Jump to content
Sign in to follow this  
Monterazo

Crowfunding do Atari VCS atinge a meta em menos de 30 minutos.

Recommended Posts

A campanha de financiamento do Atari VCS finalmente foi iniciada e para a surpresa de muitos, sua meta não apenas foi atingida nos primeiros 30 minutos da campanha, como superada em 773% durante o mesmo período. Essa campanha traz novas informações sobre o produto, desde o seu objetivo e funções até o seu hardware. 

Primeiramente, todo Atari VCS será enviado com o Atari Vault, dando acesso a 100 títulos clássicos da empresa, com direito a multiplayer online e tabelas de score. Além disso, a Atari se comprometeu a auxiliar na produção de novos jogos para o aparelho, sendo o primeiro deles Tempest 4000. 

Os jogos da plataforma serão vendidos por meio de uma loja especial da própria Atari, que além de oferecer jogos para venda, também poderá possuir jogos disponibilizados via Stream. Todavia, uma mensalidade será criada para esse e outros recursos "avançados", como cloud storage. 

Seu sistema operacional será baseado em uma distribuição do Ubuntu, modificada para atender as necessidades da plataforma. Ainda assim será possível acessar um modo "sandbox" para instalar aplicativos não oferecidos na loja da Atari, de forma semelhante ao que acontece com as TV Box Android. 

0Sm1uMa.gif

Como toda plataforma aberta, o Atari VCS é compatível com uma infinidade de periféricos, logo o proprietário pode escolher qual o tipo de controle que ele planeja usar. A própria Atari vai disponibilizar dois tipos de controle, um clássico por $29 e um moderno por $49. Enquanto que o console será vendido por $199 sem nenhum controle ou por $229 com o controle clássico.
 

mYWmxh1.jpg

ambém existe uma versão limitada e exclusiva para essa campanha de financiamento, sendo seu diferencial um painel frontal em madeira e o preço de $299. Para os desenvolvedores, a Atari deixou claro que a sua loja possuirá um sistema de aprovação dos jogos, ou seja, estes deverão ser submetidos a alguns testes e análises antes de serem vendidos na loja oficial.

Em termos de hardware, o Atari VCS é equipado com 32 GB de memória interna (expansível via HDD externo ou cartão SD), saída HDMI 2.0, Bluetooth 5.0, porta Ethernet e 4 portas USB 3.0. Sua CPU é baseada na série Bristol Ridge A1 da AMD equipada com um Radeon R7 e 4G DDR4. Abaixo uma copilação de jogos rodando em uma dessas APUs: 

Se não houverem problemas no processos produtivo, a ideia é que os backers recebam o console no começo de 2019 e que o mesmo seja colocado para venda em varejo em meados do mesmo ano. 

Fonte: Indiegogo

Share this post


Link to post
Share on other sites

o aparelho é maior do que eu esperava

WAIT

o que esse aparelho oferece já existe no mercado:

Interface mostrando gabinetes, caixas e cartuchos: É um hyperspin/launchbox caríssimo

Online scoreboard: Nas coletâneas lançadas para Xbox360 e PS3 isso já existe, e funciona muito bem

101 jogos in a box: Os Atari flashbacks já oferecem isso, e na minha opinião, em uma case muito mais agradável

Atari New controller: Bem... mais do mesmo? um Atari Pro controller para jogar jogos que precisam de somente um botão de ação... eu esperaria pra ver se esse controle tem realmente utilidade

Atari classic controller: Esse eu devo comprar pra usar em emulador, parece bem bom

Terá os jogos da Steam: Isso é um ponto positivo ou negativo?

Pagar 100 doletas pela frente em madeira? do que isso é feito, é de pau Brasil?

.

e por $299 eu pego um Nintendo Switch... muito caro para o que oferece até então...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Se o povo paga fortuna pelos mini-consoles da Nintendo... esse aí ao menos é um hardware parrudo que justifica isso, e Tempest é sempre bem-vindo.

