Jump to content

Tópico dos Carros


Recommended Posts

  • Replies 262
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

Top Posters In This Topic

Popular Posts

Galera, como o seganet está meio morto, tive a ideia de fazer um topico pra outras coisas relacionadas a gueimes Como sempre vejo noticias de carros, pensei em um topico que possa reunir informac

É bem conhecido esse "esquemão", por isso que não entendo pq o brasileiro ainda tem tesão por cheirinho de carro novo, quando ele custa meia casa... Aqui só carro semi-novo, ou até mais antigo me

Esse foi o primeiro Porsche, a origem do conceito e das linhas que existem até hj Fizeram 3, hj só existe essa

Posted Images

24 minutos atrás, PekSGN disse:

eu só lí 1.0 e R$70.990... :bate:

Eu também tinha preconceito com 1.0 turbo.. Mas já li em muitos lugares que ele bate de frente com 1.5.. 1.6.. 

Mas também quero saber a opinião dos users.. Tô para pegar um carro 1.0 turbo e não quero me arrepender.. Rsrsrs

Link to post
Share on other sites

Bacana o tópico, vou mandar uma que estávamos discutindo no zap:

Carros BARATEZA:

____________

Até 5-6 mil, desde que em estado aceitável:

Escort antigo (motor CHT 1.6 ou AP 1.8)
Monzão (carburado ou injeção)
Kadett (playboy de vila acabam com esse carro, cuidado ao comprar)

Dicas gerais: Escortinho CHT é um Corcel 2 um pouco melhor, e mais barato de comprar, manutenção muito em conta e boa economia.

Compra du Rôdí: Corcel 2 em bom estado.

Até 8 ou 10 mil:

Astra (playboy de vila acabam com esse carro, cuidado ao comprar)
Vectra.
Omega 2.0 (suspenção, acabamento e cardan tem que estar em dia, o resto é barato, leve u Rôdí junto pra ver).

Dicas gerais: cuidado com os populares com altíssima quilometragem, vai incomodar TUDO, evite os franceses, a não ser que seja uma proposta realmente boa.

Compra du Rôdi: GM Caravan 2.5 em bom estado.
____________

Link to post
Share on other sites

Até que ficou bonita essa versão Turbo do HB20, mas é fato que geral está reclamando do novo visual. Ainda mais com o novo Onix, creio que o HB20 vai ser muito prejudicado nas vendas. Só não digo que é possível que o preço abaixe, porque isso nunca acontece no nosso mercado de carros.

Link to post
Share on other sites
  • 3 weeks later...

Mercedes utiliza sistema inovador e espanta paddock da F1

000_1P4453-1.jpg

A Mercedes foi o grande destaque dos testes da Fórmula 1 até aqui depois de apresentar ao mundo um sistema inovador, a Direção de Eixo Duplo (DAS), durante o segundo dia dos testes em Barcelona. O chefe técnico da equipe, James Alisson, está confiante de que a FIA vai considerar o sistema legal, depois de terem consultado o órgão por um longo tempo.
 
Apesar da provável legalidade para 2020, a DAS pode se tornar ilegal em 2021 quando novos regulamentos serão introduzidos na F1.
Alisson afirmou que o sistema traz uma “dimensão extra” ao piloto, enquanto esclareceu que a FIA já estava ciente do DAS.
O sistema funciona como uma espécie de alavanca no volante. Lewis Hamilton e Valtteri Bottas foram vistos empurrando/ puxando o volante antes e depois das curvas, alterando o alinhamento das rodas dianteiras, mas não se sabe exatamente onde ajudará os pilotos.

Embora aparentemente seja permitido em 2020, os regulamentos que entrarão na temporada 2021 dizem o contrário, o que significa que não poderá ser usado no próximo ano.
 
A seção 10.5.2 do regulamento estabelece: “O realinhamento das rodas, conforme definido pela posição do acessório interno dos elementos de suspensão relevantes que permanecem a uma distância fixa um do outro, deve ser definido exclusivamente por uma função monotônica da posição de rotação de um único volante. ”

Portanto, o sistema DAS não deve permanecer na F1 por muito tempo, mas é uma grande “carta na manga” para a Mercedes continuar seu domínio no esporte.

