Jump to content
Zariel

Portal Cidadão SP, minerando criptomoedas com PC do visitante

Recommended Posts

Canadense Mora Dentro de Carro Para Não Gastar Suas Criptomoedas

livininmycar-foto-News-Bitcoin-696x696.j

O usuário do blog 4chan Livinginmycar postou uma imagem a qual sugere que ele dorme tranquilamente dentro de um carro. É um canadense que decidiu não alugar uma casa e se dispôs a investir tudo o que ganha em criptomoedas. A foto foi postada na manhã do último sábado (19).
 

O 4chan é famoso por ser um site aberto para qualquer tipo de assunto, como um Deep Web da internet convencional. Por isso não é raro aparecerem fatos curiosos como o do canadense. O assunto sobre criptomoedas é muito constante na plataforma que possui muitos grupos de discussão.
 

‘Livinginmycar’ vive em uma garagem de um amigo, alugada por US$ 40 (cerca de 150 reais) por mês e trabalha em dois empregos. Ele disse que se recusa a tirar US$ 800 (cerca de 3 mil reais) por mês da sua carteira de criptomoedas para pagar um aluguel.
 

Segundo o News Bitcoin, o homem desconhecido conseguiu adaptar um colchão de espuma dentro do seu carro. Ele se preocupou em deixar o ambiente aconchegante onde pudesse comer, beber e dormir tranquilamente, além de ver TV e navegar na internet.

livininmycar-foto-4chan.jpg

 

O banho é oferecido pelo locador da garagem que, segundo o canadense, o ajuda bastante, inclusive cedeu um espaço para que ele pudesse guardar algumas coisas maiores.
 

Durante o dia ele trabalha como operador de empilhadeira em um armazém de uma empresa e de noite entrega comida.
 

O post sobre o seu novo estilo de vida gerou muitos comentários, desde aqueles mais apoiadores até os mais insensatos, visto que Livinginmycar disse que responderia a qualquer pergunta.

 

livininmycar-foto-dormindo-4chan.jpg

Uma das primeira perguntas foi sobre qual criptomoeda ele investia e guardava.
 

“Viver em um carro não é tão ruim assim… em que você está investindo?”, perguntou um usuário anônimo.
Sua resposta foi “Collosusxt, Fundrequest, Policypal, e Dero”.
 

Outro usuário, também não identificado, dirigiu a seguinte mensagem ao canadense:

“Você tem cérebro de jerico, você acha que vai ficar rico com as criptomoedas? Boa sorte pra quando você acordar e estiver sem dinheiro” postou.


Outro usuário sem identificação já levou a conversa pelo lado do bem-estar e qualidade de vida:

“Eu não sou materialista, mas uma coisa que eu valorizo muito é acordar e imediatamente pular no chuveiro. Eu acho que é por isso que eu nunca serei um sem-teto. imagino como você se sente o tempo todo”, escreveu.


Livinginmycar respondeu:

“Você está brincando? Eu me sinto ótimo. Vou colocar muito dinheiro em criptomoedas“.

Portfólio de criptomoedas

O canadense teve muito apoio no começo de sua trajetória de sem-teto. Eram dezenas de banners e gifs de apoio e muitos comentários positivos. Porém, depois que ele revelou as criptomoedas investidas, a maioria sumiu.


O suposto valor atual do seu portfólio de criptomoedas é de US$ 6.000 (aproximadamente R$ 21 mil), de acordo com o News Bitcoin, mas ele afirma investir US$ 2.500 por mês, cerca de R$ 9 mil.


Enquanto os internautas estavam divididos sobre sua ideia, ele sonha em daqui alguns anos estar realizado financeiramente pelo esforço e pela audácia de abrir mão de todo o conforto de casa e se aventurar no mundo das criptomoedas, ou, pelo menos, ter uma grande experiência para trocar com seus filhos.


No ano passado, à medida em que o Bitcoin ia se tornando mais popular e com o preço subindo sem parar, começaram a surgir histórias radicais de pessoas hipotecando suas casas para investir no novo mercado.


O sem-teto provavelmente não se encaixa nesse termo extremista e parte para um modo de vida até que aceitável, visto que ele ainda visa sua segurança pessoal, alugando uma garagem, e financeira, fazendo uma poupança digital.


