Jump to content

Galva Maximus

Membros
  • Content count

    564
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    16

Everything posted by Galva Maximus

  1. arkade.com.br 2-3 minutos Nos dias atuais, muitas produtoras relançam seus grandes clássicos do passado, seja com um port para as plataformas atuais, seja com uma simples remasterização e as vezes com remakes completos, como é o caso de Final Fantasy VII. Mas sabe aqueles clássicos da Square Enix que nunca mais deram o ar da graça em nenhuma plataforma atual? Pois então, acontece que a Square Enix perdeu os códigos desses games! Em entrevista para a Game Informer durante a E3 2019, o CEO da Square Enix, Yosuke Matsuda, comentou sobre formas de relançar todo o catálogo de games da companhia. Ele comentou que já há um trabalho interno na Square dedicado a isso, ainda considerando todas as opções para o relançamento desses games, seja relançando-os em diferentes plataformas ou até através de um serviço de assinatura, prática que tem se popularizado bastante atualmente. Final Fantasy VII Remake é um dos retornos muito pedidos pelos fãs Porém, há um empecilho no caminho, a Square não sabe onde estão os códigos de alguns games clássicos. Nas palavras de Matsuda: “Fico envergonhado em admitir, mas em alguns casos, nós não sabemos mais onde estão os códigos. As vezes é bem difícil achá-los, porque naquela época você apenas os fazia e os colocava pra fora e pronto – Você não precisava pensar em como iria vendê-los aos longo do caminho. As vezes os clientes perguntam, ‘Por que vocês ainda não lançaram aquele game?’ E a verdade sobre o assunto é que nós não sabemos onde ele foi parar.” Ele não entrou em detalhes sobre quais jogos acabaram sumindo, mas é possível ter uma noção ao se olhar o catálogo de games relançados da Square. Mas o que importa é que a companhia está empenhada em relançar toda a sua biblioteca, e se eles conseguirem recuperar tudo, será algum verdadeiramente incrível! (Via: Game Informer)
  2. Tópico das Android Boxes

    Acabei de comprar uma dessas Mi Box 4k, dúvidas de leigo: Existe alguma versão do Telecine Play que funcione nela? Qual tipo de controle funciona nela?
  3. 2019 O ano que não perdoa - A New Beginning