DAS causa opiniões mistas no grid da Fórmula 1

Sebastian Vettel foi questionado sobre o novo sistema DAS da Mercedes. “Eu já vi isso e o fato deles usarem isso me faz pensar que é legal. Provavelmente não é tão fácil para o piloto usar quanto parece. Vamos ver. É definitivamente uma inovação para todos”.
Perguntado sobre quanto tempo veremos o novo sistema nos carros da Ferrari, Vettel respondeu. “Não sei se será fácil de copiar.
 
Conversamos sobre isso no almoço e acho que não, parece tão estranho usá-lo. Acho que faz mais sentido para o piloto manter as mãos no volante”, diz Vettel.

Já Helmut Marko, consultor da Red Bull, acredita que o sistema seja ilegal.

“Se você ajustar ativamente a curvatura durante a condução, a superfície de contato dos pneus com o asfalto muda”, explicou Marko.

“A altura do carro com relação a superfície da pista é, portanto, alterada, mesmo que seja apenas uma quantidade muito pequena. É proibido, no entanto, porque o conceito tem semelhanças com algo que já foi proibido, a suspensão ativa”.

A FIA ainda não se pronunciou oficialmente sobre a legalidade, ou não, do novo sistema DAS da Mercedes.

 

 
 
 
 

 

Edited by Dav
Link to post
Share on other sites
Em ‎26‎/‎02‎/‎2020 at 21:02, burn disse:

Eu acho que se tem uma brecha no regulamento, a equipe tem que explorar mesmo e foda-se

Não tem nada que seja contra as regras

Mas parece que ano que vem já vão proibir

foi o que a Brawn GP fez em 2009 acho que foi a grande chance de barrichello ter ganho um titulo mundial

https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Brawn_GP

Mas no ano que vem muda tudo 

mudando de categoria e uma noticia de meados do ano passado:

Volkswagen’s electric racecar breaks 20-year-old Goodwood hill climb record
Nick Heidfeld’s historic run has finally been bested

https://www.theverge.com/2019/7/5/20683330/volkswagen-idr-goodwood-record-heidfeld-video

 

 

 

Link to post
Share on other sites

A título de comentário só (e não em relação a novidades especificamente), mas dentro do assunto de que "carros novos valem uma fortuna", segue um relato pessoal:

No fim do ano, entre o natal e o ano novo, bateram no meu carro estacionado e fugiram. O fd* conseguiu destruir toda a lateral do carro, de uma ponta a outra. Quando vi parecia até coisa pessoal, alguém que tivesse feito de propósito. Mas aí quem viu a cena disse que o cara foi fazer graça com o carro dele (sair cantando pneu, coisa assim) e perdeu o controle, batendo no meu carro que estava estacionado.

Depois de arrumar (ainda bem que tenho seguro e então o prejuízo não foi tão astronômico), meio que perdi o tesão pelo carro e fui na concessionária da VW ver quanto pagavam nele na troca por um novo.

Caras, é absurdo o quanto a própria marca desvaloriza seus carros usados. O valor da FIPE do meu carro é 68 mil reais (ok, eu sei que FIPE não é critério para quase nada a não ser para quando dá perda total), e eles tiveram a cara de pau de me oferecerem 50k no meu carro, na troca por um novo!!!

Sério, dá vontade de ficar com o carro até o dia que ele desmanchar de tanto uso, mas nunca mais dar 1 centavo para essas montadoras e concessionárias que só exploram.

Enfim, só um desabafo da raiva que tenho cada dia mais desse cartel que são as montadoras de autos no Brasil.

Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, setzer disse:

Sério, dá vontade de ficar com o carro até o dia que ele desmanchar de tanto uso, mas nunca mais dar 1 centavo para essas montadoras e concessionárias que só exploram.

Enfim, só um desabafo da raiva que tenho cada dia mais desse cartel que são as montadoras de autos no Brasil.

