Jump to content

diegoshark

Membros
  • Content count

    35
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    5

diegoshark last won the day on October 21 2017

diegoshark had the most liked content!

Community Reputation

43 Seganetiano

1 Follower

About diegoshark

  • Rank
    Membro

Recent Profile Visitors

1,317 profile views
  1. Donkey Kong Country 3 não tem uma trilha memorável como os seus antecessores, principalmente o segundo jogo, que é considerado por muitos o com a melhor trilha do SNES. O motivo talvez tenha sido pelo fato da tímida participação de David Wise, compositor do dois primeiro jogos da franquia. Pensando nisso, o editor do blog SnesForever fez uma versão MSU-1 alternativa utilizando as músicas de DKC Topical Freeze, o qual teve a trilha inteiramente composta por David Wise. Confira o resultado: http://www.snesforever.com.br/2018/01/donkey-kong-country-3-msu-1.html
  2. Gênero: Aventura Ano: 2018 Fabricante: Rare/Nintendo Hacked: L_Sky Donkey Kong Country 3 - Tag Team Trouble é um hack que traz uma reformulação completa de todas as fases do jogo, incluindo mudanças nos locais de bônus e moedas DK. A única exceção são as batalhas contra os chefes, que não sofreram alterações. O autor deste hack é o mesmo criador de Donkey Kong Country - Kremlings Revenge Remodel, o que evidencia a qualidade do trabalho. Segundo o autor, o processo de edição levou um ano, devido ao difícil uso das ferramentas. Sem sombra de dúvidas, este é o melhor hack de DKC3, com fases criativas, bom posicionamento e escolha dos inimigos para cada fases, permitindo um equilíbrio na dificuldade, sem frustar o jogador. Devido a nova localização, fazer 103% (porcentagem máxima do jogo) será um belo desafio para quem quiser coletar todos as 41 moedas DK e todas as 85 moedas de bônus. Para os amantes de DKC, este hack é uma boa oportunidade de retornar ao jogo com desafios inéditos. Confira o gameplay do primeiro mundo: Confira mais algumas imagens dos novos estágios: Fonte: http://www.snesforever.com.br/2018/08/donkey-kong-country-3-tag-team-trouble.html
  3. Eurocopa 2020

    Eurocopa 2020 Gênero: Esporte Ano: 2020 Fabricante: Konami Hacked: AllStarRomHacker O grupo de romhacking AllStarRomHacker não para, depois de lançar recentemente o hack Copa do Mundo 2018, agora temos a publicação da Eurocopa 2018. Este hack, segundo os desenvolvedores, apresenta as seguintes novidades: ⚽ Escudos das 42 seleções; ⚽Nomes das seleções em português, porém algumas possuem abreviaturas; ⚽ Uniformes titulares e reservas das seleções; ⚽ Árbitros: Björn Kuipers, Gianluca Rocchi e Damir Skomina ⚽ Foto de introdução contendo os seguintes jogadores: Cristiano Ronaldo, Modric, Mbappe, Kane e Lukaku ⚽ Seleções sem os nomes pequenos na parte inferior dos escudos, para deixar o visual do jogo mais limpo. ⚽ Desafios com partidas reais que aconteceram em outras edições de Eurocopa e Copa do Mundo; ⚽Habilidade nova de movimentação, descrita como “Movimento”, além de outras que já havíam trazido em projetos anteriores como: “Passe” e “Cabeceio”. ⚽ Estádios da Eurocopa de 2020; ⚽ Seleção automática de uniformes; ⚽Narrações: Português (Tiozinho do “Saque do golero”); Inglês (Original do ISSD); Espanhol (Igual a rom da Champions League); Cléber Machado. Eurocopa 2018, assim como os demais hacks criados pelo grupo AllStarRomHacker, é mais um fruto do excelente trabalho da equipe de desenvolvedores. Fonte: http://www.snesforever.com.br/2018/07/eurocopa-2018.html
  4. Tv Sony Wega: opinem!

