Dav

Membro Ativo
  • Content count

    13,253
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    38

Everything posted by Dav

  1. Street Fighter Kids Street Fighter Kids foi um trote que começou na agora falecida “Game Zero”, web site pirata de jogos em Hong Kong. Dito ser uma versão super-deformed da série, SFK foi na verdade uma única screenshot criada por provável empregado da Capcom. Já que o “Game Zero” geralmente postava primeiro as fotos de jogos famosos, muitos acreditaram. O programador acabou por vir e contar a história e reprovou a todos que acreditaram e espalharam o rumor. Ironicamente, a Capcom trouxe essencialmente o jogo, na forma do Pocket Fighter e Super Puzzle Fighter II X. DC vs Street Fighter Numa edição da E3, tradicional feira de games, rolou um boato sobre um acordo entre as duas empresas. Infelizmente elas esfriaram. Dois anos antes, a Capcom já teria tentado produzir DC vs. Marvel vs. Capcom, mas esbarraram em problemas de licenciamento, afinal eram muitas empresas e muita grana envolvida. O mercado de jogos de luta já não dava tanto lucro como antigamente. Mortal Kombat vs Street Fighter Durante muitos anos, o duelo entre as duas sagas era um sonho para os fãs. Porém as séries têm grandes diferenças entre si, como por exemplo em MK, as batalhas serem de vida ou morte e em SF, as lutas são “por competição”. Recentemente, uma equipe de programadores chamada “Proxicide”, produziu três animações em flash. Na primeira duelam Ken e Rayden, na segunda animação Ryu e Scorpion saem no tapa e na terceira, Akuma e Chameleon se degladiam! Oficialmente falando, a “Epic Battles TCG” lançou um card game envolvendo os dois universos. Aliás, fez tanto sucesso, que agora a empresa incluiu Tekken no campo de batalha. Street Fighter vs Guilty Gear (Sammy vs Capcom) Em 2003, a empresa Sammy anunciou no evento “Amusement Machine Show”, em Tóquio, que estava fechando uma parceria para co-produção de “The King of Fighters”, e o representante da SNK Playmore, Akihito Kadowaki afirmou que o projeto já estaria em desenvolvimento. Após o anúncio, a Sammy anunciou que havia adquirido a licença para a produção de “Sammy vs Capcom”. Ishiwatari Daisuke (representante da Sammy) e Funamizu Noritaka (representante da Capcom) confirmaram o projeto na época. E nós estamos esperando até hoje… Capcom Fighting All Stars A Capcom pretendia criar um jogo de luta 3D com personagens de Street Fighter diferente do Street Fighter EX, da Arika, que não teve muita aceitação dos fãs. Esse game chegou a ter uma versão beta testada nos arcades japoneses. Após muita especulação, a revista japonesa “Dorimaga” anunciou que a Capcom havia cancelado o game, notícia confirmada pouco depois no site da Capcom japonesa. O game teria os personagens (destaque para Haggar, que faria sua “estréia” contra lutadores da série Street Fighter, e Ingrid, que entrou em Street Fighter Alpha 3 Double Upper): Ryu (Street Fighter) Chun-Li (Street Fighter) Nash (Street Fighter Alpha) Alex (Street Fighter III) Batsu (Rival Schools) Akira (Rival Schools) Poison (Final Fight) Hiryu (Strider) Haggar (Final Fight) Além desses, personagens originais foram criados para o game: D.D. que seria o “personagem principal”, o loiro Rook, Death, e a até então desconhecida Ingrid. O projeto não foi totalmente cancelado. A Capcom aproveitou alguns elementos no game Capcom Fighting Jam / Evolution. Street Fighter 64 e SF Champion Edition para Mega Drive Enquanto a Nintendo ainda investia em seu N64, existia uma grande pressão pelo lançamento de um jogo da série SF para o console. Foi divulgado que SF64 estaria em produção, mas ficou só no boato. Por outro lado, bem antes, a Capcom desenvolvia Street Fighter II Champion Edition, mas o game ficou com tantos elementos de SF II Turbo Hyper Fighting, que teve que ser renomeado, e por isso, foi lançado SF II Special Champion Edition. A revista “SEGA Power” edição 43, publicou algumas fotos de SFII CE para Mega, a qual você pode ver logo acima. Sheng Long (Gouken) E os boatos não se restringem aos games. A revista EGM costumava fazer brincadeiras de 1º de abril com seus leitores. Gouken, mestre de Ken e Ryu, foi “renomeado”: passou a se chamar Sheng Long. Primeiramente a lenda foi criada para Street Fighter II. Para conseguir enfrentar o sensei dos caratecas, seria precisa empatar vários rounds na luta final contra M. Bison sem que nenhum dos personagens sofresse dano. Sheng Long apareceria e detonava M. Bison, e caberia ao jogador, derrotá-lo. Coincidência ou não, a Capcom criou pouco depois, o personagem Akuma (Gouki), irmão de Gouken, em Super Street Fighter II Turbo / X. Creditos: http://www.streetfighter.com.br
