Jump to content
Sign in to follow this  
Snayperskaya

[GERAL] Jogos zerados

Recommended Posts

bioshock_infinite_frontcover_large_sR6cd

 

Ignorei total na época, mas sempre ouvi falar bem e surpreendeu mesmo

De contra só achei um pouco repetitivo em certos momentos, fora isso valeu muito, a história, os personagens, as possibilidades de estratégias e tudo mais, recomendo!

Peguei o Bioshock collection mas não gostei muito do 1 e do 2

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
16 horas atrás, Omega Rugal disse:

Peguei o Bioshock collection mas não gostei muito do 1 e do 2

 

Engraçado... O 1 é o meu favorito. O 2 é mais do mesmo, mas sei lá... Todo aquele clima de Rapture é tão maneiro e bem construído que eu acabei gostando também. O Infinite mudou totalmente a ambientação e adicionaram uns elementos de gameplay bem maneiros como o hook... Num geral eu acho uma puta de uma série.

Share this post


Link to post
Share on other sites

uma serie foda realmente

o 1 marcou epoca, acho q nunca tinha sido feita aquela ambientacao antes

garanto que muita gente comprou um 360 por que viu bioshock 1 rodando

Share this post


Link to post
Share on other sites

Os dois primeiros seriam muito melhores se não tivessem colocado tão pouca ênfase no gunplay e na exploração/world building. Ainda assim acho o 2 superior em gameplay, e o Infinite superior em tudo se comparado aos outros dois.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em 26/10/2020 at 12:30, PekSGN disse:

MyUnKM0OukZGtLFfbRf5_P9XhN44U25e9eupUx-W

terminei semana passada puta história massa, a main line do jogo é foda, a mecânica das brigas e os upgrades são delícia :P , já as side missions são um amontoado de japorongisse que não consegui aturar não :lol:, 26 horinhas bem gastas, fui bem de buenas. Engatei o Kiwami 2 já, mudou a mecânica de combate, não sei ainda se no fim vou abacar preferindo isso do 2, mas por hora prefiro os combates do 1. Mas o jogo como um todo melhora, loadings pra entrar em cada budega era meio sacal :P .

 

Yakuza-Kiwami-2.jpg

Zerado o Yakuza Kiwami 2, puta jogão, uma baita evolução do 1, estória muito legal, mais japarongisse mais non sense ainda... só senti falta de ficar escolhendo os 4 estilos de briga nas lutas. E o sistema de updates entendi os paranauê mais pro fim como dar um up mais rapido, mas não faltou nada, foi bem de boas zerar. Recomendo muito.

 

Ja comecei o Yakuza Zero pra fechar os 3 que tem no Xbox.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Terminei ontem Quantum Break.

Não é um jogo ruim, mas me decepcionou um pouco. Esperava algo mais no estilo Alan Wake (que considero um dos melhores jogos do Xbox360). No fim das contas achei que o jogo não se aprofunda em nada, nem na exploração, nem no combate. Os pontos mais positivos são a história, que é bacana (mas não chega a salvar o jogo) e os gráficos que são bonitos. Mas só. Merece uma nota 6 apenas.

 

images?q=tbn:ANd9GcRmELU3w4fgLcZrKIMocVE

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Terminei Ghost of Tsushima, achei a historia bem legal, apesar de cliche, o final é muito bom, o mundo aberto é lindo e as side quests são interessantes e algumas deles são essenciais para se melhorar o equipamento e consequentemente facilitar o combate que é bem foda.....me embananei varias vezes pq eh mais tecnico do que smash button e como não gosto de jogos estilo Souls, Sekiro, etc sofri um pouco, mas com um pouco de treino da pra levar.......a camera atrapalha as vezes no combate mas eh suportavel......pra mim um dos melhores jogos da geração. Nota 9/10

Ghost_of_Tsushima_capa.png

Share this post


Link to post
Share on other sites

Fala, galera!!

Terminei anteontem em Live o primeiro Watch Dogs no XOne, sendo esta a terceira zerada (as outras duas foram no X360 lá em 2014). Jogo que jamais teria zerado se eu fosse na onda de notchinhas e "mídia especializada". 

Edited by N0625

Share this post


Link to post
Share on other sites
4 horas atrás, setzer disse:

Terminei ontem Quantum Break.

