Jump to content
Sign in to follow this  
burn

FPGA MISTer: projeto permite clonar hard de vgs e cpus antigos

Recommended Posts

MiSTer.jpg

Muitos aqui que tem nocao de eletronica aqui sabem o que um chip fpga permite: reprogramacao completa ao ponto de funcionar igual ao chip proposto originalmente

estava olhando outras coisas e me deparei com uma placa fpga de nome DE-10 da Terasic. descobri entao que existe uma scene que desenvolve cores de chips de vgs retro pra ela, permitindo que vc tenha um clone hard do proprio vg. Roda em cima de linux.

um canal de reviews do youtube montou o projeto e é uma alternativa muito boa para quem nao quer usar emulacao convencional para rodar vgs retro, preferindo algo mais semelhante ao hard original ou ate mesmo, identico do ponto de vista tecnico. aparentemente a scene que atualiza os cores pro chip é bem ativa e esta crescendo muito.

Acredito que logo isso "exploda" pro grande publico e vai ter muita gente falando, como hj acontece com os raspberrys

aqui ele apresenta as placas e monta:

nesse é com as placas ja montadas e ele demonstra como tudo funciona melhor:

existe inclusive uma wiki só sobre esse projeto:

https://github.com/MiSTer-devel/Main_MiSTer/wiki

ja existem varios cores disponiveis: x68000, consoles 8 e 16 bits mais conhecidos, arcades antigos...

Edited by burn

Share this post


Link to post
Share on other sites

Entre os retromicreiros isso já estourou faz uns bons meses. Até o Luo tem um Mística... 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Esse projeto do MisterFPGA está ficando bem legal. É algo para se pensar no futuro quando começarem a vender os kits prontos e em uma escala mais comercial.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Tinha visto há alguns meses uns vídeos no yt sobre essa plataforma. Uma coisa que fiquei com dúvida é: um FPGA pode trabalhar como um CPU comum, executando código como um emulador; ou simulação de hardware específico (controle a nível de hardware, partes dos gates e demais elementos lógicos são separados e destinado a processar paralelamente código específico). Não vi em lugar nenhum uma comparação mostrando diferença com os emuladores do mercado, ou que já conseguiram fazer módulos de hardware para obter um resultado 1:1 de um console. A meu ver, qualquer trabalho pra fazer emuladores rodarem da mesma forma que hoje em dia nos ARM e X86 é reinventar a roda.

Isso é explicado aqui:

https://github.com/MiSTer-devel/Main_MiSTer/wiki/Why-FPGA

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Acho que o diferencial do FPGA é o baixo input lag e a maior precisão da emulação, apesar de que nesse último vídeo aí eu achei que os sons de quando o Sonic pega as argolas está meio zoado.

Também não sei bem qual o nível de poder de processamento de um FPGA desse aí. Acho difícil que ele consiga rodar jogos de placas mais pesadas, como uma STV-Titan por exemplo.

Share this post


Link to post
Share on other sites

do jeito que esta hoje nao, mas acho que essas placas fpga vao evoluir ao um nivel que vao poder clonar até n64

 

sobre o som das argolas, no video esta mesmo, mas ele é de 2018... ja devem ter evoluido o core do md dele umas versoes pra frente

Share this post


Link to post
Share on other sites

Bom, eu tenho a opinião que emulação é uma coisa, e implementação em FPGA é outra, até porque este último recria o hardware e foca nessa tarefa apenas. Não é como um emulador no PC, que concorre com outras tarefas ao mesmo tempo e isso pode até prejudicar a experiência...daí a vantagem de um hardware recriado em FPGA.

Outro ponto que dou vantagem ao FPGA é o conceito de se poder usar praticamente todo aparato/acessório que se usaria no hardware original.
Ex: o 1chipMSX (OCM), talvez o precurssor desse conceito, vem com duas entradas pra cartucho como nos MSX antigos, entrada pra teclado e controles antigos e outros periféricos, além de rodar na linguagem Basic ou DOS 2.0 e pra rodar os jogos em disquete ou cassette se utiliza das mesmas linhas de comando que eram usadas nas máquinas antigas.
Claro, há também os programas facilitadores, que seriam impossíveis antigamente mas que hoje em dia até rodam no hardware original da época (sofarun e nextor por exemplo), mas você usa apenas se quiser. Por isso o feeling de se usar as máquinas antigas ainda existe e é até prazeroso se bater quando vc não sabe/lembra/entendeu a linha de comando necessária pra fazer aquela tarefa e depois consegue. :download:

Share this post


Link to post
Share on other sites

Tenho um notebook de 2006 inteiro aqui. Ele funciona com 2gb de ram e tenho que usar um ventilador aqui. O problema dele é que ele tem que usar Windows, pois o Linux não tem um driver com aceleração 3D pra ele. O driver se chama sisimedia e é pra placas sis. Quem manja de fazer driver, por favor crie um driver pra ele sim!

Share this post


Link to post
Share on other sites

que insano!!

 

curti demais e já vou ficar de olhos abertos acompanhando essa bagaça!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now

Sign in to follow this  

×