    veja.abril.com.br Morre o crítico de cinema Rubens Ewald Filho Por Redação 3 minutos Jornalista estava internado em estado grave desde o dia 23 de maio no Hospital Samaritano access_time 19 jun 2019, 17h50 O crítico de cinema Rubens Ewald Filho (//Divulgação) Morreu na tarde desta quarta-feira, 19, o crítico de cinema e jornalista Rubens Ewald Filho, aos 74 anos. A informação foi confirmada a VEJA pelo ator Germano Pereira, amigo, e por Bia Venturini, assessora de imprensa do crítico. Ewald Filho estava internado em estado grave desde o dia 23 de maio, no Hospital Samaritano, em São Paulo, após sofrer um desmaio seguido de queda. A VEJA, Marta Giovanelli, assistente do jornalista, afirmou que a queda foi causada por uma arritmia cardíaca. Nascido em Santos, Rubens Ewald Filho era considerado um dos maiores nomes da crítica cinematográfica do país. Ainda criança, criou o hábito de anotar todos os filmes que via em um caderno, incluindo também o diretor, elenco, roteirista e outras informações. Iniciou carreira escrevendo para o jornal A Tribuna, de sua cidade-natal, e trabalhou em redações como Jornal da Tarde e O Estado de S.Paulo. Foi colaborador de VEJA nos anos 1990. A partir dos anos 1970, começou a se dedicar ao cinema, primeiro como ator, em filmes como As Gatinhas (1970) e, depois, como roteirista. Em 1977, escreveu Dicionário de Cineastas, obra de referência para os críticos do ramo. Também desenhou uma trajetória como telenovelista, com produções como Éramos Seis (1977), Gina (1978) e Drácula, Uma História de Amor (1980). Sua última novela foi Iaiá Garcia, para a TV Cultura, em 1982. Foi diretor de programação e produção da HBO no Brasil e apresentador de programas em emissoras como TV Cultura, Record, Band e no canal pago TNT. Tornou-se amplamente conhecido, porém, por comentar as cerimônias do Oscar, desde 1983 – primeiro na Globo, depois no SBT e, atualmente, no TNT – e por ter atingido a marca de mais de 35.000 filmes assistidos. Notícias sobre CinemaJornalismo
  4. https://shop.terraonion.com/en/products/16-megasd_megacd_segacd_fpga_cartridge.html The ultimate accessory for Genesis/Mega Drive. Complete FPGA recreation of the entire Mega-CD/Sega CD hardware into a plug and play Cartridge World’s First Mega-CD/Sega CD FPGA Optical Disc Emulator • Plays both ISOS (bin+cue) and ROMS • RAM based cartridge for instant boot • Compatible with all original and region free patched Mega-CD / Sega CD bios • Supports Megadrive / Genesis, Sega CD / Mega-CD, Master System and 32X games (requires 32X add-on) Fully Supports original Megadrive and Genesis hardware (Nomad included) • Fully compatible with Analogue Mega Sg! • Easy to use interface for navigating your collection with screenshots, genre, year and description • Save State support for Megadrive and Genesis Cartridge games (8 slots) • Built in cheat engine for Megadrive and Genesis cartridge games • Emulates all different Genesis / Mega Drive / Master System / 32x cartridge mappers. • Stores all different Genesis / Mega Drive / Master System / 32x cartridge saves into microsd card. • Per game Mega-CD / Sega CD Backup RAM and Cartridge RAM stored into microsd card • Master System FM Core • In-Game menu for fast reboot and swapping games (Genesis / Megadrive and Mega-CD / Sega CD) Enhanced Mega Drive games with CD audio and Mega-CD / Sega CD hardware (MSU1 like) • 400GB Exfat microsd supported NOTICE : This item starts shipping first week of August 2019 by strict purchase order, shipping times will depend on sales volumes
  5. 360 post mortem

    Então, a Microsoft já comentou em algum lugar por quanto tempo vai manter o suporte ao 360? Já deixou de ser fabricado, mas continua recebendo jogos grátis na Gold, e pelo que entendo ela usa a mesma rede de Live do One? Os aplicativos continuam funcionando (Netflix, Youtube) e não vejo nenhuma notícia das empresas sobre encerrar o suporte dos apps no console. É o único console que tenho, e a cada dia fico na expectativa de que ele pare de funcionar completamente. Espero que pelo menos quando encerrarem de vez liberem uma atualização que permita que ele funcione offline.
  6. 360 post mortem

    Exatamente por essas qualidades que eu tenho medo que encerrem de vez o suporte dele.
  7. Olha só, joguei muito no pc, nem sabia que saiu no Mega, tenho que experimentar.
  8. Galeria Arkade Plataformas Colunas Sobre Anuncie Contato Faça login ou cadastre-se E3 2019 – Konami vai relançar o TurboGrafx-16, em versão “mini” 11 de junho de 2019 Autor: Junior Candido A Konami, que disse que teria anúncios para o público no dia de hoje, trouxe duas novidades. A primeira, é o já aguardado PES 2020. Mas, mais para o final do dia, a empresa veio a público apresentar a, segundo ela, “grande novidade”. Trata-se de uma versão mini do TurboGrafx-16, console que foi mais popular no Japão, com o nome de PC Engine. O console, lançado no Japão em parceria da NEC e da Hudson Soft em 1987, é considerado um console de 16-bits, mas é o seu chip gráfico, a PPU, que possui essa capacidade. A sua CPU principal era de 8 bits. Mesmo assim, o console oferecia jogos muito mais sofisticados que seus concorrentes da época, como o Master System e o NES. O console não se tornou popular nos Estados Unidos, em sua chegada em 1988. Mas garantiu uma boa comunidade em torno dele, que viu também o console ser o primeiro a contar com uma unidade de CD-ROM. Os games, em cartão específico, também garantiram uma versão portátil, além de uma “completa”, já com a unidade de CD. Galeria Arkade Plataformas Colunas Sobre Anuncie Contato Faça login ou cadastre-se Como a Konami é a dona da Hudson, e de suas propriedades, ficou a cargo da empresa anunciar a novidade. O console mini, assim como os da Nintendo, e o Mega Drive, conta, até o momento, com seis games confirmados. Todos eles, grandes sucessos da plataforma: R-Type Ys Book I & II New Adventure Island Ninja Spirit Alien Crush Dungeon Explorer
  9. Finalmente, um Xbox Clássico

