Jump to content
Maedhros

Tópico Oficial da Política - ANO 3 [+Feliz aniversário Querida! 1 ano de Impeachment!!!]

Recommended Posts

2 horas atrás, rcaropreso disse:

Olá,

A PF tá ficando sem grana, pra alegria de Temer e seus amigos:

 

Viu! Ele é mais objetivo. Já o Luiz Cacique perde tempo com intriguinha supondo a candidatura de Dória ao governo Estadual.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Oq falaram ai é verdade, depois do golpe o povinho ficou todo quieto, queriam a saída da Dilma e agora só ouço a esquerdinha querendo a saída do bandidão Temer, vai entender, enquanto estava a Dilma eu não passava 1h de trabalho sem um paciente culpar ela de alguma merda, mesmo que ela nem tenha nada a ver com isso, agora não ouço mais nada, nem com o aumento do combustível, absolutamente nada.

Share this post


Link to post
Share on other sites

PGR entra com 3º pedido de prisão contra Aécio no Supremo

a%C3%A9cio-suic%C3%ADdio.jpg

A Procuradoria-Geral da República (PGR) entrou hoje (31) no Supremo Tribunal Federal (STF) com novo recurso pedindo a prisão do senador Aécio Neves (PSDB-MG). A PGR pretende anular decisão anterior do ministro Marco Aurélio, que negou outro pedido de prisão e determinou o retorno do parlamentar, no mês passado, às atividades no Senado.

É o terceiro pedido sucessivo feito pela procuradoria para prender o senador. Dois foram rejeitados desde a homologação da delação premiada da JBS. A questão será analisada pela Primeira Turma da Corte, composta pelos ministros Alexandre de Moraes, Rosa Weber, Luiz Fux e Luís Roberto Barroso, além do relator.

No mês passado, Marco Aurélio manteve decisão anterior de negar o pedido de prisão preventiva do senador, mas proibiu Aécio de deixar o país e de fazer contato com outros investigados ou réus no processo.

Antes da decisão de Marco Aurélio, Aécio Neves estava afastado da atividade parlamentar por uma decisão do antigo relator do caso, ministro Edson Fachin. Aécio foi citado pelo empresário Joesley Batista, dono do grupo JBS, e um de seus depoimentos de delação premiada. Joesley contou aos procuradores que Aécio lhe pediu R$ 2 milhões para pagar despesas com sua defesa na Operação Lava Jato.

À época, a defesa de Aécio comemorou a decisão de Marco Aurélio e o senador disse que sempre acreditou Justiça e que seguiria "no exercício do mandato que me foi conferido por mais de 7 milhões de mineiros, com a seriedade e a determinação que jamais me faltaram em 32 anos de vida pública", declarou em nota.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Olá,

Pois é... mas não sinto a mesma "comoção social" clamando pela prisão dessa criança levada aí não.

 

Facepalm total para ter um sujeito desses no Senado...

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
2 horas atrás, rcaropreso disse:

Olá,

Pois é... mas não sinto a mesma "comoção social" clamando pela prisão dessa criança levada aí não.

 

Facepalm total para ter um sujeito desses no Senado...

Pensa no facepalm maior que as pessoas que são anti pt, votaram nesse cara e em partidos como Dem, e vão voltar a votar nesses partidos que estão com as mesmas lideranças politicas... Mas tudo é culpa do PT, até mesmo depois de 1 ano de morte do PT, ações negativas feitas unilateralmente, são ações do PT (nota, PT pode continuar morto, mas não dá mais para viver culpando pt de ações como exemplo que canal do otário fez sobre carnaval carioca)...

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
8 horas atrás, DHX disse:

Pensa no facepalm maior que as pessoas que são anti pt, votaram nesse cara e em partidos como Dem, e vão voltar a votar nesses partidos que estão com as mesmas lideranças politicas... Mas tudo é culpa do PT, até mesmo depois de 1 ano de morte do PT, ações negativas feitas unilateralmente, são ações do PT (nota, PT pode continuar morto, mas não dá mais para viver culpando pt de ações como exemplo que canal do otário fez sobre carnaval carioca)...

Olá,

O cara do canal do otário eventualmente coloca alguns "dedos na ferida" mas, assim como muitos por aí, ele é "uns 70%" anti-PT e 30% "anti-o-resto". Nos vídeos dele, a Dilma é uma "filha dilma puta", o Temer é "só um bananão" (mesmo que os 2 estivessem juntos no mesmo pacote).

 

Os papinhos de "isentão" e "não temos bandidos de estimação", são apenas jargões inventados com eufemismo para defender seu próprio "time". O "isentão" é pra chamar o cara de "petista" de forma disfarçada enquanto o "não tenho bandido de estimação" é a forma de ser "isentão" dos anti-petistas.

