Jump to content
Sign in to follow this  
Snayperskaya

[GERAL] Jogos zerados

Recommended Posts

22 horas atrás, Jin Kazama disse:

711lrrvzt+L._SX342_.jpg

Jogo muito foda! 

Eu sempre gostei da série e da estrutura dos jogos antigos, inclusive a jogabilidade, e estava "com um pé atrás" com as mudanças desse, mas conseguiram deixar o jogo ainda melhor! 

E o fato de terem mudado para a mitologia nórdica foi muito bem vinda. A história nesse jogo é muito mais desenvolvida e melhor contada do que nos jogos anteriores. 

Para fechar eu acho que nunca fiquei tão ansioso por uma continuação como eu estou agora depois de ter finalizado esse jogo. 

 

Tentei jogar esse GOW, mas não aguentei... achei chato demais! E olha que não sou de desistir fácil dos jogos.

Share this post


Link to post
Share on other sites
6 horas atrás, setzer disse:

 

Tentei jogar esse GOW, mas não aguentei... achei chato demais! E olha que não sou de desistir fácil dos jogos.

Realmente, gosto é que nem cú 

Share this post


Link to post
Share on other sites
8 horas atrás, setzer disse:

Tentei jogar esse GOW, mas não aguentei... achei chato demais! E olha que não sou de desistir fácil dos jogos.

Hahahaha... Oh loco meu!!!! Esse pra mim foi um dos melhores jogos da geração. História fantástica, gráficos estupendos e gameplay super divertido. Gostei tanto dele que até platinei, coisa que eu praticamente nunca faço.

Aliás, pra mim, essa série sempre foi UMA BOSTA!!!! Nunca gostei de nenhum game dela, tudo button smasher descerebrado. Coisa que eu odeio. Mas esse aí não, esse aí eu adorei, totalmente diferente daquelas bostas anteriores... hahahaha...

 

 

51X2vPyro9L.jpg

Zerei nesse fim de semana.

Minha opinião sobre jogo é um tanto mista. Já fazia um tempo que eu tava jogando ele, mas algumas características do jogo estavam me desanimando, o que acabou me estimulando a encostar o jogo. Daí, ontem, domingo, sem nada melhor pra fazer, resolvi fazer uma forcinha e voltar o jogar. E sabe o que aconteceu? Carreguei meu save, andei duas telas, matei um boss e zerei. Hahahahaha... eu tava no finalzinho do jogo e nem havia percebido. Aliás, a última dungeon e o último boss são tão MEH! Que nem passou pela minha cabeça que aquilo fosse o final. A impressão que eu tive é que rusharam o final do jogo, pois nem pela poha que aquilo parecia ser um final.

Mas enfim, achei a historinha dele OK, não foi ruim, mas também não foi boa. FFX chuta a bunda dele nesse aspecto. Nem romance a poha do jogo tem. Diaxo daquela Ashelia fica balançando aquele traseiro dela pra cima e pra baixo, com aquela sainha que mais parece ter sido feita com um lenço de assoar o nariz e ninguém pega ela? Fala sério!

O sistema de combate e evolução dos personagens eu gostei muito. Muito divertido mesmo, com bastante espaço pra customização de classe e tal. Gosto disso. Mas o que eu não gostei foi da porcaria da AI do jogo, troço mais roubado do universo. TODOS os inimigos do jogo só se comportam em combate de uma única forma, que é entupir o seu time de status negativos, e o jogo tem uma caralhada de status negativos diferentes, um mais irritante que o outro. E diferente dos outros FF's, não existe uma magia que cura todos os status negativos não, neste jogo aqui existem várias magias diferentes pra isso. UM SACO! Quer ver outra coisa chata? O jogo tem um sistema de combo aleatório, no qual o personagem, se tiver com muita sorte, repete o ataque normal umas duas ou três vezes num único turno. Já o computador, mais especificamente, os chefes, eles usam esse combo direto, e quando começam a combar o ataque normal deles, eles repetem o ataque até matar seu personagem. Cansei de levar 7, 8, 9 hits de chefes, combos que só pararam porque o meu personagem não tinha mais life pra perder.

O porte desse jogo para o Nintendo Switch ficou MARAVILHOSO. Gráficos lindos e framerate perfeito. Quem quiser jogar ele no Switch, pode jogar sem medo, pois além do port perfeito, essa é a melhor versão do jogo até então, pois é a única que permite você a resetar os upgrades dos personagens, permitindo que você refaça as escolhas de customização de classe. Extremamente útil quando você fez uma escolha ruim, ou quando você simplesmente deseja fazer uma combinação de classes diferente.