  2. Rumor: Marvel vs. Capcom 4 to be announced at PlayStation Experience 2016 Featuring characters popularized by Marvel Studios, no X-Men. Marvel vs. Capcom 4 is in development and will launch for consoles in 2017, multiple sources have reportedly told Polygon. The site claims the Marvel and Capcom fighting game crossover will be announced at PlayStation Experience 2016 this weekend, where the Capcom Cup 2016 Street Fighter V tournament will be held. Polygon reports that fans should expect characters from properties popularized by Marvel Studios films, such as The Avengers and Guardians of the Galaxy, rather than properties like X-Men. That means characters like Ant-Man and Groot are in, while mutants like Wolverine and Magneto are out. While Marvel vs. Capcom 4 is in development, Polygon reports there may also be good news for fans of Marvel vs. Capcom 3 coming as well. When reached for comment, a Capcom representative told Polygon, “Capcom does not comment on rumors or speculation.” http://gematsu.com/2016/11/rumor-marvel-vs-capcom-4-announced-playstation-experience-2016
  3. 1) Hard Times, known as Street Fighter in Japan (1975) 2) Street Fighter II concept art 3) Street Fighter II http://videogamesdensetsu.tumblr.com/post/162082397635/1-hard-times-known-as-street-fighter-in-japan Ken’s stage was based on the same movie: http://videogamesdensetsu.tumblr.com/post/145325879445/final-fight-probably-wasnt-the-only-capcom-game
  4. Daytona Championship USA Officially Released To Arcades After seeing various tweets showing that Sega’s newest arcade racer is showing up at various locations around the world, we have confirmed that the remake/reboot of Sega’s mega-hit classic Daytona Championship USA is now officially released to Western arcades. I have yet to see Japanese media mention it so they may be waiting for the Western release to shake out first. For those who have purchased and received the game, do note that there is a free software update that will be rolling out sometime at the end of this month/beginning of next called the Party Mode Update. While it primarily deals with the Party Mode that the game has, it also will make improvements to both graphics and game handling. We’ll be sure to mention it once available. With that release, here is some new media along with locations where you can find the game. First, Sega released a new promo trailer to show off the remastered Seaside Street Galaxy course: http://arcadeheroes.com/2017/06/16/daytona-championship-usa-officially-released-to-arcades/
  5. Sim vejo aqui os da ipega sempre vendem esse da 8bitdo deve ser bom por que os outros chineses sao copiados dele. E que eu acharia legal um celular com controle ja embutido no formato slide, ou nao necessariamente acoplado ao celular poderia ser uma case com controle ja vi para iphone nos sites chines mas so fazem para eles ate onde vi. Esse e o horizon chase nao desista-lo rs mas jogo aos poucos a tela do meu celular e 3.5 /=
  6. Bacana o projeto curti ja vi estes controles para encaixar e jogar nos telefones mas se a Sega lança-se (ou outra empresa) algo do tipo ajudaria muito.Esse e um modelo da Razer acho nao sei se saiu mesmo ou foi somente um conceito: Da Sega aqui no meu celular simples da CCE joguei o Virtua Tennis Challenge,After Burner Climax,Sonic 1 e 2...tentei um Crazy Taxi exclusivo para telelefone mas ficou muito lento /=
  7. Sobre Apple e Atari acabei lembrando.. Assisti a uma entrevista na epoca que tinha TV a Cabo no Globo News com o criador do Atari pelo que lembro ele disse que o video-game usava peças dos computadores da apple uma versao deles acho EDIT: Fundador da Atari...Steve Jobs trabalhou para ele e fez o jogo Breakout