Não é um jogo ruim, mas me decepcionou um pouco. Esperava algo mais no estilo Alan Wake (que considero um dos melhores jogos do Xbox360). No fim das contas achei que o jogo não se aprofunda em nada, nem na exploração, nem no combate. Os pontos mais positivos são a história, que é bacana (mas não chega a salvar o jogo) e os gráficos que são bonitos. Mas só. Merece uma nota 6 apenas.

 

images?q=tbn:ANd9GcRmELU3w4fgLcZrKIMocVE

 

Eu curti o Quantum Break principalmente os gráficos que no One X é maravilhoso.

 

Agora estou jogando Yakuza 0, nunca peguei a franquia pra jogar e como saiu na game pass resolvi dar uma chance. Baita jogo, a Sega tá de parabéns!

Edited by Games
  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
18 horas atrás, Games disse:

Agora estou jogando Yakuza 0, nunca peguei a franquia pra jogar e como saiu na game pass resolvi dar uma chance. Baita jogo, a Sega tá de parabéns!

Cara, se tu ta gostando do Zero, vai na sequencia e joga o Kiwami 1 e o 2, é uma evolução natural, eu fiz o caminho do  Kiwami 1 e 2, e agora to no Zero, da pra notar o passo pra trás em várias coisas, mas é um puta jogão tbm. 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em 04/11/2020 at 10:07, setzer disse:

Terminei ontem Quantum Break.

 

Eu achei esse jogo legalzinho. Os gráficos são sensacionais, dos melhores dessa gen na minha opinião. Mas o gameplay é bem "break" mesmo, infelizmente........ Tinha tudo pra ser uma experiência excepcional de TPS.

O enredo é doideira total, a cara do Sam Lake. Acho que ele nunca escreveu um roteiro sem estar muito chapado hahaha

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em 28/10/2020 at 17:06, Omega Rugal disse:

bioshock_infinite_frontcover_large_sR6cd

 

Ignorei total na época, mas sempre ouvi falar bem e surpreendeu mesmo

De contra só achei um pouco repetitivo em certos momentos, fora isso valeu muito, a história, os personagens, as possibilidades de estratégias e tudo mais, recomendo!

Peguei o Bioshock collection mas não gostei muito do 1 e do 2

 

O final desse jogo fica muito melhor quando vc ja zerou previamente o Bioshock 1. Sério.

EU não gosto do Bioshock 2, mas o 1 eu sempre achei maravilhoso, principalmente pelas possibilidades de gameplay que ele te permite, dá mais uma chance pra ele.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

91W9UAaTe6L._AC_SY500_.jpg

Acabei de zerar essa belezinha. Levei nada mais, nada menos que 178 horas pra finalizar o game. O jogo que eu mais levei horas pra zerar em toda minha vida... hahahaha.
Mas valeu cada segundo gasto. Joguinho muito bom. Um dungeon crawler, lançado pro PS Vita em 2016, mas só no japão. Em 2018 ele recebeu uma versão em inglês no PS4, PC e Switch.

Fiz tudo que tinha direito no jogo. Levei umas 150 horas pra zerar a campanha, porém, se você matar 6 chefes secretos que existem no jogo (chefes muito difíceis por sinal), você pega um final diferente, onde a história do jogo continua e você vai parar na verdadeira última dungeon do jogo, enoooorme e difícil. E o verdadeiro último chefe então, é a personificação da roubalheira. Tomei alguns game overs até conseguir matar o infeliz.

A historinha do jogo é boa, um tanto confusa, mas legal. Me parece que esse jogo foi feito pelo mesmo pessoal que fez a série Disgaea, os traços dos personagens e o jeito nonsense é igualzinho.

Enfim, pra quem curte o gênero dungeon crawler, esse jogo é um prato cheio, tem muito conteúdo, e um sistema de evolução de personagens bem viciante, dessas quase 180 horas, a maior parte delas eu devo ter gasto farmando xp e upando meus personagens, customizando meu exército de soldadinhos de madeira (vc pode carregar 15 pro combate e ter mais 25 como suporte). Gastei um tempo retado pra montar um time completo, não gostei de como ele ficou no final, daí descartei ele e comecei outro time do zero (não precisa iniciar um novo jogo pra isso, vc pode criar soldadinhos novos a hora que quiser). Esse sim, ficou monstro.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

1540-1.jpg

O jogo é bom, mas tinha potencial para ser bem melhor. 

