Jump to content

Qual seu último jogo retro zerado?


Recommended Posts

Castlevania Anniversary Collection

Castlevania Anniversary Collection no PS4 | PlayStation™Store oficial Brasil

Terminei todos eles com todos os chars e finais possíveis, minhas considerações:

Castlevania:  É o clássico, todo mundo conhece, o único do NES que eu já tinha jogado muito.

Castlevania II: Achei um jogo injustiçado, gostei bastante dele e acho que seu grande pecado é ter situações onde não tem como saber o que fazer.

Castlevania III: Evolução do um com vários acréscimos excelentes, um baita jogo.

Super Castlevania IV: Achei uma bosta inacreditável esse aqui.

Bloodlines: Joguei a exaustão na época, foi mais para matar saudades, trilha sonora incrível.

Kid Drácula: Bem divertido, mesmo.

Os dois de Gameboy: Achei bem impressionante por ser para Gameboy, o um é meio estranho mas o dois é muito bom, trilha sonora muito boa.

 

Pier Solar

image.jpeg.544c6b9784fb1121a0a1b361e041a94f.jpeg

Jogo do nosso antigo companheiro de forum Tulio Adriano, gostei bastante, demorei para entender o sistema de batalha e achei alguns puzzles muito cruéis.

@Agentman e @burn, sobre os Ys 1 e 2, qual seria a melhor versão para jogar, tentei jogar no Master de novo mais não curti muito.

 

Link to post
Share on other sites
  • Replies 2.2k
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

Top Posters In This Topic

Popular Posts

Mal da geração mesmo. Muita opção a mão dá nisso. Se fosse na nossa época, com dois joguinhos em casa, sendo um deles ruim e o outro mais ou menos, sonhando com a chegada do Natal ou niver pra ver se

Finalmente! Zerei o Castlevania 3, versão japonesa (Akumajou Densetsu). Jogaço! Para mim o melhor jogo do Famicom. O jogo é desafiador, mas nada nele é injusto, é só um jogo difícil para caralho. A mú

Garou Mark of the wolves emulado perfeitamente no PSP    Eu não canso de pensar como esse jogo  é deslumbrante! A introdução com uma arte foda, história  ambição, passado e present

Posted Images

Encarei o clássico supremo (e meio que injustiçado) da tosqueira: DAIKATANA. 8D

Resuminho para quem não conhece: John Romero foi demitido da id Software por desavenças internas. Ainda com o nome respeitado pelo sucesso de Doom e Quake, ele fez acordo com a Eidos para formar um novo estúdio e produzir seu próximo mega-sucesso. Embriagado com o próprio hype, ele pensou que bastaria contratar um bando de modders e licenciar um engine, e teria um jogo completo em alguns meses. Obviamente não deu certo: acabou demorando três anos, e quando saiu, estava completamente obsoleto e ainda extremamente bugado. Foi um fracasso que acabou com a carreira do cara.

Parte do problema foi a ambição. Basta lembrar como eram os FPS típicos do meio dos anos 90: labirintos cheios de monstros seguindo um fiapo de roteiro e já ta bom. Mas Daikatana seria muito mais narrativo, com um roteiro épico sobre um samurai do futuro usando uma espada mística para viajar no tempo. Cada período da história tinha um conjunto completamente diferente de armas. Havia um sistema de pontos de experiência para desenvolver o herói. E ele era acompanhado por dois aliados inteligentes. (Justamente esses acabaram sendo o maior problema, porque a inteligência artificial era extremamente estúpida, e se algum deles morresse, perdeu.)

Mas, muitos anos depois, aconteceu o milagre! O Romero passou o código-fonte do Daikatana para um fã, que juntou uma galere para criar um patch não-oficial e consertar todos os seus problemas técnicos. Com isso, os aliados ficaram mais espertos e úteis, o desempenho melhorou, mais opções de resolução foram adicionadas, etc. E o resultado é... até que é bom! É divertido, criativo, cheio de ação, e alguns ambientes são bem bonitos.

