Jump to content
Sign in to follow this  
Sonymaster

Correios agora têm serviço para comprar nos EUA e enviar para o Brasil

Recommended Posts

Os Correios anunciaram nesta semana a chegada do serviço Comprar Fora, uma maneira de fazer compras online em lojas dos Estados Unidos e enviar para o Brasil. O negócio foi lançado em parceria com a Visa e os Correios prometem “cuidar de toda a burocracia”. A criação de uma conta é gratuita e não há taxas de manutenção.
 
sse tipo de serviço facilita a aquisição de itens que não são enviados para o País diretamente pela loja – basicamente, os Correios servem como intermediários nesse processo, com um endereço físico nos EUA para onde você pode enviar o produto.
 
correios-comprar-fora
 
O consumidor paga pelo produto, impostos locais, impostos de importação e taxa de envio pelos Correios. O site do Compra Fora tem uma calculadora para que os interessados possam saber quanto devem pagar por um produto.
 
Vale a pena?
Fizemos uma simulação de compra de um Google Pixel 3 pelo site da Amazon, que oferece o envio para o Brasil e é vendido por US$ 749. Usando o sistema da Amazon.com, o produto sai por R$ 5.876,42 com todos os custos, incluindo impostos:
 
R$ 2.968,23 pelo produto;
R$ 43,47 pelo envio e manuseio;
R$ 2.864,72 pelas taxas de importação.
Para chegar a esses valores, a Amazon converte US$ 1 a R$ 3,96.
 
amazon-simulacao-envio-brasil
 
Agora, se fôssemos usar o Correios Compra Fora, esse mesmo produto sairia por R$ 4.642,01:
 
 
R$ 2.821,93 pelo produto;
R$ 122,40 pelo envio e manuseio;
R$ 1.697,68 de impostos
 
Para chegar a esses valores, os Correios levaram em consideração a cotação atual do dólar comercial, que está em R$ 3,76.
 
A calculadora detalha o custo do frete. Nos EUA são cobrados R$ 22,61 pelo manuseio e R$ 7,54 pelo frete internacional. No Brasil, ainda há R$ 15 pelo despacho postal e R$ 77,25 pela distribuição nacional.
 
Em nenhuma das simulações foi incluído do IOF, cobrado em transações internacionais com cartão de crédito. Utilizamos um CEP de São Paulo e entrega standard (mais lenta).
 
correios-comprar-fora
Fizemos também uma simulação de compra de um iPhone XR pelo site oficial da Apple nos Estados Unidos. Por lá, o modelo mais básico com 64GB de armazenamento custa os mesmos US$ 749 – logo, os números são iguais aos do Pixel XL: R$ R$ 4.642,01.
 
O exemplo do iPhone XR é interessante para mostrar que nem sempre compensa comprar fora usando esse serviço. Nos Estados Unidos não há parcelamento de compras e, se for para comprar à vista, o celular sai por R$ 4.679,10 na Apple Store brasileira. É melhor comprar por aqui mesmo.
 
Como enviar produtos para o Correios Comprar Fora
 
Para fazer compras em lojas online nos Estados Unidos e usar o serviço dos Correios, é preciso enviar o produto para o endereço deles.
 
Ao criar a conta no Comprar Fora, você receberá um endereço de entrega nos EUA, em Miami, com seu respectivo número de telefone. Há também um número de suíte — igual ao seu CPF — para identificar que a encomenda é para você.
 
Ao realizar uma compra em algum site gringo, você coloca esse endereço fornecido pelo site do Comprar Fora.
 
Você pode usar esse endereço receber jornais, revistas e catálogos de lá. A calculadora do site tem uma opção para simular esse tipo de envio, que costuma ser bem barato e inclui apenas impostos locais.
 
Não é preciso fazer avisos aos Correios de que você enviou algo para o endereço em Miami. No entanto, as encomendas só são enviadas para o seu endereço após pagamento dos impostos e serviços. Há duas opções de frete para o Brasil: standard (padrão) e express (mais rápido e mais caro).
 
