Snayperskaya

Membro Ativo
  • Content count

    37,419
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    96

Everything posted by Snayperskaya

  1. Mete essa grana num LCI/LCA. Dobra em 5 anos
  2. vai virar 1 laje, baiano boiola
  3. entendi porra nenhuma
  4. Achei muito bonito o console!
  5. Muito legal ver a dedicação do cara, mesmo com todos os afazeres e perrengues do dia-a-dia ele ainda está trabalhando em atualizações dos dois projetos já lançados e pretende lançar um novo que será ainda mais complexo (e maior).
  6. Acho difícil fazer um novo MG sem a batuta do Kojima. Mesmo com as esquisitices e bizarrices dele, um sucessor não teria o mesmo nível dos demais.
  7. Mas as dinâmicas nem se comparam. Jogo arcade tu aprende a jogar em 10 minutos e só tem que ser mestre no timing pra fechar. Jogo dos 32+ bits te "levam" praquele mundo, precisa de tempo pra desfrutar mesmo.
  8. O brilho do PS2 é justamente a tonelada de "jogos de videogame" (acho que vc sabe o que eu estou falando) que ele tem e são exclusivos.
  9. Setemeiota na cabeça da vagabundagem é a única forma de resolver.
  10. sindicato faz merda nenhuma, essa porra devia ter sido extinta há séculos
  11. Já que o assunto virou as lamúrias gamers que passamos, lá vão algumas minhas: * Fechar Max Payne no meu K6-2 450MHz. Até que o processador segurava bem, mas a VGA, uma SiS 315 de 16MB, me forçava a jogar algumas partes olhando colado pro céu ou pro chão, pra evitar que o jogo tivesse muita coisa pra renderizar e rodar a 2SPF (a tela agarrava mais de um segundo pra renderizar alguns dos quadros, tanto que acontecia de eu morrer e só saber uns cinco segundos depois). Acho que eu demorei um mês na tentativa-e-erro dessas partes pq morria direto sem saber nem de onde veio o inimigo. * Tentar jogar Phantasy Star IV no Genecyst 0.34b. O emulador tem um glitch que faz com que o jogo trave quando você entre em qualquer luta na dungeon que tu vai pra pegar o Alshline, uma substância que despetrifica os habitantes de uma cidade (essa missão é da estória, não tem como evitar). Foram MESES tentando de todas as formas possíveis escapar de batalhas e jogando em outras áreas, mas em vão.
  12. Ele sempre falou o R do final das palavras... O problema dele é com o R no meio da palavra.
  13. Faz tempo isso
  14. os pis/pasep choram copiosamente
  15. Basicamente é o que move o mercado estadunidense.
  16. Usaram dois modelos atuais como base pros modelos com suporte a Lightspeed: G703 = G403, G903 = G900
  17. Se tu pegar o No-Intro cru, vai ver que tem muita duplicata, pois a maioria dos jogos tem uma versão pra cada região. Um set GoodGEN é bem mais limpo e melhor pra esse fim.
  18. Pelo que eu me lembre, todas os jogos de Mega nem chegam a 1GB
  19. Uma mulher foi acusada de homicídio por ter atirado em seu namorado em Minnesota (EUA) em uma "brincadeira nas redes sociais que deu errado". Monalisa Perez, de 19 anos, foi detida depois de atirar contra Pedro Ruiz enquanto ele segurava um livro contra o peito, acreditando que o objeto impediria a passagem da bala. Autoridades dizem que Ruiz, de 22 anos, morreu em consequência do tiro no peito. A filha de três anos do casal e cerca de 30 pessoas assistiram à cena, transmitida pelo YouTube Live, o serviço de streaming em tempo real da plataforma. Claudia Ruiz, tia de Ruiz, disse ao canal WDAY-TV que seu sobrinho lhe disse que eles fariam a brincadeira "porque queriam mais seguidores, queriam ficar famosos". "Ele me contou a ideia e eu disse 'não faça isso, não faça isso. Por que você vai usar uma arma? Por quê?", disse Claudia Ruiz ao canal de notícias. "Eles estavam apaixonados, eles se amavam", disse. "Foi apenas uma brincadeira que deu errado". Perez está grávida do segundo filho do casal (Foto: Polícia de Minnesota) Perez, que está grávida do segundo filho do casal, é acusada de homicídio culposo. Ela deve comparecer à Justiça na quarta-feira. O procurador James Brue descreveu o livro usado na "brincadeira" como uma enciclopédia de capa dura e disse que a arma usada era uma pistola Desert Eagle de calibre 50. A polícia apreendeu duas câmeras que teriam gravado o incidente de segunda-feira. O disparo único foi feito a cerca de 30 centímetros de distância e em meio à movimentação dos vizinhos para assistir à cena em sua casa em Minnesota. Ela disse às autoridades que a brincadeira foi ideia de Ruiz e que ele a convenceu a fazê-lo. Mais cedo no mesmo dia ela tuitou sobre a ideia. "Eu e Pedro vamos gravar um dos vídeos mais perigosos de todos os tempos. Ideia dele, não minha", escreveu ela no Twitter. 'Eu e Pedro vamos gravar um dos vídeos mais perigosos de todos os tempos. Ideia dele, não minha', escreveu ela no Twitter (Foto: Twitter/@MONALISAPEREZ5) "Todos estavam chorando. Eu estava atrás daquela árvore bem ali. E foi isso. Eu não conseguia aguentar mais então tive que ir para casa", disse o vizinho Wayne Cameron à WDAY-TV. O casal começou um canal no YouTube em maio deste ano com o objetivo de mostrar "a vida real de um casal jovem que são pais adolescentes". O título do vídeo mais recente do canal, postado no dia em que Ruiz morreu, era "Fazendo brincadeiras assustadoras no parque". Na semana passada, Perez disse aos seus seguidores que era uma "benção" ter seu marido em casa para o nascimento do filho, previsto para setembro. http://g1.globo.com/mundo/noticia/americana-mata-namorado-com-tiro-em-brincadeira-para-o-youtube-que-deu-errado.ghtml
  20. R$400 um jogo de tablet é de cair o cu da bunda no Tietê
  21. Porra bicho... EASY não
  22. Tem como fazer spoof, mas é um passo a mais que o hacker precisará fazer. Abaixar a potência do roteador pra cobrir somente a casa ajuda tb.
  23. Desligue o SSID broadcast e defina acesso somente a MACs na whitelist e use WPA2 com uma senha complexa (maiúsculas, minúsculas, numeral E caractere especial) de ao menos 16 caracteres.