Maedhros

Tópico Oficial da Política - ANO 3 [+ODEBRECHT CONFIRMA QUE LULA RECEBEU R$ 13 MILHÕES]

3,302 posts in this topic

Após depoimento de Calero, oposição quer impeachment de Temer

Crol8xoWgAAKEaw.jpg

Membros da oposição começaram a defender, após depoimento do ex-ministro Marcelo Calero à Polícia Federal, o pedido de impeachment do presidente Michel Temer. De acordo com eles, a suposta pressão para encontrar “saída” para a obra de interesse de Geddel Vieira de Lima, ministro da Secretaria de Governo, indicaria crime de responsabilidade.

O jornal Folha de S.Paulo revelou nesta quinta-feira, dia 24, que Calero disse à Polícia Federal que Temer o teria “enquadrado”. Calero pediu demissão na semana passada logo após acusar Geddel de pressioná-lo para que o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) liberasse um projeto imobiliário onde ele teria adquirido um apartamento.

O senador Lindbergh Farias (PT-RJ) afirmou que Temer usou a Presidência para defender interesses privados. “Absurdo. No nosso entendimento, ele terá que responder processo pelo crime de responsabilidade para ser julgado pelo Congresso”. A intenção, segundo o petista, é protocolar um pedido de impeachment nos próximos dias.

O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) também defende que a situação é motivo para impeachment e que a revelação de Calero justifica “a atitude de Temer em proteção a Geddel” nos últimos dias. “Agora está claro por qual razão o presidente acha que não há gravidade: porque ele mesmo estava envolvido”, disse.

0

Share this post


Link to post
Share on other sites

Se Congresso aprovar anistia ao caixa 2, Temer vetará, diz Rosso

Líder do PSD na Câmara se reuniu com presidente nesta sexta-feira (25).
Câmara analisa pacote anticorrupção e há articulação para anistiar caixa 2.

http://g1.globo.com/politica/noticia/2016/11/se-congresso-aprovar-anistia-ao-caixa-2-temer-vetara-diz-rosso.html

0

Share this post


Link to post
Share on other sites

Olá,

http://ultimosegundo.ig.com.br/politica/2016-11-27/temer.html

Trecho que merece destaque: (Temer não vai vetar, mas Renan não tem mais pressa de votar essa PEC anti-corrupção, então, na prática, nem vai ter o que vetar...)

"(...)

declaração foi feita durante uma entrevista coletiva concedida, na tarde deste domingo, por Temer e os presidentes da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, e do Senado, Renan Calheiros.
Temer afirmou que seria "impossível" para o presidente sancionar a anistia e que ele teria chegado a um acordo "unânime" sobre isso, em conversa com Renan e Maia.
Maia afirmou ainda que "essa emenda nunca existiu efetivamente" e reforçou que o governo "não está votando as dez medidas [contra a corrupção] para anistiar nenhum crime".
Renan disse que os presidentes da Câmara e Senado concordam que "essa matéria não deve tramitar", pois não é prioridade. Segundo o presidente do Senado, as matérias econômicas é que são prioritárias, e devem ser votadas para acelerar a retomada do crescimento do País.
Fonte: Último Segundo - iG @ http://ultimosegundo.ig.com.br/politica/2016-11-27/temer.html

"(...)

 

0

Share this post


Link to post
Share on other sites

Lula culpa Temer por economia ruim e diz que, se necessário, é candidato em 2018

http://istoe.com.br/lula-culpa-temer-por-economia-ruim-e-diz-que-se-necessario-e-candidato-em-2018/

 

Às duas da madrugada, deputados eliminam das 10 Medidas a figura do 'reportante do bem'
Na sessão que se estende pela madrugada, os deputados seguem "desidratando" o texto das 10 Medidas. Após votar pela criação do crime de responsabilidade para o Ministério Público e o Judiciário, os deputados eliminaram a figura do "reportante do bem", que era criada pelo projeto. Com a criação dessa figura, a pessoa que fornecesse informação sobre um crime teria proteção, garantia de anonimato, e teria direito a receber até 20% dos valores ressarcidos ao governo. A figura foi eliminada por 392 votos a 36.

