Jump to content

Sgt. Rock

Membro Ativo
  • Posts

    8,985
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    19

Everything posted by Sgt. Rock

  1. Recomendação muito quente aqui galera. Peguei esse mangá pra ler ontem a noite e não consegui parar mais. The World of Otome Games is Tough for Mobs O protagonista é um trabalhador assalariado qualquer, que gosta de jogos, animes e mangás. A irmã dele, que não vale nada, usando de chantagem, força ele a jogar um jogo destinado a meninas, otome game, pois o jogo era muito difícil e ela não tava conseguindo zerar (ela queria ver alguma coisa que só aparecia no final do jogo). Ps.: Pra quem não sabe, otome game é um dating sim voltado para garotas. Ele passa um feriadão inteiro jogando o game, sem parar. Quando ele finalmente zera o game, ele tem um piripaque e morre. Preciso dizer o que acontece em seguida? Não né? Enfim, ele renasce no mundo do jogo, com um personagem figurante qualquer, mas como ele zerou o game fazendo 100%, ele sabe de absolutamente tudo do mundo do jogo, e se aproveita disso pra tentar levar uma vida tranquila. Acontece que no mundo desse jogo, as mulheres são o sexo dominante, os homens servem apenas para serem maridos e dar filhos para as mulheres e, por conta disso, o costume de lá é que todo home tem que se casar aos 20 anos. Se ele chega aos vinte anos e não tem uma noiva pra casar, ele é obrigado a casar com quem a família dele disser ou, então, virar amente de alguma coroa. Pra não ser obrigado a isso, ele resolve se matricula numa escola que admite nobres e plebeus, para tentar achar alguma mulher decente pra ele se casar (lembrando que nesse mundo, as mulheres tem o poder e, por conta disso, a maioria delas trata os homens como lixo, ou simples objetos). O ponto forte desse mangá é que o protagonista faz o estilo do anti-herói. Ele lembra muito o KAZUYA do Konosuba, porém, ele é muito inteligente (diferente do Kazuya, que é só idiota). No começo a história foca mais na vida escolar e nos problemas que ele enfrenta em razão do preconceito social, mas ele tira tudo de letra. Ele humilha geral os nobres metidos. É muito engraçado, não lembro de um mangá que fez rir tanto quanto esse. O cara é suuuuper desbocado e deboxado. A história tem bons momentos de ação e muita comédia. As interações do protagonista com o robozinho parceiro dele são hilárias. E a história em si, apesar de ser simples, assim, não ser aquela coisa épica, é bem contada e te prende. Eu depois que comecei a ler, não consegui mais parar, pois queria sempre ver o que ele iria fazer pra resolver o problema novo que aparecia.
  2. É, você não estava na minha lista da PSN não. Puxando agora pela memória, eu acho que eu sei porquê. Minha conta na PSN, inicialmente, era na PSN americana, pois não existia PSN brasileira na época. Depois que abriram a PSN brasileira, eu mudei para ela e daí nunca mais usei a conta americana. Provavelmente você estava na minha lista de contatos da PSN americana, por isso nunca mais te vi online. Mas já adicionei novamente aqui. Bons tempos de Bad Company 2 online no PS3… hahahaha...
  3. Tá assim até hoje? Teeeeeeeeeeeeeenso!!!! Eu comprei o game sabedo que ele tava quebrado de bug, mas eu esperava que, com o tempo, ele ficaria mais jogável. Bom, tem também o fato de que eu só paguei 34 reais pelo game né... e isso na versão física do PS4, com frete grátis ainda por cima.... hahahaha
  4. Uuummmm... vou experimentar esse Breakpoint então pra ver de qual é. Eu tava meio receoso com ele por conta de ter lido que ele era extremamente bugado. Já patchearam isso? Dos games da série Tom Clancy, GR é o meu predileto. Eu gostei demais do Advanced Warfighter 2 e do Future Soldier, sendo este último o melhor jogo da série, na minha opinião (dos que eu já joguei). Ps.: Tu parou de jogar no Playstation cara? Nunca mais te vi online.
