Jump to content

Tópico Oficial da Política - ANO 9 - O STF acabou com o país [+o crime compensa]


Maedhros
 Share

Recommended Posts

Olá,

Vem aí a 2o via (para substituir boi sonaro):

https://www.diariodocentrodomundo.com.br/moro-ciro-pesquisa/

Moro deixa Ciro para trás e se aproxima de Bolsonaro, diz pesquisa

Publicado por
 Pedro Zambarda de Araujo
 -
 19 de novembro de 2021
Veja Moro e Ciro Sergio Moro e Ciro Gomes. Foto: Wikimedia Commons
 

Sergio Moro mal se lançou e já está na frente de Ciro Gomes. O ex-juiz deixou para trás o pré-candidato do PDT. Essa informação é da pesquisa Ponteio Política, que saiu agora.

LEIA MAIS:

1 – Exclusivo: Lava Jato tinha “delação financiada” que procuradores consideravam “calcanhar de Aquiles”

 

2 – Exclusivo: Lula recebe o Prêmio Coragem Política em Paris

3 – Exclusivo: Crianças são expostas em live de conteúdo adulto no TikTok e um dos perfis segue no ar

Moro na frente de Ciro

Moro já aparece com dois dígitos na pesquisa estimulada. Tem 11%.

 

Ciro está com 8%.

Na espontânea, os dois estão empatados em 3%

Brancos, nulos e indecisos estão com 14% na espontânea.

 

E são 10% na estimulada.

Não sabem é 23% na espontânea, enquanto é 5% na pesquisa estimulada.

Levantamento foi feito com mil entrevistados em todo o país entre os dias 16 e 18 de novembro.

A pesquisa tem margem de erro de 3 pontos percentuais.

 
Participe de nosso grupo no WhatsApp clicando neste link

Entre em nosso canal no Telegram, clique neste link 

Veja a pesquisa Pesquisa Ponteio Política. Foto: Divulgação

Como está Lula?

O favoritismo de Luiz Inácio Lula da Silva, ex-presidente, na corrida presidencial de 2022 surge no levantamento. Ele aparece na frente na pesquisa espontânea e na estimulada.

Lula aparece na liderança, com 37%; Jair Bolsonaro vem na sequência, com 24%; e Ciro Gomes tem 8%. Essa é a pesquisa estimulada.

 

Na espontânea, Lula tem 30% e Bolsonaro está com 23%.

Link to comment
Share on other sites

Sara Winter diz que Heleno mandou mirar o STF e Bolsonaro listou alvos

Não tem mais como defender Bolsonaro. Mas se ele pedir para os bolsonaristas comerem merda, as pessoas vão comer”, diz Sara Winter, que planeja morar no México por "medo do governo"

my-post-29.jpg.webp

Sara "Winter" Geromini com Jair Bolsonaro, na época dos protestos contra o STF e depois que foi abandonada pelo clã presidencial (Montagem)

Mais uma arrependida da horda bolsonarista, Sara “Winter” Geromini, que foi presa após liderar o chamado “acampamento dos 300”, afirmou que a milícia virtual bolsonarista que deixou as redes para se instalar na Praça dos Três Poderes em Brasília obedecia ordens diretas de Jair Bolsonaro (Sem partido) e recebeu do ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), Augusto Heleno, a missão de mirar o Supremo Tribunal Federal (STF).

Ele pediu para deixar de bater na imprensa e no Maia e redirecionar todos os esforços contra o STF”, disse em entrevista direto do brechó da mãe em São Carlos, no interior de São Paulo, a Eudes Lima, da revista Istoé.

Segundo Geromini, que se colocava como uma das principais guerrilheiras do governo, seu parceiro na liderança do acampamento, o blogueiro Oswaldo Eustáquio, recebeu de Bolsonaro a lista de desafetos que deveriam “investigar e subir o tom”. Ela, no entanto, não revelou os nomes à reportagem.

Ela ainda apontou Carlos e Eduardo Bolsonaro como “cães de guarda” do pai e sinalizou que o “fio da meada” para encontrar o elo entre o clã Bolsonaro e as milícias reais, do Rio de Janeiro, passa pela Assembleia Legislativa fluminense

Medo do governo e “comer merda”

Arrependida do apoio ferrenho o governo, Geromini diz que não tem mais como defender Bolsonaro. “Não tem mais como defender Bolsonaro. Mas se ele pedir para os bolsonaristas comerem merda, as pessoas vão comer”.