Ele ainda tem dois empregos, e, portanto, é independente e está feliz.

 

Fonte: https://portaldobitcoin.com/canadense-mora-carro-nao-gastar-criptomoedas/

 

Falow!!!

Edited by Zariel

Share this post


Link to post
Share on other sites

UHuhahuahuauh

ahuhuahuahuahu

uauhahuhauuhahua

Share this post


Link to post
Share on other sites

* Isso que eu chamo de unir útil ao agradável, tomara que torne um padrão na indústria de jogos

Aplicativo japonês permite que jogadores de games ganhem recompensas em Bitcoin

A empresa japonesa de tecnologia GMO Internet Group desenvolveu um novo aplicativo para dispositivos móveis que permite que os usuários ganhem Bitcoin simplesmente jogando games, informou a empresa na última quinta-feira, 31 de maio.
 

De acordo com o anúncio, o novo aplicativo – chamado CryptoChips – será inicialmente integrado a um jogo de batalha territorial em tempo real também desenvolvido pela GMO chamado “Whimsical War”.
 

A partir de agosto deste ano, ao jogar o jogo em um dispositivo iOS ou Android, os usuários poderão ser recompensados com Bitcoin com base em sua classificação e missões alcançadas dentro do jogo.
 

Em vez de usar mineração no dispositivo para ganhar a criptomoeda, os jogadores receberão suas recompensas em Bitcoin diretamente da GMO. A empresa iniciou suas próprias operações de mineração da criptomoedas em dezembro de 2017 e também está previsto para agosto o prazo limite para o lançamento de seu serviço de mineração em nuvem.
 

A gigante de tecnologia disse no anúncio que espera encorajar o público a se familiarizar com as criptomoedas através do novo aplicativo, já que os usuários precisarão usar suas próprias carteiras digitais para receber e usar o Bitcoin conquistado.

A GMO indicou que, seguindo adiante, pode incluir suporte para mais criptomoedas no aplicativo e também expandir suas integrações em outros jogos para dispositivos móveis.
 

O novo serviço acontece apenas uma semana depois que a GMO anunciou que está lançando o primeiro chip de mineração de Bitcoin de 7nm do mundo, com um prazo de entrega previsto para o final de outubro de 2018.

 

Fonte: https://www.criptomoedasfacil.com/aplicativo-japones-permite-que-jogadores-de-games-ganhem-recompensas-em-bitcoin/

 

Falow!!!

Edited by Zariel

Share this post


Link to post
Share on other sites

Empresa de Ônibus Brasileira Começa a Aceitar Bitcoin e Outras Criptomoedas

shutterstock_770363755.jpg

A empresa de transporte rodoviário Viação Garcia começou a aceitar como forma de pagamento as Bitcoin, Bitcoin Cash e Litecoin na quarta-feira (06). A empresa alega ser o primeiro grupo de transporte rodoviário a implantar um sistema que aceita criptomoedas.
 

Conforme divulgado pela companhia paranaense, inicialmente apenas o Bitcoin será aceito, visto que é a mais conhecida do mercado. Até julho as outras duas criptomoedas serão aceitas.
 

A compra das passagens com moedas descentralizadas segue o mesmo sistema que o pagamento com cartão de crédito. Basta acessar o site da  Viação Garcia (www.viacaogarcia.com.br) e seguir o processo normal de compra online. Na tela de opção de pagamento ele deverá fazer a escolha: pagamento em cartão ou Bitcoin.
 

busao.jpg

 

A instrução divulgada pela empresa diz o seguinte: “o escolher a opção bitcoin, o cliente deverá abrir sua carteira virtual e escanear o código que aparece na tela do site. Feito isso, é só confirmar e pronto, a compra foi realizada. O voucher será encaminhado ao e-mail do cliente confirmando o pagamento e também o comprovante para o embarque”.

 

O texto que anuncia a novidade também explica para o público leitor do se trata a nova tecnologia: “As moedas virtuais, as criptomoedas, são uma tecnologia inovadora,  que utiliza códigos difíceis de serem quebrados (criptográficos), armazenados em uma rede de usuários descentralizada e transparente (blockchains), o que significa que não há bancos ou outro tipo de instituição financeira regulatória”.