  5. Eu comecei a jogar o Wildlands esses dias atrás mas acabei não seguindo adiante. A jogabilidade não é boa, os controles são entrevados. Engraçado que o GR: Future Soldier, que é um jogo bem mais antigo, tem uma jogabilidade muito melhor.
  6. Isso é questão de interpretação da norma. A imunidade parlamentar não é uma garantia absoluta, ela admite exceções. A exceção utilizada pelo STF para prender esse deputado fanfarrão aí foi a prática flagrante de crime inafiançável. Você concordar ou não com a incidência dessa exceção já são outros 500, mas o ministro do STF, enquanto magistrado, tem autonomia e legitimidade para interpretar e aplicar a lei de acordo o seu convencimento. O sistema é esse, e não vai mudar.
  7. É, eu percebi isso aqui também. Mesmo no PC atual, tem alguns momentos em que o framerate despenca e sem nenhuma justificativa plausível aparente. @Aranha e esse Zero Six aí, não saiu do papel não?
  8. Nem sabia que existia isso. Interessante, quer dizer então que o estilo battle royale foi baseado numa novel? Li uma sinopse dele e achei MUITO parecido com o Btooom, o que para mim não é algo ruim.
  9. Kkkk... eu baixei esse game no PS5, para ver de qual era e tal. Decepção. Assim, em termos de gameplay, é o mesmo jogo de sempre, o que para mim, é uma coisa boa, no entanto, é também uma coisa ruim, pois mostra que o game não evoluiu PORCARIA NENHUMA desde os primórdios do Playstation 1. Uma pena eu detestar a jogabilidade da série FIFA, mas eu tenho que tirar o meu chapéu para ela pois, no quesito evolução, é inegável o quanto o game melhorou ao longo dos anos. Assim, falando do jogo como um todo e não apenas da jogabilidade.
  10. Aqui, alguém conhece essa obra? Eu tô com ela na minha lista de mangás já faz um bom tempo, e estava pensando em começar a lê-lo, agora que terminei o High-Rise. Pelo pouco que eu já consegui garimpar sobre essa obra, ela parece muito com o Mushoku Tensei, só que mais sério, com mais drama e tal. Inclusive, o YouTube fez o favor de me exibir um spoiler da história que PQP!!!!! Me deixou receoso de pegar ela para ler. Uma cena extremamente triste e dramática. Eu adoro esse tipo de cena, mas ao mesmo tempo, eu odeio, pois me deixa deprêzaço… Hahahahaha...
  11. Isso é verdade. A história começou super pé no chão, bem realista até, mas depois descambou pros super poderes. Deixou de ser um embate de inteligência e perspicácia e passou a ser um embate de quem tem o poder mais fodão master. Mas, pela minha experiência nesse tipo de trama, eu já imagina que isso fosse acontecer, por isso não me surpreendi. Isso sempre acontece nessas histórias. Os autores sempre utilizam desse recurso para fazer a história progredir e a trama crescer. Começa com inimigos morrendo com tiros na cabeça e depois evolui pra inimigos desviando de tiros e parando bala de rifle com as pontas dos dedos. É uma pena que isso sempre aconteça. Agora, teve um battle royale que o autor não usou dessa ferramenta, o Btoooom. Lá não teve super poderes, mas teve outra coisa tão chata quanto, que foi o superutilização de vilões onipresentes e oniscientes. Os vilões sempre estava um passo a frente dos mocinhos. Isso é muito irritante também.
