Jump to content
Maedhros

Tópico Oficial da Política - ANO 3 [+AE PORRA!!!! LULA CONDENADO!!! 9 anos de prisão]

Recommended Posts

sonda 2    121
2 horas atrás, burn disse:

1000509261001_1709795472001_Bela-Lugosi.

Bela Lugosi.  Ator  romeno ... o primeiro a interpretar o herói nacional da Romênia... mito.. vlad tepes...o "duque de Caxias"romeno...

Share this post


Link to post
Share on other sites
Maedhros    1,855

O quarto país mais corrupto do mundo

Brasil 04.10.16 21:58
Na classificação do Fórum Econômico Mundial, o Brasil é o quarto país mais corrupto do mundo, atrás apenas do Chade, Bolívia e Venezuela.

Boa noite.

http://www.oantagonista.com/posts/o-quarto-pais-mais-corrupto-do-mundo

 

EXCLUSIVO: O BILIONÁRIO 'ITALIANO'

Brasil 04.10.16 19:01
A Lava Jato foi informada de que Antônio Palocci teria US$ 348 milhões depositados numa conta de um banco em Miami. Os R$ 61 milhões facilmente encontrados em suas contas bancárias no Brasil são, portanto, meros trocados.

Para chegar a Miami, os investigadores farão escala em Araçatuba.

http://www.oantagonista.com/posts/exclusivo-o-bilionario-italiano

 

LULA INDICIADO

Brasil 05.10.16 12:04
A PF indiciou Lula pela suspeita de recebimento de R$ 20 milhões em propina relativa a contratos da Odebrecht com a Exergia, em Angola.

Taiguara Rodrigues, sobrinho de Lula, era sócio da Exergia.

A informação é da Época.

 

PF indicia Lula por corrupção em contratos do sobrinho em Angola
Além do ex-presidente, foram indiciados o empreiteiro Marcelo Odebrecht e o empresário Taiguara Rodrigues, sobrinho do petista, na ampliação da hidrelétrica de Cambambe em 2012

http://politica.estadao.com.br/blogs/fausto-macedo/pf-indicia-lula-por-corrupcao/

Edited by Maedhros

Share this post


Link to post
Share on other sites
rcaropreso    946

Olá,

Eita: (a parte do Doria está no topico dele).

http://www.blogdokennedy.com.br/temer-e-doria-partem-para-ataque-arriscado/

 

Temer e Doria partem para ataque arriscado

Presidente recorre a fantasma vermelho; prefeito eleito soa autoritário

8

 
 
 

KENNEDY ALENCAR 
BRASÍLIA

 

A nova campanha publicitária do governo Temer vende a tese da herança maldita da administração Dilma. Como a atual gestão tem baixa popularidade, uma nova campanha publicitária do Palácio do Planalto procura convencer o cidadão de que a culpa pela crise não é do presidente, como tem dito Temer em seus discursos.

É uma campanha que joga gasolina na fogueira do debate político. Haverá reação do PT, até porque o PMDB foi aliado do governo Dilma Rousseff, o responsável pelo desastre econômico. Michel Temer era vice.

O PMDB foi sócio da tragédia. Hoje, o presidente argumenta que o PMDB não tinha influência e que ele era um vice decorativo. São fatos, mas o PMDB, no mínimo, pecou pela omissão. Poderia ter rompido com o governo na época em que esses erros econômicos listados na propaganda foram cometidos.

E ainda há o fato de que o PMDB da Câmara, sob o comando de Eduardo Cunha, boicotou Dilma com a chamada pauta-bomba. O PMDB também se beneficiou da corrupção na Petrobras. Há delatores que são ex-diretores da estatal que apontam isso.

Ao falar que vai tirar o Brasil do vermelho, além da alusão ao rombo nas contas públicas, há uma conotação anticomunista que dialoga com as forças políticas mais atrasadas do país. São forças que falam de ameaça comunista, que pregam o vai pra Cuba e que defendem a ditadura militar.

Para quem quer voltar a crescer, melhor estimular a união e não a divisão. Essa campanha ajuda a incendiar o país. E clima de guerra política sempre é pior para quem está no governo do que para quem está na oposição.