A ex-bolsonarista afirmou ainda que “rachadinhas e milícias são assuntos proibidos” entre os apoiadores do presidente, que tem medo do que pode acontecer e planeja viver com o filho no México.

Tenho medo do governo. Em janeiro eu anunciei que eu ia contar tudo que eu sabia sobre o bolsonarismo. O Planalto surtou e fez uma reunião ministerial. A Damares foi chamada. Eu não sabia o que eles tinham tanto medo do que eu possa tornar público”.

Link to comment
Share on other sites

Em 17/11/2021 at 10:27, rcaropreso disse:

Olá,

A polarização no Brasil parece que faz parte do show. AS pessoas se sentem obrigadas a defender um lado ou outro.

 

Eu gostaria de ver o Lula e o Bolsonaro tendo um AVC cada um e saindo fora das eleições. Eu não vou defender nenhum desses dois filhos da puta.

 

Cara, e ainda tem quem defenda que essa polarização brasileira é saudável, que o povo está mais atento à política.

O caralho, essa polarização é uma burrice sem fim e só serve pra afundar ainda mais o país enquanto criam mais maneiras de nos roubar.

A distração do povo com grupos de whatsapp e facebook lutando contra Bolsonaro ou Lula ultrapassou os que antes era futebol e carnaval.

Eu também torço para uma eleição com esses dois otários fora da jogada, talvez só em 2026... Mas sou parte de uma minoria insignificante. Como eu queria um Death Note... :lol: 

  • Upvote 1
Link to comment
Share on other sites

Em 17/11/2021 at 10:27, rcaropreso disse:

Olá,

A polarização no Brasil parece que faz parte do show. AS pessoas se sentem obrigadas a defender um lado ou outro.

 

Eu gostaria de ver o Lula e o Bolsonaro tendo um AVC cada um e saindo fora das eleições.

Podem fechar o tópico! 😆

 

Link to comment
Share on other sites

Europeus torcem para que Bolsonaro saia logo do poder e Lula retorne

'Os europeus não conhecem muito o Brasil, mas todos odeiam Bolsonaro', diz o texto

E-YkUmwXsAMzPlw?format=jpg&name=small

A jornalista Rosana Hessel escreveu um texto no Blog do Vicente, do Correio Braziliense, dizendo que o presidente do Brasil, Jair Bolsonaro (sem partido) 'virou inimigo público número um na Europa, onde a torcida para a derrota dele nas urnas em 2022 é crescente. Na Noruega, por exemplo, o ex-capitão é odiado, de acordo com brasileiros que moram no país europeu que tinha um fundo bilionário para o desenvolvimento da Amazônia.'

"A imagem do chefe do Executivo nunca foi boa entre os europeus, mas o escândalo internacional da omissão dos dados de aumento de quase 22% no desmatamento da Amazônia, que não foram divulgados na Conferência das Nações Unidas para o Clima em Glasgow, na Escócia, a COP26, pelo ministro do Meio Ambiente, Joaquim Leite, apesar de os números estarem consolidados antes do evento. Conforme dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), divulgados apenas ontem (18/11), a taxa de desmatamento na Amazônia Legal atingiu, em 2021, o nível mais alto em 15 anos, de 13.235 km², o que significa um salto de 21,97% em relação aos registros anteriores. A omissão dos dados durante a COP26 por Leite teve repercussão negativa na imprensa estrangeira", diz ainda o texto.

 
Ainda conforme Rosana, 'os europeus não conhecem muito o Brasil, mas todos odeiam Bolsonaro. O que dá para perceber é que os países da União Europeia só estão esperando ele sair para retomarem as negociações do acordo de livre comércio com o Mercosul", contou um economista brasileiro baseado no Velho Continente.'
Para ler o texto completo, clique aqui.
 

Lula nos EUA é pesadelo diplomático que assombra o Planalto

E se uma viagem do petista ao país repetir o êxito de seu périplo europeu?

bolso.jpeg

Depois que Bolsonaro foi aos emirados árabes para andar de motocicleta enquanto Lula era recebido como um chefe de Estado na Europa, um pesadelo diplomático assombra o Planalto. É a possibilidade de ele ir aos Estados Unidos no ano que vem.