Não é necessário preencher a declaração aduaneira, o serviço dos Correios se encarregarão disso.
 
Juntar pacotes
 
O comunicado dos Correios à imprensa diz que é possível fazer “a junção de pacotes de diferentes lojas para economizar no envio e, ainda, armazená-los nos EUA por mais alguns dias para aguardar o recebimento de outras encomendas e formar um único pacote”.
 
Neste caso, você pode fazer compras em diferentes sites e recebê-las de uma só vez. É uma possibilidade para pagar menos no envio e, segundo os Correios a economia pode chegar a 50%. Porém, há uma cobrança adicional para isso e o valor só é informado antes de confirmar o pedido no site Correios Comprar Fora.
 
correios-comprar-fora-juntar-pacotes
 
O pacote inteiro não pode passar de 105 cm de comprimento, largura e altura e a soma dessas dimensões não pode ultrapassar 200 cm. O peso máximo é de 30 kg e no máximo cinco encomendas podem ser colocadas juntas. O limite de valor aduaneiro é US$ 3.000.
 
Além disso, há um prazo de até 15 dias corridos de armazenamento grátis para realizar o pagamento. Só há um método disponível: cartão de crédito das bandeiras Visa, MasterCard, American Express, Diners Club International e Elo.
 
Cobranças adicionais
 
seção de perguntas frequentes do site destaca que, apesar de resolver os trâmites para o envio, a Receita Federal ainda pode fazer cobranças adicionais: “Quando o pacote chegar ao Brasil, ele passará pelo processo de desembaraço aduaneiro, a Receita Federal do Brasil poderá arbitrar um valor diferente para o seu produto e, consequentemente, haverá alteração relativa à cobrança de impostos. Caso isso ocorra, você será comunicado e orientado a como proceder para realizar o pagamento adicional para receber seu produto”.
 
Extravio e avarias
 
Os Correios pagam uma indenização caso haja extravio da encomenda. Os pacotes de envio standard poderão ser indenizados em até R$3.000,00 e de envio express poderão ser indenizados em até R$10.000,00. A estatal destaca ainda que eventuais impostos e serviços já pagos também poderão ser ressarcidos.
 
Em casos de avaria parcial ou total, é preciso registrar uma reclamação.
 
Aumento no preço do frete
 
Coincidência ou não, os Correios também anunciaram nesta segunda-feira (28) que irão reajustar o valor dos fretes em 8,03%, em média, a partir do dia 6 de março. O reajuste deve variar dependendo da localidade. A companhia prometeu ainda PAC mais barato.
 
Em agosto do ano passado, a companhia havia anunciado ainda que cobrariam uma taxa de R$ 15 para todas as encomendas internacionais – a medida impactava, principalmente, importações vindas de sites de e-commerce chineses.
 
Fonte: Gizmodo

Share this post


Link to post
Share on other sites
Citar

R$ 2.968,23 pelo produto;
R$ 43,47 pelo envio e manuseio;
R$ 2.864,72 pelas taxas de importação.

Por bem menos que isso você compra passagem de avião ida e volta pra Miami e volta com o aparelho na mala. Essa escória burrocrática tem que pular de um abismo e morrer, bando de parasita inútil.

DAL_MneUMAArTIt.jpg

  • Like 1
  • Upvote 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Hehehehe... os Correios agora estão copiando o que algumas pessoas já faziam há bastante tempo. Brasileiros que moram nos Estados Unidos e ofereciam exatamente esse serviço. Alguns tinham até site.

Mas enfim, acho que isso aí vai ser bem interessante, por exemplo, na hora de fazer um upgrade no PC.

Share this post


Link to post
Share on other sites
6 horas atrás, Sgt. Rock disse:

Hehehehe... os Correios agora estão copiando o que algumas pessoas já faziam há bastante tempo. Brasileiros que moram nos Estados Unidos e ofereciam exatamente esse serviço. Alguns tinham até site.

foi o que eu pensei, isso ja existe a no mínimo 10 anos, só que de uma forma mais barata e eficiente :lol:

Share this post


Link to post
Share on other sites

Tentei acessar o serviço, pra ver como era e tal, mas não tá dando certo. Estou usando o mesmo ID e senha que eu uso para pagar o despacho postal, porém, quando tento fazer o login, dá erro dizendo: " Erro: IdCorreios ou e-mail não informados. Clique em Sair e faça o login novamente com seu IdCorreios".

