Jump to content
Maedhros

Tópico Oficial da Política - ANO 3 [+Feliz aniversário Querida! 1 ano de Impeachment!!!]

Recommended Posts

23 minutos atrás, sonda 2 disse:

o pau tem que cantar pros dois lados como eu disse anteriormente isso é briga de demonios

Olá,

Sim, de fato teria. 

Mas é público e notório que, para a pressão é desigual para um lado (movimentos nas ruas, reportagens incessantes na TV, Radio e sites, panelas batendo quando o presidente discursa, etc) e extremamente "apática", apagada (em termos de movimentos e ficando fora das notícias).

 

É até curioso o MPF RECUSAR a delação premiada do cara e ele ter que acertar isso com a PF de MG. Tinha que aproveitar o momento e dar um arregaço geral nesse bando de fdp.

Enquanto isso, o governo Temeroso vai só enrabando a população em nome do "futuro maior". E o povo... bovinamente aceita, porque enquanto tem nego aceitando "quebrar tudo e levar borrachada da PM, por causa de 20 centavos na passagem de onibus" eu não vejo, nem de longe, a mesma disposição em brigar contra aumento de impostos (e de 10 centavos por LITRO de gasolina, o que vai causar um estrago muito maior no bolso de todo mundo, INCLUSIVE DE QUEM ECONOMIZOU OS 20 CENTAVOS DO BUSÃO).

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Novo bloqueio da Justiça atinge R$ 9 milhões em aposentadoria de Lula
Um novo bloqueio da Justiça nesta quinta-feira (20) sequestrou R$ 9 milhões em planos de aposentadoria privada do ex-presidente Lula, após determinação do juiz Sergio Moro.

Nesta quinta, a BrasilPrev informou que bloqueou o saldo de duas aplicações em previdência privada. Uma delas está em nome da empresa de palestras de Lula, a LILS, com saldo de R$ 7,19 milhões; outra, individual, tem saldo de R$ 1,8 milhão.

http://www1.folha.uol.com.br/poder/2017/07/1902887-novo-bloqueio-da-justica-atinge-r-9-milhoes-do-ex-presidente-lula.shtml

 

Pqp, R$ 9 milhões em aposentadoria privada. Roubou pouco esse menino. 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Deputados e senadores devem R$ 533 milhões à União e querem o perdão de dívidas

Relatório do novo Refis estipula uma redução de até 99% em juros e multas e pede entrada pequena para o parcelamento

PEC%20do%20Teto%20no%20Senado%2013%20(4)

Deputados e senadores que devem à União R$ 532,9 milhões serão os responsáveis por aprovar o texto do novo Refis - programa de parcelamento de débitos tributários e previdenciários concedido com descontos generosos de juros e multas. O governo enviou uma proposta ao Congresso, em janeiro, com a expectativa de arrecadar R$ 13,3 bilhões este ano, mas a medida foi alterada pelos parlamentares, derrubando a arrecadação para R$ 420 milhões. A nova versão pretende perdoar 73% da dívida a ser negociada.

Os dados da Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN), responsável pela gestão da dívida ativa, foram obtidos por meio da Lei de Acesso à Informação. O valor inclui dívidas inscritas nos CPFs dos parlamentares, débitos nos quais eles são corresponsáveis ou fiadores e o endividamento de empresas das quais são sócios ou diretores.

Os R$ 532,9 milhões em dívida dos parlamentares consideram apenas as dívidas em aberto, ou seja, o endividamento classificado como “irregular” pela PGFN. Isso porque deputados e senadores já foram beneficiados por parcelamentos passados. O total de débitos ligados a deputados e senadores inscritos em Refis anteriores - ou seja, que estão sendo pagos e se encontram em situação “regular” - é de R$ 299 milhões.

Companhias administradas por parlamentares respondem pela maior parte dos calotes à União que seguem em aberto. As empresas de 76 deputados federais devem R$ 218,7 milhões, enquanto as geridas por 17 senadores acumulam débitos de R$ 201,2 milhões. É nesse grupo que está incluído o deputado Newton Cardoso Jr. (PMDB-MG), relator da medida provisória do novo Refis e responsável por modificar totalmente o teor do texto original para ampliar as vantagens aos devedores.