Se Lula se encontrar com metade das vítimas das caneladas do bolsonarismo, repetirá o êxito do périplo europeu.

Link to comment
Share on other sites

On 11/20/2021 at 4:35 PM, Peidãø Neck said:

Sara Winter diz que Heleno mandou mirar o STF e Bolsonaro listou alvos

Não tem mais como defender Bolsonaro. Mas se ele pedir para os bolsonaristas comerem merda, as pessoas vão comer”, diz Sara Winter, que planeja morar no México por "medo do governo"

my-post-29.jpg.webp

Sara "Winter" Geromini com Jair Bolsonaro, na época dos protestos contra o STF e depois que foi abandonada pelo clã presidencial (Montagem)

Mais uma arrependida da horda bolsonarista, Sara “Winter” Geromini, que foi presa após liderar o chamado “acampamento dos 300”, afirmou que a milícia virtual bolsonarista que deixou as redes para se instalar na Praça dos Três Poderes em Brasília obedecia ordens diretas de Jair Bolsonaro (Sem partido) e recebeu do ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), Augusto Heleno, a missão de mirar o Supremo Tribunal Federal (STF).

Ele pediu para deixar de bater na imprensa e no Maia e redirecionar todos os esforços contra o STF”, disse em entrevista direto do brechó da mãe em São Carlos, no interior de São Paulo, a Eudes Lima, da revista Istoé.

Segundo Geromini, que se colocava como uma das principais guerrilheiras do governo, seu parceiro na liderança do acampamento, o blogueiro Oswaldo Eustáquio, recebeu de Bolsonaro a lista de desafetos que deveriam “investigar e subir o tom”. Ela, no entanto, não revelou os nomes à reportagem.

Ela ainda apontou Carlos e Eduardo Bolsonaro como “cães de guarda” do pai e sinalizou que o “fio da meada” para encontrar o elo entre o clã Bolsonaro e as milícias reais, do Rio de Janeiro, passa pela Assembleia Legislativa fluminense

Medo do governo e “comer merda”

Arrependida do apoio ferrenho o governo, Geromini diz que não tem mais como defender Bolsonaro. “Não tem mais como defender Bolsonaro. Mas se ele pedir para os bolsonaristas comerem merda, as pessoas vão comer”.

A ex-bolsonarista afirmou ainda que “rachadinhas e milícias são assuntos proibidos” entre os apoiadores do presidente, que tem medo do que pode acontecer e planeja viver com o filho no México.

Tenho medo do governo. Em janeiro eu anunciei que eu ia contar tudo que eu sabia sobre o bolsonarismo. O Planalto surtou e fez uma reunião ministerial. A Damares foi chamada. Eu não sabia o que eles tinham tanto medo do que eu possa tornar público”.

É interessante fazer uma ponte do que ela disse com essa notícia: https://www.causaoperaria.org.br/especial/escandalo-boulos-warde/#

Pra resumir: o ex-candidato do PSOL, Guilherme Boulos, trabalha para um instituto diretamente ligado à CIA, e cujos diretores são o chefe da PF durante a Lava Jato, Raul Jungmann, ex-ministro da defesa no governo Temer e Sérgio Etchegoyen, o antecessor do Helenão no GSI.

O sr Boulos despontou com o movimento "não vai ter Copa" em 2013, defendeu a queda da Dilma e logo depois passou a fazer cosplay de Lula identitário. Recentemente, no começo do ano passado, quando as torcidas organizadas iam expulsar os bolsonaristas da Avenida Paulista na porrada (e criar uma crise que enfraqueceria muito o Bolsonaro), o Boulos interviu pra confundir o pessoal, levar a manifestação pra longe e enterrar qualquer manifestação grande por UM ANO.

Somando tudo, é de se suspeitar se ele não age seguindo ordens da Abin.

O que só reforça o que eu venho falando: Lula está com praticamente todo mundo unido CONTRA ele. Vai ser bem difícil que ele se eleja, porque até dentro do partido dele tem muita gente querendo sabotá-lo. A conspiração pra reeleger o Bolsonaro, ou alguém pior que ele, é muito, muito, muito extensa.

Edit: só um adendo. No Chile houve uma verdadeira insurreição popular mas a esquerda deles, tipo PSOL, enrolou tanto o pessoal que quem provavelmente vai ganhar a eleição é um cara de extrema-direita. Só mostra o que pode acontecer aqui.