 

Isso me lembra a guerra de consoles, quando havia a onda "anti-Sony" por exemplo. Os  anti-"istas" nem queriam que a Sony melhorasse seus consoles, queriam apenas que ela sumisse do mapa. A situação do Brasil é análoga: a galera (boa parte) só queria 2 coisas: "Fora, Dilma" "Lula na cadeia". Conseguindo isso, eles estão pouco se fodendo se quem "sobrou lá em cima", só está fazendo merda e/ou metendo a mão na cumbuca.

Movimentos de rua, protestos, panelaços, "prelúdio de guerra civil", tudo isso desapareceu como um simples peido no deserto. As negociatas correm à luz do dia, na cara dura e... nada! Ministros do STF defendem calorosamente seus "amigos" e ... nada!

 

Povo bovino é foda... o Brasil realmente é o "Rei do Gado".

 

EDIT: https://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/agencia-estado/2017/08/01/gilmar-provoca-janot-sobre-pedido-de-prisao-de-aecio-e-bom-ler-a-constituicao.htm

Gilmar provoca Janot sobre pedido de prisão de Aécio: "É bom ler a Constituição"...

 

- Dentro das regras do jogo, mas estaria dentro das regras da moralidade? https://noticias.uol.com.br/politica/ultimas-noticias/2017/08/01/padilha-confirma-que-11-dos-12-ministros-com-mandato-voltarao-a-camara.htm

Padilha confirma que 11 dos 12 ministros com mandato voltarão à Câmara... -

 

https://noticias.uol.com.br/politica/ultimas-noticias/2017/08/01/deputado-que-tatuou-nome-de-temer-recebeu-r-7-milhoes-em-emendas-diz-entidade.htm

Deputado que tatuou nome de Temer recebeu R$ 7 milhões em emendas, diz ONG.

 

Na Venezuela (e esse é outro FDP que tinha que ser varrido de lá): http://www1.folha.uol.com.br/mundo/2017/08/1906065-maduro-pagou-us-30-bi-a-odebrecht-por-obras-inacabadas-diz-procuradora.shtml

Maduro pagou US$ 30 bi à Odebrecht por obras inacabadas, diz procuradora

 

Edited by rcaropreso

Share this post


Link to post
Share on other sites
13 minutos atrás, rcaropreso disse:

Olá,

O cara do canal do otário eventualmente coloca alguns "dedos na ferida" mas, assim como muitos por aí, ele é "uns 70%" anti-PT e 30% "anti-o-resto". Nos vídeos dele, a Dilma é uma "filha dilma puta", o Temer é "só um bananão" (mesmo que os 2 estivessem juntos no mesmo pacote).

 

Os papinhos de "isentão" e "não temos bandidos de estimação", são apenas jargões inventados com eufemismo para defender seu próprio "time". O "isentão" é pra chamar o cara de "petista" de forma disfarçada enquanto o "não tenho bandido de estimação" é a forma de ser "isentão" dos anti-petistas.

 

Isso me lembra a guerra de consoles, quando havia a onda "anti-Sony" por exemplo. Os  anti-"istas" nem queriam que a Sony melhorasse seus consoles, queriam apenas que ela sumisse do mapa. A situação do Brasil é análoga: a galera (boa parte) só queria 2 coisas: "Fora, Dilma" "Lula na cadeia". Conseguindo isso, eles estão pouco se fodendo se quem "sobrou lá em cima", só está fazendo merda e/ou metendo a mão na cumbuca.

Movimentos de rua, protestos, panelaços, "prelúdio de guerra civil", tudo isso desapareceu como um simples peido no deserto.

 

O PT ficou muito tempo no poder exercutivo. A maioria das pessoas pensam que presidente manda e desmanda em tudo. Assim, a raiva ao PT é acumulada.

Atualmente, as merdas divulgadas do cenário atual são generalizadas a todos os cargos e partidos, não só o do Temer.

Share this post


Link to post
Share on other sites
2 minutos atrás, Luiz Claw disse:

 

O PT ficou muito tempo no poder exercutivo. A maioria das pessoas pensam que presidente manda e desmanda em tudo. Assim, a raiva ao PT é acumulada.

Atualmente, as merdas divulgadas do cenário atual são generalizadas a todos os cargos e partidos, não só o do Temer.

Olá,

Mas o PT também merece essa raiva, como não?

Há 15 anos atrás, eu já estava aqui... e a pregação "anti-FHC" e "só o PT salva" beirava o insuportável. Todas as desgraças da Galáxia eram culpa do FHC e somente o PT daria um jeito.