    Estou feliz com a minha Sony de 29., imagem excelente. Seguem algumas fotinhas rodando Mega Man, do SNES.
  5. Final Fight MSU-1

    Mais uma versão MSU-1 de um jogo de SNES lançada. Desta vez, o clássico Final Fight teve a sua trilha sonora original do SNES substituída pela versão com qualidade de CD, que foi extraída do mesmo jogo lançado para o Sega CD. Esta edição foi feita pela romhacker PepilloPEV. Confira o resultado: Fonte: https://snes-forever.blogspot.com.br/2017/10/final-fight-msu-1.html
  6. Champions League 2017-18

    Gênero: Esporte Ano: 2017 Fabricante: Konami Hacked: Forte Gomba (Evandro Bandeira/Caique Felipe) O grupo de romhacking Forte Gomba lançou mais um hack, desta vez temos a Champions League 2017-18. Esta edição conta com os seguintes times: 32 times que participaram da fase de grupo: Real Madrid, Bayern de Munique, Juventus, Benfica, Chelsea, Shakhtar Donetsk, Monaco, Spartak Moscou, Barcelona, Atlético de Madrid, Paris Saint-Germain, Borussia Dortmund, Sevilla, Manchester City, Porto, Manchester United, Napoli, Tottenham, Basel, Olympiakos, Anderlecht, Liverpool, Roma, Beşiktaş, Celtic, CSKA Moscou, Sporting, APOEL, Feyenoord, Maribor, Qarabağ e RB Leipzig. 8 times que não chegaram na fase de grupo: Copenhague, Rijeka, Astana, Hapoel Be’er Sheva, İstanbul Başakşehir, Nice, Slavia Praga e Steaua București. 2 times de estrelas, com os melhores jogadores que jogam na Europa. Todos os times tiveram suas escalações atualizadas, com nomes, aparências e habilidades. Os uniformes, titular e reserva, também foram minunciosamente detalhados. Os estádios foram atualizados, sendo eles: Estádio de Wembley (Tottenham), Estádio De Kuip (Feyenoord), Estádio Old Trafford (Man. United), Santiago Bernabeu (Real Madrid), Camp Nou (Barcelona), Olímpico de Kiev (estádio da Final, ficou vinculado ao time Stars), Estádio da Luz (Benfica) e Allianz Arena (Bayern). O modo SCENARIOS foi renovado, trazendo novos desafios que colocarão à prova as suas habilidades. Com a Champions League 2017-18, o grupo Forte Gomba vem cada vez mais se consolidando como referência em edições de ISSD. Neste hack, talvez, o único ponto que merece ressalva é a falta de edição dos escudos, mas é apenas um pequeno detalhe que não interfere em nada durante a jogatina. Em contrapartida, o maior ponto positivo é o balanceamento das equipes, ou seja, cada time tem as suas próprias habilidades, resultando, assim, em diferentes níveis de dificuldades durante a partida de acordo com o time escolhido. <br> Fonte + Link útil: https://snes-forever.blogspot.com.br/2017/10/champions-league-2017-18_19.html
  7. O romhacker Conn lançou a versão MSU-1 de Contra III - The Alien Wars, trazendo uma nova trilha sonora remasterizada no estilorock'n'roll com qualidade de CD, combinando perfeitamente com o ação frenética do jogo. Fonte: https://snes-forever.blogspot.com.br/2017/10/contra-iii-alien-wars-msu-1.html
  8. DarkShock lançou a versão MSU-1 de Megaman & Bass (Rockman & Forte no Japão), fazendo, assim, com que todos os jogos de ação do robozinho no SNES tenha uma versão MSU-1, que aliás foram feitas pelo mesmo autor. A músicas utilizadas na nova trilha foram reorquestrada por Krzysztof Slowikowski, o que as tornam excelentes devido ao tratamento profissional que elas receberam. Caso queira conhecer o trabalho dele, confira aqui. Confira no vídeo o resultado. Você pode jogar diretamente no Super Nintendo, desde que possua o flashcard SD2SNES, ou no PC, utilizando o emulador Bsnes. Fonte: https://snes-forever.blogspot.com.br/2017/10/rockman-forte-msu-1-megaman-bass.html
  9. Mais um clássico do SNES recebe uma versão em MSU-1 e desta vez é nada mais nada menos que Donkey Kong Country, ou seja, o primeiro jogo da trilogia recebeu um tratamento na sua trilha sonora, contando agora com áudio em qualidade de CD. O romhacker responsável pela criação do hack é Conn, já conhecido pela realização de outras versões em MSU-1 de outros jogos. Desta vez, há várias versões com trilhas distintas, desde versões remasterizadas das músicas originais, versões com remixes, versões orquestradas, versões apenas com vocais ou até mesmo em ritmo de jazz, ou seja, tem versões para todos os gostos. Todas essas versões foram possíveis graças ao PittStone, que sozinho fez seleção e tratamentos dos áudios em cinco delas. Fonte + Links úteis: https://snes-forever.blogspot.com.br/2017/10/donkey-kong-country-msu-1.html
  10. Champions League 2017

