rcaropreso

Membro Ativo
  • Content count

    11,111
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    53

Everything posted by rcaropreso

  1. Olá, http://spotniks.com/7-acoes-do-governo-doria-que-nao-custarao-nada-aos-cofres-publicos/ 7 ações do governo Doria que não custarão nada aos cofres públicos por Rodrigo da Silvahá um dia Você já deve estar cansado de ter ouvido isso nos últimos meses. São tempos de crise. E os efeitos de políticas econômicas equivocadas ao longo da última década impactam negativamente no orçamento de praticamente todos os municípios do país. Com São Paulo não é diferente. E Doria, seu novo prefeito, já demonstrou logo em seu primeiro mês de mandato que usará de toda criatividade possível para driblar esse cenário, indicando soluções simples para problemas complexos, sem peso no orçamento do município. Desde que foi eleito, o novo prefeito anunciou corte de 15% em todos os contratos com empresas prestadoras de serviços, de 30% nos aluguéis pagos pela Prefeitura, de 25% em todas as despesas (com exceção de educação e saúde) e de 30% nos cargos comissionados. Além disso, o prefeito também se desfez dos cerca de 1.300 veículos da Prefeitura, que serão leiloados ou devolvidos a locadoras. Desde seu primeiro dia, os funcionários de sua gestão são orientados a utilizarem táxi ou Uber. Doria mesmo vai à Prefeitura com o seu próprio veículo. E antes que você encare a sequência dessa matéria, um aviso: não temos a pretensão de abraçar aqui todas as ideias de João Doria. Se há algo que a história recente do país nos ensinou é que não devemos tratar políticos, de qualquer natureza, como salvadores da pátria. Pelo contrário. Aos políticos, e isso independente das cores de seus partidos, toda dose de ceticismo é pouca. E isso vale especialmente para os eleitores de Doria. Mas assim como já elogiamos a ideia de Fernando Haddad em privatizar a previdência municipal, acreditamos que boas ações não devam apenas ser enaltecidas, mas apontadas, especialmente para que sirvam de exemplo para outros governantes espalhados país afora. Em tempos de crise, João Doria parece ter boas soluções para resolver os problemas da maior cidade do país sem que isso pese no bolso dos pagadores de impostos. E aqui, nós temos 7 exemplos de como ele pretende fazer isso. 1. O seu próprio salário. R$ 24.165,87. Esse é o salário de um prefeito da maior cidade do país. Mas não se engane: ele não entrará na conta de João Doria. Com uma fortuna avaliada em R$ 180 milhões (dez vezes mais do que a soma de seus rivais na última eleição), Doria decidiu abrir mão de sua remuneração no cargo. Com isso, deixará de receber R$ 1.159.961,76 durante seus quatro anos de mandato. Impedido por lei, no entanto, de devolver o dinheiro aos cofres públicos, doará cada centavo a organizações não governamentais, restituindo uma parcela da sociedade com o dinheiro dos pagadores de impostos. A primeira escolhida é a Associação de Assistência à Criança Deficiente (AACD), que recebeu a doação do mês de janeiro (R$ 18,5 mil se descontados os encargos). Em fevereiro, a organização escolhida atuará no terceiro setor. 2. A limpeza das pichações da Ponte Estaiada. A Ponte Octavio Frias de Oliveira, também conhecida como Ponte Estaiada, é um dos marcos da cidade de São Paulo. Inaugurada em maio de 2008, após três anos de construção, a obra não demorou muito tempo para ser tomada completamente pela ação dos pichadores. E foi exatamente por esse motivo que Doria, logo em seus primeiros dias de mandato, anunciou a sua restauração: como um marco no combate ao picho na cidade. A limpeza da ponte começou na manhã do dia 2 de janeiro e demorou duas semanas. Segundo a Prefeitura, o investimento total da obra foi de R$ 900 mil, mas com custo zero aos pagadores de impostos paulistanos. Para evitar novos atos de vandalismo, Doria disse que aplicará uma estratégia que inclui a instalação de sensores nos portões, que acionarão a Guarda Civil Metropolitana e a Polícia Militar em tentativas de arrombamento, além de iluminação – já instalada – e câmeras para captar a presença de invasores durante a madrugada. 