Edited by Zappato
  • Upvote 1
Link to comment
Share on other sites

6 horas atrás, Zappato disse:

É interessante fazer uma ponte do que ela disse com essa notícia: https://www.causaoperaria.org.br/especial/escandalo-boulos-warde/#

Pra resumir: o ex-candidato do PSOL, Guilherme Boulos, trabalha para um instituto diretamente ligado à CIA, e cujos diretores são o chefe da PF durante a Lava Jato, Raul Jungmann, ex-ministro da defesa no governo Temer e Sérgio Etchegoyen, o antecessor do Helenão no GSI.

O sr Boulos despontou com o movimento "não vai ter Copa" em 2013, defendeu a queda da Dilma e logo depois passou a fazer cosplay de Lula identitário. Recentemente, no começo do ano passado, quando as torcidas organizadas iam expulsar os bolsonaristas da Avenida Paulista na porrada (e criar uma crise que enfraqueceria muito o Bolsonaro), o Boulos interviu pra confundir o pessoal, levar a manifestação pra longe e enterrar qualquer manifestação grande por UM ANO.

Somando tudo, é de se suspeitar se ele não age seguindo ordens da Abin.

O que só reforça o que eu venho falando: Lula está com praticamente todo mundo unido CONTRA ele. Vai ser bem difícil que ele se eleja, porque até dentro do partido dele tem muita gente querendo sabotá-lo. A conspiração pra reeleger o Bolsonaro, ou alguém pior que ele, é muito, muito, muito extensa.

Edit: só um adendo. No Chile houve uma verdadeira insurreição popular mas a esquerda deles, tipo PSOL, enrolou tanto o pessoal que quem provavelmente vai ganhar a eleição é um cara de extrema-direita. Só mostra o que pode acontecer aqui.

Olá,

Complete o quadro conspiratório com mais alguns enfeites:

Se  o "mito" puder indicar mais 2 ministros, totalizando 4 ministros do STF, ele vai ganhar bastante força dentro do Supremo em relação a decisões que podem afetar a eleição de 2022.

 

https://www.diariodocentrodomundo.com.br/deputados-bolsonaristas-stf-pec-bengala/

 

Deputados bolsonaristas estão empenhados em aprovar a PEC da Bengala e fazer com que Rosa Weber e Ricardo Lewandowski se aposentem. O objetivo dos parlamentares que apoiam Bolsonaro é se vingar da Suprema Corte. Isto porque os magistrados suspenderam o Orçamento Secreto.

Conforme apurou o DCM, os bolsonaristas sabiam que a proposta passaria na CCJ, presidida por Bia Kicis. Agora a articulação será para aprovar o texto no plenário da Câmara. “Vamos enquadrar o STF, mas nas quatro linhas da Constituição”, ironizou um aliado do presidente da República.

A PEC da Bengala é um projeto antigo dos apoiadores mais radicais do presidente. Eles nunca conseguiram levar adiante, porque os ministros tinham boa relação com o Centrão. Só que a suspensão do Orçamento Secreto fez com que Arthur Lira e seus aliados se irritassem. Agora tudo leva a crer que a proposta será aprovada na Câmara.

 

 

 

Link to comment
Share on other sites

FAO: auxílio emergencial não estanca fome e crise atinge 24% da população

16329448496154c2d13dc47_1632944849_3x2_r

De cada 4 brasileiros, um passa fome.

A fome volta a ser uma realidade para milhões de pessoas no Brasil, país que se gaba de dizer que “alimenta o mundo”.

Resumo da notícia

  • Dados da agência indicam que fome moderada passou de 17% em 2019 para 24% dos brasileiros em apenas um ano; IBGE fala em 35%.
  • Segundo a FAO, fome severa saltou de 2,5% em 2019 para 8% em 2020.
  • Agência sugere mapeamento da crise no Brasil e alerta que taxas mundiais de fome apenas volltarão aos níveis de 2019 em 2030

A fome no Brasil aumentou de forma exponencial em 2020 e os programas de auxílio emergencial criados pelo governo foram incapazes de lidar com o fenômeno. O alerta é de Maximo Torero, economista-chefe da FAO, que insiste que o governo brasileiro precisa, de maneira urgente, trabalhar para mapear os bolsões da fome no país e, assim, conseguir dar uma resposta à crise.