A Receita Federal vai recomendar o veto do novo Refis se permanecerem as condições propostas pelo relator. Desde o início, a Receita queria que essa versão do parcelamento saísse com regras duras para desestimular os “viciados” em parcelar dívidas tributárias - contribuintes que pagam apenas as primeiras prestações e depois abandonam os pagamentos à espera de novo perdão. Desde 2000, já foram lançados 27 parcelamentos especiais.

A PGNF informou ainda que 11 deputados são corresponsáveis em dívidas que chegam a R$ 31,8 milhões, bem como 3 senadores estão arrolados em débitos de terceiros que somam R$ 62,2 milhões.

A lista do órgão de cobrança expõe ainda os débitos diretos dos parlamentares, inscritos nos próprios CPFs. Nesse grupo estão 29 deputados federais, com dívida total de R$ 18,9 milhões, e 4 senadores, que juntos devem R$ 6 milhões.

Share this post


Link to post
Share on other sites
5 horas atrás, Peidãø Neck disse:

Deputados e senadores devem R$ 533 milhões à União e querem o perdão de dívidas

Relatório do novo Refis estipula uma redução de até 99% em juros e multas e pede entrada pequena para o parcelamento

PEC%20do%20Teto%20no%20Senado%2013%20(4)

Deputados e senadores que devem à União R$ 532,9 milhões serão os responsáveis por aprovar o texto do novo Refis - programa de parcelamento de débitos tributários e previdenciários concedido com descontos generosos de juros e multas. O governo enviou uma proposta ao Congresso, em janeiro, com a expectativa de arrecadar R$ 13,3 bilhões este ano, mas a medida foi alterada pelos parlamentares, derrubando a arrecadação para R$ 420 milhões. A nova versão pretende perdoar 73% da dívida a ser negociada.

Os dados da Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN), responsável pela gestão da dívida ativa, foram obtidos por meio da Lei de Acesso à Informação. O valor inclui dívidas inscritas nos CPFs dos parlamentares, débitos nos quais eles são corresponsáveis ou fiadores e o endividamento de empresas das quais são sócios ou diretores.

Os R$ 532,9 milhões em dívida dos parlamentares consideram apenas as dívidas em aberto, ou seja, o endividamento classificado como “irregular” pela PGFN. Isso porque deputados e senadores já foram beneficiados por parcelamentos passados. O total de débitos ligados a deputados e senadores inscritos em Refis anteriores - ou seja, que estão sendo pagos e se encontram em situação “regular” - é de R$ 299 milhões.

Companhias administradas por parlamentares respondem pela maior parte dos calotes à União que seguem em aberto. As empresas de 76 deputados federais devem R$ 218,7 milhões, enquanto as geridas por 17 senadores acumulam débitos de R$ 201,2 milhões. É nesse grupo que está incluído o deputado Newton Cardoso Jr. (PMDB-MG), relator da medida provisória do novo Refis e responsável por modificar totalmente o teor do texto original para ampliar as vantagens aos devedores.

A Receita Federal vai recomendar o veto do novo Refis se permanecerem as condições propostas pelo relator. Desde o início, a Receita queria que essa versão do parcelamento saísse com regras duras para desestimular os “viciados” em parcelar dívidas tributárias - contribuintes que pagam apenas as primeiras prestações e depois abandonam os pagamentos à espera de novo perdão. Desde 2000, já foram lançados 27 parcelamentos especiais.

A PGNF informou ainda que 11 deputados são corresponsáveis em dívidas que chegam a R$ 31,8 milhões, bem como 3 senadores estão arrolados em débitos de terceiros que somam R$ 62,2 milhões.

A lista do órgão de cobrança expõe ainda os débitos diretos dos parlamentares, inscritos nos próprios CPFs. Nesse grupo estão 29 deputados federais, com dívida total de R$ 18,9 milhões, e 4 senadores, que juntos devem R$ 6 milhões.