    @N0625 Primeiro, parabéns pela bela aquisição! Já que você tem um console travado, eu sempre quis matar uma curiosidade sobre o Xbox clássico: se caso você o conectar à internet, ele ainda acessa alguma coisa ou o servidor da Live que ele usava era anterior aos atuais e já foi desativado?
  10. Coleção de livros infantojuvenis "A Turma do Renato"

    Muito obrigado, ajuda bastante!
  11. Gostaria de apresentar a vocês obras que não são de minha autoria, mas que estou ajudando a editar e divulgar. Tenho uns parentes de minha mãe que sempre visitamos nas férias e feriados, e tenho um primo que sempre gostou de escrever. Há uns trinta anos ele criou um grupo de personagens pré-adolescentes que vivem aventuras num bairro de subúrbio, com histórias do cotidiano com toques de fantasia, bem ao estilo dos livros da clássica Série Vaga-lume. Antigamente, sem recursos e sem internet, era muito difícil publicá-los. Agora com os sites de impressão sob demanda, finalmente ele pode ver sua obra publicada. Como ele tem pouco domínio de computador e internet, eu faço a parte de formatar o texto, criar as capas, upar para o site e fazer a divulgação. Já são 8 publicados, sendo que ele já escreveu por volta de 20 livros. Segue a sinopse da coleção e do autor, e o link para quem quiser conhecer. Desde já agradeço! "Aventuras! Mistérios! Investigações! Contatos do outro mundo! Amizade! Solidariedade! Futebol! Tudo isso e muito mais você encontra na Coleção "A Turma do Renato" que apresenta um grupo de adolescentes que vivem grandes histórias no bairro Siderúrgica. Esta série vem viver as mais diversas situações, relatadas em textos infantojuvenis muito próximos da realidade e às vezes empregando um evento surreal para não fugir da magia inerente à essência de um livro. Historinhas de leitura fácil para despertar interesse nas crianças e adolescentes em idade colegial. O leitor conhecerá as características de cada personagem, de acordo com o enredo de cada obra lançada." O autor: Nasci em Dores do Indaiá MG. Despertei talento para o desenho artístico aos dez anos e vocação pela Literatura ao término do 1º. Grau. Contava dezenove anos quando consegui emprego na residência do notável escritor e historiador dorense, o professor Rubens Fiúza, criando naquela época a Turma do Renato. Escrevi artigos e poemas nos periódicos “O Liberal” e “Gazeta Dorense”. Sou Agente de Serviços Administrativos e ex-funcionário do CASI (Centro de Atendimento Sócio Infantil), uma instituição municipal que acolhe crianças e adolescentes. Identifico-me com o mundo dos jovens. https://clubedeautores.com.br/ptbr/authors/491249
  12. [Kickstarter] Blasphemous

    Aproveitando o sucesso de jogos metroidvania competentes, mais a nova onda dos jogos difíceis, com Dark Souls puxando a carroça de games como The Surge, Final Station e tantos outros, a Espanha oferece mais um game que bebe destas fontes, e oferece gráficos em duas dimensões de ótima qualidade. Estamos falando de Blasphemous, jogo que entrou em campanha no Kickstarter e busca chamar a atenção do público que curte bons desafios. Blasphemous é um jogo de plataforma em duas dimensões no melhor estilo metroidvania, com visual em duas dimensões que, além de lembrar os bons tempos dos jogos em DOS, como o Prince of Persia, por exemplo, também denunciam um ótimo trabalho de arte de sua equipe, com sprites cheios de vida e pixels muito bem feitos, o que inclui também os cenários, belíssimos e ricos em formas e detalhes. Ainda falando da parte artística, o jogo se inspira muito em artistas espanhóis, como Francisco de Goya, além da arquitetura de Sevilha, a cidade dos desenvolvedores do jogo, a The Game Kitchen. Já no gameplay, a promessa é de muito conteúdo, no que diz respeito a habilidades de combate e personalização de personagens. A história do game rola em Ortodoxia, um local extremamente religioso e supersticioso, com muitas igrejas e pessoas dentro delas. Neste contexto, temos um grave problema que transformou as pessoas do local em criaturas deformadas e sanguinárias, verdadeiras bestas agressivas e violentas, mas com a sua fé intacta. Resolver e eliminar o mal do lugar é a sua tarefa. Blasphemous está em campanha no Kickstarter, e pede US$50 mil para “existir”. A partir de US$20, você ganha uma cópia do jogo assim que ele for lançado, e tem programado o seu lançamento para novembro de 2018 para PC, e depois quer chegar ao Playstation 4, Xbox One e Nintendo Switch.
  13. Mega Drive Mini anunciado!! [+lançamento 19/09]

