Rank
    Membro
  • Birthday 12/01/1983

Contact Methods

  • Website URL
    https://www.youtube.com/c/RagecomReviews

Recent Profile Visitors

172 profile views
  1. Comprei o 5, joguei um pouco e não gostei muito. Mas falaram do DOA2 no DC... PQP como eu joguei aquele jogo, era bom demais. O 3 e 4 eu nunca joguei.
  2. É essa certeza toda que eu não tenho @PekSGN. Não sei se a MS vai se dar ao trabalho de fazer downgrade dos seus jogos hi-end do Scarlet, estimulando que pessoas continuem comprando X1 (mesmos jogos, mas com resolução e framerate inferiores), quando pra própira MS é mais negócio vender Scarlets, não o X1s, compreende?
  3. Brickar não vai, mas certamente vai perder o suporte rápido em favor do Scarlet. Quem compra um X1X compra pra jogar hi-end. Um console durava 4 anos, agora está durando 2. Isso não é bom pra gente, para os consumidores. Pra mim vale a mais a pena lançarem uma PUTA máquina (similar ao PS3 na época de lançamento) que vai ter um tempo de vida maior sem a necessidade de comprar um novo no curto prazo.
  4. Sempre hypei.... Gostosa mor.
  5. Coitado de quem trocou o X1 pelo X1X. Dois anos de vida só. Cara, eu torço pra que esse lance de console midgen tipo PS4 Pro e X1X não aconteça de novo.
  6. Ah, é maneiro e eu até curto a ideia desses consoles mini mas eu broxo quando vejo chegando no Brasil a mais de 1000 reais. Tá maluco... Só tenho o Atari Flashback 1 e 5. Queria muito ter o SNES e NES mini e esse Neo Geo mini mas porra... É impeditivo o preço.
  7. Começa amanhã!! @Maedhros esses horários que você postou nas imagens do primeiro post são de BSB né?
  8. Bem legal. É até engraçado ler esse tópico porque eu estava pensando em comprar um Retron 5 em breve. A ideia de fazer com módulos é interessante porque no futuro eles de repente podem fazer módulos avulsos tipo pra Jaguar, sei lá. Outro detalhe legal que o módulo do PC Engine tem entrada pra dois controles. Não conheço nenhuma versão do console original que tenha isso.
  9. Eu acho que é o futuro, apesar de como colecionador a ideia não me agradar. Mas isso não significa um fim definitivo dos consoles de mesa e das mídias físicas no logo prazo. Pra mim tecnologia é uma coisa cíclica, que vai e volta com uma nova roupagem assim que o mercado percebe que poderia fazer mais dinheiro com uma ideia velha do que com a atual. Eu explico: A própria ideia da nuvem não é um conceito novo. Lá nos anos 70 quando meus pais trabalhavam com computação, era comum ter um servidor pesado ligado em "terminais burros" (sem ou quase sem processamento). Quando vieram os anos 80/90 e micros ficaram viáveis para o usuário final, a ideia foi abandonada, e o "legal" ficou sendo ter processamento local. Agora com as nuvens, o processamento voltou a ser remoto: uma nova roupagem dos mainframes e terminais burros lá dos anos 70, mas pela internet. Claro que a tecnologia não é mais a mesma, estou me referindo à ideia - a ideia é exatamente a mesma. Outro bom exemplo era que nos anos 80, comprava-se micros "de prateleira". Você não customizava muito o produto, você comprava um micro de linha. Você chegava na loja e pedia um MSX da Gradiente ou um CP e o máximo de customização que se tinha era um cartucho de expansão de memória, essa tipo de coisa. Dai vieram os anos 90/2000 e a ideia da customização ficou dominante - você ia na loja e pedia a placa mãe tal, processador tal, tanto de memória, a placa de vídeo tal, etc. Agora, pós 2010, parece que isso está cada vez mais incomum, e nós retornamos à mesma ideia dos anos 80: você chega na loja e compra um iPad, um micro Dell Optiflex modelo XYZ, etc. Há pouca customização, retornamos aos micros de prateleira. Então... É papo de bar, mas creio que assim que o mercado encontrar uma forma de fazer mais dinheiro com tecnologia on premise, a nuvem cai. Da mesma forma, quando descobrirem como fazer mais dinheiro customizando micros de novo, os notebooks, tablets e micros de prateleira caem de novo também e continua esse ciclo de tecnologias indo e voltando.
  10. Caraca chapa, você é a primeira pessoa que eu conheço que gostou do 3. Eu lembro que peguei ele quase day 1 e fiquei muito decepcionado. Bugs descomunais, lugares que eu caia, ficava em self-lock e não conseguia sair, movimentação dura pela floresta... Pra mim eles acertaram em cheio (e foi a base pro Black Flag) foi na campanha naval. Mas tirando isso, AC3 fica na lanterninha na minha lista junto com Unity.
  11. É que o 3 é o pior de todos, deixou um gosto ruinzão na boca. Mas o Black Flag é um dos melhores. Pau a pau com AC2 na minha opinião. Pra mim a série é tipo assim: AC2 >= Black Flag > Brotherhood > AC1 > Revelations > Syndicate >>>>> Unity > Liberation >>>>>>>>>>>>>>>>>>> AC3 (não joguei o Origins ainda nem o Chronicles).
  12. Nossa esse Alien Colonial Marines é muito ruim. Pior que peguei esse troço quase no lançamento pra PS3. Se arrependimento matasse...
  13. Eu não conhecia a maioria desses jogos. Vi os vídeos, achei impressionante pra época, apesar dos pop-ins nesse Dirt Racer. Porra, as placas aparecem do nada a 2 metros do carro. Menor draw distance que eu já vi. Ainda assim, impressionante - gráficos nível Jaguar praticamente. Eu não tive SNES e hoje nem coleciono direito pra ele. Só tenho umas 5 fitas de jogos random que vieram num lote, mas sei que é um console que vale a pena explorar - tem uma puta biblioteca.
  14. Não me deem esperanças de um novo Banjo...... Já me iludi muitos anos com isso......
  15. Se meterem filtros de emulador, anti aliasing, etc = flop. QUERO OS GRÁFICOS QUADRADOS E PONTUDOS. Esse é o charme dessa época do PS1/Saturn/N64.
×