  8. Anunciado novos membros da equipe do Sonic Mania E tem brasileiro no meio! Depois do enorme sucesso que o Mania fez na E3, junto com os prêmios que ganhou, foram revelados novos nomes de pessoas da comunidade do Sonic que estiveram envolvidos na produção do jogo: Hunter Bridges: Programador e compositor de LA, Hunter trabalhou no fan game da Sonic Retro, Sonic Nexus. Twitter: @hunterbridges Brad Flick: Designer de jogos e engenheiro de som com um pouco de experiência em fan games, como o Sonic Nexus, e escritor da Sonic Retro, assim como o seu próprio site Sonic Stadium. Twitter: @bradflick55 Kieran Gates: Um excelente animador e designer gráfico do Reino Unido e também membro da família Summer of Sonic. Twitter: @gatestormer Paul Veer: Um artista bem estabelecido, animador e designer, que trabalhou em títulos como Nuclear Throne e LUFTRAUSERS. Ele também se envolveu com a Cook & Becker, para produzir a imagem criada por ele licenciada oficialmente do Sonic. Twitter: @pietpiet Falk Au Yeong: Compositor, arranjista e que trabalhou na trilha sonora do Sonic Before the Sequel, além de ser o engenheiro de mixagem da trilha sonora do Kingdom Hearts HD 2.5 Remix. Taryn Costello: Level designer. Twitter: @taryncostello Midio: Um artista 2D de São Paulo. Twitter: @midio Picomy: Estúdio de games, responsável pela versão mobile do Heroki. Website Fonte: The Sonic Stadium http://www.powersonic.com.br/anunciado-novos-membros-da-equipe-do-sonic-mania/
  9. Essa do Megaman X ficou bem legal vi essa esses dias
  10. 2.5D fighting game due out worldwide in early 2018. Bandai Namco has announced Dragon Ball Fighters, a new 2.5D fighting game for PlayStation 4, Xbox One, and PC developed by Arc System Works and due out worldwide in early 2018. The game uses a three-versus-three team battle system, allowing players to determine the compatibility between characters and form a team of fighters. It will incorporate the “ultra high speed battles” and “flashy special moves” that the Dragon Ball series is known for. According to producer Tomoko Hiroki, while Dragon Ball titles of recent years have been 3D, they chose 2.5D this time because there were some things that can only be done in that style. While it looks like 2D animation at first glance, it has a broader range of expression as they can shift camera angles and incorporate a lot of unique production not possible in 2D alone. It should be noted that the press release for this announcement is dated June 12, meaning that Bandai Namco accidentally shared this information ahead of its official reveal. A backup of the press release is available here. The official Japanese website will be available here when the game is officially announced. http://gematsu.com/2017/06/arc-system-works-developed-dragon-ball-fighters-announced-ps4-xbox-one-pc
  11. DotEmu and Lizardcube have launched a teaser website counting down the reveal of Wonder Boy: The Dragon’s Trap. Lizardcube is a new studio formed by ex-Media Molecule and Q-Games developer Omar Cornut, and traditional comic and animation artist Ben Fiquet, that announced its establishment last week. DotEmu is a french studio that recently brought back Pang, a series of popular arcade games from the early 90s, in the form of Pang Adventures. Now, they look to be doing the same for Wonder Boy. (Wonder Boy III: The Dragon’s Trap first launched for the Sega Master System in 1989.) The official reveal is set for this Thursday, June 2 at 7 a.m. PT / 10 a.m. ET. http://gematsu.com/2016/05/dotemu-lizardcube-announce-wonder-boy-dragons-trap-june-2
  12. E somente uma info do CEO da ATGAMES acho que aquele portatil MDPLAY vai passar por uma revisao tambem. AtGames have officially unveiled their brand new HD SEGA Genesis console. Their newest iteration includes 720p HD output, scan line filtering, and a save/pause/rewind feature for every game. The console will also come with two 2.4 ghz wireless controllers and boasts 85 built in games which include the Sonic the Hedgehog, Shining Force and Phantasy Star series. It will also include two ports for your legacy controllers, as well as a cartridge slot to play most of your Genesis/Mega Drive games. The CEO of AtGames promises this to be some of their best products yet. “These upcoming products are our best hardware lineup ever. Building on our long history of delivering value-packed, nostalgic products for our customers, this new line-up takes classic gaming to a stunning new level.” – DR. PING-KANG HSIUNG, CEO, ATGAMES AtGames is also re-releasing their portable handheld and Genesis mini console, which promises better sound and inputs. This lineup of products is scheduled to be released Fall 2017, with pre-orders going live this Summer. Se haver uma revisao do MDPLAY,Mega Drive Portatil,na parte de som,menus e opçoes de conexao com a TV e suporte a controle sem fio como esse Mega Drive novo possivelmente vou pegar um.