Agora, 15 anos depois... a situação sofre uma "inversão irônica", onde ninguém quer PT nem pintado de ouro.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Notas frias revelam repasses de R$ 2,2 milhões da JBS a empresas ligadas a Temer

Segundo a revista Época, documentos estão anexados ao acordo de colaboração premiada de executivos da J&F. Nenhum serviço teria sido prestado ao frigorífico

DGDrMX9XYAAc72n.jpg

Nota fiscais frias entregues pelos delatores da J&F no acordo de colaboração premiada revelam que empresas indicadas pelo presidente Michel Temer (PMDB) receberam, em 2010, R$ 2,2 milhões da JBS, segundo reportagem da revista Época. Segundo a delação da JBS, nenhum serviço foi prestado ao frigorífico do grupo J&F.

Os valores teriam sido pedidos por Temer ao empresário Joesley Batista, do da J&F, holding que controla a JBS. Em 2010, eles haviam acabado de se conhecer por intermédio do então ministro da Agricultura, Wagner Rossi, apadrinhado de Temer. 

Num primeiro encontro, Temer, segundo o relato da delação reproduzido por Época, pediu ajuda a Joesley. Mais especificamente, R$ 3 milhões em doações de campanha. O empresário se prontificou a colaborar, na expectativa de manter boas relações com Temer e de que suas empresas fossem beneficiadas.

Joesley pagou e empresas indicadas por Temer forneceram notas fiscais frias para simular serviços, que não foram prestados. Duas notas fiscais da Pública Comunicações, do marqueteiro Elsinho Mouco, citam “serviços prestados de planejamento estratégico de comunicação” em 2010.

Outras três notas fiscais, de R$ 80 mil cada, tratam de serviços da Ilha Produções, uma produtora que pertenceu ao líder do PMDB na Câmara, Baleia Rossi, filho de Wagner Rossi e aliado de Temer. A nota de 2010 cita serviços de “edição, captação e atualização de banco de imagens”. A JBS entregou o dinheiro, mas como no caso anterior nenhum serviço foi prestado. Foi apenas uma maneira de repassar dinheiro ilegal a pedido de Temer.

Propina rendeu R$ 1 milhão a Temer em 2014

Em outra reportagem, a revista Época diz que o então vice-presidente da República, Michel Temer, recebeu R$ 1 milhão em dinheiro vivo, em setembro de 2014, a mando do lobista Ricardo Saud, executivo da J&F. O dinheiro teria sido entregue ao coronel João Baptista Lima Filho, amigo do peemedebista, em São Paulo.

O dinheiro foi estocado em duas contas nos Estados Unidos, cujo saldo superou os US$ 150 milhões, segundo Época.  Para Temer, especificamente, foram destinados R$ 15 milhões – ele ficou com parte em dinheiro vivo e repassou valores para correligionários, como o deputado Baleia Rossi (PMDB-SP), que teria recebido R$ 150 mil. Já para o então deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), hoje preso da Lava Jato, foram R$ 3 milhões.

Edited by Peidãø Neck

Share this post


Link to post
Share on other sites

Olá,

É... cara, tem que manter isso, viu?

 

Quando eu vejo noticias como essas pipocando em sites tipo uol, folha, etc e vejo uma enxurrada de comentários de gente indignada com o Temer fico me perguntando "Quantos desses será que estavam batendo panelinhas achando que tirar só METADE da merda ia resolver?"

 

Ou arrancam os 2 de lá ou deixam os 2 lá... mas quiseram tirar só metade... 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
8 horas atrás, rcaropreso disse:

Olá,

Mas o PT também merece essa raiva, como não?

Há 15 anos atrás, eu já estava aqui... e a pregação "anti-FHC" e "só o PT salva" beirava o insuportável. Todas as desgraças da Galáxia eram culpa do FHC e somente o PT daria um jeito.

Agora, 15 anos depois... a situação sofre uma "inversão irônica", onde ninguém quer PT nem pintado de ouro.

Assim, merece raiva? Penso que sim. Raiva exclusiva? Não.

Não achei errado quando o Otário xingou a Dilma quando lembrou da reclassificação da "classe média" - uma acão escrota feita pelo poder executivo dela.

Com Temer ou outros políticos não foi tão ofensivo? Não a ponto de xingar. É o lance do fator Humano. Raiva acumulada, como foi na época do fim do FHC.

Contudo, o otário chamou o povo para ir para rua AGORA, contra quem tá no poder AGORA. Não foi isentão reverso. E fora que as merdas que estão em evidência no momento, não são de responsabilidade do Temer. São de todos os políticos.