Share this post


Link to post
Share on other sites
12 horas atrás, Sgt. Rock disse:

51X2vPyro9L.jpg

Zerei nesse fim de semana.

Minha opinião sobre jogo é um tanto mista. Já fazia um tempo que eu tava jogando ele, mas algumas características do jogo estavam me desanimando, o que acabou me estimulando a encostar o jogo. Daí, ontem, domingo, sem nada melhor pra fazer, resolvi fazer uma forcinha e voltar o jogar. E sabe o que aconteceu? Carreguei meu save, andei duas telas, matei um boss e zerei. Hahahahaha... eu tava no finalzinho do jogo e nem havia percebido. Aliás, a última dungeon e o último boss são tão MEH! Que nem passou pela minha cabeça que aquilo fosse o final. A impressão que eu tive é que rusharam o final do jogo, pois nem pela poha que aquilo parecia ser um final.

Mas enfim, achei a historinha dele OK, não foi ruim, mas também não foi boa. FFX chuta a bunda dele nesse aspecto. Nem romance a poha do jogo tem. Diaxo daquela Ashelia fica balançando aquele traseiro dela pra cima e pra baixo, com aquela sainha que mais parece ter sido feita com um lenço de assoar o nariz e ninguém pega ela? Fala sério!

O sistema de combate e evolução dos personagens eu gostei muito. Muito divertido mesmo, com bastante espaço pra customização de classe e tal. Gosto disso. Mas o que eu não gostei foi da porcaria da AI do jogo, troço mais roubado do universo. TODOS os inimigos do jogo só se comportam em combate de uma única forma, que é entupir o seu time de status negativos, e o jogo tem uma caralhada de status negativos diferentes, um mais irritante que o outro. E diferente dos outros FF's, não existe uma magia que cura todos os status negativos não, neste jogo aqui existem várias magias diferentes pra isso. UM SACO! Quer ver outra coisa chata? O jogo tem um sistema de combo aleatório, no qual o personagem, se tiver com muita sorte, repete o ataque normal umas duas ou três vezes num único turno. Já o computador, mais especificamente, os chefes, eles usam esse combo direto, e quando começam a combar o ataque normal deles, eles repetem o ataque até matar seu personagem. Cansei de levar 7, 8, 9 hits de chefes, combos que só pararam porque o meu personagem não tinha mais life pra perder.

O porte desse jogo para o Nintendo Switch ficou MARAVILHOSO. Gráficos lindos e framerate perfeito. Quem quiser jogar ele no Switch, pode jogar sem medo, pois além do port perfeito, essa é a melhor versão do jogo até então, pois é a única que permite você a resetar os upgrades dos personagens, permitindo que você refaça as escolhas de customização de classe. Extremamente útil quando você fez uma escolha ruim, ou quando você simplesmente deseja fazer uma combinação de classes diferente.

Esse para mim foi o último FF bom, uns dos melhores já feitos e o que tem o melhor sistema de batalha. Depois foi só ladeira abaixo.

E para completar a cereja do bolo a trilha sonora foi composta  por um dos melhores compositores de jogos que já existiram, o mestre Hitoshi Sakimoto.

Share this post


Link to post
Share on other sites

images?q=tbn:ANd9GcS77mjLyb4hvP0ahclIcwq

Uma vez comprei um Arkham dos principais e esse "veio junto", não gostei no início mas fui até o final, me lembrou um pouco aqueles Batman 16 bits.

Os cenários são pequenos então tem muita ida e volta, a história é curta, e o que tem até bastante e demora mais são os upgrades e colecionáveis.

Share this post


Link to post
Share on other sites

71CHa-KWvzL._AC_SL1020_.jpg

 

Fazia algum tempo que não jogava um fps, e pelas sempre boas críticas à esse jogo, aproveita uma boa promo na PSN e peguei ele. 

E digo que valeu a pena, é um bom jogo. Há mapas que são lineares e mapas de mundo aberto. Os mapas de mundo aberto são as melhores parte do jogo. 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Metro Exodus é espetacular. Gráficos estupidamente lindos, história super envolvente e gameplay muito divertido.

Aliás, toda a série Metro é ótima, mas esse Exodus superou as expectativas que já são naturais de um jogo dessa série. Esse é o verdadeiro sucesso espiritual da série Stalker, cenários gigantes e extremamente imersivos.

  • Upvote 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ah sim, agora eu me lembrei... esse ano eu também zerei o jogo wacky races para nes e Jungle Books para sega genesis.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Terminei Ghost of Tsushima.