É o que faço desde que tenho que pagar as despesas dos meus carros...  e mesmo sendo um carro mais recente, a dica é procurar uma oficina de bairro bem indicada, cuidar bem do carro, e ir levando assim mesmo, é menos pior.

Colega do trabalho, está com um Voyage desses mais novos, com o "famoso" cambio automatizado... beirando 90 mil km (a caixa deixou ele na estrada aos 50 mil km). As lojas de usados tem a cara de pau de oferecer METADE da fipe pelo carro, e ele não quer continuar com o carro justamente por causa da caixa automatizada, que, conforme histórico, pode incomodar pela segunda vez a qualquer momento.

  • Like 1
Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, setzer disse:

A título de comentário só (e não em relação a novidades especificamente), mas dentro do assunto de que "carros novos valem uma fortuna", segue um relato pessoal:

No fim do ano, entre o natal e o ano novo, bateram no meu carro estacionado e fugiram. O fd* conseguiu destruir toda a lateral do carro, de uma ponta a outra. Quando vi parecia até coisa pessoal, alguém que tivesse feito de propósito. Mas aí quem viu a cena disse que o cara foi fazer graça com o carro dele (sair cantando pneu, coisa assim) e perdeu o controle, batendo no meu carro que estava estacionado.

Depois de arrumar (ainda bem que tenho seguro e então o prejuízo não foi tão astronômico), meio que perdi o tesão pelo carro e fui na concessionária da VW ver quanto pagavam nele na troca por um novo.

Caras, é absurdo o quanto a própria marca desvaloriza seus carros usados. O valor da FIPE do meu carro é 68 mil reais (ok, eu sei que FIPE não é critério para quase nada a não ser para quando dá perda total), e eles tiveram a cara de pau de me oferecerem 50k no meu carro, na troca por um novo!!!

Sério, dá vontade de ficar com o carro até o dia que ele desmanchar de tanto uso, mas nunca mais dar 1 centavo para essas montadoras e concessionárias que só exploram.

Enfim, só um desabafo da raiva que tenho cada dia mais desse cartel que são as montadoras de autos no Brasil.

É bem conhecido esse "esquemão", por isso que não entendo pq o brasileiro ainda tem tesão por cheirinho de carro novo, quando ele custa meia casa...

Aqui só carro semi-novo, ou até mais antigo mesmo. Até ano passado estava com um Fox Comfortline, 2016, que ficou com a ex. Atualmente estou com um Fiesta 1.6 que tá me servindo lindamente, mecânica perfeita, tem assistência em qualquer buraco, e me custou 18k, com 92k km rodados. É um carro com 11 anos, mas que diferença isso faz? Eu já vi carro quase desmontando sozinho com menos da metade da vida do meu, e custando 2x mais.

Até meus pais, que tem um perfil de consumo bem mais exigente, estão indo em seminovos, esses nunca mais saem do vovôrolla. Pegam um com 2 anos de uso quase na metade do valor de um zero, e se fossem pegar o dinheiro e comprar um zero sairia com um meia-boca hoje em dia...

  • Like 2
Link to post
Share on other sites

um dia entrei na Fiat, isso era 2014, o cara pediu 39k num Siena zero, olhei pro lado e disse "e aquele alí", um Siena 2012, o cara deixou na revisão dos 30mil km e saiu com um zero, 26k, velho, 1/3 a menos por um carro praticamente novo, to até hoje com ele, gastei minimamente com manutenção... e olha que chorei pra pagar esses 26k. Mas meu paliozinho 97 já tava pedindo aposentadoria :P .

  • Like 1
Link to post
Share on other sites
8 horas atrás, Daileon disse:

por isso que não entendo pq o brasileiro ainda tem tesão por cheirinho de carro novo, quando ele custa meia casa...

Realmente não faz sentido. Com 1 ano de uso já tem uma desvalorização total, então pra que comprar 0km?