Esta ai quem causa dividas ao Brasil enquanto a gente fica sofrendo com serviços públicos e tem que "pagar o pato"  com aumentos aqui e ali!<_<

Edited by Dav

Share this post


Link to post
Share on other sites

chega a ser patetico ver istas politicos se degladiando competindo quem é mais ladrao? os seus politicos sao mais ladroes que os meus !  

nao vejo o madeira postando episodios de roubalheira explicita dos politicos do tucanistao 

e tambem nao vejo os os 'militantes bolcheviques " mostrando as inumeras roubalheiras perpetradas por seus representantes...

só vejo uma pessoa com lucidez que vejo que posta os podres dos dois lados...

ja fui ista politico ...tenho simpatia pelo bolsonaro mas  não o coloco como politico de estimação...se gagar o pau taco lhe o porrete

 

Edited by sonda 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
27 minutos atrás, sonda 2 disse:

chega a ser patetico ver istas politicos se degladiando competindo quem é mais ladrao? os seus politicos sao mais ladroes que os meus !  

nao vejo o madeira postando episodios de roubalheira explicita dos politicos do tucanistao 

e tambem nao vejo os os 'militantes bolcheviques " mostrando as inumeras roubalheiras perpetradas por seus representantes...

só vejo uma pessoa com lucidez que vejo que posta os podres dos dois lados...

ja fui ista politico ...tenho simpatia pelo bolsonaro mas  não o coloco como politico de estimação...se gagar o pau taco lhe o porrete

Não tenho bandido de estimação, não, amigo. Aqui no fórum já tem esquerdistas e isentões o suficiente para postar o que quiserem sobre os outros partidos, nem preciso me preocupar. Aliás, é até uma boa para eles, eles precisam ter aquele sentimento de revide e que estão contra atacando. 

Share this post


Link to post
Share on other sites
2 horas atrás, DeeJ disse:

HUAHUAHUAHHUAHUA

 

Olá,

Os políticos aqui são profissionais. Além de meter a mão na cumbuca ainda dão calote na União. 

É uma classe miserável, só tem um Setter (e nenhum Getter), tudo pegam e nada devolvem.

 

class BrazilPolitician {

   BrazilPolitician();

   setMoney(unsigned long64 ulMoreMoney);

private:

   unsigned long64 m_myMoney;

}

Edited by rcaropreso
  • Upvote 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
10 minutos atrás, rcaropreso disse:

Olá,

Os políticos aqui são profissionais. Além de meter a mão na cumbuca ainda dão calote na União. 

É uma classe miserável, só tem um Setter (e nenhum Getter), tudo pegam e nada devolvem.

 

class BrazilPolitician {

   BrazilPolitician();

   setMoney(unsigned long64 ulMoreMoney);

private:

   unsigned long64 m_myMoney;

}

vc esqueceu da gambiarra

 

class BrazilPolitician {

   BrazilPolitician();

   if (1==1){

         setMoney(unsigned long64 ulMoreMoney);

   }else{

         setMoney(unsigned long64 ulMoreMoney);

  }         

private:

   unsigned long64 m_myMoney;

}

  • Upvote 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Honestamente, analisando o quadro atual, eu me pergunto. Será que há alguma solução que não envolva dissolução do congresso, tomada do poder, e uma nova constituinte?

Share this post


Link to post
Share on other sites
30 minutos atrás, Daileon disse:

Honestamente, analisando o quadro atual, eu me pergunto. Será que há alguma solução que não envolva dissolução do congresso, tomada do poder, e uma nova constituinte?

Não adianta nada fazer isso se depois colocarem as mesmas pessoas de volta. 

Share this post


Link to post
Share on other sites
26 minutos atrás, Daileon disse:

Honestamente, analisando o quadro atual, eu me pergunto. Será que há alguma solução que não envolva dissolução do congresso, tomada do poder, e uma nova constituinte?

Olá,

Olha, é bem difícil. 