  13. A ilustração clássica sempre acho melhor
  14. Bem basicamente todos os MD aqui no Brasil sendo novos ou antigos sao da Tectoy ou usam peças destes imagino que nao havera problemas. O proprio Mega Drive Tectoy chega a ler fitas antigas e de outras (regiões e hacks algumas) Ainda nao foi comentado nada no FAQ da fita em todo o caso...
  15. Ministro negocia com lanchonetes fim do refil para refrigerantes A alternativa seria propor ao Congresso um projeto de lei proibindo esse sistema de oferta da bebida Da Estadão Conteúdo 13/06/2017 - 15:31 - Atualizado em 13/06/2017 - 15:39 O Ministério da Saúde quer acabar com a oferta de refil de refrigerantes em restaurantes e redes de lanchonete no Brasil. A pasta negocia com representantes do setor um acordo para o fim dessa prática, que, na avaliação do ministério, tem se expandido de forma perigosa no País. "Caso não cheguemos a um resultado comum, vamos estudar uma outra medida", afirmou o ministro da Saúde, Ricardo Barros. A alternativa seria propor ao Congresso um projeto de lei proibindo esse sistema de oferta da bebida. De acordo com o ministro, não há prazo para que o acordo com o setor seja firmado. A estimativa do Ministério da Saúde é de que existam cerca de 1 mil lojas de redes de fast-food, além de restaurantes, que oferecem aos clientes essa possibilidade de consumo ilimitado por um preço fixo. "Há uma disputa por esse mercado. Vamos manter a tentativa de acordo voluntário. Espero chegar a um entendimento", disse Barros nesta terça-feira, 13. Pelas contas da pasta, o refil aumenta em até 30% o consumo de refrigerantes nos estabelecimentos. "Isso vai contra a nossa meta, que é justamente reduzir a ingestão da bebida", completou. Sal e açúcar Barros anunciou ainda outras duas medidas que estão em estudo para tentar reduzir o consumo excessivo de sal e açúcar no País: a proibição de saleiros em mesas de restaurantes; e a mudança de embalagens de sal e açúcar, que passariam a apresentar um dosador. "Eles ajudariam a ver qual a exata quantidade para o consumo. O que vemos hoje é uma colher de sal, mas ela pode ser rasa ou muito cheia. Há uma grande diferença", disse Barros. A exemplo do refil, a ideia do governo é tentar, em uma primeira etapa, um acordo com donos de restaurantes e estabelecimentos que servem comida para retirar o saleiro."Se todos concordarem, não há necessidade de uma lei." Meta de redução As estratégias foram apresentadas nesta terça-feira, 13, durante o anúncio dos resultados do acordo de redução de sal com a Associação Brasileira das Indústrias da Alimentação (Abia), firmado em 2011. Cálculos feitos pelo Ministério da Saúde com base em dados fornecidos pela indústria indicam que foram retirados do mercado até o momento 17 mil toneladas de sódio dos alimentos. Essa quantia está longe da meta firmada com o setor, que é, até 2020, retirar o equivalente a 28.562 toneladas do nutriente. Embora o cronograma esteja bem atrasado, Barros disse estar confiante de que o objetivo será alcançado. Apesar do discurso, tanto