3. O “melhor programa social”, bancado pela iniciativa privada. Foi Ronald Reagan quem disse que o melhor programa social é o emprego. Desde então, a frase foi dita exaustivamente por políticos do mundo inteiro. Há poucos dias, incorporando esse espírito, Doria acertou uma parceria com os sindicatos de conservação e limpeza de São Paulo para que reservem vagas de varredores nas empresas privadas do setor para atender o programa Trabalho Novo, que visa empregar moradores de rua. A meta é contratar 20 mil pessoas até o final do ano. Como contrapartida, as empresas pagarão um salário mínimo mensal (R$ 937), além de plano de saúde. Para conseguir a vaga, os candidatos terão de se comprometer em deixar as ruas em até três meses – uma das opções é ir para os albergues da cidade. O governo estadual também auxiliará o programa, através do Poupatempo – com ele, os moradores de rua conseguirão obter documentos necessários para sua contratação. Nenhum centavo do dinheiro dos pagadores de impostos será gasto com o programa. 4. A reestruturação dos albergues para os moradores de rua. “E os albergues para os mendigos, apresentam condições mínimas para recebê-los?”, você deve estar se perguntando. E foi exatamente para atender esse questionamento que a Prefeitura criou um novo modelo de gestão: estabelecer uma série de parcerias com empresas privadas para melhorar a condição desses espaços. A iniciativa faz parte de um projeto batizado de Espaço Vida. Fazem parte do modelo, a rede hoteleira Accor, a Procter & Gamble, a rede de comida orgânica Mundo Verde e a empresa de tintas Coral. A ideia é modificar radicalmente o cenário dos 83 albergues espalhados pela cidade preparados para atender os moradores de rua. A Accor, por exemplo, ajudará a Prefeitura a oferecer cursos de capacitação e a configurar os quartos dos albergues. A Mundo Verde fornecerá alimentos de origem orgânica e a Procter & Gamble produtos de higiene. O Senac também fechou parceria para oferecer cursos profissionalizantes. Não haverá um único centavo dos pagadores de impostos no projeto. Além de melhorar a estrutura dos espaços, a ideia do Espaço Vida é disponibilizar canis e estrutura para que os animais de estimação e as famílias dos moradores de rua sejam acolhidas juntas. Hoje, homens e mulheres são atendidos separadamente nos abrigos e os animais são proibidos. 5. Atendimento nos melhores hospitais privados do país pelo custo da tabela do SUS. É quase uma unanimidade. A maioria esmagadora dos brasileiros estão insatisfeitos com a saúde pública no país – segundo o Datafolha, foi a maior preocupação dos eleitores em 2014. E em São Paulo a situação não é diferente. Para 37% dos paulistanos, ela é o grande problema da cidade – e a preocupação é maior entre os mais pobres (41%) do que entre os mais ricos (24%). Foi pensando nisso que João Doria desenvolveu o programa “Corujão da Saúde”. A ação tem como meta zerar a fila de exames em um prazo de 90 dias. Participarão do programa alguns dos melhores hospitais privados do país, como o Hospital do Coração (HCor), o Sírio-Libanês, o Albert Einstein e o Oswaldo Cruz. Além deles, também estarão presentes as seguintes instituições: Edmundo Vasconcelos, Sepaco, Santa Casa de Santo Amaro, Santa Marcelina de Itaquera, Cruz Azul, Santa Casa de São Paulo, Instituto Arnaldo Vieira de Carvalho, Cetrus, Dasa-Lavoisier, Hospital Santa Joana, Beneficência Portuguesa, Aviccena, Hospital Presidente e o Tadao Mori. A rede Dasa-Lavoisier será a instituição a oferecer o maior número de exames. Serão 16.380. No total, cerca de 137.100 exames foram agendados para janeiro, outros 79.900 para fevereiro e 20.600 para março. No Corujão da Saúde, a Prefeitura repassa recursos e as intuições privadas fornecem equipamentos e funcionários no período entre 20h e 8h. Ou seja, diferentemente dos outros pontos levantados nessa lista, esse não será gratuito. A remuneração dos procedimentos, no entanto, seguirá os valores da tabela do SUS. Isto é: a população paulistana receberá atendimento nos melhores hospitais do país sem nenhum centavo a mais do que já gasta com a remuneração dos serviços dos hospitais públicos. 