Jump to content
Sonymaster

5 Jogos com desafios estilo “Dark Souls” do Mega Drive!

Recommended Posts

Nos dias atuais, séries como “Dark Souls” se destacam pela sua dificuldade acentuada. Em uma época onde contar histórias através de CGs está ficando cada vez mais importante e os desafios deixados de lado, jogos como esse tendem a chamar a atenção.
 
jogos-hardcore_capa-770x500.jpg
 
Na chamada era de ouro dos videogames, no entanto, as coisas eram bem diferentes. Os jogadores da época gostavam de desafiar a si e os amigos para ver quem terminava os jogos mais difíceis.
 
Isso gerou uma demanda grande na indústria, que produziu vários jogos fantásticos para quem curte se testar ao limite. No melhor estilo souls, conheça 5 jogos difíceis e sombrios da época que deram o que falar no Mega Drive:
 
 
chakan-tectoy.jpg
 
Lançamento:  1992
 
Produtora: Sega/Extended Play
 
Chakan foi baseado em um quadrinho do autor  Robert A. Kraus. Nele, Chakan é um guerreiro que é extremamente confiante nas suas habilidades, tanto que certa vez diz que nem mesmo a morte poderia detê-lo.
 
Ao ouvir essa blasfêmia, a morte quis testar o guerreiro e propôs então um desafio a ele. Caso ele passasse por todos os níveis e derrotasse a morte, ela garantiria a ele vida eterna. Caso contrário, ele seria um escravo dela para sempre.
 
No gameplay, você tem que escolher entre 4 portais, um para cada elemento da natureza. Cada um deles te leva a um conjunto de 3 fases, que você tem que passar sem morrer, se não volta para o hub de seleção de portais. Mas relaxe um pouco, suas vidas são infinitas.
 
Te lembrou algum jogo?
 
No início de cada portal você recebe uma arma extra que modifica o jogo. Uma marreta para quebrar paredes e um gancho para escalar paredes estão entre elas.
 
Chakan ficou conhecido pela sua enorme dificuldade e ambientação extremamente competente, se não conhece o jogo ainda, não perca mais tempo.
 
 
alien-3-tectoy.jpg
 
Lançamento:  1992
 
Produtora:  Probe Software
 
Baseado no filme de 1992, Alien 3 é um jogo que oferece altas doses de desafios ao colocar o jogador no comando da heroína Ellen Ripley, que se encontra em um planeta que na verdade é uma colônia penal de segurança máxima.
 
Sua missão é salvar todos os prisioneiros e acabar com os terríveis aliens que infestam a prisão de Fiorina Fury 161, percorrendo cenários icônicos presentes no filme, juntamente com outras áreas, como o açougue, exclusivo do jogo, e o covil alien, vindo do filme anterior, “Aliens: O Resgate”.
 
Com ação na vertical e horizontal, os cenários são relativamente longos em forma de labirintos complexos. Para aumentar ainda mais a dificuldade, há um tempo limitado para salvar todos os prisioneiros e encontrar a saída antes que o cronômetro se esgote e uma vida seja perdida.
 
Preparado para esse desafio?
 
 
ghouls-ghosts-tectoy.jpg
 
Lançamento: 1989
 
Produtora: Capcom/Sega
 
Ghouls’N Ghosts é a continuação direta de seu jogo anterior, chamado de Ghosts’n Goblins e lançado originalmente pela Capcom nos arcades. Três anos após os acontecimentos do primeiro game, os demônios voltam para atormentar a vida do cavaleiro Arthur. Com um feixe de luz, eles roubam a alma da princesa Prin Prin, que agora depende do herói para ter sua vida de volta. Ele então vai em busca de derrotar o maléfico Loki para restaurar a ordem.
 
No gameplay, ele é um clássico side scrolling, mas conta com diversas mecânicas que fizeram dele o jogo único. Uma delas é a adição e de várias armas e armaduras durante a aventura. Dependendo de onde o jogador pulasse, um tesouro era revelado e podia conter novas armaduras ou armas com efeitos especiais. Arthur pode atirar em todas as direções para derrotar os inimigos mortos-vivos que aparecem nas fases.
 
São 5 fases mais a última chefe, mas o jogo te retorna a fase 1 após terminar as 5 primeiras e te premia com uma arma sagrada, que é necessária para abrir a porta que dá até a câmara do Loki. Tá esperando o que para salvar a pobre princesa Prin Prin?
 