o ministro quanto representantes da indústria reconhecem que, nas próximas etapas, o processo vai ficando cada vez mais difícil. No início do acordo, bastava retirar o excesso de sódio de alimentos. Embora festejado pelo governo e pela indústria, o acordo de redução de sal é criticado por especialistas em nutrição por suas metas, consideradas muito tímidas. O sal é considerado fator de risco para hipertensão. Além de dar sabor, ele ajuda a conservar os alimentos, por isso, a sua adição até mesmo em alimentos adocicados, como cereais matinais e bolos. Estudos indicam que o brasileiro usa sal em excesso e não se dá conta de ter esse comportamento de risco. A média de consumo diário do ingrediente no Brasil é de 12 gramas, mais do que o dobro recomendado pela Organização Mundial de Saúde (OMS): 5 gramas diárias. Etapas A mudança na formulação é feita em etapas. Na primeira fase, a redução foi feita em massas instantâneas, pães de forma e bisnaguinhas. Em uma segunda etapa, iniciada em outubro de 2011, foi a vez de salgadinhos de milho, batatas fritas, bolos, misturas para bolo, maionese, bolachas e biscoitos. Na terceira turma, estavam margarinas, cereais caldos em cubo e gel, além de temperos. Na última fase, iniciada em novembro de 2013, a redução tem como alvo empanados, hambúrguer, linguiças cozida, resfriada e frescal, mortadela, presuntaria, muçarela, requeijão cremoso, salsicha e sopas individuais. De acordo com o ministério, houve uma redução de 23,15% da quantidade de sódio presente na muçarela, entre 2012 e 2016. No requeijão, a queda foi de 20,47%. Sopas apresentaram uma queda de 65,15% na quantidade de sódio adicionada. Entre embutidos, a maior queda foi da linguiça cozida em temperatura ambiente. A redução do teor de sódio foi de 15,59%, de 2013 para 2016. Entre hambúrgueres, a queda foi de 18,34%, também no período 2013-2016.
  16. Sega has released a new trailer for Sonic Forces introducing the game’s villains and introducing a powerful, mysterious new enemy named Infinite. Infinite joins Eggman’s evil group of hecnmen in Sonic Forces, which also includes Chaos, Metal Sonic, Shadow, and Zavok, who have already taken over the world and aim to create more panic and disorder. Here is a list of the villains introduced in today’s trailer: Doctor Ivo “Eggman” Robotnik: The original Mad Genius Doctor, and Sonic’s nemesis. After countless failed attempts, his plan to take over the world seems to finally be succeeding. Chaos: An ancient power thought to have been quelled after the events of Sonic Adventure. His return is a mystery. Shadow: Once called “The Ultimate Life Form”, Shadow fights for his own reasons. He appeared in Sonic Adventure 2. Metal Sonic: One of the evil doctor’s most powerful creations, Metal Sonic first appeared in Sonic CD, and has returned at a few key moments since. Zavok: The leader of a group known as The Zeti, Zavok is a powerful warrior who was first seen in Sonic Lost World. Sonic Forces is due out for PlayStation 4, Xbox One, Switch, and PC this holiday.