6. A adoção de praças por empresas privadas. A Prefeitura de São Paulo anunciou na última segunda-feira reativar o programa “Adote uma Praça”, idealizado pelo ex-governador do estado, Mário Covas. Segundo o projeto, a manutenção de praças da cidade será custeado por empresas ou pessoas interessadas em recuperá-las quando deterioradas, sem custo aos pagadores de impostos. Nesses locais há calçadas e bancos destruídos, lixo, pichações falta de serviço de capina e de segurança. O que essas empresas ganharão com isso? A possibilidade de realizar anúncios no local. A proposta da atual gestão é regulamentar o antigo programa, com três grandes mudanças: 1. A Prefeitura terá um prazo para avaliar um pedido de adoção de uma praça, que será de 30 dias; 2. O tamanho dos parques que serão disponibilizados para zeladoria privada aumentará de 5 mil para 10 mil metros quadrados; 3. As empresas que se interessarem pelo projeto poderão divulgar seus produtos conforme os critérios da Lei Cidade Limpa, respeitando o tamanho da propaganda. Segundo o vice-prefeito, Bruno Covas, neto do ex-governador: De acordo com a Prefeitura, os recursos economizados serão investidos na saúde e na educação da cidade. 7. A reforma e a manutenção dos banheiros do Ibirapuera. Há poucos dias, Doria estabeleceu uma parceria com duas empresas privadas: a revitalização e manutenção de 16 banheiros (oito masculinos e oito femininos) e da marquise do Parque Ibirapuera, na forma de doação, sem custos para os pagadores de impostos do município. No lançamento da ação, Doria que a revitalização será realizada sem contrapartidas: A incorporadora Cyrela fará a reforma dos banheiros, com a troca de todas as louças e metais. As obras iniciam no próximo dia primeiro de fevereiro e a previsão é que em quatro meses todos os banheiros estejam renovados. A Cyrela também se comprometeu em contribuir com a regularização da laje, pintura e troca de lâmpadas da marquise do Ibirapuera (que no momento apresentam algumas infiltrações). Após a conclusão da reforma, a Unilever passará a administrar os sanitários durante doze meses. O acordo firmado pela Prefeitura prevê a manutenção, a limpeza e o fornecimento de produtos de limpeza e de materiais de higiene, como sabonete e papel higiênico.
  2. Olá, O Dória tem causado "boa impressão" por ter demonstrado certa "vontade" em fazer as coisas... PORÉM, existe uma diferença entre "fazer de verdade" e "fazer para MOSTRAR". E isso não se percebe da noite para o dia... tem que esperar pelo menos 1 ano para ver algum efeito (por exemplo, se vai haver aumento de acidentes nas marginais devido a mudança de velocidade; se vai haver redução REAL no número de pacientes da fila de espera em exames - E QUANTO ISSO CUSTOU, pra se fazer a análise de custo-benefício, etc). É aquela coisa: se o cara ZERAR a fila de exames (de 250 mil pessoas, acho)... porra, legal! MAS... se ele gastou 1 BILHÃO de reais pra fazer isso... porra, aí não é tão legal assim não! E... se ele não gastou um UNICO centavo, porra aí tem coisa errada, não existe magia! Não dá pra fazer uma análise das coisas com UM PEDAÇO das informações. Senão a gente só olha o pedaço que a gente "quer ver".
  3. Olá, Brasil, no limite da gambiarra. Mas... é bem feito. É merecido se foder (o Brasil) e ter sua imagem queimada com essas cagadas. Porque os defensores da "síndrome de vira-lata" viriam aqui para "latir" que "se você reclamou da organização das olimipiadas é porque você tem sindrome de vira-lata". Essa bosta virou desculpa para diagnosticar qualquer um que reclame das merdas que são feitas aqui. Porque, a minha humilde opinião sobre qualquer assunto deste tipo é simples (embora radical): "Se é pra fazer MERDA, então não faça NADA. Ou faça bem feito ou não faça NADA".
  4. Olá, Quando o milagre é grande até o santo desconfia... Ele não vai fazer "mágica" de eficiencia em todas as ações dele. Daqui um ano quero ver os resultados das ações tomadas nos primeiros meses deste ano.
