Jump to content

Search the Community

Showing results for tags 'indie'.



More search options

  • Search By Tags

    Type tags separated by commas.
  • Search By Author

Content Type


Forums

  • Seganet - Videogames
    • SegaNet - Game News
    • Seganet - Retro Games
  • Seganet - Assuntos Gerais
    • SegaNet - Off-Topic
    • Seganet - Promoções
    • SegaNet - Classificados

Calendars

There are no results to display.


Find results in...

Find results that contain...


Date Created

  • Start

    End


Last Updated

  • Start

    End


Filter by number of...

Joined

  • Start

    End


Group


AIM


MSN


Website URL


ICQ


Yahoo


Jabber


Skype


Location


Registro Inicial

Found 12 results

  1. O tão aguardado Project Y da Watermelon Games está próximo de ver a luz do dia. Há poucas horas, o site www.paprium.com abriu a pré-venda dos cartuchos em diferentes versões, além de um arcade stick temático exclusivo em quantidade limitadíssima. O jogo está em produção há 4 anos e tinha a ambição de ser o segundo maior jogo já feito para Mega Drive com 40Megabit, ficando atrás apenas de Pier Solar and the Great Architects, de 64Megabit, da própria Watermelon. O que sacodiu a comunidade retrogamer nas últimas semanas foi o anúncio de que o tamanho do jogo DOBROU. Serão 80Megabit, algo inimaginável nos tempos áureos do 16bit da Sega. Sonic 3 & Knuckles, por exemplo, tem 37Megabit com 2 cartuchos combinados e era o maior jogo já produzido para o Mega até a chegada de PierSolar. O Beat'em Up terá mais de 24 fases, mais de 5 personagens jogáveis, vários modos de jogo, sprites enormes, 60fps e save slots. Além dessa quantidade absurda de dados no cartucho, o jogo virá com um chip de áudio auxiliar no cartucho que permitirá a Paprium soar 24 canais de som reproduzindo samples de 48KHz em FM e PSG. Como eles mesmos disseram, nada é grandioso demais para o Mega Drive. Impressionante! Os 1988 primeiros a comprarem uma versão do jogo durante a pré-venda receberão junto um mangá exclusivo com a história do jogo. CORRA!. Eu já garanti o meu! Essa é a hora de garantir por um preço decente o que será um marco na história retrogamer. Nenhum everdrive rodará esse jogo por enquanto, e provavelmente emuladores também não, por causa da arquitetura do chip auxiliar.
  2. Top 10 – Games que foram criados em tempo recorde Existem jogos que talvez você tenha jogado, curtido e nem imagina que foi desenvolvido em tão pouco tempo. Desenvolvedores de games Indie estão sempre participando de Game Jam e criando protótipos ou até games que viralizam rapidamente na internet. Criar games tem se tornado uma atividade muito comum de uns tempos para cá, hoje em dia temos escolas especializadas, cursos, eventos e muito mais coisas que influenciam novos programadores a produzir e posteriormente lançar games. Vale destacar que os jogos aqui citados não são frutos de superproduções e não gráficos de ponta, pois são em sua maioria indies e alguns foram criados por poucas ou até apenas uma pessoa. Vamos lá? Confira dez games inspiradores criados em tempo recorde: 1 – Agar.io Não se sabe exatamente em quantos dias Agar.io foi feito, o que se sabe é que sua produção foi extremamente rápida e individual, ou seja, apenas uma pessoa trabalhou no projeto do game. Agar.io foi criado em JavaScript e C++ por um brasileiro chamado Matheus Valadares e continuou sendo atualizado constantemente adicionando novas melhorias, 3 meses depois o game ganhou suas versões em Android e iOS. 2 – The Awakening of Mummies (30 Dias) The Awakening of Mummies foi inteiramente desenvolvido em 30 dias. O jogo é um puzzle 2D que pode ser jogado na internet e o seu objetivo é passar por obstáculos como lanças, lugares escuros e buracos dentro de uma tumba no Antigo Egito. Os produtores do game criaram a VirtualArts especialmente para desenvolver o game e é composta por 4 programadores brasileiros. 