Jump to content

Luiz Claw

Membro Ativo
  • Content count

    5,785
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    9

Luiz Claw last won the day on November 17 2018

Luiz Claw had the most liked content!

Community Reputation

255 Contribuidor oldschool

About Luiz Claw

  • Rank
    Ancião
  • Birthday 02/13/1985

Contact Methods

  • Website URL
    http://
  • ICQ
    0

Recent Profile Visitors

6,564 profile views
  1. Quem é das antigas aqui?

    O de capacete é o Rombulo! Sumiu
  2. Ah, lacrou tem a ver com a fita estar lacrada? Pensei que era sobre lacrar feminista ou esquerdista - sei lá - que o mamafalei tanto fala.
  3. Pode até ser. Mas tem gente com o rabo cheio de dinheiro sobrando que gasta $ 100.000,00 brincando. E se ele coleciona - existem muitos colecionadores - pagaria isso.
  4. Quem é das antigas aqui?

    Caraio, clássico! Ueh, mas não engravida!
  5. Quem é das antigas aqui?

    Senhores, vamos beber! É meu aniversário!
  6. Ué, dá para estudar tudo isso no colégio. Na verdade, acho que cada assunto listado por você por si só já deveria ser ensinado em colégio. Pense, vivemos no capitalismo. Porque não ensinar no colégio sobre como organizar um micro negócio, como venda de cachorro quente? Pode-se ensinar contabilidade básica e termos do gênero. O que é mais importante para as pessoas, saber quais os 5 maiores países territoriais no mundo ou saber como calcular o lucro de um micro negócio? Saber calcular o faturamento, quais custos existentes e o lucro líquido é muito mais útil do que 30% ou mais do que é ensinado no colégio. Saber administrar o próprio dinheiro reflete no bem estar de qualquer pessoa, e, impulsiona a economia. Economia básica também é importante! É! É um assunto muito importante também. Mas o foda é que é um pouco subjetivo por pessoa e renda. Mas seria legal ensinar.
  7. Eu já trabalhei como PJ. Dá para entrar muito dinheiro com isso! Para quem tem conhecimento financeiro, pode ser até melhor! Mas hoje não é a realidade para quase todos os trabalhadores BR. É um assunto complicado. Nós como trabalhadores, queremos a estabilidade no emprego, férias e benefícios. Depois que se tem filho então, ter FGTS e a multinha anti demissão se tornam um alívio para vida. Contudo, nada são apenas flores. Esses benefícios também são custos para empresa. Sem essas obrigações para empresas, seria possível conseguir salários maiores, pagar um seguro com retorno bem acima da multa do FGTS e ter uma aposentadoria melhor que o INSS. Conseguir o salário maior como PJ sem os benefícios não é algo difícil. Na verdade, a maioria das propostas que recebi já vinham com essas duas opções de PJ ou CLT, sendo pagando mais como PJ. Os meus colegas de cargos mais alto tendem a preferir PJ. Tenho alguns amigos que moraram nos EUA. Eles relataram que lá não há os benefícios trabalhistas, mas, um barman pode ter uma vida muito mais digna do que alguém de classe média nk BR: pagam aluguel em lugar que não é dominado pelo tráfico, tem plano de saúde, não pega superlotação no transporte, etc. E ainda há uma desvantagem nos benefícios compulsórios. Há maioria dos negócios no BR não são de grandes empresas. A maioria dos empreendimentos é tocado por pobres ou classe média. Na verdade, mais da metade dos empregos são informais. Pequenas e micros empresas nâo conseguem crescer - cerca de 70% vão a falência em até 5 anos. Boa parte disso também é por ser muito caro manter um funcionário. E se um funcionário estiver fazendo merda, é uma pernada demitir! E como há essa dificuldade geral de manter negócios, há menos ofertas de emprego, salários mais baixos e produtos mais caros. Bem, não sou afavor de acabar com esses benefícios agora. Para mim, a prioridade deveria ser a educação. Mais importante do que saber quais são os 5 maiores países territoriais do mundo, é saber como investir o próprio dinheiro, conseguir gerenciar os gastos, planejar o futuro, etc. Não só isso! Todo brasileiro tinha que ter no mínimo um curso técnico - no mínimo!
  8. Cara, eu zerei o sonic 1 no master, mas só lembro de duas fases, a primeira e a última. Não consigo lembrar de pimbal! Que saudade da época! O video game era de uma amiga!
  9. No Sonic 1 e 2 tem. No 1 "Spring Yard Zone" tem muitas partes bem pimball. No 2 "Cassino Night Zone" - esse eu lembro que o chefe era em um pimball. Na verdade, o gameplay foi inspirado em pimball.
  10. Não achei agressivo. Acho que uma grande parcela da população age assim como você descreveu, e, quase todos nós quando mais novos também fomos assim. Não posso dizer que a maioria é assim por eu não ter noção da proporção. Mas são muitos. Se trando de política, religião e futebol, ai sim é a maioria. Contudo, também conheci muita gente que se questiona o tempo todo, e não sai fazendo fortes opiniões às cegas.
  11. Aé? É errado pensar que somos racionais e podemos conversar objetivamente para chegar a uma solução? Uma coisa é não ser 100% isento. Outra coisa é postar o tempo todo meme fakes, não escutar nada do outro lado e ser cego boa parte do tempo. Mas talvez você esteja certo. Não respondi por você. Estava falando da situação. Mas cerveja é sempre bem vinda!
  12. Você disse "Tá ruim há muito tempo, tu que só viu agora" de forma irônica. Estou dizendo o que está ruim é ver o comportamento das pessoas nas redes sociais. Essa é a diferença. Eu tinha esperança que a população mudasse alguma coisa por todos estarem conversando sobre política. Mas, conversam de forma burra, superficial e mentirosa. Por isso quero parar desse assunto.
×