  5. Olá, Puta falta de sacanagem: o foda é que agora foi o STF que decidiu... e agora, mano? Vai recorrer pra quem? Chapolim? http://ultimosegundo.ig.com.br/politica/2017-05-23/maluf.html Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal condenou o político por desvio de verba de obras durante mandato como prefeito de SP, de 1993 a 1996 Deputado Paulo Maluf foi condenado por ter desviado dinheiro de obras enquanto foi prefeito da capital paulista Gustavo Lima/Câmara dos Deputados - 15.9.15 Deputado Paulo Maluf foi condenado por ter desviado dinheiro de obras enquanto foi prefeito da capital paulista A Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) condenou nesta terça-feira (23) o deputado federal Paulo Maluf (PP-SP) a 7 anos, 9 meses e 10 dias de prisão, pelo crime de lavagem de dinheiro. De acordo com a acusação, o p arlamentar cometeu desvios em obras quando era prefeito de São Paulo , de 1993 a 1996. Os ministros entenderam que, como efeitos da condenação, fica determinada a perda do mandato parlamentar e sua interdição para exercício de cargo ou função pública de qualquer natureza. A pena imposta a Paulo Maluf inclui ainda 248 dias-multa no valor de cinco vezes o salário mínimo vigente à época dos fatos, aumentado em três vezes. Acusação A ação penal contra o deputado federal e ex-prefeito de São Paulo foi aberta em 2011 pelo plenário da Corte. As investigações se arrastaram por mais de dez anos, desde a instauração do primeiro inquérito contra o ex-prefeito, ainda na primeira instância. O Supremo assumiu o caso após a eleição de Maluf como deputado, em 2007. Ele tem hoje 85 anos. A denúncia do Ministério Público dá conta de que o ex-prefeito recebeu propina de contratos públicos com as empreiteiras Mendes Júnior e OAS durante o exercício do mandato na capital paulista. Os recursos teriam sido desviados da construção da Avenida Água Espraiada, hoje chamada Avenida Roberto Marinho. O custo total da obra foi de cerca de R$ 800 milhões. Leia também: Planalto reprime memes com fotos de Temer e internet contra-ataca com piadas Segundo os procuradores, os recursos foram desviados por meio de construtoras subcontratadas para serviços fictícios, como “medições de vento”. Pelo menos US$ 225 milhões em dinheiro ilícito teriam sido movimentados em contas em Luxemburgo, na França, nos Estados Unidos e nas Ilhas Jersey, sendo, posteriormente, trazidos de volta ao País por meio da compra de ações da empresa Eucatex, da família Maluf, configurando a lavagem de dinheiro. “Há depoimentos, documentos e minúcias, há entregas de milhares de dólares relatados em caixas de uísque, há relatos de cofres abarrotados de dólares para a corrupção do agente público [Maluf]”, disse o subprocurador-geral da República Odim Brandão Ferreira. Foi destacado também compras de joias e obras de arte que teriam sido feitas com os recursos ilícitos. Sem prescrição O relator do processo, ministro Edson Fachin, considerou em seu voto, proferido no último dia 9, que o crime de lavagem de dinheiro é permanente, perdurando por todo o tempo em que os recursos ilícitos estiverem ocultos. Com o entendimento, Fachin afastou o argumento de prescrição do crime, levantado pela defesa, o que permitiu o voto pela condenação. Leia também: Em 2013, senador afastado Aécio Neves já era beneficiado pelo BTG Pactual Portanto, das cinco acusações de lavagem de dinheiro contra Paulo Maluf, o ministro entendeu que a condenação poderia se dar em relação a uma delas, que considera a movimentação, até 2006, de ao menos US$ 15,7 milhões em 12 contas nas Ilhas Jersey. Fonte: Último Segundo - iG @ http://ultimosegundo.ig.com.br/politica/2017-05-23/maluf.html
  6. Olá, A primeira foto, que é do Ministério da Agricultura, é de hoje... tentaram incendiar ou depredar o Ministério da Fazenda também. https://noticias.uol.com.br/politica/ultimas-noticias/2017/05/24/confronto-em-protesto-contra-temer-deixa-cenario-de-terra-arrasada-em-brasilia.htm https://noticias.uol.com.br/politica/ultimas-noticias/2017/05/24/jungmann-fala-sobre-protestos-em-brasilia.htm O presidente da República, Michel Temer, decretou uma ação de garantia de lei e da ordem em Brasília, declarou o ministro da Defesa, Raul Jungmann. Tropas federais já se encontram no Palácio do Planalto e no Palácio Itamaraty, disse o ministro. "O senhor presidente da República decretou, por solicitação do presidente da Câmara, uma ação de garantia da lei e da ordem." A declaração foi dada no Palácio do Planalto, sede da Presidência, logo após todos os prédios da Esplanada dos Ministérios serem evacuados após as pastas da Agricultura e da Fazenda sofrerem incêndios. Em nota, o ministério da Defesa anunciou na noite desta quarta-feira, que 1.500 homens foram mobilizados, sendo 1.300 militares do Exército e 200 fuzileiros navais. O texto afirma ainda que a medida é é exclusiva para os prédios públicos.