http://www.folhapolitica.org/2016/11/as-duas-da-madrugada-deputados-eliminam.html

 

Lava Jato arrasada

Brasil 30.11.16 06:16
O triunfo da ORCRIM foi bem resumido em reportagem de O Globo:

"O plenário da Câmara desfigurou completamente o relatório de medidas de combate à corrupção e tirou do texto pontos-chave como a criminalização do enriquecimento ilícito, a criação do figura do 'reportante do bem' - que recebe recompensa por denunciar ilegalidades -, o aumento do prazo de prescrição dos crimes e passar a contá-lo a partir do oferecimento da denúncia e não do seu recebimento, excluiu o acordo penal - onde a sanção possa ser negociada e aceita pelo autor do crime - e tira todas as regras sobre celebração de acordo leniência. Os parlamentares ainda incluíram no projeto a tipificação do crime de abuso de autoridade para magistrados e integrantes do Ministério Público.

Das dez medidas originais apresentadas pelo Ministério Público, autor do pacote, duas permaneceram integralmente - criminalização do caixa dois e o artigo que exige que os tribunais de Justiça e o Ministério Público divulguem informações sobre tempo de tramitação de processos e que se identifiquem as razões da demora de julgá-los".

 

 

O golpe da ORCRIM contra a Lava Jato foi dado.

Os destaques votados nesta madrugada destroem as Dez Medidas e cospem na cara da sociedade.

Além do crime de responsabilidade para juízes e procuradores, foi aprovada também a prisão por desrespeito às prerrogativas dos advogados.

Mas a coisa é ainda pior.

- Os criminosos não terão de devolver a fortuna acumulada com propinas.

- O tempo de prescrição continuará com réu foragido.

- Os partidos não poderão ser punidos pelo roubo.

É um desastre completo, que joga o país nas mãos da criminalidade organizada que legisla em causa própria.

 

 

O pacote pró-ORCRIM ganhou de lavada, emporcalhando todos os congressistas.

Mas é justo separar o voto por bancadas.

O PCdoB foi 100% pró-ORCRIM.

PT: 98% pró-ORCRIM.

PRB: 95% pró-ORCRIM.

PDT: 87,5% pró-ORCRIM.

PR: 83% pró-ORCRIM.

PMDB: 82% pró-ORCRIM.

PP: 81% pró-ORCRIM.

DEM: 71% pró-ORCRIM.

PSD: 61% pró-ORCRIM.

PSB: 57% pró-ORCRIM.

PSDB: 24% pró-ORCRIM.

0

Share this post


Link to post
Share on other sites
Citar

Com a criação dessa figura, a pessoa que fornecesse informação sobre um crime teria proteção, garantia de anonimato, e teria direito a receber até 20% dos valores ressarcidos ao governo.

Esse último detalhe era loucura. Quando você associa delação a recompensa financeira, é certeza que virá um monte de gente fazendo acusação falsa para faturar.

0

Share this post


Link to post
Share on other sites

PSDB foi principal articulador de urgência de pacote anticorrupção

Interlocutores que participaram de reuniões antes da votação do pedido de urgência garantem que Aécio Neves (PSDB-MG) foi o primeiro a articular proposta

  A%C3%A9cio-Neves.jpg

Aécio Neves teria prometido votos para garantir a urgência do pacote anticorrupção.

Nenhum senador do PSDB votou a favor da manobra para acelerar a votação do pacote anticorrupção no Senado. O resultado da votação, entretanto, disfarça os acordos costurados ao longo da tarde de quarta-feira (30).

Interlocutores que participaram das reuniões garantem: Aécio Neves (MG) foi o primeiro a articular a urgência da votação e o PSDB prometeu votos no requerimento, mas não cumpriu.

Presidente do PSDB, Aécio trabalhou ao longo da tarde para costurar o acordo, que foi fechado com lideranças do PMDB, PT, PSD, PP e PTC. O tucano foi o principal articulador do pedido de urgência, afirmam fontes.

Se fosse aprovado o requerimento, o senador Roberto Requião (PMDB-PR), que é relator do abuso de autoridade, assumiria também o pacote anticorrupção para apresentar parecer favorável a todas as modificações feitas na Câmara. De acordo com o Ministério Público, o projeto foi desvirtuado pelos deputados.