    Gênero: Esporte Ano: 2017 Fabricante: Konami Hacked: All-Star Romhacker Champions League 2017 é o novo lançamento do grupo de romhacking All-Star Romhacker, que também foi responsável por duas super edições de ISSSD, a Supercopa 2017 e o Super Brasileirão 2017. Esta nova edição traz todas as equipes que disputam a Champions League 2017-18, além de alguns times escolhidos por meio de votações em enquetes realizadas no Grupo Romhacking SNES - BR. Times Equipes que disputam a frase de grupos da Champions League: Real Madrid, Bayern de Munique, Juventus, Benfica, Chelsea, Shakhtar Donetsk, Monaco, Spartak Moscou, Barcelona, Atlético de Madrid, Paris Saint-Germain, Borussia Dortmund, Sevilla, Manchester City, Porto, Manchester United, Napoli, Tottenham, Basel, Olympiakos, Anderlecht, Liverpool, Roma, Beşiktaş, Celtic, CSKA Moscou, Sporting, APOEL, Feyenoord, Maribor, Qarabağ e RB Leipzig. Equipes que foram eliminadas na rodada anterior a fase de grupos da Champions, mas que foram incluídas depois de votação no grupo do Facebook: Hoffenheim, Nice, Steaua București e Copenhague. Equipes que venceram as enquetes que envolviam equipes influentes que não estão na Champions League 2017-18 e participantes da Liga Europa: Milan, Lazio, Arsenal, Ajax, Villareal e Everton. Além disso, o jogou conta com novos escudos inéditos, uniformes titulares e reservas, uniformes de goleiros, árbitros, nomes dos estádios, desafios contendo clássicos no modo "Desafios" (scenarios), bem como outros pequenos detalhes como as cores dos menus, seleção automática de uniforme quando uma equipe estiver com uniforme semelhante e nomes de algumas habilidades substituídas. Champions League 2017 é resultado de um excelente trabalho do grupo All-Star Romhacker, demostrando que a equipe vem evoluindo a cada rom lançada, sempre trazendo novidades e cada vez mais se preocupando com os mínimos detalhes, como por exemplo a edição de todos os escudos, algo que é complexo e exige bastante dedicação dos criadores. Fonte + Link útil: https://snes-forever.blogspot.com.br/2017/10/champions-league-2017.html
  11. Unholy Night - The Darkness Hunter Gênero: Luta Ano: 2017 Fabricante: T. Alacant/Nu-Gaia/Blazepro Finalmente a rom do último jogo lançado para o Super Nintendo está disponível. Sim, você ouviu direito. Um novo jogo que saiu este ano para a Super Nintendo, em um cartucho real, que você pode colocar num sistema real e jogar numa TV CRT. O jogo é chamado Unholy Night: The Darkness Hunter, e é um clássico jogo de luta de 16 bits, feito no estilo dos lutadores SNK antigos. Na verdade, é feito por uma equipe de ex-desenvolvedores da SNK, que já havia trabalhado no The King of Fighters 98, 2001 e 2002. A trama do jogo inspira muito na série Darkstalkers, da Capcom. ADark Family é constituídade um grupo de caçadores de monstros que tem como objetivo de vida exterminar vampiros, lobisomens e outras belezas da noite. A lista de personagens é composta de vários membros desta família, bem como os animais que eles caçam. Existem seis personagens jogáveis que os jogadores têm de escolher: Blaze, Cronos, Emily, Nightmare, Reinhardt e Wurzel. Há também um personagem chefe, Katatonia, que os jogadores lutam no final da história. O jogo faz uso basicamente de três botões, com B, A e X correspondentes a ataques leves, médios e pesados, enquanto Y, L e R são usados para recursos secundários e específicos de cada personagem. Cada lutador tem oito movimentos especiais para escolher, bem como super movimentos que fazem uso de um medidor de três níveis. Você também ganha bônus quando sua saúde fica baixa, semelhante aos movimentos de desespero dos jogos SNK mais antigos. O jogo é semelhante a outros títulos SNES da época. Pense em Super Street Fighter II Turbo e você terá uma ideia. Em vez de longos combos, o jogo se concentra em uma jogabilidade mais lenta e em contra-ataques feitos a partir de ataques cancelados. Os movimentos aéreos também estão presentes, bem como choques, esquivas e outros mecanismos únicos de cada personagem. Os gráficos são medianos, nada