Eu li outro dia um post: http://apublica.org/2016/02/truco-as-dinastias-da-camara/

 

Os historiadores e cientistas políticos já levantaram que o poder político está nas mãos de punhados de famílias descendentes dos primeiros colonizadores lá atrás, onde juntaram-se algumas poucas famílias donas de meios de comunicação. Essas são as tais "zelites" que a esquerda fala no discurso mas nunca bota nome.

E esse povo todo aí de cima opera sempre no sentido de se manter no poder... e dado o nível cultural do povo brasileiro, eles conseguem com relativo sucesso.

 

"

(...) Rafael Motta (PSB), filho do deputado estadual Ricardo Motta (PROS); e Betinho Segundo (PP), da família Rosado, que domina a segunda maior cidade do estado, Mossoró, é neto de governador e bisneto de intendente – nome que se dava aos prefeitos até 1930. E os elos familiares com o poder podem ser, em alguns casos, ainda mais antigos. A descendência de José Bonifácio de Andrada e Silva (1763-1838), por exemplo, se sucede em postos nas estruturas de poder desde o período colonial e conta, até hoje, com um representante na Câmara, o deputado federal Bonifácio de Andrada (PSDB-MG), no décimo mandato consecutivo."

 

O povo vai votar sempre nos mesmos? A resposta, na minha opinião é: SIM. O Collor não está lá? Depois do que fez? E não está sendo investigado (DE NOVO)?

 

O Sistema político e eleitoral teria que ser formatado, ZERADO e pensado um novo sistema com menos vícios (se é que existe algum assim no mundo, onde possamos olhar pra ter como base).

 

 

45 minutos atrás, DeeJ disse:

vc esqueceu da gambiarra

 

class BrazilPolitician {

   BrazilPolitician();

   if (1==1){

         setMoney(unsigned long64 ulMoreMoney);

   }else{

         setMoney(unsigned long64 ulMoreMoney);

  }         

private:

   unsigned long64 m_myMoney;

}

Olá,

Isso é de praxe. Deve estar na classe base, as outras só pegam por herança, nem precisa implementar.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Aumento dos combustíveis: governo diz que medida vai beneficiar o bolso do cidadão

Michel Temer afirma que população vai compreender o reajuste sobre combustíveis e Henrique Meirelles diz que medida vai beneficiar o bolso cidadão

DFOf1dSXYAAu-D9.jpg

A decisão do governo de anunciar aumento de PIS/Cofins para gasolina, diesel e etanol já movimentou o alto escalão em defesa da medida, a começar pelo próprio presidente Michel Temer (PMDB). Ao chegar em Mendoza, na Argentina,onde ocorre reunião de cúpula do Mercosul, na noite de quinta-feira (20), o peemedebista afirmou que a decisão está em linha com a responsabilidade fiscal e será bem compreendida pela população. E ele contou com o reforço do ministro da Fazenda Henrique Meirelles, homem-forte da economia, na difícil missão de tentar apaziguar os ânimos da população, que vai sentir no bolso a alta de impostos, e da indústria, que já criticou fortemente a medida.

"Mas agora levamos a efeito um pequeno aumento que diz respeito apenas ao combustível e não diz respeito ao serviço”, afirmou Temer. “A população vai compreender porque esse é um governo que não mente”, completou o presidente, ressaltando que é preciso dizer “exatamente o que está acontecendo”.

Meirelles fez coro e afirmou que “no momento”, a elevação do PIS/Cofins é suficiente e que, “em última análise”, todas as medidas econômicas são “para beneficiar bolso do cidadão”. 

Meirelles dorme durante discurso de Temer na Cúpula do Mercosul

Durante o discurso do presidente Michel Temer na 50ª Cúpula do Mercosul, em Mendoza, na Argentina, nesta sexta-feira (21), o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, não resistiu e dormiu.

Meirelles estava à mesa, ao lado de Temer, e cochilou algumas vezes enquanto Temer falava. 