A Viação Garcia tem uma frote de mais de 800 ônibus nas linhas que ligam os estados do Paraná, São Paulo, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais e Rio de Janeiro. A empresa possui também 370 pontos físico de vendas nos estados do Paraná, São Paulo, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais e Rio de Janeiro.

 

Fonte: https://portaldobitcoin.com/empresa-onibus-aceitar-bitcoin-pagamento/

 

Falow!!!

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em 26/05/2018 at 2:09 AM, Zariel disse:

Canadense Mora Dentro de Carro Para Não Gastar Suas Criptomoedas

livininmycar-foto-News-Bitcoin-696x696.j

O usuário do blog 4chan Livinginmycar postou uma imagem a qual sugere que ele dorme tranquilamente dentro de um carro. É um canadense que decidiu não alugar uma casa e se dispôs a investir tudo o que ganha em criptomoedas. A foto foi postada na manhã do último sábado (19).
 

O 4chan é famoso por ser um site aberto para qualquer tipo de assunto, como um Deep Web da internet convencional. Por isso não é raro aparecerem fatos curiosos como o do canadense. O assunto sobre criptomoedas é muito constante na plataforma que possui muitos grupos de discussão.
 

‘Livinginmycar’ vive em uma garagem de um amigo, alugada por US$ 40 (cerca de 150 reais) por mês e trabalha em dois empregos. Ele disse que se recusa a tirar US$ 800 (cerca de 3 mil reais) por mês da sua carteira de criptomoedas para pagar um aluguel.
 

Segundo o News Bitcoin, o homem desconhecido conseguiu adaptar um colchão de espuma dentro do seu carro. Ele se preocupou em deixar o ambiente aconchegante onde pudesse comer, beber e dormir tranquilamente, além de ver TV e navegar na internet.

livininmycar-foto-4chan.jpg

 

O banho é oferecido pelo locador da garagem que, segundo o canadense, o ajuda bastante, inclusive cedeu um espaço para que ele pudesse guardar algumas coisas maiores.
 

Durante o dia ele trabalha como operador de empilhadeira em um armazém de uma empresa e de noite entrega comida.
 

O post sobre o seu novo estilo de vida gerou muitos comentários, desde aqueles mais apoiadores até os mais insensatos, visto que Livinginmycar disse que responderia a qualquer pergunta.

 

livininmycar-foto-dormindo-4chan.jpg

Uma das primeira perguntas foi sobre qual criptomoeda ele investia e guardava.
 

“Viver em um carro não é tão ruim assim… em que você está investindo?”, perguntou um usuário anônimo.
Sua resposta foi “Collosusxt, Fundrequest, Policypal, e Dero”.
 

Outro usuário, também não identificado, dirigiu a seguinte mensagem ao canadense:

“Você tem cérebro de jerico, você acha que vai ficar rico com as criptomoedas? Boa sorte pra quando você acordar e estiver sem dinheiro” postou.


Outro usuário sem identificação já levou a conversa pelo lado do bem-estar e qualidade de vida:

“Eu não sou materialista, mas uma coisa que eu valorizo muito é acordar e imediatamente pular no chuveiro. Eu acho que é por isso que eu nunca serei um sem-teto. imagino como você se sente o tempo todo”, escreveu.


Livinginmycar respondeu:

“Você está brincando? Eu me sinto ótimo. Vou colocar muito dinheiro em criptomoedas“.

Portfólio de criptomoedas

O canadense teve muito apoio no começo de sua trajetória de sem-teto. Eram dezenas de banners e gifs de apoio e muitos comentários positivos. Porém, depois que ele revelou as criptomoedas investidas, a maioria sumiu.


O suposto valor atual do seu portfólio de criptomoedas é de US$ 6.000 (aproximadamente R$ 21 mil), de acordo com o News Bitcoin, mas ele afirma investir US$ 2.500 por mês, cerca de R$ 9 mil.