O jogo em si é curto, mas como ponto negativo usa do artifício de encher de atividades secundárias extremamente chatas para forçar um aumento do tempo de duração do jogo. Há também pouquíssimas missões secundárias, e as que tem são totalmente desinteressantes. Aqui o jogo poderia ter sido mais criativo e ter explorado mais para ter criado missões secundárias bacanas. Se esquecer todas essas atividades secundárias e ir direto nas missões principais o jogo terminará rápido. Algo positivo que eu li do Spider-man Miles Morales é justamente que nele essas atividades foram capadas, e por isso ele é mais dinâmico e melhor.

Agora um ponto extremamente positivo são os gráficos desse jogo. A reconstrução de NY é magnífica. Quando tu andas ao nível do chão parece que realmente estás a andar pelas ruas de NY, mas em contra partida acho que o jogo desperdiça um pouco dessa construção incrível. Fico imaginando como seria um GTA numa NY parecida com a desse jogo.

Sobre a história do jogo, a primeira metade é chata pra kct e na metade final do jogo muda da água pro vinho e fica muito boa. O jogo também não é difícil. Joguei no penúltimo nível de dificuldade e foi raras as vezes que morri.

No geral vale a pena jogar.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
3 hours ago, Jin Kazama said:

1540-1.jpg

O jogo é bom, mas tinha potencial para ser bem melhor. 

O jogo em si é curto, mas como ponto negativo usa do artifício de encher de atividades secundárias extremamente chatas para forçar um aumento do tempo de duração do jogo. Há também pouquíssimas missões secundárias, e as que tem são totalmente desinteressantes. Aqui o jogo poderia ter sido mais criativo e ter explorado mais para ter criado missões secundárias bacanas. Se esquecer todas essas atividades secundárias e ir direto nas missões principais o jogo terminará rápido. Algo positivo que eu li do Spider-man Miles Morales é justamente que nele essas atividades foram capadas, e por isso ele é mais dinâmico e melhor.

Agora um ponto extremamente positivo são os gráficos desse jogo. A reconstrução de NY é magnífica. Quando tu andas ao nível do chão parece que realmente estás a andar pelas ruas de NY, mas em contra partida acho que o jogo desperdiça um pouco dessa construção incrível. Fico imaginando como seria um GTA numa NY parecida com a desse jogo.

Sobre a história do jogo, a primeira metade é chata pra kct e na metade final do jogo muda da água pro vinho e fica muito boa. O jogo também não é difícil. Joguei no penúltimo nível de dificuldade e foi raras as vezes que morri.

No geral vale a pena jogar.

Nossa....tava falando com o @Juninn sobre isso esses dias, esse foi um dos jogos que mais nos divertiram na geração(eu e ele).......tirando as fases da Mary Jane que são um porre mesmo, todo o resto me agradou demais, tanto que eu platinei esse jogo, coisa que não costumo fazer

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
14 horas atrás, Sgt. Rock disse:

91W9UAaTe6L._AC_SY500_.jpg

Acabei de zerar essa belezinha. Levei nada mais, nada menos que 178 horas pra finalizar o game. O jogo que eu mais levei horas pra zerar em toda minha vida... hahahaha.
Mas valeu cada segundo gasto. Joguinho muito bom. Um dungeon crawler, lançado pro PS Vita em 2016, mas só no japão. Em 2018 ele recebeu uma versão em inglês no PS4, PC e Switch.

Fiz tudo que tinha direito no jogo. Levei umas 150 horas pra zerar a campanha, porém, se você matar 6 chefes secretos que existem no jogo (chefes muito difíceis por sinal), você pega um final diferente, onde a história do jogo continua e você vai parar na verdadeira última dungeon do jogo, enoooorme e difícil. E o verdadeiro último chefe então, é a personificação da roubalheira. Tomei alguns game overs até conseguir matar o infeliz.

A historinha do jogo é boa, um tanto confusa, mas legal. Me parece que esse jogo foi feito pelo mesmo pessoal que fez a série Disgaea, os traços dos personagens e o jeito nonsense é igualzinho.

Enfim, pra quem curte o gênero dungeon crawler, esse jogo é um prato cheio, tem muito conteúdo, e um sistema de evolução de personagens bem viciante, dessas quase 180 horas, a maior parte delas eu devo ter gasto farmando xp e upando meus personagens, customizando meu exército de soldadinhos de madeira (vc pode carregar 15 pro combate e ter mais 25 como suporte). Gastei um tempo retado pra montar um time completo, não gostei de como ele ficou no final, daí descartei ele e comecei outro time do zero (não precisa iniciar um novo jogo pra isso, vc pode criar soldadinhos novos a hora que quiser). Esse sim, ficou monstro.