Os dados, segundo ele, indicam um cenário dramático. Em 2019, menos de 2,5% da população brasileira vivia numa situação de fome severa. Ao final de 2020, a taxa era de 8%. "Uma enorme mudança", disse o economista.

Quanto aos dados sobre fome moderada, a taxa chega a 24% da população em 2020, contra 16% em 2019 e apenas 11% em 2014. "É um enorme salto", insistiu Torero, apontando que nessa classificação está incluída a desnutrição. Os dados do IBGE, porém, são ainda mais alarmantes, passando de 27% para 35% em 2020.

Os dados recolocam o Brasil e toda a região latino-americana de volta ao radar da fome no mundo. "Foi um ano muito ruim, pela forma que lidaram com a pandemia", afirmou.

Outro dado destacado pela FAO aponta que, em 2018, 14% da população brasileira já não tinha acesso a uma alimentação saudável, o equivalente a 29 milhões de pessoas.

A realidade contrasta com a posição que o Brasil declara ter no mundo de ser responsável pela alimentação de 1 bilhão de pessoas pelo planeta, graças às exportações. Mas, para Torero, a desigualdade é o que marca a incapacidade de o país garantir alimentos a seus próprios cidadãos.

Um dos principais representantes da FAO no mundo espera que uma recuperação comece a ser vista em 2022 e que países como o Brasil registrem alguma queda nos índices de fome. Mas ele alerta que a volta aos números pré-pandemia só ocorrerá em uma década.

"Nossa projeção é de recuperação completa apenas a partir de 2030, tanto no mundo como na América Latina", disse.

Mesmo com a projeção de uma leve recuperação em 2022, um dos grandes desafios é a pressão da inflação. Se parte do aumento tem relação com a compra de commodities pela China, Torero destaca que a seca no Brasil, Rússia e EUA também afeta o trigo. O maior obstáculo, porém, vem dos preços de energia. "Isso é de grande preocupação".

Auxílio emergencial

Torero estima que não foi apenas o Brasil que sofreu na pandemia. Diante de uma taxa de informalidade de 50%, a América Latina também registrou uma alta enorme em casos de fome, incluindo no Peru, Argentina e outros países.

"A consequência do confinamento foi a perda de renda, principalmente na economia informal. Na economia formal, há certa proteção. Mas os informais não têm acesso a isso e foram deixados sem apoio", disse.

Em alguns casos, como no Peru, confinamentos de um ano acabaram agravando a crise social, diante da ausência da ajuda do estado.

Para Torero, existiam "várias opções" para se evitar tal crise. "Em primeiro lugar, alguns dos confinamentos foram desnecessariamente longos, já que não existiam medidas adequadas, como a testagem", disse.

Segundo ele, algumas das medidas de lockdown poderiam ter sido suavizadas se existissem medidas sanitárias coerentes para lidar com o vírus. Isso, porém, não foi implementado e o confinamento não surtiu o efeito que se esperava.

Outro problema foi a falta de dados sobre onde estava a fome na região, inclusive no Brasil. "Pensaram que a fome estava no mesmo grupo de pessoas que estava recebendo a ajuda em programas sociais. Parte importante do aumento da fome ocorreu em novos hotspots de fome, que estavam relacionados com trabalhadores informais", disse.

Para o chefe da FAO, o Brasil conseguiu evitar um aumento da pobreza, com a distribuição do auxílio emergencial. Mas, segundo ele, não estavam nesses beneficiários dos pacotes os riscos de fome.

Com a meta de superar essa crise, Torero espera agora que o governo brasileiro mergulhe em um trabalho para mapear onde a fome está. A partir dessa avaliação, sua proposta é de que programas focados nesses grupos sejam criados para começar a lidar com a crise.

Edited by Peidãø Neck
Link to comment
Share on other sites

Em 23/11/2021 at 18:34, Zappato disse:

É interessante fazer uma ponte do que ela disse com essa notícia: https://www.causaoperaria.org.br/especial/escandalo-boulos-warde/#

Pra resumir: o ex-candidato do PSOL, Guilherme Boulos, trabalha para um instituto diretamente ligado à CIA, e cujos diretores são o chefe da PF durante a Lava Jato, Raul Jungmann, ex-ministro da defesa no governo Temer e Sérgio Etchegoyen, o antecessor do Helenão no GSI.