  17. Estrelando dois jogos no Master System, Mônica e seus amigos também apareceram em uma aventura para o Mega Drive em 1994, com o jogo “Turma da Mônica na Terra dos Monstros“. O game é uma localização feita pela Tectoy baseada em “Wonder Boy in Monster World” da Westone lançado originalmente em 1991 – ele é o quinto jogo da franquia “Wonder Boy”. A história mostra Mônica visitando o País da Fantasia, mas ao chegar lá descobre que o reino foi invadido por um exército de monstros e agora ela a única capaz de derrotá-los. Seus amiguinhos também precisam de ajuda: Cebolinha está escondido na Vila Feliz; Magali é uma princesa que está presa em seu próprio castelo; Anjinho vive no reino das nuvens; Cascão está perdido e o cachorrinho Bidu foi raptado pela tribo de canibais Pés-Sujos. Dos três jogos, este certamente é o mais bonito e bem feito, que contou com um trabalho de primeira para adaptar o visual e contextualizar, da melhor maneira possível, o roteiro ao material de origem nos gibis, para que cada um dos personagens principais tivesse seu lugar de destaque dentro do game. Além de apresentar os icônicos personagens criados por Maurício de Sousa, “Terra dos Monstros” se destaca por misturar características de jogos de plataforma com elementos de RPG, onde nossa pequena heroína munida de seu coelhinho Sansão deve explorar reinos de fantasia, acabar com os monstros e se equipar com novos e mais poderosos equipamentos que são encontrados pelo caminho. Apesar do visual “fofinho”, o título apresenta boas doses de desafios, e para progredir na trama o jogador é obrigado adquirir armas, escudos e armaduras melhores para enfrentar os inimigos que ficam mais fortes. E para isso é necessário coletar moedas que caem dos adversários derrotados, resultando em um processo bem conhecidos pelos jogadores de MMO e RPGs atualmente, o grinding – ato de fazer repetidas tarefas para poder evoluir seu personagem. Chegar ao chefão final, representado pelo malvado Capitão Feio, e acabar com ele na base das coelhadas não é uma tarefa fácil, mas a experiência nesta jornada épica com certeza é muito divertida e inesquecível! proveite e adquira já o seu cartucho para Mega Drive “Turma da Mônica na Terra dos Monstros” clicando aqui. http://blogtectoy.com.br/turma-da-monica-na-terra-dos-monstros-esta-de-volta/ de R$ 129,00 por: R$ 99,00 em até 2x de R$ 49,50 ou Desconto de 5% no boleto Valor no boleto: R$ 94,05 Detalhes do Produto
  18. With the release of the new story demo, fans are now able to delve deeper and immerse themselves in Marvel vs. Capcom: Infinite like never before. This thrilling cinematic experience puts players at the center of a fierce battle as heroes from both universes come together to stop Ultron Sigma, the combined form of the robotic villains Ultron and Sigma, from infecting all biological life on the newly-merged Marvel and Capcom worlds. With the future of their universe hanging in the balance, the heroes must seek aid from the Mad Titan Thanos, the most powerful villain in the Marvel Universe… but can they trust him? Marvel Thanos Gamora Nova Doctor Strange Capcom Dante (Devil May Cry) Zero (Mega Man X) Spencer (Bionic Commando) Arthur (Ghosts ‘n Goblins)
  19. Fases antigas do Sonic Mania estão sendo mostradas de propósito e entrevista com Iizuka Durante a última stream oficial do Sonic, Aaron Webber revelou que a SEGA tem mostrado as fases antigas que estão retornando no Sonic Mania de propósito, assim as fases novas ficam sendo surpresas. Ele também comentou sobre o tamanho do jogo, onde ele disse que depende do quanto você explora as fases e o quão rápido você vai. “Se você for bom e conhecer todos os truques, você pode economizar muito tempo, mas ainda sim vai levar um tempo para terminar o jogo com os 3 personagens.” Webber também deu uma dica de que “outros elementos” podem estender a duração do jogo. Além disso, uma entrevista de Takashi Iizuka e Kazuyuki Hoshino com a Game Informer apareceu recentemente sobre alguns elementos da história do Sonic. Confira algumas partes abaixo: O Sonic mora na Green Hill ou só gosta de visitá-la com frequência? Takashi: Ele não vive na Green Hill, ele só curte correr por lá com frequência. O Sonic tem só um olho com duas púpilas? Qual é a dos olhos dele? Hoshido: *ri segurando a cabeça* Takashi *ri* Ele tem dois olhos separados. Pode parecer que estão conectados, mas ele tem dois olhos separados. E o Metal Sonic? Hoshino: Ele não tem olhos. São monitores com câmeras atrás dos monitores. Alguém notou que o Mighty está desaparecido? Takashi: O Mighty faz parte do mundo Clássico e do grupo de personagens clássicos, e alguns dos Chaotix foram interpretados nos jogos modernos. Contudo o Mighty ainda existe no universo clássico e