Jump to content
Snayperskaya

[GERAL] Jogos zerados

Recommended Posts

É um tipo de remake do zelda 1, por isso esse clima não muito on rails

Mas reconheço que o jogo é irritante também, nunca o melhor da franquia

Share this post


Link to post
Share on other sites

Matei Catherine (PS3). Puta que pariu, morri mais que nos três Dark Souls juntos lol. Adorei o jogo, apesar de ter derretido meu cérebro. Super diferente do que eu costumo jogar, muito bem feito e o graphic novel tem carisma.

Share this post


Link to post
Share on other sites

81LIuNaemvL._AC_SL1500_.jpg

 

Comprei na Play-Asia essa versão do Axiom Verge para o Nintendo Switch numa promo que rolou (paguei 15 doletas + frete) e agora, neste final de semana, zerei o jogo.

Puta jogo bom viu! A história é massa e o gameplay também, só achei o "backtracking" desse jogo MUITO exagerado, e o pior, ele não te dá pista alguma de onde você tem que ir e o que você precisa pegar, para poder continuar avançando no game, é um verdadeiro sandbox esse jogo. Não tenho vergonha alguma de admitir que recorri a detonados, para conseguir desempacar de algumas partes do jogo. 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Essa falta de pistas me fez desistir de terminar esse jogo... Fizerambem old-school mesmo

Parabéns pela paciência

Share this post


Link to post
Share on other sites

129125074SZ.jpg

 

Zerei semana passada. Eu comecei a jogar esse jogo em algum momento da segunda metade do ano passado, mas como é bastante comum de acontecer comigo, "desencantei" dele e acabei deixando ele de lado. Daí agora resolvi retomar a jogatina e zerei. Até que não foi um jogo ruim não. A história eu achei fraca, a do primeiro me foi mais envolvente. O gameplay é divertido, mas depois de um tempo você percebe que ele é bem repetitivo. É sempre uma parte de "pula-pula-agarra-agarra" e outra de "atira-atira-mata-mata" e esse ciclo se repete pelo jogo todinho, chegando a ser até previsível. Mas para ser sincero, para um "clone" de Uncharted, esses novos TR conseguem ser melhores jogos.

 

yooka-laylee-limitedrungames.com-limited

 

Depois de fechar o Tomb Raider, eu resolvi pegar nesse aí. Eu já vinha jogando ele há algum tempo, mas assim, esporadicamente apenas, nos intervalos entre um jogo e outro. Daí, da semana passada para cá, eu peguei para valer nele, para fechar logo.

O jogo tem gráficos muito bonitos e a jogabilidade é bem legal. Mas teve uma coisa nele que não me agradou. Normalmente, jogos de aventura como esse se desenvolvem em torno de uma história. Esse jogo não, apesar dele ter uma historinha de fundo, ele não se desenvolve em torno dela. O foco do jogo é Ficar coletando itens nas fases, nada  mais. Você não avança nas fases porque a história do jogo te fez avançar, você avança porque coletou determinado número de itens e o faz para coletar outro determinado número de itens.

Eu sei que todo jogo de aventura, o foco é coletar itens, mas acontece que, normalmente, a história vem em primeiro lugar e a coleta de itens em segundo. Nesse fica claro que a coleta de itens vem em primeiro lugar, o resto é resto. Tipo, Mario Odyssey também é um jogo de coleta de itens, mas ele consegue fazer isso e ainda passar a impressão de que você está vivenciando uma história. Esse não.

Isso, eu não gostei nele. Mas para quem não se importa com isso, é um bom jogo de aventura sim.

Share this post


Link to post
Share on other sites

eu gosto bastante do gameplay desses TR novos, zerei os 3 com gosto :) .

Share this post


Link to post
Share on other sites

Zerei o arcade dos Simpsons e do Sunset Riders no raspberry.

Modo 4 jogadores, divertido pra caramba, jogos tecnicamente simples hoje em dia mas legais demais. 

Como tenho 3 filhos entre 13 e 4 anos, todos nós jogamos juntos. Foi bem legal esse momento, só risadas enquanto a patroa fazia o almoço desse domingo.

Tirando a patroa tava puta porque as meninas não estavam ajudando ela. Kkkkk

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites
6 horas atrás, Felix disse:

zerei Anthem

 

o jogo meia boca viu

e a meia boca dele é de dentes podres

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

1643f1_f9b08993e947489391358b39b1678760~

Fight'n Rage (PC)

Beat'em up legal, só que poderia ter jogabilidade mais sofisticada. De qualquer forma tem mecânicas bem sólidas e as porradas são satisfatórias.