O sr Boulos despontou com o movimento "não vai ter Copa" em 2013, defendeu a queda da Dilma e logo depois passou a fazer cosplay de Lula identitário. Recentemente, no começo do ano passado, quando as torcidas organizadas iam expulsar os bolsonaristas da Avenida Paulista na porrada (e criar uma crise que enfraqueceria muito o Bolsonaro), o Boulos interviu pra confundir o pessoal, levar a manifestação pra longe e enterrar qualquer manifestação grande por UM ANO.

Somando tudo, é de se suspeitar se ele não age seguindo ordens da Abin.

O que só reforça o que eu venho falando: Lula está com praticamente todo mundo unido CONTRA ele. Vai ser bem difícil que ele se eleja, porque até dentro do partido dele tem muita gente querendo sabotá-lo. A conspiração pra reeleger o Bolsonaro, ou alguém pior que ele, é muito, muito, muito extensa.

Edit: só um adendo. No Chile houve uma verdadeira insurreição popular mas a esquerda deles, tipo PSOL, enrolou tanto o pessoal que quem provavelmente vai ganhar a eleição é um cara de extrema-direita. Só mostra o que pode acontecer aqui.

Tu sabe que EXISTE A MESMA TEORIA do Lula ser uma criação da ditadura ?
É uma pena que não tenho mais acesso onde essa teoria que rondava época que o Brizola era vivo.
Mas indiferente disso, achar que o Lula é única opção, mostra como estamos condenados.

Link to comment
Share on other sites

2 hours ago, DHX said:

Tu sabe que EXISTE A MESMA TEORIA do Lula ser uma criação da ditadura ?
É uma pena que não tenho mais acesso onde essa teoria que rondava época que o Brizola era vivo.
Mas indiferente disso, achar que o Lula é única opção, mostra como estamos condenados.

Cara, pra você ter se doído dessa forma parece que você tem alguma ligação com o PSOL.

Tenho dois pontos:

1 - Não me parece que você tem consciência da gravidade do momento atual. O PSOL e partidos menores da "ex-querda" estão cometendo o mesmo erro que a esquerda italiana, alemã, espanhola fizeram que permitiu o avanço total do fascismo no século passado: defender uma aliança com a direita - a tal "frente ampla" - supostamente "contra o fascismo".

Essa política é desastrosa porque a direita nunca é contra o fascismo. Sempre se aliaram com os fascistas.

Aqui os militares tomaram conta de todo o aparato estatal e estão prontos para intervir, se necessário, para conter as inevitáveis convulsões sociais que estão se desenvolvendo com o aprofundamento da crise econômica.

2 - Isso não é "teoria". São FATOS: Guilherme Boulos trabalha, de maneira remunerada, para um instituto cujos diretores são Etchegoyen, Jungmann e Daiello (que chefiou a PF durante a Lava Jato). Esse instituto tem um convênio com outro instituto, o Global Americans, financiado pelo NED, que é um braço pós-moderno da CIA.

Mas é fato que Lula é uma criação da ditadura. Ou melhor, das condições que a ditadura criou. O Lula era um cara meio conservador, ligado ao PMDB, mas as circunstâncias foram obrigando ele a, ao invés de bater de frente com os trabalhadores revoltados que queriam destruir a ditadura, liderar esse movimento.

Foram as greves do ABC que acabaram com a ditadura. A ditadura proibia greves e os trabalhadores, sob a liderança do Lula, passaram por cima, e os militares não podiam fazer NADA.

Ou seja, foi Lula quem derrubou a ditadura militar. Pra você ver o quanto os militares amam tanto o Lula: o prenderam duas vezes e perseguiram sua família...

Imagina se ele não fosse "criação da ditadura", né.

Link to comment
Share on other sites

11 horas atrás, Zappato disse:

Cara, pra você ter se doído dessa forma parece que você tem alguma ligação com o PSOL.

Tenho dois pontos:

1 - Não me parece que você tem consciência da gravidade do momento atual. O PSOL e partidos menores da "ex-querda" estão cometendo o mesmo erro que a esquerda italiana, alemã, espanhola fizeram que permitiu o avanço total do fascismo no século passado: defender uma aliança com a direita - a tal "frente ampla" - supostamente "contra o fascismo".