 

A sua história bate com o que eu falei. Brasileiro só culpa o poder executivo, principalmente o presidente que ficou um bom tempo no poder. É puro sentimento! Deveriamos estar mais interessados em como melhorar as coisas, e relembrar quais medidas foram ruins para mudarmos. E também tem muita coisa errada agora, como a renda dos políticos.

Infelizmente somos mais sentimentalistas do que racionais.

Share this post


Link to post
Share on other sites
9 horas atrás, rcaropreso disse:

Olá,

É... cara, tem que manter isso, viu?

 

Quando eu vejo noticias como essas pipocando em sites tipo uol, folha, etc e vejo uma enxurrada de comentários de gente indignada com o Temer fico me perguntando "Quantos desses será que estavam batendo panelinhas achando que tirar só METADE da merda ia resolver?"

 

Ou arrancam os 2 de lá ou deixam os 2 lá... mas quiseram tirar só metade... 

"Primeiro tiramos a Dilma. Depois arrumamos o resto."

Foram palavras que li e escutei. Bem, falta arrumar o "resto". Falta arrumar tudo! :fodase: 

Share this post


Link to post
Share on other sites
7 horas atrás, Luiz Claw disse:

"Primeiro tiramos a Dilma. Depois arrumamos o resto."

Foram palavras que li e escutei. Bem, falta arrumar o "resto". Falta arrumar tudo! :fodase: 

Olá,

É que "arrumar o resto"... e esse resto depende de cada um. Para os políticos que lá estão hoje no Congresso isso corresponde a apenas "arrumar o DELE".

Chega a ser cômico o desespero do Temer para evitar a denuncia (se fosse inocente de verdade, estaria bem menos preocupado com isso). 

 

E é muito difícil pensar em melhorar se, quem tem o poder da caneta na mão (e que pode dar inicio às mudanças) só caga e rouba. 

 

 

EDIT: Não tem dinheiro pra pagar BOLSA de PESQUISA. E o fdp do Temer gastando milhões em emendas pra ganhar votos... e os políticos querendo um fundo partidário de 3 BILHÕES pra financiar eleição de 2018. País lindo! VTNC.

 

O CNPq (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico) está financeiramente esgotado e não terá dinheiro para pagar bolsas e projetos a partir do próximo mês, se seu orçamento não for desbloqueado pelo governo federal. Cerca de 90 mil bolsistas e 20 mil pesquisadores poderão ser prejudicados pela interrupção dos pagamentos.... - Veja mais em https://educacao.uol.com.br/noticias/agencia-estado/2017/08/02/cnpq-atinge-teto-orcamentario-e-pagamento-de-bolsas-pode-ser-suspenso.htm?cmpid=copiaecola

Edited by rcaropreso

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

1 minuto atrás, sonda 2 disse:

 

 

13 horas atrás, Luiz Claw disse:

 

A sua história bate com o que eu falei. Brasileiro só culpa o poder executivo, principalmente o presidente que ficou um bom tempo no poder. É puro sentimento! Deveriamos estar mais interessados em como melhorar as coisas, e relembrar quais medidas foram ruins para mudarmos. E também tem muita coisa errada agora, como a renda dos políticos.

Infelizmente somos mais sentimentalistas do que racionais.

por isso que tem que boicotar esse candidatos do pmdb pois esse maldito partido sempre esteve no apoio de base tento na era fhc quanto a era pt... se elegessem somente a metade dos deputados sa seria um bom recado dado pelo povo nas ruas... mas creio que isso nao ira acontecer..

Edited by sonda 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Raio-X: partidos e estados dos deputados que salvaram Temer

Gráficos ajudam a explicar a geografia da decisão que manteve o presidente do cargo

DFwrxO8XkAA8RL0.jpg

O PMDB, o PP e o PSDB foram os partidos que mais entregaram votos favoráveis ao presidente Michel Temer na votação sobre a denúncia contra o ex-presidente. Do outro lado, o PT liderou os votos contrários ao presidente.

placar-temer-resumo-partidos.png

 

 

 

Edited by Peidãø Neck

Share this post


Link to post
Share on other sites
6 horas atrás, rcaropreso disse:

Olá,

É que "arrumar o resto"... e esse resto depende de cada um. Para os políticos que lá estão hoje no Congresso isso corresponde a apenas "arrumar o DELE".

Chega a ser cômico o desespero do Temer para evitar a denuncia (se fosse inocente de verdade, estaria bem menos preocupado com isso). 

 

E é muito difícil pensar em melhorar se, quem tem o poder da caneta na mão (e que pode dar inicio às mudanças) só caga e rouba. 

 

 

EDIT: Não tem dinheiro pra pagar BOLSA de PESQUISA. E o fdp do Temer gastando milhões em emendas pra ganhar votos... e os políticos querendo um fundo partidário de 3 BILHÕES pra financiar eleição de 2018. País lindo! VTNC.