*

Share this post


Link to post
Share on other sites
Maedhros    1,855

Blog do Kennedy Alencar. :lol: 

 

O mesmo que era pago pelo PT e teve o repasse suspenso pelo Temer. Acredite nele, sim. Amiguinho. 

 

dollynho.jpg

Share this post


Link to post
Share on other sites
Peidãø Neck    151

PF abre inquérito sobre compra de termoelétricas no governo FHC

Investigação da Lava Jato envolve suposto esquema na Petrobras.
Esquema envolve as empresas Alstom/GE e NRG, segundo a PF.

fhc-corrupo.jpg

A Polícia Federal (PF) do Paraná abriu um inquérito policial da Operação Lava Jato para investigar um suposto esquema de corrupção na compra de termoelétricas pela Petrobras durante o governo Fernando Henrique Cardoso (FHC), entre 1999 e 2001, envolvendo as empresas Alstom/GE e NRG.

De acordo com o delegado Roberto Biasoli, a investigação tem como base declarações dadas pelo ex-diretor da área Internacional da Petrobras Nestor Cerveró, que cumpre a pena em regime domiciliar desde junho deste ano.

O documento que consta a abertura do inquérito foi publicado pela PF no sistema da Justiça Federal do Paraná no dia 23 de setembro. 

A construção das termoelétricas
Cerveró explicou que, em fevereiro do ano 2000, FHC criou o programa prioritário de termoelétricas para geração de energia para enfrentar a crise que ficou conhecida como "apagão".

Segundo ele, para a construção e exploração era necessário adquirir turbinas de geração de energia térmica a gás e que a primeira empresa a fornecer as turbinas foi a ABB, em 1999, posteriormente adquirida pela Alstom, depois pela GE, e que nessa primeira aquisição de turbina já houve o pagamento de propina.  O valor ilícito foi negociado por Afonso Pinto Guimarães, segundo Cerveró.


http://g1.globo.com/pr/parana/noticia/2016/10/pf-abre-inquerito-sobre-compra-de-termoeletricas-no-governo-fhc.html

Com 14% de aprovação, Temer tem segunda pior popularidade em ranking das Américas

Com apenas 14% de aprovação, o presidente Michel Temer é a segunda liderança mais impopular entre 20 dos principais chefes de Estado das Américas.

No ranking, compilado pela consultoria mexicana Mitofsky com base nas sondagens de opinião mais recentes, Temer aparece à frente apenas do presidente da Costa Rica, Luis Guillermo Solís, cuja gestão é aprovada por apenas 10% da população do país centro-americano.

https://noticias.terra.com.br/brasil/politica/com-14-de-aprovacao-temer-tem-segunda-pior-popularidade-em-ranking-das-americas,73cf9aaa95bf9f60962c35d5b2d206edi1s26og1.html

Teori critica MP e "espetacularização" em denúncia a Lula

O ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal (STF), criticou hoje (4) a atuação do Ministério Público Federal (MPF) no dia em que foi apresentada a denúncia contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Durante a sessão da Segunda Turma do STF, que julgou um recurso da defesa de Lula, Teori considerou que houve "espetacularização" no episódio.

"Nós todos tivemos a oportunidade de verificar um espetáculo midiático com forte divulgação que se fez lá em Curitiba, não com a participação do juiz, mas do Ministério Público Federal e da Polícia Federal. Se deu notícia sobre organização criminosa colocando o presidente Lula como o líder dessa organização criminosa dando a impressão, sim, de que se estaria investigando essa organização criminosa. Mas aquilo que foi objeto do oferecimento da denúncia, efetivamente, não foi nada disso", disse Teori Zavascki.

Para o ministro, a postura do MPF não foi compatível com a seriedade exigida do órgão. "Houve esse descompasso. Essa espetacularização do episódio não é compatível nem com aquilo que foi objeto da denúncia nem parece compatível com a seriedade que se exige na apuração desses fatos".


https://noticias.terra.com.br/brasil/politica/lava-jato/teori-critica-ministerio-publico-e-espetacularizacao-em-denuncia-contra-lula,b6b60597297859b6ec7378b785442872747ze6t4.html

 

MP investiga se PM forjou prisões em protestos contra Temer

O Ministério Público de São Paulo investiga se policiais militares cometeram abusos ao prender um grupo de manifestantes na tarde do dia 4 de setembro. O órgão apura se houve agressão e se os flagrantes para justificar as prisões foram forjados.