Essa política é desastrosa porque a direita nunca é contra o fascismo. Sempre se aliaram com os fascistas.

Aqui os militares tomaram conta de todo o aparato estatal e estão prontos para intervir, se necessário, para conter as inevitáveis convulsões sociais que estão se desenvolvendo com o aprofundamento da crise econômica.

2 - Isso não é "teoria". São FATOS: Guilherme Boulos trabalha, de maneira remunerada, para um instituto cujos diretores são Etchegoyen, Jungmann e Daiello (que chefiou a PF durante a Lava Jato). Esse instituto tem um convênio com outro instituto, o Global Americans, financiado pelo NED, que é um braço pós-moderno da CIA.

Mas é fato que Lula é uma criação da ditadura. Ou melhor, das condições que a ditadura criou. O Lula era um cara meio conservador, ligado ao PMDB, mas as circunstâncias foram obrigando ele a, ao invés de bater de frente com os trabalhadores revoltados que queriam destruir a ditadura, liderar esse movimento.

Foram as greves do ABC que acabaram com a ditadura. A ditadura proibia greves e os trabalhadores, sob a liderança do Lula, passaram por cima, e os militares não podiam fazer NADA.

Ou seja, foi Lula quem derrubou a ditadura militar. Pra você ver o quanto os militares amam tanto o Lula: o prenderam duas vezes e perseguiram sua família...

Imagina se ele não fosse "criação da ditadura", né.

Esse cara, que é historiador postou isso a muito tempo atrás, uns 10 anos pelo menos... tanto que blog dele já nem existe mais.
Ele era Brizolista.
Mas zapato, nunca te esquece que ditadura não fez nada com Lula, tanto que homem ta ai vivo... e que para ganhar ele se uniu com PL... 

Link to comment
Share on other sites

3 hours ago, DHX said:

Esse cara, que é historiador postou isso a muito tempo atrás, uns 10 anos pelo menos... tanto que blog dele já nem existe mais.
Ele era Brizolista.
Mas zapato, nunca te esquece que ditadura não fez nada com Lula, tanto que homem ta ai vivo... e que para ganhar ele se uniu com PL... 

...e mesmo assim nunca trabalhou para um instituto cujo diretor vem de uma longa linhagem de torturadores.

Seu antipetismo está te deixando cego para uma ameaça muito maior... Veja, o Lula pode ter se unido com o PL em 2002, mas e o PSOL que está unido hoje com Ciro Gomes, o PSDB e a CIA?

E é foda... Quando o Brizolla era vivo ele era o "maluco" que de vez em quando aparecia na TV nos spots do PDT. Estava completamente isolado. Foi só morrer para um bando de filhos da puta oportunistas quererem usurpar seu nome e seu partido. Agora chega ao ponto de um cara que iniciou sua vida política no partido da ditadura militar usar o nome dele.  Se disfarça de "nacional desenvolvimentista" mas apoiou a privatização da água pelo congresso.

Mas não, impuro e imoral é o Lula. O fato de não ter sido assassinado pela ditadura é prova que ele era um agente infiltrado dela. Puta que o pariu.

Link to comment
Share on other sites

2 horas atrás, Zappato disse:

...e mesmo assim nunca trabalhou para um instituto cujo diretor vem de uma longa linhagem de torturadores.

Seu antipetismo está te deixando cego para uma ameaça muito maior... Veja, o Lula pode ter se unido com o PL em 2002, mas e o PSOL que está unido hoje com Ciro Gomes, o PSDB e a CIA?

E é foda... Quando o Brizolla era vivo ele era o "maluco" que de vez em quando aparecia na TV nos spots do PDT. Estava completamente isolado. Foi só morrer para um bando de filhos da puta oportunistas quererem usurpar seu nome e seu partido. Agora chega ao ponto de um cara que iniciou sua vida política no partido da ditadura militar usar o nome dele.  Se disfarça de "nacional desenvolvimentista" mas apoiou a privatização da água pelo congresso.

Mas não, impuro e imoral é o Lula. O fato de não ter sido assassinado pela ditadura é prova que ele era um agente infiltrado dela. Puta que o pariu.

Olá,

Eu odeio o Lula... filho da puta.

 

Dito isso: infelizmente, no restante concordo com você. Boi sonaro e moro são piores que ele, nao somente pelas "pessoas que são" e sim pelo que estão "carregando nas costas" junto com eles.