 

O CNPq (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico) está financeiramente esgotado e não terá dinheiro para pagar bolsas e projetos a partir do próximo mês, se seu orçamento não for desbloqueado pelo governo federal. Cerca de 90 mil bolsistas e 20 mil pesquisadores poderão ser prejudicados pela interrupção dos pagamentos.... - Veja mais em https://educacao.uol.com.br/noticias/agencia-estado/2017/08/02/cnpq-atinge-teto-orcamentario-e-pagamento-de-bolsas-pode-ser-suspenso.htm?cmpid=copiaecola

Não falei de políticos quando disse que li e ouvi "primeiro tiramos Dilma e PT, depois arrumamos o resto". Foram de amigos que estavam empolgados com manifestações.

De político, não tenho nenhuma boa referência no momento.

 

Para mim já está errado os deputados votarem se o Temer pode ser investigado ou não. Ao contrário! Todo político deveria ser investigado 24h por dia!

Obviamente que ele não teria que dar depoimento toda hora. Mas uma vez por mês dar depoimentos sobre denuncias, e, esclarecer coisas.

 

Eu não fico tão puto com o lance do CNPQ porque minha mulher fazia mestrado e via muito dinheiro ser disperdiçado em pesquisas furrecas. Eu vi um pouco também na UERJ. Para mim, a lei Rouanet cairia melhor bancando pesquisas e mestrados para resolver problemas de empresas, mas, gerando conhecimento público.

Mas óbvio, cortar pesquisas para bancar a propaganda política é o cúmulo do absurdo! Só bancarmos a propaganda política deles é inadimissível, na minha opinião.

3 horas atrás, sonda 2 disse:

 

 

por isso que tem que boicotar esse candidatos do pmdb pois esse maldito partido sempre esteve no apoio de base tento na era fhc quanto a era pt... se elegessem somente a metade dos deputados sa seria um bom recado dado pelo povo nas ruas... mas creio que isso nao ira acontecer..

O PMDB está como vicê ou diretamente no poder des do fim do regime militar. E é a terceiea vez que ele entra no poder quando um presidente cai.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Europa chama votação sobre Temer de "espetáculo indigno"

maxresdefault.jpg

Num novo "espetáculo indigno", deputados que condenaram ex-presidente pouparam sucessor, observam sites europeus. "Se ela tivesse metade da sede de poder e da degeneração moral dele, ainda estaria no Planalto.

"Condenado na Justiça - e o novo, velho presidente do Brasil? - Die Welt, 03.08.2017

"Michel Temer dá um largo sorriso ao ficar sabendo do resultado: 263 deputados do Parlamento brasileiro rechaçaram a possibilidade de iniciar um processo contra o presidente brasileiro. Com isso, o impopular chefe de Estado escapou do processo judicial e da morte política súbita. Não se trata de uma vitória pessoal, afirmou Temer, após a decisão. Assim, Temer continuará sendo o homem forte do Brasil até o fim de seu mandato, no próximo ano, mas, para a democracia na nação sul-americana, trata-se de um duro golpe.

Parlamento do Brasil protege o presidente - Der Tagesspiegel, 03.08.2017

"O que os deputados brasileiros ofereceram foi, mais uma vez, um espetáculo indigno. Houve gritos e brigas, declarações de fé foram dadas e cédulas falsas de dinheiro foram arremessadas. Um deputado tentou tirar um boneco inflável de outro e, quando não conseguiu, resolveu morder.

Ao final, depois de mais de 12 horas de sessão, os parlamentares decidiram que o presidente do Brasil, Michel Temer, não deverá ser investigado por corrupção pelo Supremo Tribunal Federal: 263 deputados votaram pelo arquivamento do caso, 277 votaram pelo processo contra Temer.

As provas contra Temer parecem ser claras. Tão claras que 81% dos brasileiros se manifestaram a favor de uma investigação em pesquisas. A aprovação de Temer está em apenas 5%.

Mas os deputados não quiseram se unir à maioria da população. Parece estar claro por quê. Há semanas que Temer e seus seguidores assediam os deputados, oferecendo cargos e liberando verbas do orçamento para suas bases eleitorais. Foi assim que, nos últimos dias, cerca de 1 bilhão de euros foram para deputados que prometeram votar a favor de Temer.

Um observador comentou o resultado da votação com as seguintes palavras: Se Dilma Rousseff tivesse só a metade da sede de poder e da degeneração moral de Michel Temer, ela ainda estaria no poder."