  7. Olá, O STF condenou ele "para inglês ver". Aos 85 anos, acho que ele nem será mais "preso". Vai perder o cargo somente. No final, a condenação servirá apenas como aposentadoria compulsória.
  8. Olá, Fazem este tipo de coisa com tudo o que for possível por aqui. Infelizmente.
  9. Olá, Tem que seguir a orientação da etiqueta: "Não aceite se estiver violado". Essa caixa foi uma violação da "boa memória" que a Tec Toy um dia teve com a galera...
  10. Olá, Lá se vai um James Bond "icônico".
  11. Olá, Pelo estado em que se encontrava a região, não tinha como ser "suave" nessa ação. Pelo video parece aqueles bairros tipo "Bronx" dos filmes do Charles Bronson. Porém, não adianta só fazer um "rapa" ali e depois sumir. Se não estabelecerem um programa de tratamento para os viciados que já estavam ali e prenderem os traficantes, a Cracolândia simplesmente vai "mudar de endereço".
  12. Olá, Certamente o Homem Aranha tem mais popularidade que o Homem de Ferro (por ser mais "sacana" e cínico).
  13. Olá, Homem de Ferro sempre foi um personagem de destaque da Marvel (pelo carisma).
  14. Olá, Os Nassifistas, petistas e Teóricos dao Conspiração Golpe tem uma tese atual, resumida no seguinte: - O Temer não estava com força suficiente para aprovar as reformas (Trabalhistas/Previdenciária) que beneficiariam diversos interessados, exceto os assalariados (nota do caropreso: concordo que essas reformas estão mal discutidas e existe um certo desespero em aprová-las). - Como ele não tem força, a mídia já bombardeou ele e o Aecio para provocar aquela historia de "eleições indiretas", onde vão tentar botar um nome capaz de aprovar essas tais reformas (nota do caropreso: acho isso muito "fantasioso" porque os sucessores atuais também estão com filme queimado, mas concordo apenas com o fato de que a mídia, na figura da Globo, detém monopólio de manipulação da informação - e sem hipocrisia, porque é assim mesmo). Anyway, segue mais uma das Teorias do Golpe que vocês começarão a ver pipocar em sites por aí. EDIT: Nesta Teoria toda, parece que o "candidato" que atende a esses anseios é o Henrique Meirelles (mas não me pergunte porquê, não faço idéia do direcionamento dele, e nem como ele iria parar na Presidência no meio do caos atual). EDIT 2: Particularmente, já que é pra foder com tudo, que venha a delação (esperada) do Pallocci. ESSE sujeito deve ter coisas sinistras pra falar, que provavelmente vão arrastar até os bancos para o meio dessa "tempestade perfeita".
  15. Olá, É por causa desse comportamento que nenhuma empresa baixa o preço de nada por aqui ("deixa ali que alguém acaba comprando").
  16. Olá, Pois é, parabéns aos envolvidos.
  17. Olá, Agora ninguém sabe de nada, olha o Lula fazendo escola... E é bom que paralisem mesmo aqueles pacotes de reformas. O Temer estava tao desesperado para aprová-las que, com essa merda toda bombardeando o país, torna essa pressa suspeita.
