Mcs

Membros
  • Content count

    391
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    4

Mcs last won the day on February 9

Mcs had the most liked content!

Community Reputation

87 Contribuidor

About Mcs

  • Rank
    Membro
  • Birthday 10/07/1985

Contact Methods

  • MSN
    possessed_zero@hotmail.com
  1. Resident Evil 2 N64 vs PS1 A versão de PS1 é claramente superior na execução dos FMVs, com fluidez e qualidade gráfica muito acima da versão de N64, claro problema com a compressão que a Capcom teve que utilizar devido ao baixo armazenamento que os cartuchos de N64 possuíam. Chegavam a ser tão escuros que no PS1 parece que são outros vídeos. O áudio do jogo também é superior na versão de PS1, que não tem aquele efeito abafado que a versão do N64 tinha (Problema também devido a compressão dos arquivos). Porém, a versão de N64 rodava numa resolução maior, e apresentava gráficos menos serrilhados durante o jogo. A versão de N64 também tinha extras em relação a versão do PS1 (Ex files, item randomizer, ajuste de cor de sangue, de nível de violência, etc) além da facilidade de ter o jogo em apenas um único cartucho (A versão de PS1 possuía dois CDs). A versão de N64 tinha seus "loadings" mais rápidos. Qual a melhor opção? Sinceramente não sei. Eu joguei a primeira vez no N64, e fui conhecer a versão de PS1 mais tarde. Eu nunca gostei das texturas que os jogos 3D do Ps1 apresentavam, que dá a impressão que um polígono está sobrepondo o outro a todo momento, sempre com a sensação de que eles não param de se mexer. Ambas as versões tem seus prós e contras. Pela praticidade (Para mim), eu iria de N64. Mas os FMVs e os sons da versão de PS1 são extremamente superiores e mais agradáveis. Questão de gosto mesmo.
  2. Peguei no sábado meu Switch. Comecei a jogar o Zelda, e pra dizer a verdade, me deu preguiça de início. Mas no dia seguinte, peguei o jogo com mais empenho. Agora não consigo parar de jogar essa porcaria, kkkkk. Curti muito as alterações. Confesso que no início, você não ter um rumo definido me deixou meio perdido, mas agora to curtindo essa liberdade.
  3. Compra certa! A Crapcom poderia ver esses remakes e fazer algo semelhante com os antigos Megaman, não ficar relançando a versão do NES sem nenhum conteúdo adicional!
  4. É a tal da cultura de culpar quem expõe os culpados... A culpa não é de quem expõe, e como expõe. A culpa é de quem faz as coisas da maneira errada. Pode ter sido exagerada a postura e divulgação deles? Pode, mas isso não diminui o problema no controle de qualidade.
  5. Enquanto isso, minhas encomendas estão todas paradas.
  6. Aparentemente, o projeto está tomando um rumo bem interessante! Achei bem feito no geral.
  7. Cara... Dreamcast. Apenas lancem o DC!
  8. Velho problema. Uma vez consegui regular, mas depois o meu DC caiu do armário, e nunca mais consegui. Comprei já umas 3 leitoras e nada. To com dois DCs parados em casa. Vou comprar no ML aquele chip pra fazer dual boot em um deles. É o jeito.
  9. Cara, a IGN US tem conteúdo a rodo. Na falta do que postar na IGN BR, apenas traduzam as reportagens da IGN US, e como tá tudo em casa, não tem problema. Isso aí é vontade de se destacar sem trabalhar pra isso.
  10. Cara, é aquisição certa! A cada vídeo novo que vejo, me passa a sensação da primeira vez que joguei o Sonic no Master. Muito bom!
  11. Quais as implicações de fazer o desbloqueio dessa maneira? É reversível?
  12. Ainda rola aquele esquema, de ter que executar o processo toda a vez que reiniciar o console?
  13. Kkkkkkkkkk, pode ter certeza que vai rolar algo do tipo! New Switch com uma versão mais nova do Tegra, kkkk.
  14. Não tem passe livre, só disse que é comum. Vi um cara que diz que para saber o tamanho exato, pode-se passar uma moeda no vão. Se a moeda enganchar, é porque vai riscar cedo ou tarde.
  15. Não sei DeeJ. Realmente o problema do Joycon foi um problema de projeto infeliz, e provavelmente a grande maioria comercializada (Se não TODOS) terão esse problema. Agora o problema do Dock riscar é um provável problema de acomodação: http://www.express.co.uk/entertainment/gaming/776227/Nintendo-Switch-problems-dock-scratch-screen-reports Poderia ser uma tela anti risco? Poderia, mas não é. Meu Ps4 risca só de olhar pra ele (No Black Piano), mas isso não é um problema. A Sony, na época do lançamento do PS4 estimou que 0,4% dos PS4 vendidos no lançamento apresentariam problemas de hardware. Eu lembro que não comprei o meu no lançamento exatamente por isso: Medo de ter um peso de papel caríssimo. Li na época notícias de todo tipo (Inclusive um camarada meu comprou um, que ao atualizar, virou um peso de papel na época do lançamento, e ele quase perdeu o PS4). Como eu disse, isso é mais comum do que a galera prega. As pessoas tem memória curta. No Wii teve o lance das fitas do Wiimote (Straps)... a Nintendo fez um recall e foi um puta bafafa. Os primeiros PS3 super aqueciam e queimavam a rodo. Os primeiros 360 nem se fala.