  12. Recomendaçãozinha top aqui viu. Eu vi que saiu o anime dessa obra na primeira metade deste ano, mas não peguei para assistir pois preferi esperar ele terminar. Depois que ele terminou, eu acabei resolvendo não assistir anime e, no lugar disso, ler o mangá, já que o anime, certamente, não concluiria a história. Acabei curtindo pacas. Basicamente, a história é um battle royale, no estilo Gantz. A história é boa e prende bem a gente. Eu só tenho uma coisa a me queixar sobre ela, que é aquele clichê do protagonista que acha errado matar. PQP!!!!! Cara eu ODEIO isso. Principalmente quando essa postura do protagonista causa a morte de outros. E isso acontece bastante na história desse mangá.
  13. Acabei de finalizar esse game. O jogo tem gráficos muito bonitos. A arte do jogo é linda. Embora seja linearzão, ao menos as áreas são conectadas umas às outras, o que passa, ao menos, uma impressão de vc estar num mundo inteiro. O sistema de combate é muito bom, simples de entender e divertido. A história é OK. Não é ruim, mas tem uma característica que me deixou BEM decepcionado. Extremamente "2D". A trama não tem profundidade, os personagens não têm profundidade, o mundo não tem profundidade. O game fica trabalhando com uns mistérios, enrola dezenas de horas para revelá-los, e quando os revela, não são absolutamente nada demais. As vezes não tem nem mesmo conexão com o que já se passou na história, sendo inventado algo "novo" apenas para poder encaixar a explicação. O vilão da história é uma verdadeira piada, leva séculos para aparecer e quando aparece, não acrescenta porcaria nenhuma à trama, parece mais um figurante. Sério, a criatividade do autor da história desse jogo é muito, mas muito fraca. Até o romance do game, que na minha opinião deveria ser o ponto forte da história, é decepcionante. O game embaça, embaça, embaça, mostra um o outro momento onde parece que a coisa tá evoluindo, mas no instante seguinte volta tudo a ser como era antes. E assim vai até o final, onde rola uma única ceninha sem graça, que segundo o autor, serviu pra fechar a história de amor dos protagonistas. QUE MERDA!!!!
  14. Como este tópico não é tão movimentado assim, não seria mais eficiente mesclar tudo não? Não creio que discussões sobre HQs desvirtuem o tópico, aliás, tecnicamente, é tudo a mesma coisa.
  15. Rapá! O youtube me recomendou um AMV desse manwah (mangá koreano), eu achei interessante e resolvi pegar para ler. Só pelos traços estilo CLAMP, já dá para perceber que é uma obra mais orientada para o público feminino, mas mesmo assim, eu li alguns capítulos e gostei muito viu. A historinha é muito envolvente. A protagonista foi teletransportada para um mundo paralelo (dãããããããããããããããããããã) e chegando lá ela se viu numa situação completamente fodida, sozinha (e sem nenhum poder especial de isekaijins), sem saber falar a língua daquele povo, todo mundo que ela encontrava ou queria estuprar ela ou queria vender ela como escrava, ou as duas coisas. Até que ela conhece esse bonitão da capa. Mas acontece que eles não conseguem se comunicar. Ele quer ajudar ela mas ela acha que ele quer fazer mal a ela também. É muito engraçado ele tentando explicar para ela que ele só quer ajudar e ela pensando que ele vai tentar estuprar ela também ou vender ela como escrava. Enfim, o relacionamento dos dois começa desse jeito. Até agora, a história está bem interessante, a interação entre esses dois é bem engraçada.
  16. No mínimo, deve ser dirigida por um bolsonarista roxo, pois eles são atualmente o veículo de mídia mais pro bolsonaro do país. É tão absurdo que chegou ao ponto de um dos apresentadores/comentaristas deles dizer que rachadinha não era crime, e isso em um programa exibido abertamente a todo país.