Depois de passarem um dia presos, os manifestantes foram liberados por decisão do juiz Rodrigo Tellini de Aguirre Camargo, após audiência de custódia.

"O Brasil como Estado Democrático de Direito não pode legitimar a atuação policial de praticar verdadeira 'prisão para averiguação' sob o pretexto de que estudantes reunidos poderiam, eventualmente, praticar atos de violência e vandalismo em manifestação ideológica. Esse tempo, felizmente, já passou. A prova do auto de prisão em flagrante é de que todos os detidos estavam pacificamente reunidos para participar de uma manifestação pública, nenhum objeto de porte proibido foi apreendido, sendo assim inviável sequer cogitar o crime de corrupção de menores", disse o magistrado na sentença.

Na ocasião, logo após serem soltos, os manifestantes afirmaram que os policiais apresentaram armas brancas que não estavam em poder deles, forjando provas. Um rapaz disse ainda ter sido agredido por um policial.

https://noticias.terra.com.br/brasil/politica/mp-investiga-se-policia-forjou-prisoes-em-protestos-contra-temer,2fac417aa7d4b8ad05a7110602fb8307f2h189g3.html

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
rcaropreso    946

Olá,

3 fatos:

- é curioso um comentarista da CBN ser chamado de "petista". Em geral nenhum petista ou frequentador do Blog do Nassif diria isso de alguém da CBN, muito pelo contrário.

- é curioso como, quando alguém posta qualquer notícia de "merda não-PT" (como o usuário 2 posts acima), o autor do tópico posta, com uma certa pressa deva-se ressaltar, uma "contra-acusação" (algo nada difícil de fazer)  desviando o foco novamente para seu "partido preferido" (PT).

- e é curioso como o autor do tópico somente tenta desqualificar qualquer comentário com o qual não concorde (e não o faz somente neste tópico) mas enfim... é como dizem: "hater é hater".

Edited by rcaropreso

Share this post


Link to post
Share on other sites
rcaropreso    946
17 minutos atrás, EvilGans0_ disse:

Isso é transparência ou golpe?

:troll_face:

Olá,

Isso é merda... das grandes... e esse tipo de merda está espalhado em todo lugar.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Snayperskaya    1,879

500 BI do BNDES... sabia que o rombo era grande mas não tanto.

Espero que a operação pra colocar os safados envolvidos em cana consiga retomar boa parte disso.

Share this post


Link to post
Share on other sites
rcaropreso    946

Olá,

Para o bem ou para o mal, ao menos esse governo está tentando dar satisfações ao povo com pronunciamentos mais frequentes que o governo da Dilma.

  • Upvote 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Peidãø Neck    151

Índice global vê Brasil como exemplo na redução da fome, mas adverte que crise pode reverter sucesso

O Índice Global da Fome 2016 divulgado nesta terça-feira pelo Instituto Internacional de Investigação sobre Políticas Alimentares (IFPRI, na sigla em inglês) coloca o Brasil como "exemplo" no combate ao problema. O relatório cita os programas de proteção social aplicados nos últimos anos como modelos para outros países. A organização, porém, alerta que a crise econômica e política podem representar uma ameaça à evolução brasileira no combate à fome.

"A expansão efetiva de programas de proteção social e de intervenção na nutrição levou a uma dramática queda na pobreza, fome e desnutrição no Brasil", afirma o relatório, publicado nesta terça-feira, em Bruxelas.

 

Atualmente, 1,6% da população brasileira passa fome e o índice de mortalidade entre os menores de cinco anos é também de 1,6% - o que resulta em um índice inferior a 5 pontos, de acordo com os critérios do IFPRI. Em 2001 a fome afetava 12,3% dos brasileiros e 3,2% das crianças morriam antes de completar cinco anos, segundo dados da organização.

  •  

Para os pesquisadores, "esse tipo de experiência de estratégias baseadas na proteção social no Brasil ou na agricultura familiar na China nos oferece modelos que podem ser adaptados e reproduzidos por outros países".