Na noite desta quarta-feira, o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), conduziu a manobra. O peemedebista, que não costuma perder votações e, quando observa clima desfavorável, prefere suspendê-las, acabou derrotado por 44 votos a 14.

À primeira vista, Renan pareceu sozinho em sua articulação. Mas, na realidade, líderes que participaram do acordo acabaram desistindo diante da reação do plenário. Renan insistiu na votação porque confiou no acordo firmado mais cedo.

Senadores que estiveram no jantar natalino na casa de Eunício Oliveira (PMDB-CE) após a votação relataram que houve constrangimento entre aqueles que prometeram o voto, mas não entregaram.

Ao saberem que se tratava de pedido de urgência para o pacote anticorrupção, muitos senadores se voltaram contra a iniciativa. A reação do plenário não deixou outra alternativa aos articuladores da manobra se não abandonar a estratégia.

Senadores que participaram do acordo criticaram os líderes do PMDB, Eunício Oliveira (CE) e do governo, Romero Jucá (PMDB-RR), que nem sequer estiveram presentes na votação para garantir a estratégia firmada. O líder do PSD, Omar Aziz (AC), que assinou o requerimento de urgência, também não estava no plenário no momento da votação.

As maiores críticas, entretanto, recaíram sobre o PSDB. De acordo com um dos senadores que participou das reuniões para a manobra, a bancada tucana foi orientada a votar fechada contra o requerimento de urgência quando Aécio notou que iria perder. Desta forma, o partido sairia insuspeito.

0

Share this post


Link to post
Share on other sites

É nisso que dá ter um congresso unido e votando junto novamente. Acho que eles aprenderam a lição e agora vão legalizar de vez os crimes de corrupção. Melhor com a Dilma quando esses políticos viviam brigando e não faziam nada. Povão usado para gritar a saída da Dilma e agora temos esse tipo de coisa. 

0

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

 

 

Diante uma plateia de políticos tucanos e do presidente Michel Temer, o juiz Sergio Moro recebeu o prêmio "Brasileiro do Ano na Justiça" na noite desta terça (6) e homenageou colegas magistrados.

Na cerimônia, promovida pela revista "IstoÉ", no Citibank Hall, na zona sul de São Paulo, Moro permaneceu no palco em um assento ao lado do senador Aécio Neves (PSDB-MG), com quem cochichou ao longo da cerimônia. Os três ministros do PSDB participaram do evento, no qual houve entrega de premiações à atriz Grazi Massafera e à cantora Ludmilla.

Moro foi o mais aplaudido e foi lembrado em discursos dos homenageados, como o prefeito eleito de São Paulo, João Doria (PSDB).

Temer, que fez um breve discurso, não mencionou o juiz. Em discurso de apenas três minutos, Moro cumprimentou o presidente e disse que o ano foi muito cansativo.

Disse dedicar o prêmio a magistrados "de todas as instâncias", especialmente os do Supremo Tribunal Federal.

"[A Justiça] tem assumido um papel cada vez mais importante na vida brasileira."

Moro se opõe ao projeto de abuso de autoridade, em tramitação no Congresso, que prevê punições a juízes e a integrantes do Ministério Público e é muito criticado por procuradores da Lava Jato.

0

Share this post


Link to post
Share on other sites

É isso mesmo produção ?

tabelaapos1.jpg

0

Share this post


Link to post
Share on other sites

E nós achando que só quem começou a trabalhar agora que não conseguiria se aposentar...

0

Share this post


Link to post
Share on other sites

E a bosta fica mais fedida porque a "contribuição" é obrigatória.

E a bosta fica mais fedida porque a "contribuição" é obrigatória.

0

Share this post


Link to post
Share on other sites
6 horas atrás, Daileon disse:

E a bosta fica mais fedida porque a "contribuição" é obrigatória.

E a bosta fica mais fedida porque a "contribuição" é obrigatória.