Tempo de jogo: 50~60 minutos pra fechar (fechei algumas vezes)

Nota: 7/10

Edited by Snayperskaya
  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

eu achei bem decente esse jogo, ainda mais por ter sido feito por aparentemente uma pessoa só, um uruguaio

Share this post


Link to post
Share on other sites

Também zerei esse recentemente, até estava jogando ontem com outro personagem.

Curti bastante, é o tipo de jogo que seria perfeito pra jogar em galera.

Share this post


Link to post
Share on other sites
4 horas atrás, Snayperskaya disse:

1643f1_f9b08993e947489391358b39b1678760~

Beat'em up legal, só que poderia ter jogabilidade mais sofisticada. De qualquer forma tem mecânicas bem sólidas e as porradas são satisfatórias.

Note: 7/10

qual o nome do jogo?

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
26 minutos atrás, Snayperskaya disse:

Tá escrito na imagem, Fight'n Rage.

Caralho, eu achava que era tipo o "Round 1 Fight" do Street Fighter uhahuahua

Share this post


Link to post
Share on other sites

spiderman_ps4__nombre_provisional_-40048

Platinei recentemente, achei um jogo incrível, muito bem produzido! Atravessa Manhattan com o Spider é muito da hora!

Share this post


Link to post
Share on other sites

mummy-demastered-capa.jpg

The Mummy Demastered (PC)

Bem bacaninha. Só senti falta de mais desafio (e o jogo não tem opção de dificuldade).

Tempo de jogo: ~5 horas (fechei com 97% do mapa descoberto)

Nota: 8/10

Edited by Snayperskaya

Share this post


Link to post
Share on other sites

Terminei o Bloodstained, platinado. Gostei do jogo, até agora foi o melhor jogo do estilo desde SOTN.

Share this post


Link to post
Share on other sites

monster-boy-and-the-cursed-kingdom-rando

Monster Boy and the Cursed Kingdom (PC)

Tem algumas partes de puzzle meio chatinhas e algumas áreas que te forçam a trocar de forma, quebrando o fluxo natural do jogo. Algumas áreas tem cheap kills à beça. No mais, um bom jogo de plataforma/exploração.

Tempo de jogo: ~22 horas

Nota: 7.5/10

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em 04/08/2018 at 13:33, setzer disse:

Também não fiz. Não tenho a mínima paciência pra esse jogo chato de cartas, hahahahah! 

o Gwent do jogo é muito bom terminei com vários baralhos completos, mas demora pegar o jeito, agora o jogo que lançaram fora do witcher eu não gostei, mudaram completamente a mecânica do jogo...  terminei a campanha principal dele e acabei abrindo um mascara da morte sem salvar o save original, e agora não gostei de ter que chegar ao nivel 70 para poder reiniciar as expansões, estou tentando juntar coragem para recomeçar o game, mas ele é ótimo com toda certeza!!!

 

Terminei também o Bloodstained, terminei com 99,8% não fui atras de platinar, a unica coisa que ainda não fiz e que quero fazer é lutar com o OD, fora isso jogão, e agora tenho que jogar o SOTN que ainda não joguei.. XD

Edited by Zoião

Share this post


Link to post
Share on other sites

Terminei o The Witcher 3, um baita jogo sem dúvida, mesmo depois de todos esses anos do lançamento.

Achei muito interessante a experiencia que me proporcionou, eu não sabia que tinha muitos finais diferentes já que não costumo pesquisar detonados e afins justamente para não estragar as surpresas. Todas as escolhas que fiz foram sempre de acordo com o que eu achava mais correto ou mais legal, sem me importar se isso iria me beneficiar ou não no gameplay:

Spoiler

Alguns exemplos:

- Matar o Radovid (como desejei isso até o momento que foi possível);

- Sempre incentivar e apoiar a Cirilla;

- Matar a Keyra (isso foi complicado, achei a consequência dos diálogos muito drástica);

- Jurar amor eterno a Triss, porque parecia a coisa certa uma vez que ela era bela, altruísta e gentil;

- Jurar amor eterno a Yenifer, porque só me liguei mais tarde que ela, o Geraldo e a Ciri eram um família;

- Perder as duas por tentar ficar com as duas (isso foi um lixo, juro que tentei terminar com a Triss, mas o jogo já não me permitia mais);

- Não ser condescendente com o Barão, o que levou ao seu suicídio, mesmo gostando do personagem;

- Provoquei o Emyr em cada resposta que foi possível, mas isso não o impediu de ser o conquistador de tudo, mas tudo bem, entre ele e o Radovid, ficou o menos pior.

