Jump to content
Maedhros

Tópico Oficial da Política - ANO 5 - Começou a Nova Era [+LulaLivre em 2043]

Recommended Posts

Despetização... Primeira palavra criada pelo novo governo... Muito melhor que Mulher Sapiens ou qualquer palavra terminada com ..."enta" ou ..."anta".

Parece que tá falando Desratização! :troll_face::lol2:Dedetização!

Bovespa fecha em alta no 1º pregão do ano, de olho em novo governo; Eletrobras dispara

O Ibovespa subiu 3,56%, a 91.012 pontos, renovando recorde de fechamento.

https://g1.globo.com/economia/noticia/2019/01/02/bovespa-020119.ghtml

Será que se mantém?

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, Mega. disse:

Despetização... Primeira palavra criada pelo novo governo... Muito melhor que Mulher Sapiens ou qualquer palavra terminada com ..."enta" ou ..."anta".

Parece que tá falando Desratização! :troll_face::lol2:Dedetização!

Bovespa fecha em alta no 1º pregão do ano, de olho em novo governo; Eletrobras dispara

O Ibovespa subiu 3,56%, a 91.012 pontos, renovando recorde de fechamento.

https://g1.globo.com/economia/noticia/2019/01/02/bovespa-020119.ghtml

Será que se mantém?

 

Olá,

Tem que manter isso, viu?

 

:troll_face:

Share this post


Link to post
Share on other sites
14 minutos atrás, rcaropreso disse:

Olá,

Tem que manter isso, viu?

 

:troll_face:

Clássico...

TlbfIrb.png?1

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

BRASÍLIA - A Fundação Nacional do Índio (Funai) assinou um contrato milionário com a Universidade Federal Fluminense (UFF) no apagar das luzes do governo Temer, em 28 de dezembro, para elaboração de serviços como mapeamento funcional, criação de banco de dados territoriais e implementação de criptomoeda para populações indígenas. Servidores da Funai denunciam que os trabalhos são "de questionável pertinência técnica" e foram contratados "sem análise técnica de nenhum setor" da Funai ao valor R$ 44,9 milhões.

O Termo de Execução Descentralizada, ao qual o GLOBO teve acesso, tem como data 24 de dezembro e foi assinado quatro dias depois, na última sexta-feira, pelo presidente da Funai, Wallace Moreira Bastos. O documento prevê execução orçamentária de R$ 35 milhões em 2018 e R$ 9,9 milhões em 2019.

No contrato, o presidente da Funai afirma que "a parceria se justifica com base no caráter técnico-científico do objeto em questão, tendo em vista as várias demandas do órgão de fomento cuja natureza está em consonância com as atividades desenvolvidas na área acadêmica".

Há uma descrição de outros projetos da UFF com órgãos do governo federal. "Considera-se o ambiente acadêmico ideal para o desenvolvimento das atividades previstas, uma vez que nele se concentram as mais diversas formações, cuja atuação é dedicada principalmente a transferência de conhecimentos", diz trecho do termo de execução descentralizada.

O contrato prevê 16 "produtos" a serem entregues, tais como um "Programa de Apoio em Recursos Humanos" e o "Desenvolvimento de Centro de Controle, Monitoramento e Fiscalização de Áreas Indígenas". Há outros, a exemplo de "Estudo e diagnóstico de viabilidade sócioeconômica da criação de uma criptomoeda indígena", "Desenvolvimento da Plataforma de Criptomoeda" e "Implantação da Plataforma de Criptomoeda". Cada serviço desses é considerado um "produto".

Trabalhadores da Funai, organizados em torno da entidade Indigenistas Associados (INA), questionaram formalmente o órgão na sexta-feira. Ofício encaminhado à presidência da instituição relata "preocupação" dos servidores com a descentralização de "expressivos R$ 45 milhões de seu orçamento para outra instituição em detrimento das necessidades das Coordenação Regionais, Coordenações Técnicas Locais e Frentes de Proteção Etnoambiental da própria Funai".

Sobre o conteúdo do termo, a entidade aponta que chama atenção "aspectos de questionável pertinência técnica, cabendo a observação de que a celebração do instrumento, ao contrário do preceituado pela Procuradoria-Geral Federal, não se fez preceder por análise técnica de nenhuma setor deste órgão indigenista". O ofício é assinado por Andrea Bittencourt Prado, presidente da INA.

A Funai não retornou o contato do GLOBO. A UFF afirmou, em nota, que o projeto contratado é "de longo prazo, para fortalecimento institucional deste órgão visando à sua modernização". Afirmou que "são adotados eixos estratégicos de ação que implicam o concurso de diferentes áreas de conhecimento dentro da Universidade". O órgão acrescentou: "Em linha gerais, estes eixos dizem respeito a desenvolvimento funcional e humano, gestão de informações, e desenvolvimento tecnológico voltado à atuação do órgão, áreas nas quais a UFF possui expertise comprovada".

Share this post


Link to post
Share on other sites

Em vídeo que circulou nesta quarta-feira (2), em redes sociais, a ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, afirmou que o Brasil está em "nova era" em que "menino veste azul e menina veste rosa".