 

Edited by Peidãø Neck

Share this post


Link to post
Share on other sites
4 horas atrás, Maedhros disse:

Não tenho bandido de estimação, não, amigo. Aqui no fórum já tem esquerdistas e isentões o suficiente para postar o que quiserem sobre os outros partidos, nem preciso me preocupar. Aliás, é até uma boa para eles, eles precisam ter aquele sentimento de revide e que estão contra atacando. 

mas é notório a sua mediocridade em somente criticar e demonizar a ala petista e nao criticar os outros partidos... o dia que eu ver voce criticando o doria , psdb ,pmdb e cia ae eu mudo a minha opiniao sobre a sua pessoa ....

isso vale tambem para os bolcheviques do forum...

tem cara daqui criticando duramente a roubalheira e as inconsequencias do pt ,do impeto ditatorial do lula molusco e ao mesmo tempo tambem criticando as maracutaias e covardias do tucanato e do pmdbosta

isso se chama lucidez ...

 

2 horas atrás, Peidãø Neck disse:

 

 

DFOf1dSXYAAu-D9.jpg

 

 

é uma tirada de mestre essa charge...

Edited by sonda 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

EXCLUSIVO: GOVERNOS DO PT DERAM 723 BILHÕES EM SUBSÍDIOS A ESCOLHIDOS

O Antagonista obteve em primeira mão nota técnica elaborada pela Secretaria de Acompanhamento Econômico do Ministério da Fazenda com levantamento de benefícios financeiros e creditícios concedidos pelo governo federal de 2007 a 2016.

O valor assusta: R$ 723 bilhões. "Dois terços desse total foram concedidos nos últimos 5 anos (R$ 499 bilhões)", diz o documento.

A nota faz um alerta sobre o abuso dos subsídios no âmbito da política dos gigantes nacionais. Só os empréstimos da União ao BNDES geraram subsídios implícitos da ordem de R$ 140 bilhões.


"É preciso estabelecer os critérios para a revisão dos programas e sua eventual descontinuidade. A concessão de subsídios voltados a alguns projetos de infraestrutura e de educação são plenamente justificáveis. Em outros casos, no entanto, a concessão termina por fomentar atividades empresariais específicas, cujos custos nem sempre são conhecidos nem debatidos pela sociedade."

http://www.oantagonista.com/posts/governos-do-pt-deram-723-bilhoes-em-subsidios-a-escolhidos

 

 

 

Gilmar Mendes tenta adiar ou barrar voto impresso

Brasil 22.07.17 21:02
O Estadão informa que a impressão do voto nas urnas eletrônicas em todo o País deverá custar R$ 2,5 bilhões aos cofres públicos nos próximos dez anos, segundo projeção do TSE.

Ministros da Corte Eleitoral “acreditam que a reprodução do voto em papel vai provocar uma série de transtornos a partir do ano que vem, como aumento nas filas e no número de equipamentos com defeitos”.

O novo modelo de urna custa US$ 800 (cerca de R$ 2.520), ante US$ 600 (R$ 1.890) do modelo atual, e o TSE estima que 35 mil unidades – de um total de 600 mil – deverão ser utilizadas já em 2018.

Em um esforço para adiar ou até mesmo barrar o voto impresso, o presidente do TSE, Gilmar Mendes, tem discutido o assunto com Rodrigo Maia (DEM-RJ), e outras lideranças partidárias, segundo o jornal
 

 

Em 2017-7-21 at 4:59 PM, sonda 2 disse:

mas é notório a sua mediocridade em somente criticar e demonizar a ala petista e nao criticar os outros partidos... o dia que eu ver voce criticando o doria , psdb ,pmdb e cia ae eu mudo a minha opiniao sobre a sua pessoa ....

isso vale tambem para os bolcheviques do forum...

tem cara daqui criticando duramente a roubalheira e as inconsequencias do pt ,do impeto ditatorial do lula molusco e ao mesmo tempo tambem criticando as maracutaias e covardias do tucanato e do pmdbosta

isso se chama lucidez ...