Enquanto os internautas estavam divididos sobre sua ideia, ele sonha em daqui alguns anos estar realizado financeiramente pelo esforço e pela audácia de abrir mão de todo o conforto de casa e se aventurar no mundo das criptomoedas, ou, pelo menos, ter uma grande experiência para trocar com seus filhos.


No ano passado, à medida em que o Bitcoin ia se tornando mais popular e com o preço subindo sem parar, começaram a surgir histórias radicais de pessoas hipotecando suas casas para investir no novo mercado.


O sem-teto provavelmente não se encaixa nesse termo extremista e parte para um modo de vida até que aceitável, visto que ele ainda visa sua segurança pessoal, alugando uma garagem, e financeira, fazendo uma poupança digital.


Ele ainda tem dois empregos, e, portanto, é independente e está feliz.

 

Fonte: https://portaldobitcoin.com/canadense-mora-carro-nao-gastar-criptomoedas/

 

Falow!!!

Cara Burro, era mais facil comprar uma kombi montar um motorhome e morar la dentro! 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Atenção! Seus Bitcoins podem nunca chegar ao destino desejado
 

Um “novo” malware está infectando aparelhos em todo o mundo com o intuito de alterar endereços de envio e com isso roubar os Bitcoins dos usuários. Segundo a Bleeping Computer, mais de 2 milhões de endereços estariam infectados com o malware denominado CryptoCurrency Clipboard Hijackers.
 

“Esse tipo de malware, chamado CryptoCurrency Clipboard Hijackers, funciona monitorando a área de transferência do Windows em busca de criptomoedas e se for detectado, ele será trocado por um endereço que os criadores do malware controlam”, escreveu Lawrence Abrahams, especialista em computação forense e criador do Bleeping Computer.
 

O Bleeping Computer alertou que esse tipo de malware “roda em segundo plano, sem nenhuma indicação de que está sendo executado”, portanto, “não é fácil identificar” que o computador de alguém estaria infectado. Não está claro se ele pode infectar smartphones também.
 

“Portanto, é importante ter sempre uma solução antivírus atualizada instalada para proteger-se contra esses tipos de ameaças. Também é muito importante que todos os usuários de criptomoedas chequem mais de uma vez os endereços para os quais estão enviando suas criptomoedas antes de enviá-las de fato”, adverte Abrahams, que também é especialista em remoção de malware.
 

“Quando instalado, uma DLL chamada ‘d3dx11_31.dll’ será baixada para a pasta Temp do Windows e uma execução automática chamada ‘DirectX 11’ será criada para executar a DLL quando um usuário fizer login no computador”, esta função irá redirecionar as transações para o endereço dos desenvolvedores do malware, portanto fique atento.

Fonte: https://www.criptomoedasfacil.com/atencao-seus-bitcoins-podem-nunca-chegar-ao-destino-desejado/


Falow!!!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Olá,

Quanto mais eu leio sobre blockchain, menos utilidade eu vejo para ele (em outros casos de uso que não seja o Bitcoin ou cripto-moedas).

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em 03/07/2018 at 11:34 PM, Zariel disse:

Atenção! Seus Bitcoins podem nunca chegar ao destino desejado
 

Um “novo” malware está infectando aparelhos em todo o mundo com o intuito de alterar endereços de envio e com isso roubar os Bitcoins dos usuários. Segundo a Bleeping Computer, mais de 2 milhões de endereços estariam infectados com o malware denominado CryptoCurrency Clipboard Hijackers.
 

“Esse tipo de malware, chamado CryptoCurrency Clipboard Hijackers, funciona monitorando a área de transferência do Windows em busca de criptomoedas e se for detectado, ele será trocado por um endereço que os criadores do malware controlam”, escreveu Lawrence Abrahams, especialista em computação forense e criador do Bleeping Computer.
 

O Bleeping Computer alertou que esse tipo de malware “roda em segundo plano, sem nenhuma indicação de que está sendo executado”, portanto, “não é fácil identificar” que o computador de alguém estaria infectado. Não está claro se ele pode infectar smartphones também.
 

“Portanto, é importante ter sempre uma solução antivírus atualizada instalada para proteger-se contra esses tipos de ameaças. Também é muito importante que todos os usuários de criptomoedas chequem mais de uma vez os endereços para os quais estão enviando suas criptomoedas antes de enviá-las de fato”, adverte Abrahams, que também é especialista em remoção de malware.
 