ele pode reaparecer no futuro em algum interação dos clássicos. O que o Chaos anda fazendo ultimamente? Takashi: Boa pergunta! A gente acha que você o verá de novo em breve. O Mephiles continua por aí? Takashi: O Mephiles foi criado para o Sonic 06. Ele existia naquele mundo e foi bem útil para aquela narrativa, mas nós não temos planos de fazer o Mephiles aparecer novamente. E sobre a Elise? Ela encontrou outro ouriço para namorar? Takashi: *ri* Ela provavelmente está por aí no mundo humano, curtindo a vida dela como princesa. Talvez ela seja uma rainha agora. Nós não temos certeza. Eggman aparentava ser o único humano. A partir do Sonic Adventure, nós vimos mais e mais humanos aparecendo nas histórias. De onde eles estavam vindo? Takashi: O mundo onde o Sonic vive e o mundo dos humanos são separados. Mas alguns dos jogos canon do Sonic tem ambos juntos, e parte disso é baseada no mundo em que o jogo se passa. Existem tipos diferentes de mundos que se cruzam as vezes. O que aconteceu com todas as Super Esmeraldas? Takashi: As Super Esmeraldas só existiram no Sonic & Knuckles e esse continuará sendo o único lugar em que elas existirão nas versões modernas do Sonic. Hoshino: Elas sumiram. Eu não sei o que aconteceu, mas elas se foram. O Dr. Eggman desistiu de construir Death Eggs? Takashi: Ele gosta de pensar em coisas sinistras e malignas para construir, então ele provavelmente tentará de novo. Você pode conferir a entrevista completa aqui. Fontes: TSShttp://www.powersonic.com.br/fases-antigas-do-sonic-mania-estao-sendo-mostradas-de-proposito-e-entrevista-com-iizuka/Z News
  20. The Crew 2 Having previously created an open-world playground for four-wheeled vehicles that spanned the roadways and off-roadways of the USA, the developers at Ivory Tower set their sights on the sky and the sea. Enter The Crew 2, the next iteration of the open-world driving playground, which will introduce bikes, boats, and airplanes to a fully redesigned map of the USA. The Crew 2 is scheduled to release early next year for Xbox One, PS4, and PC, with enhancements for the PS4 Pro and Scorpio.
  21. Blade Strangers (PS4, Switch, PC) From veteran Japanese developer Studio Saizensen comes Blade Strangers, a hardcore old-school fighting game with online multiplayer battles for the Switch and PS4. Its refined four-button control scheme makes it easy for beginners to jump right in, but tournament-caliber players will relish the intricate combos, counters and specials. The fighter roster includes characters from previous Studio Saizensen games (like Code of Princess and Sayonara Umihara Kawase), Nicalis games (like Cave Story+) and other surprise entrants. The stunning character animation in Blade Strangers is created using a proprietary process. 3D character models are used to render individual animation frames, which are then rasterized into sprites and manually touched up by experienced 2D artists. The result is smooth and realistic animation in which every single frame looks like a gorgeous anime illustration. The game uses a four-button control scheme in which all attacks are triggered by various combinations of action buttons. By avoiding the use of traditional quarter-circle and half-circle input commands, Nicalis and Studio Saizensen hope that the less complex controls of Blade Strangers will allow new players to get into the fighting game genre. The development team’s goal is to revitalize a once-mighty fan community that has the potential to grow even larger. Another benefit of the simplified controls in Blade Strangers is reduced lag in online multiplayer competition, since there’s less data to transmit between opponents. The finished game will combine the excitement and subtle dynamics of a classic one-on-one brawler with the polish and features that a current-gen fighting game deserves. Video e de um Apresentaçao de partes de Gameplay http://gematsu.com/2017/06/nicalis-announces-studio-saizensen-developed-crossover-fighter-blade-strangers-ps4-switch-pc
  22. Terminei o Age of Mythology do PC dublado e legendado em PTBR Otimo Jogo.
  23. Alguns videos Este mostra o modo moderno e depois os dois videos de cima nao achei separado /=
  24. Poxa curti esse efeito das argolas voando para frente da TV,parece que e somente quando tem muitas otima ideia! Curiosamente aquele trial Sonic Fan HD Remix mostra o ultimo chefe do Sonic 2 na Emerald Hill...acabei lembrando agora.
  25. Video que o Snay postou esta bem legal mesmo,puts o jogo,quem sabe esse faça uma nova geração de jogos de luta assim. a lembrando...Capcom ainda da tempo rs No forum da capcom uma postagem antiga perguntando sobre um crossover http://www.capcom-unity.com/ask_capcom/go/thread/view/7371/20123701/streetfighter-vs-guilty-gear