    Putz, vacilo da Sega que os addons são só enfeites, se os vendessem com jogos dos respectivos sistemas, e que fossem adicionados à biblioteca do Mini quando encaixados, venderia como água. Seria mais épico que os mini da Nintendo.
  14. https://www.patreon.com/SGDK SGDK is an open and free development kit for the Sega Megadrive It contains the development library itself (with the sources included) and some custom tools used to compile resources. SGDK is also using the GCC compiler (m68k-elf target) and libgcc to generate ROM image. SGDK allow you to develop games in C (assembly language is also possible) on your Sega Megadrive / Genesis. The library offers many tools to make game development smooth and easy. You can get SGDK from its github repository: https://github.com/Stephane-D/SGDK Check out Tanzer, Omega Blast or Xeno Crisis which are games based on SGDK if you want to see what is possible to do with SGDK but of course developers talent is still what matter the most in any case
  15. Tópico dos Action Figures

    Finalmente uma action figure moderna do Spectreman! http://evolution-toy.com/products/h06_spc.html
  16. Muitos são os gamers que já sabem disso, mas originalmente o PlayStation era um projeto conjunto entre Sony e Nintendo, que foi deixado de lado após uma briga entre as duas empresas. O Nintendo PlayStation seria o substituto do Super Nintendo e teria como missão introduzir a mídia CD (Compact Disc) na indústria dos jogos eletrônicos. Pois bem, um usuário do Reddit disponibilizou fotos exclusivas do que seria esse protótipo, que posteriormente daria origem ao primeiro PlayStation. No protótipo é possível perceber que se tratava de uma ideia que possibilitava ainda o uso de cartuchos e o mesmo controle do Super Nintendo, mostrando um equipamento que esboçava uma retrocompatibilidade com sua geração anterior. http://www.oplayer2.com.br/reveladas-imagens-antigas-do-prototipo-do-playstation/
  17. De acordo com esta página criada no Facebook, Greg Johnson, artista dos 3 jogos da franquia Toejam e Earl, está trabalhando em um novo jogo dos personagens, desta vez lançados de forma independente. Segundo ele, não há qualquer pendência com a Sega que impeça o trabalho. Na página também estão postadas várias concept arts dos jogos originais. "Welcome to the new Toejam and Earl Page. I'm Greg, the original designer of all three games. I've finally decided to go ahead and make a new Toejam and Earl game. Woohoo! I'd love to hear from you what you want."
  18. Existe algum aplicativo de android que transmite telas do celular que funcione no xbox 360 bloqueado? Já tentei vários, mas nenhum consegue encontrar o console para conectar.
  19. Mega Lançamento TecToy