 

Amigo, se vc pegar o começo do tópico ele foi feito justamente quando começou o segundo governo da Jumenta, depois ficou mais amplo e virou um tópico geral. Eu nunca defendi nenhum desses que vc citou. O Doria, até por ainda estar no começo, ainda tem um voto de confiança, se fizer merda mais para frente a opinião sobre ele muda, por enquanto ainda não fez. 

 

E não se engane, todo mundo tem um lado, não existe isentão, só existe quem se passa por um. 

 

 

 

DFSVJi6XkAEtJH4.jpg

  • Upvote 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Procurador da Lava Jato

 

'Muitos queriam fim do governo Dilma e não da corrupção', diz procurador

Carlos Lima, da força-tarefa do Ministério Público Federal, reagiu à entrevista do vice-presidente da Câmara dos Deputados

panelas-aga.jpg

Em mensagem publicada em sua rede social, o procurador da República Carlos Fernando dos Santos Lima, da força-tarefa da Operação Lava Jato, afirmou nesta segunda-feira (24), que ‘o próximo passo do PMDB’ parece ser acabar com a investigação. Carlos Lima reagiu à entrevista do vice-presidente da Câmara dos Deputados e substituto imediato de Rodrigo Maia (DEM-RJ), o deputado Fábio Ramalho (PMDB-MG), ao Estadão, na qual o parlamentar defendeu um “prazo de validade” para a Lava Jato.

O procurador afirmou que ‘as investigações vão continuar por todo o País’.

Acabar com a Lava Jato. Esse parece ser o próximo passo do PMDB. Infelizmente muitas pessoas que apoiavam a investigação só queriam o fim do governo Dilma e não o fim da corrupção. Agora que Temer conseguiu com liberação de verbas, cargos e perdão de dívidas ganhar apoio do Congresso, o seu partido deseja acabar com as investigações. Mas, mesmo com todas as articulações do governo e de seus aliados, as investigações vão continuar por todo País”, escreveu.

Na entrevista, Fabio Ramalho afirmou que ‘o Brasil não vai aguentar isso para o resto da vida’.

Ela (Lava Jato) não pode ser indeterminada. Ela já fez o seu trabalho”, disse o deputado.

“Defendo a Lava Jato, mas tem de ter prazo de término. O Brasil não vai aguentar isso o resto da vida. Além da corrupção, tem de se avançar na desburocratização do País, na segurança jurídica do País, nas reformas.”

Questionado sobre qual seria o prazo para a Lava Jato terminar, o deputado declarou. “Determina um tempo: seis meses.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Olá,

O deputado aí tem razão em muitos pontos:

- de fato, a impressão que se tem é a de que o objetivo era tirar a Dilma e não caçar os fdps (que tem aos quilos). E não faltam políticos interessados no fim da operação.

Entretanto, de fato, o país não pode ficar "paralisado" por conta da investigação e isso cria um "paradoxo":

Embora cause muitos problemas, as divulgações "a la estrelismo" das operações pela PF, juizes (Moro incluso), das gravações etc são atitudes que mantém a operação funcionando. 

É um paradoxo porque: essa conduta está errada. Porém, do jeito que as coisas são por aqui, fica difícil imaginar que tudo vai continuar funcionando "nas sombras e sigilo da justiça" (como deveria ser). A nova Procuradora Geral da República, vai na linha do sigilo mas, sem a divulgação escandalosa das informações, dá pra jogar a sujeira debaixo do tapete (principalmente, dependendo do nome do "investigado").

 

Achar que esse tipo de coisa não acontece é ser dotado de uma ingenuidade extrema (ou, em alguns casos, de pura má vontade, já que a escolha de um lado torcedor gera 2 pesos e duas medidas).

 

 

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Especialista em ‘bandidolatria’, Kim Kataguiri fará palestra no MP do Rio

WhatsApp-Image-2017-07-20-at-09.22.42.jp

O Ministério Público do Rio de Janeiro marcou para o dia 15 de setembro o evento “Segurança Pública como direito fundamental”, que contará com palestras e mesas redondas sobre o tema. Um flyer, que já circula nas redes sociais, supostamente adianta a programação do evento e traz, dentre os convidados, o líder do Movimento Brasil Livre (MBL), Kim Kataguiri.