Pensei que pudesse ser o caso de a conta cadastrada para pagamento do despacho postal não ser a mesma conta utilizada para usar esse novo serviço do correio, porém, quando tentei cadastrar uma nova conta, usando os mesmos dados da anterior, o sistema disse que o usuário já existia, então, certamente, é o mesmo cadastro que os dois sistemas usam.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Basicamente é um serviço de redirecionamento de encomendas, que sites como shipito.com fazem, mas tem dois lados, um lado os shipito da vida tem custos maiores mas pode passar sem pagar 60% de imposto, do outro lado os correios com custo menores e com imposto e entrega garantidos.

É bom em muita coisa vai valer a pena, outras não, ter uma empresa oficial daqui pra receber lá é ótimo.

Um calculo rápido no site a encomenda de $100 virá 665 reais, (isso com o cambio ilusório de 3,67 afinal compra com cartão vai cambio de dólar turismo o pior de todos).

É uma opção, e opção a mais sempre é bom,tem produtos que vc vai preferir pagar os impostos e ter mais garantia de receber,com prazos melhores.

Eu acho estranho gente que a cidade da pessoa depende única e exclusivamente do correio e nego de lá fala mal, se não tivesse correio nem chegaria nada lá, e se os sites optam pelos correios, é pq oferece melhor custoxbeneficio, alias errado tão esses sites tipo mercadolivre que não permite vc optar por outras transportadoras, isso incentiva essas alienados que não sabem o que falam , se eles vissem ali entrega correios R$40 , fedex R$80,dhl R$77 etc, ele iriam agradecer de existir os correios e não xingar na internet, bando de otários na verdade.

Reclamaram tanto de importação que ganharam a taxa 15 na cabeça pra ver se aprendem a não cuspir no prato que comem.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

"Os Correios anunciaram que os serviços de Sedex e PAC irão sofrer reajuste médio de 8,03% a partir do mês que vem. A alta dos reajustes pode variar de acordo com as regiões. Isso porque, segundo a empresa, os custos de operação são distintos e variam de acordo com a localidade.

Segundo os Correios, o reajuste é próximo à variação do Índice Geral de Preços-Mercado de 2018, que foi de 7,54%. No ano passado, quando a inflação ficou próxima dos 3%, as tarifas de Sedex e PAC tiveram aumento que variou de 8% a 51%."

Vai lá amiguinho, elogia mais eles enquanto eles aumentam as tarifas pelo dobro da inflação vai...

  • Upvote 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em 05/02/2019 at 2:56 PM, PekSGN disse:

"Os Correios anunciaram que os serviços de Sedex e PAC irão sofrer reajuste médio de 8,03% a partir do mês que vem. A alta dos reajustes pode variar de acordo com as regiões. Isso porque, segundo a empresa, os custos de operação são distintos e variam de acordo com a localidade.

Segundo os Correios, o reajuste é próximo à variação do Índice Geral de Preços-Mercado de 2018, que foi de 7,54%. No ano passado, quando a inflação ficou próxima dos 3%, as tarifas de Sedex e PAC tiveram aumento que variou de 8% a 51%."

Vai lá amiguinho, elogia mais eles enquanto eles aumentam as tarifas pelo dobro da inflação vai...

Bom ai é o problema das pessoas ficarem votando em políticos que pensam que gerir uma estatal é a mesma coisa que uma empresa privada, colocam figuras como dória na prefeitura no governo, esse pessoal não tem pena do seu bolso, as encomendas só crescem eles aumentam o preço, e vendem mais serviços ,vão continuar aumentando, em quem vc votou? lembra? então responsabiliza as pessoas certas ok.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now

Sign in to follow this  

×