Shadow of the Beast
 
shadow-of-the-beast-tectoy.jpg
 
Ano de lançamento: 1991
 
Produtora: Reflections/WJS Design
 
O jogo conta a história de um garoto que foi raptado e alvo de experimentos com magia negra durante toda sua vida, o que o transformou em um monstro a serviço da besta Maletoth. Certo dia, ele tem lembranças de memórias da sua vida de humano, tudo graças a ter assistido a execução de um homem, que ele lembraria ser o seu pai. Aarbron é o nome da nossa besta, que agora procura vingança contra Maletoth para quem sabe recuperar o seu corpo humano.
 
Segundo o designer do jogo, Martin Edmonson, tudo foi planejado para ser o mais difícil possível, uma vez que eles odiavam jogos fáceis. O gameplay funciona com um side scroller em que o jogador tem que derrotar vários inimigos e chefes durante o percurso. O jogador tem apenas 12 pontos de vida e ao perdê-los, é game over total, não existe continue aqui.
 
O jogo inovou bastante por permitir explorar os cenários de maneira diferente após conseguir certos itens chave, o que para muitos é um marco para o fim da linearidade nos jogos. A recepção da época foi muito boa e ele ganhou notas máximas de diversas revistas.
 
The Immortal
 
the-immortal-tectoy.jpg
 
Ano de lançamento: 1991
 
Produtora: Eletronic Arts
 
Você acorda em uma sala sozinho. Você é um mago sem nenhuma arma no momento. Você então vê uma imagem do seu mentor, que por mágica começa a falar e diz que está em perigo na parte mais baixa do labirinto. Entre você e o mentor, Goblins e Trolls estão travando uma guerra sangrenta que você acabará por intervir para prosseguir. Ao longo da jornada, você irá dormir em camas espalhadas pelo labirinto. Ao sonhar, você descobrirá mais sobre a história e quem é o seu mentor em apuros.
 
No gameplay, a câmera é isométrica, fazendo aquele sistema de falso 3D. O seu mago vai pegando armas e magias ao longo da aventura, além de itens que podem te ajudar a prosseguir pelas 8 fases do labirinto.
 
Você pode resolver o combate com magias a distância ainda no modo isométrico, mas no geral, você irá tocar nos inimigos e iniciar um modo de combate, em que a câmera volta ao tradicional 2d e você pode utilizar de rolagem e golpes para vencer, lembrou algum jogo?
 
Não fosse pela linearidade, que na época era um ponto muito negativo para jogos de RPG, ele seria um dos marcos do Mega Drive e das outras plataformas onde foi lançado. Ainda sim, sua recepção foi altamente positiva e ele se tornou um sucesso da época que ainda hoje é imperdível.
 
Fonte: Blog Tectoy

Share this post


Link to post
Share on other sites

Cara por coincidência esta lista só tem JOGÃO!

Shadow of the beast é um Ame ou odeie. A versão Americana graças ao Bug de 50 hz é impossível de foda. por isto a sega lançou um Cheat. A japonesa é linda, tem options e tudo mais.

O immortal eu acho interessante mas nunca zerei.

 

Não entendo o porquÊ da Sega não lançar um novo Chakan! Ele tem uma ótima história para jogos de hoje em dia. Dá pra fazer tipo a Série Souls mesmo ou GOW. Seria fantástico! Quando via os vídeos do beta do Dreamcast pirava

Dai a gente vê este mod e tem certeza do que fala..

Sega Burra! Ficou bem legal a montagem! ... Dark Souls clone de Chakan????????? 

Edited by Hill top zone
  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
6 horas atrás, Hill top zone disse:

Dai a gente vê este mod e tem certeza do que fala..

Cadê o @burn pra reclamar do GEEEEEEMMMMMMMMSSSSSSSSSSS

Ah, e uma curiosidade: Steven A. Ross, o artista principal do primeiro jogo e desse cancelado do Drim, também foi artista principal e roteirista de Blood Omen 2, por isso algumas pessoas dizem que Blood Omen 2 é quase uma continuação espiritual do Chakan.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu acho essa capa de Ghouls’n Ghosts uma das capas mais fodas já criadas. :shineeyes:

Eu vivia fazendo cópias dela quando estava aperfeiçoando meus desenhos.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Caraca não sabia desse projeto de Chakan para o Drim fodaum! Minha nossa, cada dia que passa eu sinto mais pena de como o DC poderia ter sido um sucesso em vendas... tanta coisa boa cancelada, que dó!