Mas se for para comprar carro zero, que seja um desse pelo menos:

https://motor1.uol.com.br/news/402105/bugatti-chiron-pur-sport-oficial/

Bugatti Chiron Pur Sport custa R$ 16 milhões e terá apenas 16 unidades

 
bugatti-chiron-pur-sport-2020.jpg
Link to post
Share on other sites

Ah! E uma observação: nesses dias que visitei algumas concessionárias dando uma olhada em carros novos e vendo quanto pagavam no meu, todas estavam às moscas. Tirando eu, só tinha mesmo os funcionários lá dentro no showroom. Tanto que me trataram como rei, tanto na VW quanto na GM. Mas não adianta: as vendas sobem, as montadoras pensam: opa, tá vendendo bem, dá para cobrar mais. As vendas caem, as montadoras pensam: pra compensar as vendas ruins, vamos subir o preço. Dólar sobe, carros sobem. Dólar desce: mantém ou sobe também, e aí usa como desculpa a inflação.

Absurdo, o negócio é ir de carro usado mesmo. Hoje em dia com 100k não se compra mais sequer um sedã médio (Civic / Corolla / Cruze / Jetta). 

Link to post
Share on other sites
  • 2 weeks later...
  • 4 weeks later...
Em 05/03/2020 at 10:14, setzer disse:

Absurdo, o negócio é ir de carro usado mesmo. Hoje em dia com 100k não se compra mais sequer um sedã médio (Civic / Corolla / Cruze / Jetta). 

Hahahaha... todo mundo diz isso, mas pra mim, não rola.

Enquanto eu tiver condições, eu vou sempre preferir pegar um carro zero. Eu sou MUUUUUUUUUUUUUUUUUUITO chato com minhas coisas, mas assim, MUUUUUUUUUUUITO chato MESMO. Eu fico pirado com pequenos arranhados, quebrados ou qualquer outro tipo de "imperfeição". Isso sem contar que é difícil saber a verdadeira procedência de um carro usado. Se o antigo dono cuidava dele direito ou não. E isso faz muita diferença na longevidade da mecânica. Já vi muitos casos de pessoas que compraram carros usados e, pouco tempo depois, começaram a ter dores de cabeça. Não que o carro novo não apresente esse risco, mas com certeza é bem menor, e você ainda pode usar a garantia do fabricante. O meu Creta mesmo, já estou com ele há 3 anos, e ainda tenho mais dois anos de garantia. Sempre que vejo alguma coisa errada, corro lá na concessionária e eles resolvem pra mim sem me cobrar um centavo.

Meu Creta custou 85 pila há 3 anos atrás. Hoje, se for olhar a tabela fipe, ele tá valendo 70 pila. Na minha opinião, não é uma desvalorização que faça não compensar eu ter comprado ele novo.

Enfim, depois de ficar super decepcionado com a nova Tracker (MUITO cara pelo que oferece, e MUITO baixa também, 15cm do chão apenas, ridículo isso), já consegui achar um substituto para a troca que pretendo fazer ano que vem. A Nissan, segundo relatos da mídia especializada, está planejando trazer para o Brasil, no ano que vem, uma nova versão do Kicks, que, além do visual um pouco diferente, virá com um motor novo, chamado E-POWER, que é um motor híbrido, mas diferente dos que a gente vê atualmente. Enquanto os híbridos convencionais ficam alternando a tração entre o motor elétrico e o motor a combustão, o e-power da Nissan usa tração apenas do motor elétrico, o motor a combustão ele deixa apenas para ficar recarregando a bateria do motor elétrico. Em tese, essa configuração é bem mais eficiente que a configuração mista, pois ao funcionar apenas como "carregador de bateria", o motor de combustão consegue ser muito mais eficiente no consumo de combustível, pois ele não tem que ficar variando sua rotação/potência o tempo todo.

Como bom geek que sou, fiquei muito instigado por esse motor e-power. Hahahaha...

Flagra do novo Kicks sendo transportado em cegonhas:

Aqui uma breve explicação sobre o funcionamento do motor e-power:

 

Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...

×
×
  • Create New...