Presidente do Brasil mantém o cargo - The Guardian, 03.08.2017

"A credibilidade do Congresso do Brasil continuou em farrapos depois de sua câmara baixa majoritariamente votar pela não aprovação de acusações de corrupção contra o presidente Michel Temer - apesar de 81% dos seus compatriotas terem dito, numa pesquisa recente, que eles deveriam.

A decisão foi tomada apenas um ano depois de muitos dos mesmos deputados terem votado pela suspensão da antecessora de Temer, Dilma Rousseff, por quebrar regras orçamentárias - acusações que levaram ao seu eventual impeachment.

As alegações contra Temer eram muito mais sérias. Ele se tornou o primeiro chefe de Estado do país a ser formalmente acusado de um crime. E, para completar a sensação de farsa, ao menos 190 dos 513 deputados habilitados a votar enfrentam processos criminais na suprema corte do Brasil, segundo uma pesquisa do site Congresso em Foco. 'Isso mostra a falência dos políticos e do sistema eleitoral brasileiro', disse Edson Sardinha, o editor do site."

O presidente do Brasil escapa em meio a indiferença quase geral - Le Monde, 03.08.2017

"Hábil, combativo, intrigueiro, o impopular presidente brasileiro, membro do PMDB (centro), foi bem-sucedido onde sua antecessora, Dilma Rousseff, do PT (esquerda), deposta em 2016 por manipulação contábil, havia fracassado.

Posto na chefia de Estado após o impeachment de Dilma Rousseff, da qual foi vice-presidente, Michel Temer é beneficiado pelo vácuo político. Se ele tivesse sido removido do poder, seria substituído por seis meses pelo Presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, considerado seu duplo. 'Ganha uma viagem para Caracas quem for capaz de sair às ruas para gritar Rodrigo já!', ironizou Elio Gaspari, colunista da Folha de S. Paulo, na quarta-feira.

Resta o mal-estar que tomou conta de Brasília. Um ano antes, os deputados mostraram abertamente suas opiniões, assegurando ao vivo, na televisão, votar em nome de 'Deus' ou da 'família' contra a presidente Dilma Rousseff.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Só militonto mesmo que acha que o PT realmente quer tirar o Temer. 

 

Lula gostou do resultado de ontem
Brasil 03.08.17 08:41

O Radar da Veja publica que "em conversas recentes, Lula reiterou a petistas da Câmara que a permanência de Temer na presidência, sangrando politicamente, ainda é o cenário mais favorável para o partido".

Como íamos dizendo.

 

A FUGA DE MAIA
Brasil 03.08.17 09:09


Michel Temer só ganhou ontem porque Rodrigo Maia enfiou o rabo entre as pernas e desistiu de tomar seu lugar no Palácio do Planalto.

O Antagonista soube que o verdadeiro motivo dessa fuga foi a Lava Jato.

Depois de ser avisado por fontes palacianas de que seria acusado por um delator, Rodrigo Maia resolveu entregar-se à única pessoa capaz de abafar seus inquéritos: Michel Temer.

 

 

Que falta fez o cunha no circo de ontem. Volta mito. 

Edited by Maedhros

Share this post


Link to post
Share on other sites

Olá,

O Temer tem que sair da Presidência pelo mesmo motivo que o Cunha foi preso, e o Aecio deveria ser, e a Gleisi Hoffman (que deveria ser investigada) e tantos outros: simplesmente porque é um ladrão envolvido em corrupção suspeita até o pescoço. 

 

Só hater é capaz de pensar que "quem quer tirar o Temer da presidência, é porque é petista".

 

SE fosse verdade, o Lula estaria eleito (ou qualquer petista que ele indicasse) porque a rejeição ao Temer é recorde, e mais de 80% da população queria que ele fosse investigado.

Edited by rcaropreso

Share this post


Link to post
Share on other sites

As provas do crime: fotos mostram malas de dinheiro da JBS destinadas a Temer e Aécio

Revista Época publica imagens dos R$ 2,4 milhões usados nas ações controladas da Operação Patmos, que flagraram emissários do presidente e do senador tucano recebendo o dinheiro

collage%203.jpg

 

A revista Época divulgou nesta sexta-feira (4) imagens das malas de dinheiro com propina da JBS usadas nas ações controladas do Ministério Público Federal (MPF) e que foram entregues a intermediários do presidente Michel Temer (PMDB), do senador Aécio Neves (PSDB-MG) e do doleiro Lúcio Funaro. As ações foram autorizadas pelo ministro Edson Fachin, relator do caso JBS no Supremo Tribunal Federal (STF).