Share this post


Link to post
Share on other sites

"Nesta semana, a Atari finalmente iniciou a pré-venda do Atari VCS, previamente conhecido como Ataribox, seu novo console. O videogame foi colocado à venda através de um site de crowdfunding e, surpreendendo muita gente, conseguiu bater sua meta em menos de 24 horas e, nesse período, já faturou o equivalente a R$ 7,5 milhões somente em pré-vendas. Fazendo que o site da idiegogo travar e sair do ar de tantos acessos." Pela Voxel

Caramba foi rápido isso ai viu. Muita gente nostálgica que curte demais o Atari esta em cima disso com certeza. 

Já estou procurando os consoles clone da china copiando o design e colocando um flaskback da Atari com todos os jogos nele :-) 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Para mim, ficaria melhor se utilizasse a loja steam como padrão.. 

Lançando seus jogos de Atari por lá também.. 

E estimulando os devs indies à fazerem versões otimizadas para este hardware.. 

Mas.. Vamos esperar rsrs

Share this post


Link to post
Share on other sites

Vamos lá: esse console vai rodar games de Atari 2600 e jogos novos com gráficos 3d etc etc e pq ele não mostrou nada disso? Acho que muitos gostariam de saber o que esse console aguenta. E será que ela vai lançar games de todos os consoles Atari?

Edited by Hill top zone

Share this post


Link to post
Share on other sites
2 horas atrás, Mega. disse:

Once SGA tanked there ioere only three companies mak-in3 os consoles.ou A/M /,comics,funny comics & strips, cartoons,brentalflossthecomic,consoles,android,ouya

DBUX.gif

ri alto aqui

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

No geral a ideia é bem legal, ainda mais se houvessem novos jogos de Atari. Até aí ok, mas aí mostram um "jogo inédito" de """Atari""" (Tempest 4000) todo em 3D, exatamente o oposto que alguém que procura um console retrô quer.

Sério, eu não entendo isso... porque essas empresas não fazem um "básico com upgrades" ? Por exemplo: eu acharia interessante se relançassem um Atari (ou qualquer outro console retrô), adicionando conquistas, jogatina online, possibilidade de novos jogos retrô (de acordo com a capacidade do console antigo), e coisas do tipo.

Se é pra lançar um negócio que as próprias TVs hoje em dia já vem embutido, nem percam tempo. Se é só pelo nome Atari, nem precisa sair (PELO MENOS PARA MIM).

Share this post


Link to post
Share on other sites
12 horas atrás, setzer disse:

No geral a ideia é bem legal, ainda mais se houvessem novos jogos de Atari. Até aí ok, mas aí mostram um "jogo inédito" de """Atari""" (Tempest 4000) todo em 3D, exatamente o oposto que alguém que procura um console retrô quer.

o primeiro arcade do tempest foi um jogo vetorial de 81, nos nao conheciamos na epoca, mas os americanos conheciam desde a decada de 80

é exatamente o que eles querem que o publico deles veja

e com jogalidade como eram os jogos que a atari podia fazer na epoca

nao é exatamente um console retro

Share this post


Link to post
Share on other sites
21 horas atrás, setzer disse:

Sério, eu não entendo isso... porque essas empresas não fazem um "básico com upgrades" ? Por exemplo: eu acharia interessante se relançassem um Atari (ou qualquer outro console retrô), adicionando conquistas, jogatina online, possibilidade de novos jogos retrô (de acordo com a capacidade do console antigo), e coisas do tipo.

Se é pra lançar um negócio que as próprias TVs hoje em dia já vem embutido, nem percam tempo. Se é só pelo nome Atari, nem precisa sair (PELO MENOS PARA MIM).

Já fazem isso nas inúmeras coletâneas que lançam por aí, o problema é que alguns fazem mais ou menos e muitos fazem nas coxas... As últimas coletâneas da Sega e Capcom são exemplos disso...

Ninguém quer trabalhar de verdade pra desenvolver um filtro ou tecnologia realmente retro, isso não dá dinheiro e vai ficando a cargo dos fãs mesmo com seus retroachievements, emuladores e frontends que vão aos poucos pareando a qualidade com os consoles originais.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now

Sign in to follow this  

×