    Eu tenho esse da Tectoy e o loader do neto funciona muito bem, o único porém é que a bateria acaba mais rápido.
  20. Há cerca de quatro anos Felipe Pepe decidiu assumir uma tarefa que parecia impossível: compilar um livro que abordaria a história dos RPGs para computadores. Para lhe ajudar na missão, ele começou a entrar em contato com jornalistas, profissionais da indústria e fãs do gênero, que escreveriam breves textos sobre centenas de títulos. Nascia então o CRPG Book. Com o passar do tempo o projeto chamou a atenção de diversas pessoas renomadas, como George Weidman, Chris Avellone, Tim Cain e Ian Frazier, numa clara demonstração de que a comunidade precisava de um documento que registrasse a riquíssima história desse tipo de jogo e a expectativa passou a ser para que o livro fosse concluído o quanto antes. Eu mesmo lamento só ter ficado sabendo da existência da iniciativa no ano passado, não tendo conseguido assim divulgá-lo com mais antecedência e se existe um lado bom nessa minha falha, foi que a espera pela versão final do CRPG Book não foi grande. Isso porque esta semana a versão gratuita do livro finalmente foi disponibilizada. “Ao longo de 528 páginas você encontrará informações sobre mais de 400 RPGS, desde os primeiros jogos PLATO até os modernos lançamentos AAA, assim como joias escondidas, curiosidades e até traduções feitas por fãs. Os reviews foram escrito por uma equipe de 112 voluntários de todo o planeta — fãs, modders, jornalistas, críticos e desenvolvedores indie e de jogos AAA.” Um detalhe muito legal do CRPG Book é que além das análises ele também traz algumas sugestões de mods e dicas de como rodar alguns jogos em equipamentos mais novos. Por se tratar de algo que fala sobre tantos títulos bem antigos, é bacana ver que os envolvidos tiveram o cuidado de nos mostrar como aproveitar esses clássicos. Também é importante dizer que não está descartada a possibilidade do livro ser incrementado no futuro, assim como uma versão física chegar às livrarias e se isso acontecer, todo o faturamento com as vendas será doado à instituições de caridade. Para quem gosta de RPGs ou quer conhecer um pouco mais sobre a história da indústria de games, algo como o CRPG Book torna-se praticamente obrigatório, ainda mais se considerarmos que ele é distribuído gratuitamente. Sendo assim, baixe já a sua cópia e reserve um tempinho para relembrar alguns clássicos e ser apresentado a muitos outros que você nem sabia que existiam.
  21. https://www.assemblergames.com/threads/a-bunch-of-saturn-dev-software.60654/page-3 It's got a fully working sample for the SNASM2 MegaCD kit, with the vector table setup for the MegaCD debugger (I've been unable to get this working) along with the elusive SEGA.EXE loader. Also seems to have the ISO tools so I can finally get the CD emulator ISA board working. I'll keep digging through, very excited ...there's also a file called 'HORNY' containing a phone number... It looks like there's a batch file which assembles and deploys this whole game to a devkit, I'll get it all set up tomorrow and see if it works Insomnia strikes, so I set up my gear and managed to build the game. Ok, you've found Super Strike Trilogy, an unreleased MegaCD compilation disc! It's very unstable, can't get past the title screen, but the debugger seems to be working (this is the first time I've got the MegaCD side of my devkit working, so I'm relieved!) so I could try and figure out the problem if I get time. Managed to get it into ISO form, enjoy: https://www.mediafire.com/?f5x0d7sdxdjcdwk It's a bit unstable and there's some audio missing.
  22. Nokia + Android: vem aí o retorno triunfal

    Interessante o artigo, pena que não tem números da América latina. Se a nokia lançar um aparelho com hardware de qualidade com Android puro, grandes chances de eu voltar para a marca. Meu primeiro smartphone foi o 5530 e era excelente. Enviado do meu Meganet
  23. Analogue NT

    Compatibility NES, Famicom, Famicom Disk System (via expansion port) Region Free Worldwide Compatibility (PSU: 50-60hz, 100-240 volts) Video HDMI 1080p/720p (requires HDMI Upgrade) RGB, Component and S-Video Composite Audio Mono & Stereophonic Sound Effect (adjustable) Famicom Audio Support Includes Analogue Nt AC Adapter AV Cable (composite & s-video) Special Features Original NES Ports 4 Player Compatibility (switchable between each region) Famicom Expansion Port Everdrive & Powerpak Compatibility Adjustable Color Palette (Classic, Modern & Arcade) Increased Power Delivery for 3rd Party Devices http://www.analogueinteractive.com/products/analogue-nt-information
  24. Até geração passada a resposta seria 100% no final da geração, mas daqui pra frente há controvérsias, por causa da dependência do online, de ficar à mercê de desligamentos de servidores.
×