Segundo a reportagem, são dezenas de imagens de malas, pastas e bolsas cheias de dinheiro, em notas de R$ 50 e R$ 100, meticulosamente arrumadas e amarrado com linguinhas de plástico. Uma delas, que continha R$ 500 mil em espécie, é a mesma que foi carregada pelo então assessor especial da Presidência da República Rodrigo Rocha Loures na saída de uma pizzaria, em São Paulo, em ação filmada e divulgada nos principais telejornais, portais de notícia e veículos impressos do país.

O conjunto de fotos vem a público apenas dois dias após a Câmara dos Deputados rejeitar a denúncia por corrupção passiva oferecida contra Temer pelo MPF. A acusação se baseou justamente na ação controlada que flagrou Rocha Loures, chamado de “longa manus” do presidente pelo procurador-geral Rodrigo Janot.

 

 

Para o MPF, não há dúvida de que o dinheiro tinha como destinatário Michel Temer, mas a maioria dos deputados federais (263 mais precisamente) entendeu que isso não era relevante e barrou, pelo menos até o fim do mandato do peemedebista, a abertura de ação penal contra ele. Por ocupar a Presidência da República, Temer só poderia ser processado com autorização do Legislativo e no STF, já que tem prerrogativa de foro especial. Segundo a reportagem, as malas eram providenciadas pelo delator Florisvaldo de Oliveira, braço-direito do lobista Ricardo Saud, executivo da J&F, controladora da JBS, e também delator. De acordo com o valor que seria entregue, Oliveira sabia exatamente o tamanho da mala necessária para acomodar o montante exato de dinheiro. Para entregas a partir de R$ 500 mil, a mala preta era a mais adequada. Acomodava bem meio milhão de reais, até quase R$ 1 milhão em notas de R$ 50, “se observado o método correto de organização de maços”, destaca a reportagem. Mas também foram usadas uma mala cinza, uma mochila e uma pasta preta.

Os cinco pagamentos monitorados pela Polícia Federal e o MPF entre abril e maio deste ano somaram R$ 2,4 milhões. Foram três entregas de R$ 500 mil a Frederico Pacheco, primo de Aécio Neves; uma de R$ 400 mil destinada a Lúcio Funaro e recebida pela irmã dele, Roberta Funaro, e, por fim, a de R$ 500 mil entregue a Rocha Loures e destinada a Temer. Com exceção do presidente, todos os acusados estão respondendo ao processo em liberdade, apesar das evidências materiais divulgadas pela revista Época.

Edited by Peidãø Neck

Share this post


Link to post
Share on other sites

Olá,

Nada com o que se preocupar. O problema era a Dilma. 

Essas outras informações são bobagem, coisa que se "resolve depois"... um dia... quem sabe...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Olá,

As coisas são curiosas: no caso do Lula, parece que não tem provas, mas tudo bem, pode condenar porque "tudo indica" que o cara é culpado.

Mas neste caso aqui será que também não vale o mesmo raciocínio? 

 

https://noticias.uol.com.br/politica/ultimas-noticias/2017/08/09/pf-diz-nao-ter-conseguido-provas-de-crimes-de-aecio-em-esquema-de-furnas.htm

PF diz ao STF não ter conseguido provas de crimes de Aécio em Furnas

Bernardo Barbosa*

Do UOL, em São Paulo

09/08/201719h03 > Atualizada 09/08/201719h43
 
  • Renato Costa - 4.jul.2017/Folhapress

    O senador Aécio Neves (PSDB-MG)

    O senador Aécio Neves (PSDB-MG)

A Polícia Federal informou ao STF (Supremo Tribunal Federal) não ter obtido provas do envolvimento do senador Aécio Neves (PSDB-MG) no esquema de propinas ligadas a contratos de Furnas, estatal do setor elétrico. Segundo relatório assinado pelo delegado Álex Levi Bersan de Rezende, as acusações têm como base delações premiadas que não tiveram comprovação. O relator do processo no Supremo é o ministro Gilmar Mendes.

A investigação estava arquivada, mas foi retomada após a delação premiada do ex-senador Delcídio do Amaral, que acusou o tucano de receber propina de Dimas Toledo, ex-diretor de Furnas, em troca de mantê-lo no cargo na estatal após o PT assumir o governo federal, em 2003. As propinas seriam decorrentes de contratos com as empresas Camargo Corrêa e Bauruense. 

O senador tucano, que responde a oito inquéritos no STF, sempre classificou as acusações sobre o esquema de Furnas como mentirosas. À PF, Toledo negou ter negociado propinas para partidos e disse não ter dependido de apoio político para permanecer na função.

No relatório, Rezende diz que, "a partir do conteúdo das oitivas realizadas e nas demais provas carreadas para os autos, cumpre dizer que não é possível atestar que Aécio Neves da Cunha realizou as condutas criminosas que Ihe são imputadas, recebendo propina oriunda de contratos de Furnas".