 

15_31.jpg

Share this post


Link to post
Share on other sites
27 minutos atrás, burn disse:

Em vídeo que circulou nesta quarta-feira (2), em redes sociais, a ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, afirmou que o Brasil está em "nova era" em que "menino veste azul e menina veste rosa".

Então essa deve ser traveco:

espirito+santo.jpg

:oic_face:

Share this post


Link to post
Share on other sites

O ministro da Justiça e da Segurança Pública, Sérgio Moro, autorizou o uso da Força Nacional, por 30 dias, para atuar na onda de violência no estado do Ceará.

Nesta quinta-feira (3), o estado registrou motim na Casa de Privação Provisória de Liberdade, em Fortaleza, e ataques a ônibus. No mesmo dia, o ministro determinou à Polícia Federal, à Polícia Rodoviária Federal e ao Departamento Penitenciário Nacional (Depen) que tomem as "providências necessárias" de apoio ao estado.

De acordo com a portaria, para autorizar a medida, Moro considerou os epsódios de violência no estado nos últimos dias e as dificuldades das forças estaduais de atenderem sozinhas à ação do crime organizado.

15_01.jpg

Share this post


Link to post
Share on other sites
49 minutos atrás, burn disse:

O ministro da Justiça e da Segurança Pública, Sérgio Moro, autorizou o uso da Força Nacional, por 30 dias, para atuar na onda de violência no estado do Ceará.

Nesta quinta-feira (3), o estado registrou motim na Casa de Privação Provisória de Liberdade, em Fortaleza, e ataques a ônibus. No mesmo dia, o ministro determinou à Polícia Federal, à Polícia Rodoviária Federal e ao Departamento Penitenciário Nacional (Depen) que tomem as "providências necessárias" de apoio ao estado.

De acordo com a portaria, para autorizar a medida, Moro considerou os epsódios de violência no estado nos últimos dias e as dificuldades das forças estaduais de atenderem sozinhas à ação do crime organizado.

15_01.jpg

Governador do PT que foi reeleito no Ceará. É de se esperar que o estado esteja entregue a bandidagem.

Share this post


Link to post
Share on other sites

norte/nordeste é complicado

talvez nunca deixe de ser

Edited by burn

Share this post


Link to post
Share on other sites

pensei que os grippen ng iriam demorar pra aparecer mas tem um ali ja

delicia cremosa demais

so meter uns no toba do maduro depois da reforma da previdencia :lula:

Edited by burn

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, burn disse:

norte/nordeste é complicado

talvez nunca deixe de ser

Mais do que desejar, esse governo PRECISA ser o primeiro passo pra concretizar isso. É muita gente sofrendo pelas amarras da ignorância que impõe o coronelismo/cabresto quando poderiam ter uma vida digna alçada por méritos próprios.

Edited by Snayperskaya

Share this post


Link to post
Share on other sites

sim mas isso so se conserta com educacao e nao vai ser nessa geracao que o povo de la vai mudar

Share this post


Link to post
Share on other sites

Lembrando que ninguém vai para a escola sem antes ter onde cagar/dormir/comer.

O buraco no Nordeste é bem mais embaixo, precisa de uma ação em várias áreas ao mesmo tempo para se ter um mínimo de chance de evoluir, no sertão a galera bebe água barrenta para sobreviver.

Triste

Share this post


Link to post
Share on other sites

A questão da água já teoricamente vai ser resolvida nesse governo com tecnologia de dessalinização israelense

Share this post


Link to post
Share on other sites

E mesmo se os custos dos dessalinizadores forem muito elevados pra trazer pro interior, basta fazer o levantamento dos lençóis e criar poços para extração da água, mas de forma coordenada e sem desperdício.

 

Lembro de poços que foram escavados há tempos atrás que não tinham qualquer controle: a água ficava jorrando e sendo desperdiçada dia após dia.

 

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em 04/01/2019 at 10:29 PM, burn disse:

A questão da água já teoricamente vai ser resolvida nesse governo com tecnologia de dessalinização israelense

 

Em 04/01/2019 at 11:02 PM, Snayperskaya disse:

E mesmo se os custos dos dessalinizadores forem muito elevados pra trazer pro interior, basta fazer o levantamento dos lençóis e criar poços para extração da água, mas de forma coordenada e sem desperdício.

 

Lembro de poços que foram escavados há tempos atrás que não tinham qualquer controle: a água ficava jorrando e sendo desperdiçada dia após dia.

 

 

 

Não subestimem a necessidade de uma distribuição eficiente pq lá no sertão a parada é sinistrona. Tem de ser uma ação conjunta atacando vários problemas ao mesmo tempo.

Share this post


Link to post
Share on other sites

O problema tem correção vergonhosamente simples

Vc que foi condicionado a pensar que é insolúvel. Todos do norte nordeste pensam assim

É patético na verdade que isso não tenha sido resolvido ainda já que existem inúmeros lençóis subterrâneos

O problema foram os políticos da região que consideravam aumento do número de miseráveis e em situação deplorável, matéria prima de campanha

Em uma realidade justa seria pena de morte para todos que pensavam e contribuiram para que a situação chegasse nesse ponto

Edited by burn

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now


×