 

Tenho observado que muitos jogos, desde a geração passada, tem abordado protagonistas mais velhos e muitas vezes com fortes relações de pai e filha/o. Acredito que isso se deve ao fato de que nossa geração praticamente nasceu junto com os videogames e hoje em dia muitos de nós, graças a idade, vivemos essa realidade de ser pai, por isso, acabamos nos identificando com esses personagens.

Escrevo isso para poder relatar um pouco mais da minha prazerosa experiencia com The Witcher 3, como me identifiquei com o Geraldo em sua relação com a Ciri, sua preocupação, seus ciúmes e suas dúvidas (afinal sou pai de uma menina também). Como me preocupava com ela e como todas as minhas decisões no jogo visavam sempre sua segurança e bem estar, eu realmente adotei essa menina através da figura do Geralt.

Vou colocar em spoiler algumas cenas que me emocionaram pra valer.

Spoiler

Resultado de imagem para geralt finds ciri

A carga dramática dessa cena é imensa, o medo que o Geraldo tem de encarar a dura realidade, CARAMBA, emocionante e inesquecível, assim como a alegria dele ao perceber que estava errado em sua percepção.

 

image.jpeg.ead8185b9008710b65ebb3bcecca4964.jpeg

Aqui quando ela está indo se sacrificar para eliminar a Geada, tendo os flashbacks dos bons momentos.

 

Resultado de imagem para ciri memories

E finalmente aqui, eu já estava conformado com a morte dela quando tive a grata surpresa.

Fiquei triste pelo Gerado terminar sem um romance, mas ele ficou com sua filha, e quem é pais sabe que isso é maior que qualquer outra coisa :D.

 

Senhores, me envolvi demais com a história, com os personagens, lugares e acontecimentos desse jogo, será uma boa lembrança que carregarei para sempre. Recomendo muito para quem ainda não jogou.

Edited by Erminio
  • Like 4

Share this post


Link to post
Share on other sites

Sua percepção da relação pai-filho nos jogos eu acho que é correta mesmo

Share this post


Link to post
Share on other sites

0d0f7d38ec5227d8dfc2cf8a675ad644ce436b42

Dead Cells (PC)

Jogabilidade extremamente refinada e com peso no desafio x recompensa. Consegui zerar depois de morrer umas 30x (a maioria em outras vezes que reinstalei o jogo). Ação em plataformas 2d feito da forma certa.

Tempo de jogo: ~1 hora (cada partida/jogada)

Nota: 9/10

 

COLLAPSED-Free-Download.jpg

Collapsed (PC)

Um jogo que veio beber da fonte de Dead Cells mas com algumas mudanças: a morte não é tão punitiva (você continua com seus equipamentos e dinheiro), há um sistema de inventário com coleta de itens e o combate é focado em armas de fogo. Construção de fases razoavelmente simplória (tudo muito retangular). A primeira vez que você fecha, é liberada uma dificuldade maior (o jogo parece ter 12 níveis de dificuldade no total), mas não percebi mudanças além de escalonamento de dano, HP e drops de inimigos.

Tempo de jogo: ~1 hora (cada partida/jogada)

Nota: 7/10

 

gato-roboto-new-game-pc-nintendo-switch.

Gato Roboto (PC)

Metroidvania com bons elementos gerais. Controles precisos, desafio na medida. Savepoints distribuídos pelo mapa pra quem não tem muito tempo e quer dar uma jogadinha rápida.

Tempo de jogo: 3 horas

Nota: 8/10

Share this post


Link to post
Share on other sites

Turok.jpg

 

Acabei de zerar esse jogo aí no Switchão.

Putz! Lembro como se fosse hoje, da época em que joguei esse jogo pela primeira vez no Nintendo 64. My God! Como eu odiei esse jogo... hahahaha... Sério, eu achei ele, na época, MUITO ruim.

Agora, quando fiquei sabendo que haviam lançado uma versão remasterizada, mesmo lembrando de que havia achado o jogo ruim, a nostalgia falou mais alto e eu acabei comprando o game pro Switch (tava baratinho também). E não é que eu fiz bem? Jogando agora, pela segunda vez, eu acabei por curti pra caramba o jogo. Sei lá, acho que na época eu era muito imaturo pra entender e curtir o estilo desse jogo.

Já até comprei o remaster 2 pra poder continuar a jogatina. E já torcendo pra que façam um remaster do 3 também. Lembro que o terceiro jogo foi o que me deixou mais intrigado na época, sei lá, me lembrava muito o Half-Life.

Edited by Sgt. Rock

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...

×
×
  • Create New...