O MP-RJ foi procurado para confirmar a programação, mas informou que “em breve dará mais informações sobre o evento”. Questionados sobre o fato de Kim não ter propriedade para falar sobre Segurança Pública, o MP garantiu que isso não será um problema.

O convite do Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ) ao líder do Movimento Brasil Livre (MBL), Kim Kataguiri, para palestrar no evento “Segurança Pública como Direito Fundamental” está rendendo dor de cabeça à instituição. Depois divulgar o nome do jovem na programação e receber uma enxurrada de críticas de especialistas, movimentos sociais e imprensa, o MP fluminense tirou as informações do site.

Entre as críticas que a participação dele no evento do MP-RJ recebeu, estão a falta de saber notório, de tato para lidar com reveses e a divulgação de informações equivocadas sobre o regime semiaberto no país – aquele em que os presos podem sair da prisão durante o dia, para trabalhar, e retornam à noite para dormir.

Fact-checking 

Segundo o rapaz, a taxa de reincidência entre os presos é de 70%, o que justificaria que criminosos nunca deixassem a cadeia. O percentual passa longe dos níveis com que o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) trabalha, que não ultrapassam 30% de reincidência.

A situação foi apurada e rebatida recentemente pela Agência Pública, que procurou o MBL para repercutir o fact-checking negativo. A resposta foi um post com acusações falsas e a imagem de um pênis, acompanhada da frase “Check this” (cheque isso, em inglês). 

Kataguiri chegou a ingressar no curso de Ciências Econômicas na Universidade Federal do ABC, mas deixou a graduação antes de terminar o primeiro ano. Além de ensino superior incompleto, o coordenador do MBL tampouco tem atuação na área de segurança pública ou de direitos humanos. Ele admite, entretanto, que quer garantir uma vaga na Câmara dos Deputados no ano que vem, embora também ainda não esteja filiado a nenhum partido. 

Nestas condições, a participação de Kataguiri no evento do MP-RJ abre precedente para que qualquer pessoa seja convidada a palestrar em um evento pago com dinheiro público, ainda que não tenha consistência acadêmica ou experiência na área para falar sobre o assunto em pauta. 

Edited by Peidãø Neck

Share this post


Link to post
Share on other sites

Olá,

 Qual a dúvida de que os líderes desses super-engajados-movimentos-sem-noção (e que simplesmente sumiram do mapa após o Kick da Dilma) irão tentar uma vaguinha no Congresso em 2018?

E pra mim, fica claro que os movimentos eram exclusivamente contra "partidos da esquerda" e não necessariamente "contra a corrupção". Primeiro, porque só as merdas que já apareceram nos últimos 12 meses, era para ficar permanentemente na rua.

Muitos reclamam da "teta" do governo, mas no fundo, querem uma pra si mesmos.

E é engraçado que a permanência do PMDB incomoda os dois lados da moeda e serve de justificativa tanto da direita quanto da esquerda:

- quando os petistas ficam raivosos com o Temer, eles são lembrados de que "votou na Dilma, levou o Temer".

- pela mesma razão, e pelo fato do PMDB compartilhar o governo há mais de 10 anos com o PT, ele deveria ser chutado pra fora com o mesmo vigor com que o PT foi chutado, isso se seguirmos exatamente a mesma premissa do item anterior "Votou em Dilma, levou o Temer". Logo, "se chutar a Dilma, leve o Temer junto".

 

Mas como não existe o mesmo "vigor", vê-se claramente que o interesse é mais em ser hater de partido do que apontar os defeitos em todos eles.

 

E finalmente:

"Nestas condições, a participação de Kataguiri no evento do MP-RJ abre precedente para que qualquer pessoa seja convidada a palestrar em um evento pago com dinheiro público, ainda que não tenha consistência acadêmica ou experiência na área para falar sobre o assunto em pauta. "

 

Cara, a mentalidade da população está de tal forma, que esse perfil aí de cima é perfeitamente adequado pra palestrar: não precisa de diploma para falar qualquer merda pra jumento, basta falar o que eles estiverem querendo ouvir. Infelizmente.