Os especialistas advertem, no entanto, que a atual crise poderiam prejudicar os resultados do programa brasileiro.

"Com a crise econômica e política que o Brasil enfrenta atualmente, os programas públicos podem não ser mantidos e a tendência positiva na redução da pobreza e da desnutrição poderia se reverter", afirmou Andrea Sonntag, uma das autoras do relatório, em entrevista à BBC Brasil.

Top 16

O Brasil figura entre os 16 países que dividem a melhor posição no Índice Global da Fome 2016, junto com Argentina, Chile, Costa Rica e Cuba.

Todos têm índices inferiores a 5 pontos, comparado a uma média global de 21.3 pontos.

O índice é calculado com base nos níveis de desnutrição geral e infantil e na taxa de mortalidade infantil de cada país entre 2011 e 2016.

Foram analisadas as situações de 118 países em desenvolvimento.

Entre os latino-americanos, o Brasil foi o país que mais avançou na redução da fome, passando de um índice de 16.1 em 1992 a 11.8 no ano 2000, e 5.4 em 2008.

A Argentina tinha um índice de 5.8 em 1992, Chile de 6.2, Costa Rica de 7.6 e Cuba de 8.7. Todos os quatro países já haviam alcançado índices iguais ou inferiores a 5 pontos em 2008, algo que o Brasil só conseguiu agora.

Fome no mundo

No nível global, o índice aponta para uma redução de 29% na fome desde 2000, mas ressalta que 795 milhões de pessoas ainda sofrem com o problema - o equivalente a 13,1% da população mundial.

As principais vítimas são as crianças: cerca de 28% dos menores de cinco anos não têm altura adequada para suas idades e 8,4% não têm peso adequado.

Por outra parte, a mortalidade infantil caiu de 8,2% em 2000 para 4,7% em 2015.

O estudo considera como 'sério' ou 'alarmante' o nível de fome em 50 países, a maioria deles no sul da região africana do Saara e no sul da Ásia.

rsdilmaelulainstitutolula201606103135-77

Programas sociais implementados em governos de Lula e Dilma são considerados modelos pelo IFPRI

Os piores índices foram registrados na República Central Africana e no Chad, resultado de anos de conflitos violentos, movimentos internos de refugiados e desastres climáticos, que tiveram impactos negativos sobre a produção local de alimentos.

No entanto, os pesquisadores chamam atenção para uma situação 'seriamente preocupante" na Síria, Sudão, Eritreia, Somália, Congo e outros cinco países, que não aparecem no Índice Global por falta de dados concretos.

"Com base em informação disponível de organizações internacionais especializadas em fome e malnutrição, esses dez países são identificados como fonte de importante preocupação", afirma o relatório.

O IFPRI lembra que a ONU já acusou os grupos armados ativos na Síria de utilizar a inanição como arma de guerra. Além disso, os seis anos de conflito armado no país levaram milhares de sírios ao exílio.

América Latina

Entre os países latino-americanos, o nível de fome varia entre "baixo", como é o caso do Brasil, e moderado, como em Equador, Bolívia e Paraguai.

As únicas exceções na região são Haiti e Guatemala. No primeiro, a situação é considerada "alarmante", com 53,4% da população sem alimentos suficientes. O segundo apresenta um quadro "sério", com 15,6% de mal-nutridos.

  •  

A extensão do período analisado (de 2011 a 2016) não permite refletir com precisão a realidade atual na Venezuela, onde a população enfrenta falta generalizada de alimentos.

Segundo os pesquisadores, as causas da fome no mundo são "complexas e intrinsecamente ligadas à pobreza, desigualdade, violência, conflito, doenças e mudança climática".

Para solucionar o problema, eles consideram necessário "parar os conflitos armados e minimizar os efeitos do aquecimento global, mas também promover sistemas agrícolas em pequena escala, com prioridade para cultivos para alimentação e não para a produção de energia".


https://economia.terra.com.br/indice-global-ve-brasil-como-exemplo-na-reducao-da-fome-mas-adverte-que-crise-pode-reverter-sucesso,3f65eae7233a0c435a041104c572d3004nxzgrj2.html

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Maedhros    1,855

Cunha é preso em Brasília por decisão de Sérgio Moro
http://g1.globo.com/pr/parana/noticia/2016/10/juiz-federal-sergio-moro-determina-prisao-de-eduardo-cunha.html

 

Mas e o Lula?