3 – Celeste Celeste foi considerado no ano de 2018 o melhor jogo independente. Mas vamos fugir um pouco do assunto do game em si, vamos falar do protótipo do game. O protótipo de Celeste foi criado em apenas 4 dias, e depois estendido para ser lançado nas plataformas. Você controla a querida Madeline, que terá que enfrentar vários desafios para conseguir escalar uma montanha. O game é inspirado em pixel art e agradou gamers do mundo inteiro. 4 – Flappy Bird ( 3 dias) Flappy Bird é um dos principais jogos da nossa lista. Para você ter idéia, o game de sucesso lançado em 2013 e que provavelmente você jogou, foi criado em apenas 3 dias. Provavelmente o jogo demorou menos tempo para ser criado do que para ser enviado para a Play Store. Vamos combinar que o game não é dos mais bem feitos e lembra muito Super Mário, mas o que não podemos discutir é a competência do produtor do jogo. Mas da mesma forma que o game viciante e extremamente difícil foi criado em pouco tempo, foi também excluído em pouco tempo, ficou apenas cerca de 11 meses no ar, e a principal teoria é que o produtor foi obrigado a excluir o jogo por conta do uso de elementos pertencentes a outros jogos. 5 – Honko’s Worlds (3 Dias) Honko’s Worlds é mais um jogo que foi produzido em uma competição de Game Jam e lembra muito os primeiros Zelda que foram lançados pelo fato de sua visão de cima para baixo. O objetivo do game é basicamente enfrentar os inimigos com ferramentas, armas especiais e coletar ouro para ir avançando os labirintos e passar de fase. 6 – O voo dos Gansos (10 dias) Criado por 5 desenvolvedores em apenas 10 dias, o voo dos gansos é um jogo brasileiro em que o jogador ajuda os gansos na sua trajetória para o sul. O nível de dificuldade do jogo é baixo, após algumas tentativas é possível concluir o trajeto dos gansos com sucesso. Para jogar acesse: http://www.perametade.com/project-view/voo-dos-gansos-versao-game-jam/ 7 – Candy Crush Saga Candy Crush Saga é considerado um dos games Puzzle mais famosos de todos os tempos. Sua mecânica e seu objetivo é bem simples: combinar o máximo de doces das fileiras e colunas para gerar pontuação e passar para a próxima fase. Os elementos gráficos do jogo são bem desenhados e coloridos. Candy Crush Saga demorou quase 5 meses para ser desenvolvido. 8 – Stack (2 dias) Stack é um game Puzzle inspirado no eterno Tetris em que o objetivo é empilhar blocos e formar linhas de peças da mesma cor. A grande vantagem do game é que ele é reproduzido em 3D, diferente dos outros jogos que possuem o mesmo objetivo. Stack foi criado por estudantes da USP em apenas 48 horas e apresentados durante a Semana da Computação (Semcomp) em 2017 9 – Horizon Chase (5 meses) Comparados com alguns jogos da nossa lista, para alguns 5 meses pode parecer muito para ser considerado um tempo recorde. Inicialmente Horizon Chase foi pensado par ser concluído em 2 meses, porém os produtores decidiram dar um pouco mais de atenção em certos detalhes do game. Horizon Chase é inspirado na era dos games 8 bit e traz muitas lembranças dos antigos jogos de corrida para o celular, especialmente nos celulares JAVA. 10 – Slither.io (6 meses) Slither.io é mais um jogo de criação individual que lembra muito o estilo de Agar.io, porém com elementos visuais melhores e diferentes. Tá, tudo bem, Slither.io não foi criado em tão pouco tempo quanto Flappy Bird ou o próprio Agar.io, mas na teoria 6 meses de desenvolvimento para um jogo que chegou a gerar mais de US$100 mil por dia está muito bom o tempo gasto, não acha? Fonte: http://gamereporter.uol.com.br/games-6/ Falow!!!