 

Edited by rcaropreso
Link to comment
Share on other sites

5 horas atrás, rcaropreso disse:

Olá,

Eu odeio o Lula... filho da puta.

 

Dito isso: infelizmente, no restante concordo com você. Boi sonaro e moro são piores que ele, nao somente pelas "pessoas que são" e sim pelo que estão "carregando nas costas" junto com eles.

 

a globo e a cnn estão com a piriquita piscando iguala égua no cio ao promover o marreco...

alias a emissora dos marino pagou 200 k para uma fonoaudióloga consagrada da casa consertar a voz do marreco...

o bial molhando calcinha na entrevista com o ex-juiz...

aiaiai...

a15set14f.jpg?w=298&h=429

aecio.jpg

D_NQ_NP_699467-MLB31799985160_082019-O.w

 

 

 

 

Link to comment
Share on other sites

1 hora atrás, sonda 2 disse:

a globo e a cnn estão com a piriquita piscando iguala égua no cio ao promover o marreco...

alias a emissora dos marino pagou 200 k para uma fonoaudióloga consagrada da casa consertar a voz do marreco...

o bial molhando calcinha na entrevista com o ex-juiz...

aiaiai...

a15set14f.jpg?w=298&h=429

aecio.jpg

D_NQ_NP_699467-MLB31799985160_082019-O.w

 

 

 

 

Olá,

"alias a emissora dos marino pagou 200 k para uma fonoaudióloga consagrada da casa consertar a voz do marreco..."

 

Vamos ver se ele aprendeu finalmente a falar "Cônjuge".

 

 

Link to comment
Share on other sites

OLÁ,

 

UAU, LIBERDADE DE OPINIAO:

 

"Um xingamento ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido) nesse sábado (27/11) trouxe dor de cabeça a uma mulher de 40 anos em Resende, na Região Sul Fluminense. Isso porque após ter proferido palavras de baixo calão a Bolsonaro, ela foi abordada e conduzida para a delegacia da Polícia Federal (PF) de Volta Redonda. As informações são do portal "G1"."

  • Upvote 1
Link to comment
Share on other sites

Essa história da mulher supostamente ter chamado Bolsonaro de 'Noivinha do Aristides' parece expor uma fragilidade/insegurança do presidente em relação a sua sexualidade, o que explica muita dessa constante auto-afirmação dele sobre ser imbrochável, homem honrado, patriarca, defensor da família tradicional e bons costumes, etc...

  • Upvote 1
Link to comment
Share on other sites

21 horas atrás, iceman disse:

Essa história da mulher supostamente ter chamado Bolsonaro de 'Noivinha do Aristides' parece expor uma fragilidade/insegurança do presidente em relação a sua sexualidade, o que explica muita dessa constante auto-afirmação dele sobre ser imbrochável, homem honrado, patriarca, defensor da família tradicional e bons costumes, etc...

Olá,

E essa foi a segunda "presa" em duas semanas...

 

Depois foi solta, mas nao importa: nunca tinha visto alguém ser preso por chamar um presidente de qualquer coisa.

Basta ver se no período Temer, Dilma, Lula ou FHC ficavam prendendo alguem por causa disso.

Até aquele adesivo da Dilma no tanque de combustivel andaram usando nos carros... ninguem foi preso.

 

Bota um "Bolsonaro genocida" pra vc ver se chega na esquina com o carro.

 

MAS... as pessoas acham que assim é bom, fazer o que?

 

 

 

 

 

  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

55 minutos atrás, rcaropreso disse:

Olá,

E essa foi a segunda "presa" em duas semanas...

 

Depois foi solta, mas nao importa: nunca tinha visto alguém ser preso por chamar um presidente de qualquer coisa.

Basta ver se no período Temer, Dilma, Lula ou FHC ficavam prendendo alguem por causa disso.

Até aquele adesivo da Dilma no tanque de combustivel andaram usando nos carros... ninguem foi preso.

 

Bota um "Bolsonaro genocida" pra vc ver se chega na esquina com o carro.

 

MAS... as pessoas acham que assim é bom, fazer o que?

 

 

 

 

 

bem observado...  baita exagero...  ao ocupar um cargo desses naturalmente vai ser xingado 

vivemos tempos estranhos  =/   

Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
 Share

×
×
  • Create New...