primoroso, mas cumpre o seu papel, já que não é algo muito explorado em jogos de luta. Do mesmo modo, podemos dizer sobre a trilha sonora, que não é nada memorável, tendo pouca variação, tornando-a genérica. O jogo conta com quatro modos: Story, Versus, Survival e Practice. O modo de prática tem uma variedade de características modernas de jogos de lutas atuais, incluindo uma opção de gravação falsa. O jogo irá armazenar os rankings dos oito melhores jogadores, assim como jogos arcade antigos. Também terá um menu de opções completo, juntamente com opções de idioma. O jogo tem disponível o idioma inglês e japonês para seleção. Quem sabe no futuro não apareça uma tradução feita por romhackers. Como efeito da nostalgia do velhos tempos, ss jogos retros tornaram-se muito populares nos últimos tempos, e os hacks de romhacking estão aí por um tempo, mas Unholy Night pode provar que ainda há um mercado para jogos lançados em sistemas mais antigos. Enquanto a maioria das pessoas preferiria ter visto um lançamento no PC, há algo nostálgico em operar dentro das limitações originais de um console. Para que tiver interesse em adquirir o cartucho original, o jogo está disponível para venda na Amazon, pelo valor de USD 29,88, o que resulta em quase R$ 100,00, com base na cotação atual da data desta postagem, sem incluir o valor do frete e possíveis taxas de importação. Para quem tem o SD2SNES poderá jogar diretamente no SNES apenas passando a rom para o SD do flashcard. Fonte + Link útil: https://snes-forever.blogspot.com.br/2017/10/unholy-night-darkness-hunter.html
  12. Gênero: Esporte Ano: 2017 Fabricante: Konami Hacked: Forte Gomba/Evandro Bandeira/Caique Felipe Haja coração! A cena romhacking de Intenational Superstar Soccer Deluxe não para, depois do recente lançamento do Super Brasileirão 2017, agora temos o Futebol Brasileiro 2017, criado pelo grupo Forte Gomba, que é a mesma equipe que nos presenteou com a excelente Copa Libertadores da América 2017. O jogo traz 42 times do futebol brasileiro, incluindo todas as equipes da série A e B, além dos times do Fortaleza e Remo, que são da série C. Todos os times estão com os seus elencos da temporada 2017 atualizados, bem como seus escudos e uniformes. Times da série A: Atlético-GO, Atlético-MG, Atlético-PR, Avaí, Bahia, Botafogo, Chapecoense, Corinthians, Coritiba, Cruzeiro, Flamengo, Fluminense, Grêmio, Palmeiras, Ponte Preta, Santos, São Paulo, Sport, Vasco e Vitória. Times da série B: ABC, América-MG, Boa Esporte, Brasil de Pelotas, Ceará, CRB, Criciúma, Figueirense, Goiás, Guarani, Internacional, Juventude, Londrina, Luverdense, Náutico, Oeste, Paraná, Paysandu, Santa Cruz e Vila Nova. Times da série C: Fortaleza e Remo Os estádios do jogo também foram atualizados, contando agora com a Arena Pernambuco, o Mineirão, o Castelão, a Arena da Baixada, o Maracanã, o Morumbi, a Fonte Nova e a Arena do Grêmio. Diferentemente de algumas hacks que igualam todos os times com o mesmo nível, neste cada time tem as suas próprias características, por exemplo, o Corinthians tem mais atributos que o torna, em tese, um time mais forte do que uma equipe da série B. Assim, a dificuldade do jogos irá aumentar ou diminuir dependendo do time escolhido para jogar, principalmente em campeonatos e no modo Scenarios. Falando no modo Scenarios, este também foi completamente modificado, trazendo desafios de partidas memoráveis que já ocorreram neste brasileirão, como por exemplo, a vitória do Bahia na estréia, após um jejum de 15 anos, a primeira derrota do Corinthians, após vinte rodadas, a estreia do Internacional em casa na Série B, a vitória do São Paulo sobre o Botafogo, de virada, após perder pênalti (e sofrer o 1×3 logo na sequência), além da grande vitória do Grêmio por 6 x 3 contra a Chape. O ano de 2017 teve excelente hacks de Superstar Soccer Deluxe e Futebol Brasileiro 2017 não é diferente, tornando-se mais uma excelente opção para os fãs do jogo. Fonte + Link útil: https://snes-forever.blogspot.com.br/2017/09/futebol-brasileiro-2017.html
  13. Street Fighter 2 MSU-1