  3. Ps: Acompanho o projeto dos caras desde quando começou, e finalmente agora está virando realidade uma versão jogável do game para o publico Considerado o futuro GTA brasileiro, game 171 ganhará versão alpha em 2019 Talvez alguns se lembrem ainda de 171, game brasileiro que vem sendo desenvolvido pela Betagames Group, da qual promete ser o "GTA brasileiro", teve mais um gameplay revelado. No vídeo é mostrando um pouco da movimentação do personagem, o funcionamento das armas e a destruição de veículos. Mostrando um grande nível de detalhes no gameplay apresentado, como a marca dos tiros no carro, o projeto vem mostrado uma grande evolução, deixando bem claro a todos que aguardam ansiosamente pelo game não ficarão decepcionados. Também foi revelado que o game terá sua primeira versão pré-alpha jogável em algum momento do segundo semestre de 2019, sem data exata para isto acontecer. Está versão alpha também deverá estar disponível na BGS 2019, no estande da própria empresa, para que todos possam experimentar o jogo e dar algum feedback diretamente aos desenvolvedores. O Projeto 171 não tem previsão de lançamento de uma versão final, mas já foi confirmado que ele chega por enquanto apenas aos PCs via Steam. Você pode conferir maiores detalhes do jogo e ajudar no projeto neste link. Fonte: https://adrenaline.uol.com.br/2018/12/17/57586/considerado-o-futuro-gta-brasileiro-game-171-ganhara-versao-alpha-em-2019/ Falow!!!
  4. Lost Soul Aside é um game em 3ª pessoa do tipo Hack 'n Slash do estilo Devil May Cry, com gráficos e jogabilidade Triple A, mas feito por um cara só! Isso mesmo que você leu...Bing Yang "o cara"...modelou, animou, fez o game design, todos os personagens e as "musicas"...Algo que um estudio Triple A, precisaria de mais 100 profissionais trabalhando, o cara fez sozinho Gameplay mais recente, rodando no PS4 Trailer de 2016 Video do Sidão do Game, que despertou meu interesse no game (Como muitos não gostam dele, deixei pro final) Ainda é incerto informações anteriores do cara, se ja trabalhou em algum estúdio grande...e se atualmente está com mais pessoas no desenvolvimento, pelo meno eu não encontrei ainda...Se alguém achar mais info a respeito, posta ai! Falow!!!
  5. Hue é um premiado jogo de plataforma e quebra-cabeça, em que você altera o mundo trocando a cor do plano de fundo. Explore uma perigosa terra cinzenta, descobrindo fragmentos coloridos durante uma jornada em busca de sua mãe desaparecida. Os obstáculos desaparecem quando possuem a mesma cor do plano de fundo, criando novos e empolgantes quebra-cabeças, cheios de perigos, mistérios... e cores invisíveis. Disponível para PC (através da Steam), Xbox One e PS4, Hue utiliza das cores para criar um belíssimo mundo colorido. Sua aventura não é nada fácil. É preciso trocar rapidamente as cores, para que seus obstáculos possam sair de sua frente e seja possível avançar em sua jornada. Isso tudo em questões de segundos. Um leve deslize e a cor errada pode te levar a derrota. Conheça melhor o mundo de HUE:
  6. Adam Butcher se descreve, em seu blog, como escritor, diretor e cineasta. Seria mais justo ele também dizer que é gamer, game designer e sujeito com uma força de vontade e capacidade de realização sobre-humanos. Tudo começou quando Adam era um adolescente de quatorze anos. Ele era daqueles gamers que, não satisfeitos somente em zerar os jogos, tinham interesse de saber como funcionavam. Manja aquela geração que comprava revistas de CD-Rom com um bilhão de joguinhos em arquivo .exe, daqueles que você arrastava uma pasta pro desktop do Windows e só precisava dar um duplo clique pra rodar? Então, ele é desses. Foi com essas revistas que começou a aprender a programar e escrever seus próprios jogos, virando indie game developer (um desenvolvedor de jogos independentes) muito antes de virarmainstream (e muito antes de sequer inventarem esse título). Trabalhou até ficar confiante o suficiente em suas habilidades para empreender seu maior projeto pessoal (até então): Butcher decidiu criar o