  • Like 1
Link to post
Share on other sites
18 horas atrás, Stormwatch disse:

Mas, muitos anos depois, aconteceu o milagre! O Romero passou o código-fonte do Daikatana para um fã, que juntou uma galere para criar um patch não-oficial e consertar todos os seus problemas técnicos. Com isso, os aliados ficaram mais espertos e úteis, o desempenho melhorou, mais opções de resolução foram adicionadas, etc. E o resultado é... até que é bom! É divertido, criativo, cheio de ação, e alguns ambientes são bem bonitos.

dessa eu não sabia, vlw por contar!

sempre quis jogar, mas os reviews eram terríveis, e eu tinha jogado a versão, acho que a do n64, então nem procurei nada além daquilo

Link to post
Share on other sites

O hardware do mega drive mostrou nesse jogo que e possivel fazer efeitos a la snes com o adendo da rapidez e dinamismo na jogabilidade...

Mega drive does...

Eu fico imaginando o "monstro" que seria o super nintendo com um 68k como cpu...

La nos primordios do desenvolvimento do snes essa hipotese foi levantada...

Eu imaginaria que seria algo como um hardware arcade da nanco que possuia efeitos mode 7 e tinha 68k de cpu...

Link to post
Share on other sites
3 horas atrás, Erminio disse:

Eu joguei a exaustão na época, baita jogo, múltiplos caminhos e finais, animal.

Bota os da concorrência no chinelo.

Fala Não! Locava esse jogo direto! Conseguia zerar por todos os caminhos, finais e tudo mais! Jogava a versão sem life, a Americana ne´? agora me pergunta se hoje consigo fazer estas proezas de novo? rsrs

3 horas atrás, jairisongs disse:

Contra: Hard Corps.

contra-hard-corps-32959.jpg

O melhor da série pra mim! zerou por todos os caminhos? versão usa ou a jpn que tem life?

  • Like 1
Link to post
Share on other sites
11 horas atrás, Hill top zone disse:

Fala Não! Locava esse jogo direto! Conseguia zerar por todos os caminhos, finais e tudo mais! Jogava a versão sem life, a Americana ne´? agora me pergunta se hoje consigo fazer estas proezas de novo? rsrs

O melhor da série pra mim! zerou por todos os caminhos? versão usa ou a jpn que tem life?

Jogava a que bateu morreu, os diálogos eram em inglês, acho que era americana, eu tinha ela pirata na época.

Hoje não consigo mais, teria que treinar muito e falta tempo.

Link to post
Share on other sites

imagino se o super a'can tivesse ficado mais tempo no mercado

provavelmente aquelas empresas tipo sachen e outras q faziam jogos clones pra nes, iriam adota-lo como plataforma preferida e saissem da obscuridade

ele era basicamente uma fusao do mega e do snes, tendo os efeitos e cores do snes e a facilidade de programacao e velocidade do mega (um pouco mais rapido ate). o som dele aparentemente era tipo o do snes tmb, mas um pouco mais simples

talvez tivesse sido um sucesso se nao tivesse sido lancado no tempo do ps1... foi talvez o unico hard asiatico (taiwanes/chines) que (meio que) prestou na historia

  • Like 1
Link to post
Share on other sites

no archive.org tem uma area de emulacao pelo browser

achei a url q tem a biblioteca toda do super acan. é meio lento e nao tem som, mas vale pela curiosidade:

https://archive.org/details/superacan_library

só clicar no jogo q ele carrega a rom e o emul (no caso, o mame, pq antes era o mess q emulava, mas aparentemente os projetos sao unificados agora)

Edited by burn
Link to post
Share on other sites
14 horas atrás, Hill top zone disse:

Fala Não! Locava esse jogo direto! Conseguia zerar por todos os caminhos, finais e tudo mais! Jogava a versão sem life, a Americana ne´? agora me pergunta se hoje consigo fazer estas proezas de novo? rsrs

O melhor da série pra mim! zerou por todos os caminhos? versão usa ou a jpn que tem life?

Versão com life e 10 vidas marotas.
Zerei com o Ray (até agora deixando o vilão fugir :sarro:) e a Sheena.