O delegado afirma que "nenhum dado colaborativo adicional foi apresentado pelos delatores" --no caso, Delcídio, o doleiro Alberto Youssef e o lobista Fernando Moura. Ainda de acordo com Rezende, as informações prestadas pelos colaboradores são sobre "fatos muito antigos, superiores a 14 anos", o que não permitiu "que outros meios de prova fossem alcançados, apesar do empenho da Polícia Federal".

De acordo com o documento, Delcídio e Youssef falaram do que sabiam por "ouvir dizer", e o testemunho de Moura "precisa ser avaliado com cautela, por se tratar de pessoa que já foi desacreditada pela Justiça e teve seu acordo de colaboração premiada revogado por ter mentido em juízo".

Moura foi preso em maio de 2016, por ordem do juiz Sergio Moro, após pedido do Ministério Público Federal apontando que havia quebrado o acordo de colaboração feito no âmbito da Operação Lava Jato. À Justiça, o lobista desmentiu informações que havia passado aos procuradores. 

Ainda segundo o relatório da PF, os únicos "meios de prova" diferentes das delações que "sustentam parcialmente" as delações de Delcídio e Youssef são as investigações que "confirmam as inúmeras irregularidades perpetradas durante a gestão de Dimas Fabiano Toledo em Furnas, sem, contudo, relacionar estas ilegalidades ao recebimento de propina por dirigentes do PP, do PSDB ou do PT".

O delegado também diz ser "importante esclarecer que este inquérito não se destina a apurar todo o tipo de irregularidade que eventualmente possa ter ocorrido em Furnas, nem mesmo todo tipo de fraude que tenha ocorrido durante a gestão de Dimas Toledo Fabiano na Diretoria de Engenharia da Estatal durante os governos de Fernando Henrique Cardoso e Luiz Inácio Lula da Silva". 

Em nota, o escritório Toron, Torihara e Szafir, que defende Aécio no processo, disse que aguarda a remessa dos autos à PGR (Procuradoria-Geral da República) "para que, na linha do que concluiu o denso e correto relatório policial, seja requerido o arquivamento do Inquérito, com sua posterior homologação".

Aécio cobrou PF por inquérito

Em maio, uma interceptação telefônica da Operação Patmos mostrou que Aécio tentou pressionar o diretor-geral da Polícia Federal, Leandro Daiello, para ter acesso a depoimentos que o implicaram no esquema de corrupção em Furnas.

No dia 26 de abril deste ano, o senador ligou para Daiello e pediu um encontro. "Uma hora que você… que eu pudesse dar um pulo aí. Pelo seguinte, contudo é... é... na verdade... pela Súmula 14 [do STF] que faculta a defesa ao acesso, né? Ao processo, aos autos, aos depoimentos, o delegado se negou a entregar à defesa, ontem, a cópia do depoimento que ele já tinha colhido, tá?", queixou-se Aécio ao diretor-geral.

Na época em que a informação veio a público, a assessoria de Aécio disse que "o diretor da PF não se sujeitaria a qualquer tipo de pressão" e que "o senador considera que o diálogo foi republicano."

Outras investigações

Além do caso de Furnas, Aécio é investigado no STF em outros seis inquéritos. Um deles é sobre suposta "maquiagem" de dados na CPI dos Correios, em 2005. Em outro, Aécio é investigado junto com o senador Antonio Anastasia (PSDB-MG), o deputado federal Dimas Toledo (PP-MG) --filho do ex-diretor de Furnas de mesmo nome-- e o ex-deputado Pimenta da Veiga (PSDB-MG) por corrupção e lavagem de dinheiro. Os três são suspeitos de participar de um esquema para a receptação de R$ 6 milhões em doações ilegais para suas campanhas eleitorais de 2014. O caso tem como base delações de ex-executivos da Odebrecht.

Aécio é investigado em outros três inquéritos abertos com base nos depoimentos de delatores da empreiteira. Em um deles, o senador é acusado de ter recebido doações ilegais vinculadas à atuação da Odebrecht na construção da Cidade Administrativa de Minas Gerais. O senador também teria atuado para que o consórcio da Odebrecht vencesse a licitação de um dos lotes da obra.

Os dois restantes são decorrentes das delações dos executivos da JBS. O senador é investigado por corrupção, lavagem de dinheiro e obstrução à Justiça.

A delação da JBS motivou o pedido de afastamento de Aécio das funções no Senado, feito pela PGR e acatado pelo ministro Edson Fachin, do STF. No fim de junho, o ministro Marco Aurélio de Mello autorizou o retorno do tucano ao Congresso.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now


×