jogo mais foda de todos os tempos. O jogo dos seus sonhos. Link Vimeo No último dia 18, ele anunciou ter terminado o projeto, intutulado The Game That Time Forgot, que pode ser baixado gratuitamente em seu site oficial, depois de longos treze anos de trabalho, aprendizado e murros em ponta de faca. Tudo investido em algo grande o suficiente para uma pequena startup realizar, mas que ele o fez sozinho. Treze. Fucking. Anos. Metade de sua vida (hoje ele tem 27) foi passada em torno deste jogo, e ele foi até o final. Quantas pessoas não teriam desistido no meio? Treze anos é muito tempo. Em especial esses últimos treze anos em que aconteceu de tudo. Smartphones e tablets, crise financeira mundial, internet nos moldes atuais, surgimento da UE e do mercado de indie games etc. Não foi por falta de coisa mais interessante que ele continuou. Aliás, o projeto dá uma surra em muito título caro (dependendo, até bugado) feito por empresa famosa: 1. as texturas e gráficos são bem elaborados e cheios de detalhes, mesmo num jogo feito para rodar em qualquer computador (de 2001, não custa lembrar); 2. cada fase tem suas mecânicas próprias e únicas, que não se repetem ao longo do jogo. É como se cada fase fosse um jogo diferente. Uma aula de game design; 3. depois de criar cada nível, ele testou tudo até depurar todos os bugs. Uma aula de playtest; 4. a própria história do jogo é grandiosa, de certa forma: o objetivo do protagonista é, basicamente, acabar com a fonte de todo o mal do mundo. Me espanta o fato de ele ter tocado sozinho um projeto desse naipe por tanto tempo, sem ajuda financeira nem nada. E me espanta mais ainda a generosidade dele disponibilizar o jogo para qualquer pessoa baixar de boa. Olha, não sei se ele é bom cineasta ou roteirista de filmes, e nem sei se o jogo é bom no final das contas. Mas se eu fosse algum figurão de Hollywood, ficava de olho nesse rapaz. http://papodehomem.com.br/o-game-que-levou-treze-anos-para-ficar-pronto-esta-enfim-pronto/
  7. https://twitter.com/BriProv/status/306488818578620416?uid=244482751&iid=0a6587f5-8204-464d-af26-a75d2a4aad4a&nid=12+140+20130226 Dissertem.
  8. Estranho que ninguém tenha postado ainda... Pacontinho de 6 jogos indie totalmente de grátis: Nitronic Rush Ascension Celestial Mechanica Imscared Abobo's Big Adventure Treasure Adventure Game Todos para Windows; apenas Celestial Mechanica e Abobo's também tem versão Mac. http://www.thefreebundle.com/
  9. Mais um Humble Bundle: cinco jogos indie para Windows, Mac, Linux, e Android. Incluindo trilhas sonoras, tudo sem DRM, e parte da grana vai pra caridade. Já sabem: www.humblebundle.com
  10. Indie Bundle I: Anomaly: Warzone Earth, Cave Story+, EDGE, Lone Survivor, The Baconing Indie Bundle II: Botanicula, E.Y.E: Divine Cybermancy, Lunar Flight, Splice, Universe Sandbox Indie Bundle III: BIT.TRIP BEAT, Bunch of Heroes, Darwinia, Insanely Twisted Shadow Planet, Runespell: Overture Indie Bundle IV: A Valley Without Wind, Atom Zombie Smasher, Blocks That Matter, Sanctum, Superbrothers: Sword & Sworcery EP Indie Bundle V: AudioSurf, Gemini Rue, Greed Corp, The Tiny Bang Story, Ys: The Oath in Felghana Indie Bundle VI: AaaaaAAaaaAAAaaAAAAaAAAAA!!! for the Awesome, DEFCON, SpaceChem, Ticket to Ride, Trauma Indie Bundle VII: Avadon: The Black Fortress, Dungeons of Dredmor, Q.U.B.E., Vessel, Zombie Driver Indie Bundle VIII: Demolition Inc., HOARD, SOL: Exodus, Swords and Soldiers HD, Wings of Prey Indie Bundle IX: Capsized, Jamestown, Revenge of the Titans, VVVVVV, Zeno Clash Indie Bundle X: All Zombies Must Die!, Beat Hazard, BIT.TRIP RUNNER, Eufloria, Machinarium Indie Bundle XI: Hydrophobia: Prophecy, ORION: Dino Beatdown, Star Ruler, Waveform, World of Goo A oferta termina quinta-feira às 16h, Horário do Pacífico.
  11. dl: http://www.onlinegam...e-curse-of-.htm
×
×
  • Create New...