Deviam acabar de vez com aposentadoria e com a contribuição obrigatória. O sujeito se aposenta com o que poupou durante a vida, nada mais justo. Esse negocio de quem está trabalhando pagar por quem se aposenta não funciona. O problema é que temos que aceitar a decisão e um bando de populistas porque estamos numa tal de democracia. 

0

Share this post


Link to post
Share on other sites
38 minutos atrás, FabricioGRK disse:

Deviam acabar de vez com aposentadoria e com a contribuição obrigatória. O sujeito se aposenta com o que poupou durante a vida, nada mais justo. Esse negocio de quem está trabalhando pagar por quem se aposenta não funciona. O problema é que temos que aceitar a decisão e um bando de populistas porque estamos numa tal de democracia. 

Eu acho que isso hoje só acontece porque o governo usa esse dinheiro (do INSS) e não devolve depois. Se deixasse esse dinheiro lá na dele, aplicado, acredito que não teria rombo.

0

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, FabricioGRK disse:

Deviam acabar de vez com aposentadoria e com a contribuição obrigatória. O sujeito se aposenta com o que poupou durante a vida, nada mais justo. Esse negocio de quem está trabalhando pagar por quem se aposenta não funciona. O problema é que temos que aceitar a decisão e um bando de populistas porque estamos numa tal de democracia. 

E se o cara sofrer um acidente ou tiver um problema de saúde e não poder trabalhar? ele se mata ou morre de fome?

0

Share this post


Link to post
Share on other sites

Lula quer dinheiro para atacar a Lava Jato

Brasil 08.12.16 11:38
Lula quer dinheiro.

Os organizadores da campanha "Um Brasil Justo pra Todos e pra Lula" pedem 500 mil reais pela internet para defender o comandante máximo.

Os recursos serão usados para financiar ataques à Lava Jato e a Sergio Moro em sites, redes sociais, rádio e tv.

Entre os organizadores da campanha estão Carina Vitral, da UNE, Guilherme Boulos, do MTST, João Pedro Stédile, do MST, Vagner Freitas, da CUT, e Fernando Morais, do jatinho da Odebrecht.

Edited by Maedhros
0

Share this post


Link to post
Share on other sites

Olá,

Os caras não tem nenhum tipo de vergonha ou pudor. País zoado do caralho.

0

Share this post


Link to post
Share on other sites

Cara o pior de toda essa lambança na política é que se o Molusco se safar e não for preso ele vai se candidatar a presidente e é bem capaz de levar, assim como aconteceu com a Dilma na hora de votar vai aparecer um verdadeiro batalhão nacional de Bolsa Esmola para colocar ele mais uma vez na presidência. 

0

Share this post


Link to post
Share on other sites
43 minutos atrás, Spot® disse:

Cara o pior de toda essa lambança na política é que se o Molusco se safar e não for preso ele vai se candidatar a presidente e é bem capaz de levar, assim como aconteceu com a Dilma na hora de votar vai aparecer um verdadeiro batalhão nacional de Bolsa Esmola para colocar ele mais uma vez na presidência. 

É bem capaz dele ganhar se concorrer.

Quem vc sugeriria para ser um bom presidente para esse país e pq?

0

Share this post


Link to post
Share on other sites
2 minutos atrás, DeeJ disse:

É bem capaz dele ganhar se concorrer.

Quem vc sugeriria para ser um bom presidente para esse país e pq?

Bom como Joaquim Barbosa e Sergio Mouro não devem concorrer nunca a esse cargo kkk talvez seja bom chutar o pau da barraca e votar no Bolsonaro mesmo, parece que ele tem um ficha limpa em questões de corrupção, claro que a visão extremista dele das coisas acaba fazendo ele parecer racista,homofóbico e talz, mais gosto da visão dele de como a bandidagem tem que ser tratada, enfim o jeito é esperar e ver quem mais estará disponível na época de eleição e se nenhum outro me agradar vou de Bolsonaro mesmo, mais é aquilo é praticamente impossível escolher a melhor solução ate pq por mais que o próximo presidente seja uma pessoa integra (kkk) não podemos no esquecer que ele não governa sozinho e muitas vezes terá que fazer acordos e aliados que na maioria das vezes legislam em causa própria e não do povo.

0

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!


Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.


Sign In Now