    Street Fighter 2 MSU-1 Street Fighter 2, um dos grandes clássicos dos jogos de luta do SNES, ganhou uma merecida versão em MSU-1, assim, este é mais um jogo que entra para o seleto rol que tem a trilha sonora com a qualidade de CD.As duas versões de SF2 que receberam o tratamento no áudio sãoStreet Fighter II Turbo: Hyper Fighting e Super Street Fighter II: The New Challengers. O áudio que agora faz parte da versão de SNES foi extraído do jogos originalmente lançados para fliperama. Além disso, foi feita uma versão alternativa que utilizou as músicas do hack de Super Street Fighter II Collection Remix 2009, do PS1.O hack foi desenvolvido pelo romhacker Conn. Já os áudios utilizados foram selecionados e tratados por Mr.Fox FabioFilho e denim. Confira o resultado de Super Street Fighter II: The New Challengers versão Remix 2009: Fonte + Link útil: https://snes-forever.blogspot.com.br/2017/09/street-fighter-2-msu-1.html
  14. Super Mario Kart MSU-1

    It's me, Mario! Desta vez, Super Mario Kart recebeu a sua versão em MSU-1, ou seja, agora o jogo conta com a trilha sonora com a qualidade de CD. Esta versão foi criada pelo romhacker qwertymodo, que utilizou as músicas originais de Super Mario Kart de Nintendo Wii, o que dispensa comentários, pois a trilha é excelente. Além disso, cada pista recebeu uma música individual, assim, não haverá repetição de uma trilha para a mesma pista, como acontece na versão original de SNES. Assista ao vídeo e confira o resultado: Você pode jogar diretamente no Super Nintendo, desde que possua o flashcard SD2SNES, ou no PC, utilizando o emulador BSNES. Fonte + Link Útil: https://snes-forever.blogspot.com.br/2017/09/super-mario-kart-msu-1.html
  15. Gênero: Esporte Ano: 2017 Fabricante: Konami Hacked: Douglas Rodrigues/Breno Peterson Super Brasileirão 2017 é o novo hack de International Superstar Soccer Deluxe, dos mesmo criadores de Supercopa 2017 (Copa do Nordeste e Copa Verde). Seguindo a fórmula do hack anterior, este novo hack traz grandes novidades: - Equipes da Série A e B do Campeonato Brasileiro - Novas Seleções; - Novos escudos; - Novos árbitros; - Novos estádios; - Equipes com novos uniformes, inclusive goleiros; - Desafios com clássicos, exemplo: GRExINT, FLAxFLU, PALxCOR, CRUxATL e entre outros; - Seleção automática de uniformes (Se duas equipes tiverem uniformes semelhantes, o Player 1 jogará com o titular e a CPU com o reserva. - Correção em alguns erros que haviam na rom SuperCopa e outras novidades que poderão ser percebidas durante o jogo. Árbitros: Luiz Flávio de Oliveira, Anderson Daronco e Sandro Meira Ricci. Estádios: Arena do Grêmio, Morumbi, São Januário, Maracanã, Fonte Nova, Allianz Parque, Engenhão e Ilha do Urubu. Equipes Times da série A: Atlético-GO, Atlético-MG, Atlético-PR, Avaí, Bahia, Botafogo, Chapecoense, Corinthians, Coritiba, Cruzeiro, Flamengo, Fluminense, Grêmio, Palmeiras, Ponte Preta, Santos, São Paulo, Sport, Vasco e Vitória. Times da série B: América-MG, Boa Esporte, Brasil de Pelotas, Ceará, CRB, Criciuma, Figueirense, Goiás, Guarani, Internacional, Juventude, Londrina, Paraná, Paysandu, Santa Cruz e Vila Nova. Seleções: Brasil 2002, Brasil 2016 (Seleção Olímpica), Japão (Homenagem à Konami), Super Team (Estrelas internacionais), Seleção do Cartola e Seleção da Copa do Nordeste. Assim como a Supercopa 2017, este hack é um trabalho primoroso quando o quesito é edição, pois vai além da simples atualização das escalações dos times, trazendo diversas alterações que o torna o melhor hack lançado desde os produzidos pela extinta TEG BRASIL. Fonte+ Link útil: https://snes-forever.blogspot.com.br/2017/09/super-brasileirao-2017.html
×