  18. Olá, E lá vai Serra, ladeira abaixo (ih, a mídia liberou o portão do inferno, agora não vai ficar um de pé): http://odia.ig.com.br/brasil/2017-05-19/serra-pediu-caixa-dois-de-r-64-milhoes-afirma-presidente-da-jbs.html Serra pediu caixa dois de R$ 6,4 milhões, afirma presidente da JBS Segundo a delação, outros R$ 13 milhões foram doados oficialmente ao tucano Sáo Paulo - O empresário Joesley Batista confessou, em delação premiada, ter pago R$ 6,4 milhões por meio de caixa dois à campanha do senador José Serra à Presidência da República - o tucano foi candidato ao Planalto em 2002 e em 2010. Segundo a delação, outros R$ 13 milhões foram doados oficialmente ao tucano. De acordo com Joesley, o senador pediu R$ 20 milhões ao Grupo JBS. "R$ 6 milhões através de notas frias para a empresa LRC Eventos e Promoções, com a falsa venda de um camarote no Autódromo de Interlagos, em São Paulo; R$ 420 mil para a empresa APPM Analista e Pesquisa, também em notas frias", diz o anexo da delação do dono do grupo JBS. O delator explica que outros R$ 13 milhões foram doados oficialmente, conforme indicação do candidato. Joesley afirmou que o 'sr. Furquim' ficou responsável pela operacionalização dos pagamentos - Luiz Fernando Furquim morreu em 2009 e foi responsável pelas contas de campanha do senador tucano. Em nota, a assessoria de imprensa de José Serra afirmou: "As contas de todas as campanhas de José Serra foram aprovadas pela Justiça Eleitoral. José Serra jamais recebeu qualquer tipo de vantagens indevidas das empresas de Joesley Batista. E mais que isso, nunca tomou medidas que tenham favorecido a Joesley ou a seu grupo empresarial em nenhum dos diversos cargos que ocupou em sua longa carreira pública. O senador está confiante que a investigação irá comprovar a lisura de sua conduta. EDIT: Olá, Vixe: Cão Farejador da PF morre durante buscas no apto do Aécio http://www.humorpolitico.com.br/aecio-neves/cao-farejador-da-pf-morre-durante-buscas-no-apto-do-aecio/
  19. Olá, It has begun: (a internet NÃO ESQUECE e como o vídeo aí de cima voltou a aparecer, os "famosos" já começaram o "veja bem"). Nas redes sociais, Marcio Garcia diz que se arrepende de ter apoiado Aécio Neves Fonte: Gente - iG @ http://gente.ig.com.br/fofocas-famosos/2017-05-19/marcio-garcia.html?utm_source=regua2-box3&utm_campaign=campanha-home-ig&utm_medium=midia-home-ig
  20. Olá, É impossível denunciar merdas no PMDB sem envolver o PT. Petistas entram em sinuca de bico: ou defendem o PMDB (e se fodem, porque já foram chutados do poder por este partido), ou apóiam o ataque ao PMDB e "morrem afogados, abraçados". Agora, como eu não acredito na imparcialidade da mídia, para ela ter soltado essa megabomba de bosta de uma vez só, é porque: - ainda tem mais merda por vir, pior ainda (e a mídia já resolveu "pular fora do barco" e deixar Temer e Aecio se foderem de vez) - ou já escolheu uma "terceira via", um novo amiguinho, que vai ser apresentado no momento certo. O que não seria segredo nenhum, não tem nada de "golpista", e sim o mais básico: interesse em ganhar um dinheirinho $$ (e ter "amigos politicos fortes" faz parte dessa estratégia).
  21. Olá, A Dilma é um ser "sem comentários". O mesmo cara faz denúncias contra Temer, Aecio, Lula e Dilma... e tem petista que acha que só a parte "Temer/Aecio" é verdadeira (o resto é perseguição). Provavelmente a delação da JBS vai jogar mais merda na cara do PT também... aí o povo lá já "deve ter ficado apavorado" e prefere ir contra o cara antes que a merda seja jogada. O engraçado do Luis Nassif é que ele sempre começa com um "perfil imparcial" e lá pelas tantas (via de regra nos seus vídeos) ele começa com a seara de que isso só vai ser feito porque vão querer pegar o Lula ou PT.
  22. Olá, O Luis Nassif aposta que a mídia soltou essas Bombas de "Hiroshima e Nagasaki" (Temer, Aecio) em troca de oferecer a cabeça do Lula e da Dilma numa bandeja nos próximos dias... estará ele certo ou errado? http://jornalggn.com.br/noticia/opiniao-do-nassif-rescaldo-de-um-terremoto-politico "(...) Mas o que leva a Globo a endossar totalmente a tese dos crimes de Aécio e Temer? Tem a contrapartida que é você liquidar, principalmente, Lula e, nem tanto, Dilma, que está muito mais habilitada a algo como uma candidatura de deputada, embora ela tenha se tornado um símbolo político muito relevante pelo seu heroísmo no pós-impeachment e durante a campanha do impeachment. Então a destruição de Lula é a contrapartida. " http://jornalggn.com.br/noticia/opiniao-do-nassif-rescaldo-de-um-terremoto-politico
  23. Olá, Ou vão cobrar cachê para aparecer na propaganda de Lula/PT 2018 (se ele não for preso até lá). Porque, NO FUNDO, nenhum deles está de fato preocupado com o país e sim com seus próprios bolsos. Desta forma, a opinião é somente favorável a quem paga mais.
  24. Olá, Putz, Lima Duarte, que mancada hein? E agora? Como será que esse povo que recebeu a "Coxinha de Mortadela" para aparecer nessas propagandas políticas vai se "posicionar" a respeito?