Sgt. Rock

Membro Ativo
  • Content count

    8,402
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    13

Sgt. Rock last won the day on June 15 2016

Sgt. Rock had the most liked content!

Community Reputation

415 Contribuidor oldschool

About Sgt. Rock

  • Rank
    The Way It's Meant to be Played
  • Birthday 12/27/1981

Previous Fields

  • Registro Inicial
    18/03/2006

Recent Profile Visitors

9,399 profile views
  1. Esse trabalho dela de portar o jogo para as plataformas "atuais", talvez seja um indicativo de que haja uma continuação em produção. Bom, talvez seja só ela querendo milkar em cima do jogo também né, mas vamos pensar positivo.
  2. Só pra constar, a CAPCOM anunciou esses dias atrás que estará portando esse jogo também para PS4 e Xbox One. http://games.tecmundo.com.br/noticias/dragon-s-dogma-dark-arisen-chegara-remasterizado-ps4-xbox-one_829131.htm Até que demorou muito para eles fazerem isso.
  3. Segundo o pessoal da Digital Foundry, pelas justificativas que a Bungie/Activision deram para o fato desse jogo não rodar no PS4Pro a 60fps também se aplicam ao Xbox Scorpio. Em sendo assim, é possível que a versão desse jogo, para esse console, também não rode a 60fps.
  4. Vai ter uma campanha de verdade agora? Pq pra mim, esse jogo só prestaria se tivesse uma campanha boa. O lore e a ambientação dele são fantásticos e serviriam como base para uma pulta duma história massa, mas no primeiro jogo eles cagaram legal nesse quesito, o que matou o jogo pra mim, já que o gameplay dele, puramente, é chato e repetitivo ao extremo. Nem Diablo 3, que é puro grind também, conseguiu ser tão chato quanto esse Destiny 1, em termos de "raw" gameplay.
  5. Lançar em 2018 eu acho difícil, mas anunciar, aí eu já acho mais fácil. Eu já tinha até comentado sobre isso com uns amigos. Como o PS4 tá saboreando uma larga vantagem de mercado, e a concorrência só vai conseguir começar a preocupa-la a partir do final deste ano, então até o ano que vem, ela vai estar tranquila.
  6. Oh céus!!! É disso que eu tô falando. É isso que tá matando essa série.
  7. Falando sobre a performance do game, o pessoal do Digital Foundry liberou ontem uma análise nesse sentido, nas três plataformas em que ele se encontra disponível atualmente, e segundo eles, o jogo não tem nada disso que a mídia tá massacrando ele não. Até no Xbox One "vanilla", o game roda liso, liso, liso, 30fps colados, 99.9% do tempo. Inclusive, eles cogitaram a hipótese de ser algum bug bem situacional, que só aparece se determinadas (e ainda não conhecidas) condições forem atendidas. De resto, não consegui ainda entender o motivo de tanta crítica, no que diz respeito ao gameplay. Embora ainda não tenha jogado o game, por tudo que já vi dele até agora, ele não me parece nem um pouco decepcionante, pelo contrário, tá bem dentro do que eu imaginava que seria. Será que esse povo não deixou o saudosismo e a nostalgia falarem alto demais não? Pq eu não consigo visualizar o que mais eles poderiam esperar desse tipo de gênero. Ps.: Certamente, comprarei esse jogo, só não me decidi ainda quando e para qual plataforma.
  8. Eu não havia me interessado muito pelo game, até agora. Não curto muito esse tipo de gameplay. Mas hoje eu peguei pra assistir alguns vídeos sobre a história do game e isso acabou despertando meu interesse. A historinha dele me pareceu ser muito foda.
  9. O visual do game melhorou pacas depois do upgrade que fizeram, agora tá até com cara de jogo atual.
  10. Já tem desenvolvedor dizendo por aí, eu até que vejo lógica nisso, que o fato do Scorpio ser "obrigado" a rodar os mesmos jogos que o XO vai acabar segurando o potencial do console. Exemplo disso a gente já vê no PS4Pro, que tem uma GPU com, literalmente, o dobro da potência da GPU do PS4 vanilla e mesmo assim, a diferença vista nos games tem sido mínima.
  11. Será que a GPU dele já usa a nova arquitetura da AMD? Desconfio que não, pois se usasse, talvez dificultasse o suporte nativo aos jogos do XO. Acho mais provável que seja a mesma arquitetura da GPU do XO, porém bombada. Se for realmente a mesma arquitetura, então a diferença de poder dessa GPU, para a GPU do PS4 Pro, em tese, não vai ser muito grande, já que são apenas 4 CU's a mais e com um clock um pouco maior. O que eu acho que pode fazer mais diferença é essa memória. 12 GB com essa banda aí deve dar uma folga boa pros desenvolvedores trabalharem.
  12. Até que eu achei o jogo passável. Assim, os gráficos são fracos, mas é algo que dá pra tolerar, e o gameplay é muito acelerado, parece que o jogo tá rodando em fast foward, literalmente falando, chega ser estranho. Mas é algo que dá pra se acostumar. Eu não consigo me lembrar de nenhum KOF que tenha tido um gameplay tão acelerado assim. Esse KOF. Outra coisa que não me agradou nele, mas isso não é nem uma característica exclusiva dele, é o setting/temática/lore porraloca. Eu curtia mais o estilo mais sério e sombrio que os jogos antigos da série possuíam, mais sério e mais centrado na história (que era bem séria tb). Nas versões mais recentes, parece que o jogo deixou de ser um torneio sério e passou a ser uma festa maluca, tipo a fantástica fábrica de chocolate.
  13. Amen to that!!! Comprarei no dia do lançamento. Melhor RTS ever, e tb um dos melhores jogos de todos os tempos. Esse foi um dos dois jogos que me fez vender meu PS1 e entrar para a master race. O outro foi Half-Life 1.
  14. É só coisa da minha cabeça ou boa parte dessas notas aí não batem com as conclusões escritas? Fiquei com a impressão, em diversos casos, de que a conclusão remete a uma ideia enquanto que a nota remete a outra.
  15. Uuuummmm... a tentação pra pegar esse jogo logo no lançamento é grande, mas depois da decepção que foi o Dragon Age: Inquisition, eu fiquei meio que ressabiado. Esses "problemas" técnicos aí nem me surpreendem, com o DA:I foi a mesma coisa. Ao que parece, esse estúdio não pegou ainda as manhas da Frostbite não.