 

 

 

 

 

  • Upvote 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
34 minutos atrás, rcaropreso disse:

Olá,

É...

 

 

 

Esse  é um dos canais mais legais. Tem coisas que acho que ele fala besteira. Mas é bem informativo e objetivo.

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, Luiz Claw disse:

 

Esse  é um dos canais mais legais. Tem coisas que acho que ele fala besteira. Mas é bem informativo e objetivo.

Olá,

Sim, ele aponta alguns problemas.

Agora veja só: apesar de ser "o blog do Nassif", vale a pena ver essas informações:

- enquanto tem gente que acha importante o aumento de impostos para "consertar a merda que o governo da Dilma fez", o mesmo governo que quer aumentar impostos em cima do rabo do povo está com muita pressa pra aprovar esse "novo Refis" aí, que vai "abrir mão" de praticamente o mesmo valor (220 bilhões em 15 anos). Pra quem será que interessa esse "afrouxamento" de dívida, já que o aumento de impostos entrou no nosso rabo?

http://jornalggn.com.br/noticia/parte-do-‘pacote-de-bondades’-novo-refis-pode-provocar-perda-de-r-220-bi

 

 

Enquanto isso... o PSDB está se mexendo e é bem capaz do Doria se candidatar a governador em 2018, contrariando a si mesmo (no entanto, certamente ele será idolatrado por isso, não tenho duvidas).

http://jornalggn.com.br/noticia/psdb-busca-articulacoes-para-campanhas-de-2018

 

Apesar de aparentemente evitarem os conflitos, a possível disputa no PSDB entre o prefeito de São Paulo, João Doria, e o governador do Estado, Geraldo Alckmin, com miras às eleições 2018 já é rixa marcada dentro do partido. Alckmin e Doria buscar articulações em separado, motivando desentendimentos internos.

(...)

O prefeito da capital não participou dos encontros de Alckmin com as lideranças do DEM e do PSB. Mas nesta última reunião, realizada em jantar nesta quarta-feira (26), o governador deixou claro que caso entre para a disputa à Presidência, Doria estará fora de campo das prévias do partido. O próprio prefeito já vem confirmando que não pretende enfrentar o seu padrinho político. Não tira os olhos, porém, da estratégia da sigla de posicionar novos nomes no pleito eleitoral. 

 

EDIT: FINALMENTE, o retrocesso vai ser grande nos próximos anos (o cenário para Pesquisa e Desenvolvimento está REALMENTE, desanimador):

http://jornalggn.com.br/noticia/pais-voltara-a-ser-totalmente-dependente-de-tecnologia-estrangeira-diz-presidente-da-sbpc

 

"

Para Ildeu Moreira, da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência, política que beneficia mercado e estrangula universidades e institutos deverá levar país a importar até vacinas que já fabrica
 
por Cida de Oliveira

 estrangulamento da rede federal de ensino superior e de institutos de pesquisa por meio de cortes no orçamento já defasado, para beneficiar o mercado financeiro privilegiado pela política de Michel Temer (PMDB) está levando o país a um franco retrocesso. E mesmo tecnologias que o país já domina há tempos, como vacinas, por exemplo, podem vir a ser sucateadas e a ponto de inviabilizar a produção. "

 

(...)

 

Segundo Ildeu, o orçamento deste este ano, defasado, que sofreu ainda contingenciamento de 44%, é de R$ 2,5 bilhões e corresponde a 25% do orçamento de 2010. E com a Emenda Constitucional 95/2016, que congela investimentos federais em saúde, educação, ciência e tecnologia, entre outras áreas estratégicas, o panorama é desanimador.

 

 

Edited by rcaropreso
  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Olá,

A PF tá ficando sem grana, pra alegria de Temer e seus amigos:

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now


×