“Quando instalado, uma DLL chamada ‘d3dx11_31.dll’ será baixada para a pasta Temp do Windows e uma execução automática chamada ‘DirectX 11’ será criada para executar a DLL quando um usuário fizer login no computador”, esta função irá redirecionar as transações para o endereço dos desenvolvedores do malware, portanto fique atento.

Fonte: https://www.criptomoedasfacil.com/atencao-seus-bitcoins-podem-nunca-chegar-ao-destino-desejado/


Falow!!!

Deu de ver que quem escreveu a matéria não sabe do que fala, infectar android/ios com dll ? auehauehaeuhaeua

Mas já faz um tempo que maioria dos lugares aceita transação pelos emails cadastrados nas trades...

16 horas atrás, rcaropreso disse:

Olá,

Quanto mais eu leio sobre blockchain, menos utilidade eu vejo para ele (em outros casos de uso que não seja o Bitcoin ou cripto-moedas).

Lavar dinheiro não é utilidade ? Especulação, "ponzysinho" básico a cada ico nova ?

Share this post


Link to post
Share on other sites
23 minutos atrás, DHX disse:

Deu de ver que quem escreveu a matéria não sabe do que fala, infectar android/ios com dll ? auehauehaeuhaeua

Mas já faz um tempo que maioria dos lugares aceita transação pelos emails cadastrados nas trades...

Creio que por não mencionar nada, o redator achou que poderia afetar os smartphones, pois no passado...digo a um 2 anos atrás houve outro malware igual a esse que dominava a clipboard do Windows e do Linux atrás de substituição de endereços de cripto...

Só que é Claro, a versão do Linux não usava dll falsas ou infectadas como no Windows...e sim rootkits específicos para isso...porém sempre é mais raro em desktop Linux isso acontecer...agora em smartphones com distro Linux como o Android, é possível fazer isso com aplicações Java dos diversos apps da Playstore que disfarcem de um aplicativo original, como já aconteceu com um app falso da Coinbase, aonde o falsário recebia bitcoins das vitimas achando que usavam um carteira legitima da exchange.


Ou seja, no final o bom senso, ser desconfiado e a atenção redobrada nas transações de cripto's, é a melhor medida de segurança!


Falow!!!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Justiça Federal Proíbe Daniel Fraga, Pioneiro do Bitcoin no Brasil, de Deixar o País

daniel-fraga-696x392.jpg

Daniel Alves Fraga, um dos primeiros entusiastas do Bitcoin no Brasil, está proibido pela justiça federal de sair do país devido a uma ação penal que tramita contra ele na 3ª Vara Criminal da Justiça Federal de São Paulo.
 

Fraga está respondendo por um processo de calúnia e injúria.  Os auditores fiscais Claudio Marcio Oliveira Damasceno e Mario Pereira de Pinho Filho entraram com uma ação judicial em agosto de 2015  após a publicação de um vídeo no youtube intitulado “Receita Federal ensina a Roubar”, feito pelo Daniel Fraga
 

A questão é que Daniel Fraga usou a imagem dos dois auditores federais como pano de fundo do vídeo e afirmou que eles são “os piores bandidos que existem, e um conjunto de ladrões engravatados que teriam como única função roubar as pessoas”.

 

Como o processo foi iniciado em 2015 e até hoje o youtuber não foi encontrado, a justiça decidiu suspender o seu passaporte para que ele não deixe o país.

 

Foi determinado ainda, por ordem judicial, que fossem suspensos o seu título de eleitor, qualquer serviço de internet contratado por ele ou em algum que conste que ele é beneficiário, além de suspender e impedir a renovação de sua carteira nacional de habilitação.

Apesar de o processo correr em segredo de justiça, qualquer pessoa pode ter acesso a alguns dados da ação penal, incluindo essa decisão judicial proferida pela juíza Federal Raecler Baldresca.

tela-Fraga-01-768x383.jpg

 

Para isso basta clicar acessar o site do Tribunal Regional Federal da 3ª Região, digitar o número do processo que é 0009922-05.2015.403.6181, selecionar a opção São Paulo no item Seção Judiciária e clicar em pesquisar.