Bom jogo, porém não mereceu esse hype todo que teve. É extremamente repetitivo, as missões se limitam a ir ao ponto X e matar todos. Tentaram fazer uma mistura de jogabilidade de Assassins Creed com um estilo de mapa e evolução de habilidades de Far Cry. Só que, ao contrário desses dois jogos, as missões raramente variam de conteúdo.

O ponto forte fica por conta dos gráficos, e também pela violência, que ao contrário dos jogos atuais, não fica tentando "lacrar". Volta e meia personagens morrem sem pena, cabeças são arrancadas... Gostei disso.

Passa longe de ser um GOTY de 2020, sendo apenas um bom jogo.

 

81NI5UBDk6L._AC_SL1500_.jpg

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Acabei Doom 2016, e achei só razoável. Tem uns gráficos bons, e uns momentos de ação legais, bem acrobáticos. Mas não tem a mesma exploração do original. Numas partes o visual fica uma zona porque os inimigos têm praticamente a mesma cor do ambiente. E a música, não sei como elogiam essa bosta, é tão desagradável que botei no mudo e deixei rolando uns mp3 do original. Nota 7 tá de bom tamanho.

Share this post


Link to post
Share on other sites
6 horas atrás, Stormwatch disse:

Acabei Doom 2016, e achei só razoável. Tem uns gráficos bons, e uns momentos de ação legais, bem acrobáticos. Mas não tem a mesma exploração do original. Numas partes o visual fica uma zona porque os inimigos têm praticamente a mesma cor do ambiente. E a música, não sei como elogiam essa bosta, é tão desagradável que botei no mudo e deixei rolando uns mp3 do original. Nota 7 tá de bom tamanho.

Po eu achei do caralho.

E as músicas são bem daquele jeito do Mick Gordon, eu me amarro. Ouça essa música dele, que é do tema do KI 2013 e veja se curte:

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em 17/08/2020 at 19:11, Sgt. Rock disse:

Hahahaha... Oh loco meu!!!! Esse pra mim foi um dos melhores jogos da geração. História fantástica, gráficos estupendos e gameplay super divertido. Gostei tanto dele que até platinei, coisa que eu praticamente nunca faço.

Aliás, pra mim, essa série sempre foi UMA BOSTA!!!! Nunca gostei de nenhum game dela, tudo button smasher descerebrado. Coisa que eu odeio. Mas esse aí não, esse aí eu adorei, totalmente diferente daquelas bostas anteriores... hahahaha...

 

 

51X2vPyro9L.jpg

Zerei nesse fim de semana.

Minha opinião sobre jogo é um tanto mista. Já fazia um tempo que eu tava jogando ele, mas algumas características do jogo estavam me desanimando, o que acabou me estimulando a encostar o jogo. Daí, ontem, domingo, sem nada melhor pra fazer, resolvi fazer uma forcinha e voltar o jogar. E sabe o que aconteceu? Carreguei meu save, andei duas telas, matei um boss e zerei. Hahahahaha... eu tava no finalzinho do jogo e nem havia percebido. Aliás, a última dungeon e o último boss são tão MEH! Que nem passou pela minha cabeça que aquilo fosse o final. A impressão que eu tive é que rusharam o final do jogo, pois nem pela poha que aquilo parecia ser um final.

Mas enfim, achei a historinha dele OK, não foi ruim, mas também não foi boa. FFX chuta a bunda dele nesse aspecto. Nem romance a poha do jogo tem. Diaxo daquela Ashelia fica balançando aquele traseiro dela pra cima e pra baixo, com aquela sainha que mais parece ter sido feita com um lenço de assoar o nariz e ninguém pega ela? Fala sério!

O sistema de combate e evolução dos personagens eu gostei muito. Muito divertido mesmo, com bastante espaço pra customização de classe e tal. Gosto disso. Mas o que eu não gostei foi da porcaria da AI do jogo, troço mais roubado do universo. TODOS os inimigos do jogo só se comportam em combate de uma única forma, que é entupir o seu time de status negativos, e o jogo tem uma caralhada de status negativos diferentes, um mais irritante que o outro. E diferente dos outros FF's, não existe uma magia que cura todos os status negativos não, neste jogo aqui existem várias magias diferentes pra isso. UM SACO! Quer ver outra coisa chata? O jogo tem um sistema de combo aleatório, no qual o personagem, se tiver com muita sorte, repete o ataque normal umas duas ou três vezes num único turno. Já o computador, mais especificamente, os chefes, eles usam esse combo direto, e quando começam a combar o ataque normal deles, eles repetem o ataque até matar seu personagem. Cansei de levar 7, 8, 9 hits de chefes, combos que só pararam porque o meu personagem não tinha mais life pra perder.