Peguei o do Pc, joguei uma hora, pareceu muito bom

Share this post


Link to post
Share on other sites
2 horas atrás, burn disse:

Peguei o do Pc, joguei uma hora, pareceu muito bom

É top! Só não se deixe levar pelos traços bonitinhos coloridinhos. Faz parecer que jogo é infantil, mas não é. Ele é bem dark. Inclusive, rola uma cena lá que me surpreendeu. Acho que eu nunca vi uma cena dessa em um jogo. Embora a cena não mostre nada explicitamente, mas pelo contexto e diálogos, dá pra entender muito bem o que aconteceu.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Esse Spider-Man é o meu próximo da lista pra jogar.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em 09/11/2020 at 14:19, Jin Kazama disse:

1540-1.jpg

O jogo é bom, mas tinha potencial para ser bem melhor. 

O jogo em si é curto, mas como ponto negativo usa do artifício de encher de atividades secundárias extremamente chatas para forçar um aumento do tempo de duração do jogo. Há também pouquíssimas missões secundárias, e as que tem são totalmente desinteressantes. Aqui o jogo poderia ter sido mais criativo e ter explorado mais para ter criado missões secundárias bacanas. Se esquecer todas essas atividades secundárias e ir direto nas missões principais o jogo terminará rápido. Algo positivo que eu li do Spider-man Miles Morales é justamente que nele essas atividades foram capadas, e por isso ele é mais dinâmico e melhor.

Agora um ponto extremamente positivo são os gráficos desse jogo. A reconstrução de NY é magnífica. Quando tu andas ao nível do chão parece que realmente estás a andar pelas ruas de NY, mas em contra partida acho que o jogo desperdiça um pouco dessa construção incrível. Fico imaginando como seria um GTA numa NY parecida com a desse jogo.

Sobre a história do jogo, a primeira metade é chata pra kct e na metade final do jogo muda da água pro vinho e fica muito boa. O jogo também não é difícil. Joguei no penúltimo nível de dificuldade e foi raras as vezes que morri.

No geral vale a pena jogar.

 

22 horas atrás, Montagnani disse:

Nossa....tava falando com o @Juninn sobre isso esses dias, esse foi um dos jogos que mais nos divertiram na geração(eu e ele).......tirando as fases da Mary Jane que são um porre mesmo, todo o resto me agradou demais, tanto que eu platinei esse jogo, coisa que não costumo fazer

Platinei esse jogo, achei foda para caralho e o que salvou encarar as missões secundárias foi realmente a ambientação, que é INCRÍVEL e a jogabilidade, é muito bacana explorar a cidade pendurado por aí bjajjaaj

 

  • Upvote 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Aquele Miles Morales recém lançado é um novo jogo ou é só um "DLC grande" ?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Vigil: The Longest Night – Developer Live Stream: Steam-News

Metroidvania bem bacanudo, um dos games mais dark e gore que joguei nesse estilo vania. E pra quem curte souls ele surfa bastante da fórmula, tem o enredo picado sendo contado em diversos dialogos e pedaços de texto que voce encontra e tenta ligar os pontos para tentar entende-lo, não quero dar muito spoilers, mas o game tem 2 partes ao qual passando a primeira, voce não consegue mais retornar para ela. Existe diversos eventos e itens missables que voce pode perde durante o gameplay ao qual só em um possivel new game+ ira ter novamente a chance de consegui-los e podendo alterar o ending do jogo.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Terminei ontem Doom Eternal.

Bom jogo, faz jus a franquia. Gráficos bem bonitos, tiroteios insanos, bastante segredos para procurar nas fases, enfim, tudo que a fórmula de Doom sempre propôs está nesse jogo. Achei um jogo até que bem longo (se for jogar com calma, procurando os segredos e tal) e com uma dificuldade acima da média até. Só achei que as vezes algumas fases ficaram longas demais, tornando o jogo meio cansativo. Mas no geral é excelente, obrigatório ser jogado por quem é fã de Doom.  

 

ImgW.ashx?fd=f3&cd=MXO524

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
Sign in to follow this  

×
×
  • Create New...