Pq só o cunha????

O cunha não inventou a corrupção!!!

Se tirar o cunha, vai colocar quem???

Edited by Maedhros

Share this post


Link to post
Share on other sites
rcaropreso    946
10 horas atrás, Hill top zone disse:

Olá,

Essa que é a parte IMPORTANTE do processo todo (bloquear e reaver parte do dinheiro), quase nunca acontece.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Peidãø Neck    151

Odebrecht afirma que caixa 2 de José Serra foi pago em conta na Suíça

Serra-Alckmin.jpg

Aplicação por meio de uma conta na Suíça e negociação no Brasil teriam sido feitas por dois ex-deputados federais: Ronaldo Cezar Coelho e Márcio Fontes

Por meio de delação, a Odebrecht apontou à Lava Jato dois nomes como sendo os operadores de R$ 23 milhões repassados pela empreiteira via caixa dois à campanha presidencial do atual ministro de Relações Exteriores, José Serra (PSDB), na eleição de 2010. As informações foram publicadas na edição desta sexta-feira (28) do jornal Folha de S.Paulo. Segundo a publicação, a empresa afirmou que parte do dinheiro foi transferida por meio de uma conta na Suíça.

O acerto do recurso no exterior teria sido feito com o ex-deputado federal Ronaldo Cezar Coelho (ex-PSDB e hoje no PSD), que integrou a coordenação política da campanha de Serra. Já o caixa dois, operado no Brasil, teria sido negociado com o também ex-deputado federal Márcio Fortes (PSDB-RJ), próximo do atual chanceler.

Os repasses foram mencionados por Pedro Novis - presidente do conglomerado de 2002 a 2009 e atual membro do conselho administrativo da holding Odebrecht S.A - e pelo diretor Carlos Armando Paschoal, conhecido como CAP, que atuava no contato junto a políticos de São Paulo e na negociação de doações para campanhas eleitorais.

Ambos integram o grupo de 80 funcionários (executivos e empregados de menor expressão) que negociam a delação. Mais de 40 deles, incluindo Novis e Paschoal, já estão com os termos definidos, incluindo penas e multas a serem pagas. Falta apenas a assinatura dos acordos, prevista para ocorrer em meados de novembro.

Defesa dos envolvidos

Procurado para se manifestar sobre as acusações, Serra disse, por meio de sua assessoria, que "não vai se pronunciar sobre supostos vazamentos de supostas delações relativas a doações feitas ao partido em suas campanhas". "E reitera que não cometeu irregularidades", afirmou.

O empresário Ronaldo Cezar Coelho declarou que não comentará o assunto até ter acesso aos relatos feitos pelos executivos da empreiteira que citam o seu nome.

Por meio de seu advogado, o criminalista Antônio Cláudio Mariz de Oliveira, Cezar Coelho afirmou que participou da coordenação política da campanha de José Serra à Presidência, em 2010, na qual o tucano foi derrotado pela afilhada política do então presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Dilma Rousseff (PT).

No entanto, Cezar Coelho negou que tenha feito arrecadação para Serra. "Como fundador do PSDB, Ronaldo Cezar Coelho participou de todas as campanhas presidenciais da sigla", disse Mariz de Oliveira.

Share this post


Link to post
Share on other sites
rcaropreso    946
7 horas atrás, Peidãø Neck disse:

Odebrecht afirma que caixa 2 de José Serra foi pago em conta na Suíça

Serra-Alckmin.jpg

Aplicação por meio de uma conta na Suíça e negociação no Brasil teriam sido feitas por dois ex-deputados federais: Ronaldo Cezar Coelho e Márcio Fontes

Por meio de delação, a Odebrecht apontou à Lava Jato dois nomes como sendo os operadores de R$ 23 milhões repassados pela empreiteira via caixa dois à campanha presidencial do atual ministro de Relações Exteriores, José Serra (PSDB), na eleição de 2010. As informações foram publicadas na edição desta sexta-feira (28) do jornal Folha de S.Paulo. Segundo a publicação, a empresa afirmou que parte do dinheiro foi transferida por meio de uma conta na Suíça.