O porte desse jogo para o Nintendo Switch ficou MARAVILHOSO. Gráficos lindos e framerate perfeito. Quem quiser jogar ele no Switch, pode jogar sem medo, pois além do port perfeito, essa é a melhor versão do jogo até então, pois é a única que permite você a resetar os upgrades dos personagens, permitindo que você refaça as escolhas de customização de classe. Extremamente útil quando você fez uma escolha ruim, ou quando você simplesmente deseja fazer uma combinação de classes diferente.

EU estou tentando criar coragem pra começar esse na Steam, mas eu sei que é um jogo que vai me sugar a vida, e como ja joguei ele na epoca que saiu não é prioridade, mas eu tenho imensa vontade de rejogar. É um dos meu s FF preferidos.

Share this post


Link to post
Share on other sites

000025852-1_1024x1024.jpg?v=1519787009

É um jogo mediano. 

O jogo inteiro se resume a atravessar os mapas do ponto A ao B e no caminho ir matando os inimigos.

E a história força uma comédia que não tem graça nenhuma. 

Já os gráficos são bons e no PS4 Pro roda sempre quase a 60fps com resolução dinâmica sempre acima de 1080p.

A resumir só valeu a pena porque aproveitei uma promoção muito boa da PSN. 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu vi que as críticas em relação a esse Wolfenstein não tinham sido boas, mas de qualquer forma mais pra frente quero jogar ele. As vezes é até bom um joguinho mais de boa, onde é só ir matando uns inimigos e boa.

Claro que a gente espera mais de uma franquia antiga como essa, mas os tempos atuais não colaboram.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
24 minutos atrás, setzer disse:

Eu vi que as críticas em relação a esse Wolfenstein não tinham sido boas, mas de qualquer forma mais pra frente quero jogar ele. As vezes é até bom um joguinho mais de boa, onde é só ir matando uns inimigos e boa.

Claro que a gente espera mais de uma franquia antiga como essa, mas os tempos atuais não colaboram.

Se pegar uma promo ou um pirata até vale. E o jogo é isso mesmo, nada complexo, apenas tiro para todo o lado. 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

2222824-box_bf3.png

 

Instalei esse joguinho no meu notebook novo, pra ver se o bixinho aguentava o tranco. E aguentou. 1080p, com tudo no talo, 60fps cravados. Daí aproveitei pra zerar a campanha dele novamente, que eu só havia zerado uma única vez, quando lançou.

Rapá, boa a campanha desse jogo viu. Historinha bem legal e fases divertidas. Infelizmente, ainda tem uns bugzinhos aqui e ali no jogo (como quando um soldado inimigo me matou na facada, atravessando uma parede como se fosse um fantasma). Graficamente o jogo ainda é lindo. Essa Frostbite engine é foda.

Vou deixar ele instalado aqui pra curtir um pouco o MP,  que na minha opinião, é o melhor que tem, em se tratando de multiplayer "arcade".

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em 14/09/2020 at 11:33, setzer disse:

Claro que a gente espera mais de uma franquia antiga como essa, mas os tempos atuais não colaboram.

Eu ainda digo que o Wolfenstein 2009 foi o último bom. :P

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
4 minutos atrás, Stormwatch disse:

Eu ainda digo que o Wolfenstein 2009 foi o último bom. :P

É o melhorzinho mesmo. E mesmo assim não fechei ainda. Os da nova "trilogia" (contando com o Youngblood) são muito ruins no geral. São jogos que não conseguem entregar algo sequer considerado "bom" em nenhum aspecto.

Infelizmente Doom seguiu pelo mesmo caminho. :(

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em 16/09/2020 at 14:06, Snayperskaya disse:

Os da nova "trilogia" (contando com o Youngblood) são muito ruins no geral. São jogos que não conseguem entregar algo sequer considerado "bom" em nenhum aspecto.

COMO ASSIM SEU MACHISTA

YOUNGBLOOD É SOBRE O EMPODERAMENTO FEMININO QUE A SOCIEDADE TANTO PRECISA NESTE MOMENTO

Share this post


Link to post
Share on other sites
17 horas atrás, burn disse:

COMO ASSIM SEU MACHISTA

YOUNGBLOOD É SOBRE O EMPODERAMENTO FEMININO QUE A SOCIEDADE TANTO PRECISA NESTE MOMENTO

O nível de qualidade do jogo é proporcional à valia dos "valores" defendidos pelos SJWs :oo:

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
Sign in to follow this  

×
×
  • Create New...