 

A ação penal

O vídeo que motivou o processo teve mais de 14 mil visualizações no youtube, fato que agravou a injuria e levou o Ministério Público Federal a se manifestar pelo prosseguimento da ação com esse agravante.

 

Como esse vídeo foi postado em fevereiro de 2015 e o crime de injúria prescreve em 3 anos, a juíza Federal rejeitou a queixa-crime por injúria, mas manteve o prosseguimento do processo por calúnia, pois esse ainda não estava prescrito.

 

Segundo informações da decisão judicial, Daniel Fraga havia feito, entretanto, um outro vídeo após os servidores entrarem com a ação penal. Nesse, intitulado “Receita Federal Vestiu a Carapuça”, o youtuber usou dos 12 minutos e sete segundos para falar sobre a ação penal contra ele e não hesitou em chamar os servidores de “ladrões, idiotas, vagabundos, burros, babacas etc”.

 

Esse fato novo foi juntado ao processo com novas acusações de injúria. A decisão proferida pela juíza federal tem natureza interlocutória, ou seja, não entra na discussão se Daniel Fraga cometeu ou não os crimes. Esse ponto será tratado na sentença.

 

Dos Bitcoins a Justiça

 

Daniel Fraga possui uma grande notoriedade no mundo virtual por ter sido um dos primeiros brasileiros a investir em bitcoins. Seu primeiro vídeo falando sobre a criptomoedas e recomendando a compra foi em 2012, quando cada unidade da criptomoeda valia R$ 12.

 

Mas a fama não veio a partir disso. Na verdade, ela sucedeu em 2012.  Nesse ano, Fraga se envolveu numa polêmica envolvendo uma ação judicial. Em pleno período eleitoral, um candidato à prefeito de São José dos Campos havia entrado com uma ação judicial para que fossem removidos os memes negativos contra a sua campanha, os quais estavam fazendo sucesso no Facebook.

 

Esse fato virou tema para o vídeo de Daniel Fraga que não poupou esforços para criticar a medida tomada pelo então candidato. O problema é que o juiz também foi criticado por acolher o pedido do candidato e estabelecer uma multa para qualquer um que continuasse a publicar e compartilhar os conteúdos “ofensivos”.

 

Daniel Fraga não poupou nem o juiz e continuou gravando mais vídeos sobre a situação. O juiz então processou o Youtuber e requereu uma indenização por “danos morais”.

Fraga perdeu a ação, mas não havia o que executar, pois tudo estava em bitcoins. O youtuber então deixou um recado: “boa sorte ao juiz para tentar acessar a minha carteira de Bitcoin”.

 

Explicando Direito

 

Apenas para efeito de esclarecimento, a injúria não se confunde com calúnia ou com a difamação. Para haver a injúria basta que o ofendido se sinta lesado na sua dignidade. Um exemplo claro de injúria é o xingamento.

 

Mas esse xingamento não pode ser daquele em que dois amigos o utilizam no meio de uma brincadeira. Para que haja o crime de injúria é necessária a intenção de atacar a imagem da outra pessoa senão não existe a prática do crime.

 

Na difamação, ocorre algo além do que um xingamento. O ofensor tem de narrar um fato contra a outra pessoa desde que a narrativa não se trate de prática de um crime. O código penal deixa claro que no caso difamação, cabe uma exceção: se a pessoa ofendida é funcionária pública e se a história for verdadeira é atrelada ao exercício das funções dessa pessoa, não há esse crime.

 

No caso da Calúnia, a situação é muito mais delicada.  A história tem de ser sobre uma falsa prática de crime e o ofensor tem de ter noção de que aquela história contada é falsa.

 

Não é prática de Calúnia a pessoa dizer que a outra compactua com o jogo do bicho, mesmo sabendo que isso é uma mentira, pois a prática do jogo do bicho não é crime, mas mera contravenção penal.

 

Fonte: https://portaldobitcoin.com/justica-proibe-daniel-fraga-pioneiro-bitcoin-brasil-deixar-pais/

 

Falow!!!

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now


×