O acerto do recurso no exterior teria sido feito com o ex-deputado federal Ronaldo Cezar Coelho (ex-PSDB e hoje no PSD), que integrou a coordenação política da campanha de Serra. Já o caixa dois, operado no Brasil, teria sido negociado com o também ex-deputado federal Márcio Fortes (PSDB-RJ), próximo do atual chanceler.

Os repasses foram mencionados por Pedro Novis - presidente do conglomerado de 2002 a 2009 e atual membro do conselho administrativo da holding Odebrecht S.A - e pelo diretor Carlos Armando Paschoal, conhecido como CAP, que atuava no contato junto a políticos de São Paulo e na negociação de doações para campanhas eleitorais.

Ambos integram o grupo de 80 funcionários (executivos e empregados de menor expressão) que negociam a delação. Mais de 40 deles, incluindo Novis e Paschoal, já estão com os termos definidos, incluindo penas e multas a serem pagas. Falta apenas a assinatura dos acordos, prevista para ocorrer em meados de novembro.

Defesa dos envolvidos

Procurado para se manifestar sobre as acusações, Serra disse, por meio de sua assessoria, que "não vai se pronunciar sobre supostos vazamentos de supostas delações relativas a doações feitas ao partido em suas campanhas". "E reitera que não cometeu irregularidades", afirmou.

O empresário Ronaldo Cezar Coelho declarou que não comentará o assunto até ter acesso aos relatos feitos pelos executivos da empreiteira que citam o seu nome.

Por meio de seu advogado, o criminalista Antônio Cláudio Mariz de Oliveira, Cezar Coelho afirmou que participou da coordenação política da campanha de José Serra à Presidência, em 2010, na qual o tucano foi derrotado pela afilhada política do então presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Dilma Rousseff (PT).

No entanto, Cezar Coelho negou que tenha feito arrecadação para Serra. "Como fundador do PSDB, Ronaldo Cezar Coelho participou de todas as campanhas presidenciais da sigla", disse Mariz de Oliveira.

Olá,

Certamente é mentira... ou você acha que no PSDB (Partido dos Santos Do Brasil)  tem algum malandro? 

 

:oic_face:

  • Upvote 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Peidãø Neck    151

Reformas de Temer não mexem com “Bolsa Empresário”

Governo não sinalizou mudanças em renúncias fiscais e subsídios para empréstimos, que devem passar de 6% do PIB neste ano

paulo-skaf-jose-sarney-michel-temer-fili

Temer e o presidente da Fiesp, Paulo Skaf: ajuste fiscal não afetou benesses ao setor privado

Enfrentando a oposição de vários setores da sociedade, o governo toca uma agenda de medidas para conter a sangria das contas públicas. Está perto de implantar um teto para seus gastos e promete – desta vez para novembro – enviar ao Congresso uma ampla reforma nas regras de aposentadoria. Mas o presidente Michel Temer ainda não mostrou disposição para mexer em outro “vespeiro”, a chamada “Bolsa Empresário”.

Defendidos por grupos de interesse com bom trânsito em Brasília, os incentivos fiscais e subsídios bancados pela União devem passar de 6% do Produto Interno Bruto (PIB) neste ano, segundo estimativas da Receita Federal e de especialistas em contas públicas. Os recursos que saem dos cofres do Tesouro e os que deixam de entrar equivalem a cerca de 30% das despesas do governo federal em 2016, estimadas em 20% do PIB.

Embora o novo governo critique o quadro fiscal que herdou de Dilma Rousseff, não esboçou qualquer mudança nas desonerações. No ano que vem, elas devem chegar a R$ 285 bilhões, mais que o dobro do déficit primário projetado para a União (R$ 139 bilhões).

No caso dos subsídios, há pouco a fazer em relação aos empréstimos já contratados – só os do Programa de Sustentação do Investimento (PSI), do BNDES, vão custar ao Tesouro R$ 200 bilhões até 2060. Quanto aos novos financiamentos, a proposta do teto de gastos determina que, se descumprir o limite de despesas, o governo não poderá ampliar os subsídios. Mas não o obriga a rever os que já existem.