Link to post
Share on other sites
2 horas atrás, burn disse:

imagino se o super a'can tivesse ficado mais tempo no mercado

provavelmente aquelas empresas tipo sachen e outras q faziam jogos clones pra nes, iriam adota-lo como plataforma preferida e saissem da obscuridade

ele era basicamente uma fusao do mega e do snes, tendo os efeitos e cores do snes e a facilidade de programacao e velocidade do mega (um pouco mais rapido ate). o som dele aparentemente era tipo o do snes tmb, mas um pouco mais simples

talvez tivesse sido um sucesso se nao tivesse sido lancado no tempo do ps1... foi talvez o unico hard asiatico (taiwanes/chines) que (meio que) prestou na historia

Pow não conhecia este Super a'can. legal!

 

Link to post
Share on other sites

Fur Fighters (Dreamcast)

 

Bichinhos fofinhos dando tiros e explosões uns nos outros. Divertido e BEM desafiante. Ótimo para o multiplayer a 4 jogadores também! Terminei resgatando TODOS os "babies" disponíveis!

  • Like 3
Link to post
Share on other sites

Gambare Goemon 1 do SNES. Eu já tinha zerado ele graças a um amigo que me arranjou a fita só que em japonês.

Hoje eu zerei ele de novo em inglês + patch que coloca nomes originais nos personagens e muda o nome do jogo americano pra uma tradução do que seria se a Konami tivesse vergonha na cara e traduzisse direito. O patch inclusive traduz fielmente os textos da versão japonesa para a inglesa.

 

O link pro patch é esse:

https://www.romhacking.net/translations/5667/

Edited by P-Chan
  • Like 2
Link to post
Share on other sites
7 minutos atrás, sammy disse:

b72f7bd3598cc4ed430c0af09cf9921b.jpg

Virei esse aqui que amo e tenho desde criança kkkkk
E tem gente que odeia.. vai entender :P

http://Instagram.com/samanthavlassis


Enviado do meu iPhone usando Tapatalk

cheguei a ver esse video e comum dizerem desde essa época e antes (deve ser por causa do ET do Atari) que jogos de filme nao sao bons (exceção aos de animação da disney)

em todo o caso estou compartilhando nao sei se tem mais videos onde o ator joga seu proprio jogo.

 

  • Like 1
Link to post
Share on other sites
cheguei a ver esse video e comum dizerem desde essa época e antes (deve ser por causa do ET do Atari) que jogos de filme nao sao bons (exceção aos de animação da disney)
em todo o caso estou compartilhando nao sei se tem mais videos onde o ator joga seu proprio jogo.
 

Kkkkkkkk
Já tinha visto esse aí kkk
Entendo até, mas eu joguei tanto na infância esses dois home alone, pq não tinha tantas fitas, que aprendi a gostar sei lá


Enviado do meu iPhone usando Tapatalk
  • Like 1
Link to post
Share on other sites

Acho que o ultimo jogo que finalizei foi o Michael Jacksons Moonwalker para sega genesis. Eu não faço ideia do porque eles deixaram o jogo tão diferente da versão de arcade (que por sinal e mil vezes melhor). O jogo é bem repetitivo, tudo o que você faz é encontrar as garotinhas de cada fase, se você se esquece de uma vai ter que procurar ela na fase inteira o que é um ponto extremamente negativo do jogo. O chefão final é extremamente confuso, eu só ganhei dele porque imitei o que speedrunnes faziam na luta contra ele.

Aqui esta um vídeo do boss final caso alguem esteja curioso.

timestamp: 1:03

Por falar em boss, os chefes das outras fases se consistem de waves de inimigos, eu recomendo em fases mais avançadas, utilizar o special do Michael, para usar o special você gira o michael sem parar até ele começar a dançar, os inimigos irão dançar com ele e no final da dança eles morrem, ou perdem energia dependendo do hp do inimigo. O problema em usar o special e que consome muito da energia do Michael, então você tem que planejar quando usar.

Edited by Metal64
Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...

×
×
  • Create New...