  17. BREAKING NEWS!!!! Alexandre Garcia foi demitido da CNN. Hahahaha... Ele já vinha forçando a barra faz um tempo, endossando informações falsas sobre a pandemia e por último, no programa de ontem eu acho, ele teve a cara de pau de dizer que a cloroquina salvou milhares de vidas. Essa foi a gota d'água pra CNN. Fizeram até uma adendo à fala dele, desmentindo tudo. Agora saiu a notícia dizendo que ele foi pro olho da rua. Contagem regressiva pra ele ir parar na Jovem Pan. https://www.istoedinheiro.com.br/alexandre-garcia-e-demitido-da-cnn-apos-defender-tratamento-precoce/
  18. Isso é fato. Acho que a única coisa boa que a gente pode tirar do governo desse jumento em forma de gente, e a consciência plena de que, no nosso sistema, o presidente da república tem poder demais da conta. Um absurdo ser dele a competência para indicar ocupantes de cargos que tem o poder de se posicionar contra os interesses dele.
  19. Numa hora dessas que eu penso se um sistema de eleição indireta não seria melhor, ou menos pior. Porque deixar a escolha na mão de um povo cuja grande parcela é extremamente burra, leiga, desinformada, desinteressada, mal educada e Incivilizada, é receita infalível para coisas como essa desgraça chamada Jair Bolsonaro voltarem a acontecer. Mas aí eu lembro que o congresso é formado por gente dessa mesma qualidade, e desanimo com a ideia.
  20. Parece que não aprendem com os erros do passado né? Se eles não entenderem que o Bolsoasno cresce com a desunião, essa desgraça tem chance de vencer novamente, pois, se chegar um segundo turno com Bolsoasno vs Molusco, a aversão ao PT pode falar mais alto, mesmo com todo o trabalho contra que o Bolsoasno vem fazendo ultimamente. Eu estava conversando sobre isso com meus colegas de trabalho e depois de algumas ideias trocadas, chegamos à conclusão que: 1 - Bolsonaro continuar presidente, vai ser uma merda, e todo mundo já sabe o porque. 2 - Lula vencer Bolsonaro, vai ser uma merda do mesmo jeito, e nem falo por conta da roubalheira não, pois isso não mudou bosta alguma com a eleição do Bolsonaro, falo com relação ao país ficar parado no tempo. O governo Bolsonaro não consegue avançar porque ele tem uma oposição muito forte (que ele faz ficar mais forte a cada dia). O governo do Lula também não avançará, pois a oposição contra ele será, muito provavelmente, igual ou quase igual a do Bolsonaro, já que a aversão PT é inquestionavelmente grande. 3 - Se a esquerda, centro-esquerda, centro-direita e direita não fanática não se conscientizarem da necessidade de um esforço conjunto, Bolsonaro VAI SIM para o segundo turno, e no segundo turno, ele pode vencer o Lula (Lula no segundo turno não se discute). Mas, não importando qual desses dois vença no segundo turno, o país perde. 4 - A solução seria o surgimento de uma terceira via, nascida de um esforço conjunto entre aqueles (tanto de direita quanto de esquerda) que não querem nem Lula e nem Bolsonaro como presidente, e trabalhar em cima do objetivo de tomar de Bolsonaro a vaga do segundo turno. 5 - Uma terceira via, nascida de uma consciência unificada, seria a melhor opção para a salvação do país, já que, em tese, essa terceira via não encontraria tanta aversão dos defensores de Lula e Bolsonaro, como um encontra do outro. O problema é que, ao que parece, ninguém está querendo abrir mão do protagonismo político. Oh céus! Como o ser humano é burro. Milhares de anos de civilização e ainda assim, essa raça comete os mesmos erros, denovo e denovo e denovo.
  21. Aí eu botei fé! Melhor jogo de toda a série, na minha opinião.
  22. Não duvido que seja uma versão requentada do GT do PS4 mesmo não. A produção dele eu acho que foi relativamente muito rápida. Mas aqui, o GT do PS4 ainda é lindo pra cacete.
  23. Eu vi um um twitter ontem dizendo que o GT7 vai lançar em abril ou março do ano que vem.
×
×
  • Create New...