Parte dos incentivos beneficia pessoas físicas, como as deduções do Imposto de Renda. Mas a maioria é mesmo voltada para o setor empresarial, como os empréstimos subsidiados do BNDES e as desonerações para as indústrias automotiva, petroquímica, de informática, de aeronaves e também estaleiros, usinas termelétricas, produtores de biodiesel e outros, numa lista de renúncias fiscais com mais de 60 itens.

É preciso reduzir as desonerações. Não só pelo impacto fiscal em si, mas porque muitas vezes são injustas do ponto de vista da distribuição de renda, beneficiando gente que não deveria estar sendo beneficiada e gerando distorções na alocação de recursos”, diz Zeina Latif, economista-chefe da XP Investimentos.

Para o economista-chefe do Itaú, Mario Mesquita, faltou critério na concessão de desonerações. “Algumas parecem ter sido feitas sem aquela análise de custo e benefício de médio e longo prazo que deveria pautar decisões desse tipo”, diz.

Evolução

Os benefícios fiscais, que começaram a década em 3,5% do PIB, chegaram ao pico de 4,6% em 2015 e devem baixar a 4,3% neste ano, em decorrência da reversão de parte da desoneração da folha de pagamento, ainda na gestão de Joaquim Levy no Ministério da Fazenda. Apesar dos leves recuos que a Receita prevê para 2017 e 2018, as renúncias continuarão na casa dos 4% do PIB.

Os subsídios para empréstimos, por sua vez, devem alcançar neste ano a marca recorde de 1,9% do PIB, conforme estudo dos economistas Vilma Pinto e José Roberto Afonso, do Instituto Brasileiro de Economia (FGV/Ibre). Estão na conta os benefícios explícitos (quando o Tesouro banca parte dos juros) e implícitos (quando a União cobra juros inferiores aos que pagou para captar o dinheiro).

Imposto menor e juro camarada

O volume de renúncias fiscais diminuiu um pouco, mas segue acima dos patamares do início da década. E os subsídios estão no maior nível da história.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Peidãø Neck    151

Assim funciona a austeridade de Temer: R$ 596 mil em cerimônia inútil para artistas

Só para cantar o hino nacional, Fafá de Belém recebeu R$ 15 mil

omc1-ki5F-U20113020591237G-1024x576@GP-W

Temer entrega Ordem do Mérito Cultural a Carlinhos de Jesus: cerimônia custou meio milhão de reais

A cerimônia de entrega da Ordem do Mérito Cultural 2016, realizada nesta segunda-feira, 7, no Palácio do Planalto, custou R$ 596,8 mil aos cofres públicos, de acordo com informações do Diário Oficial da União. A cantora Fafá de Belém, que cantou o Hino Nacional, recebeu o cachê de R$ 15 mil.

Share this post


Link to post
Share on other sites
burn    1,069

que deixassem a vanusa cantar de novo, poderiam pagar a mulher com "ervas medicinais" daí

Edited by burn
  • Upvote 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
DHX    369
7 horas atrás, Peidãø Neck disse:

Assim funciona a austeridade de Temer: R$ 596 mil em cerimônia inútil para artistas

Só para cantar o hino nacional, Fafá de Belém recebeu R$ 15 mil

omc1-ki5F-U20113020591237G-1024x576@GP-W

Temer entrega Ordem do Mérito Cultural a Carlinhos de Jesus: cerimônia custou meio milhão de reais

A cerimônia de entrega da Ordem do Mérito Cultural 2016, realizada nesta segunda-feira, 7, no Palácio do Planalto, custou R$ 596,8 mil aos cofres públicos, de acordo com informações do Diário Oficial da União. A cantora Fafá de Belém, que cantou o Hino Nacional, recebeu o cachê de R$ 15 mil.

Calma que quando a "piada" parece ter acabado vem mais!
Projeto de meio billhão a fundo perdido!
Minha reforma, minha vida!
Esse governo só orgulho e metas! Ta explicado pq a gilma só tinha "boas ideias", olha naipe do vice!

  • Upvote 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now


×