Eu adoro Chakan do Mega! Eu morria de medo quando era criança... não jogava sozinho de noite nem a pal, hahahahah! Mas nunca cheguei a terminá-lo, por mais que tenha jogado muito.

Share this post


Link to post
Share on other sites
18 minutos atrás, BarMac disse:

Ninguém vai reclamar do título do tópico?

é muito new generation :iawww:

Eu também achei, ainda bem que alguém percebeu, mas o pessoal desses blogs tem que se adaptar com esses millenials 

Share this post


Link to post
Share on other sites
6 horas atrás, Stormwatch disse:

Cadê o @burn pra reclamar do GEEEEEEMMMMMMMMSSSSSSSSSSS

Ah, e uma curiosidade: Steven A. Ross, o artista principal do primeiro jogo e desse cancelado do Drim, também foi artista principal e roteirista de Blood Omen 2, por isso algumas pessoas dizem que Blood Omen 2 é quase uma continuação espiritual do Chakan.

Caraca eu ia citar que poderiam ter feito Chakan estilo Soul reaver e vc me solta uma dessa. Pensando Bem Legacy of Karin: Soul Reaver merece um remate HD ou novo

5 horas atrás, Minda disse:

Eu acho essa capa de Ghouls’n Ghosts uma das capas mais fodas já criadas. :shineeyes:

Eu vivia fazendo cópias dela quando estava aperfeiçoando meus desenhos.

Concordo!!! Ela e muito foda!!

4 horas atrás, setzer disse:

Caraca não sabia desse projeto de Chakan para o Drim fodaum! Minha nossa, cada dia que passa eu sinto mais pena de como o DC poderia ter sido um sucesso em vendas... tanta coisa boa cancelada, que dó!

Eu adoro Chakan do Mega! Eu morria de medo quando era criança... não jogava sozinho de noite nem a pal, hahahahah! Mas nunca cheguei a terminá-lo, por mais que tenha jogado muito.

Sobre o DC, a Sega deveria ter visto que tá perdendo mercado e ter feito ele para um nicho diferente igual o Wii conseguiu.

Share this post


Link to post
Share on other sites
4 horas atrás, BarMac disse:

Ninguém vai reclamar do título do tópico?

é muito new generation :iawww:

Se no tópico fosse de NES, o titulo seria 999 Jogos com desafios estilo “Dark Souls” do NES!

E claro, Battletoads seria o 1º da lista...aliais, ele é o primeiro da lista de todos games difíceis até hoje em dia! e que supera “Dark Souls” facilmente!

 

Falow!!!

Edited by Zariel

Share this post


Link to post
Share on other sites
6 horas atrás, Zariel disse:

Se no tópico fosse de NES, o titulo seria 999 Jogos com desafios estilo “Dark Souls” do NES!

E claro, Battletoads seria o 1º da lista...aliais, ele é o primeiro da lista de todos games difíceis até hoje em dia! e que supera “Dark Souls” facilmente!

 

Falow!!!

cara, battletoads não é nem de longe o mais díficil... ele é o mais aclamado, pelos belos gráficos, ótima jogabilidade, e doze de humor, é um jogo que não envelhece

ghosts n globins é um exemplo de jogo mais difícil que battletoads, street fighter 2010 é outro exemplo. tem mais... principalmente jogos com jogabilidade truncada tipo castlevania

Edited by BarMac

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ghosts n goblins é difícil por ser simplório e arcaico

Morte em 2 hits, sem Controle da direção do pulo no ar, dificuldade pra trocar de arma, trollagem no final do jogo pra desnecessariamente fazer tudo novamente

Battletoads é difícil por ser difícil. Os problemas do gng não existem e ainda assim tem fases de arrancar os cabelos.  Mesmo assim consegue fazer o jogador continuar.

Na minha opinião, o Battletoads é mais difícil porque mesmo sendo simples para os padrões de hoje, não precisou fazer uso de um modelo arcaico ou troll pra ter uma dificuldade altíssima

Mas entendo a sua opinião sobre jogos de gameplay truncada, realmente são dureza.

Até a evolução do modelo do Castlevania, que é o ninja Gaiden... Na época o ng2 eu levei 3 meses pra fechar.

Sim, meses.

Edited by burn
  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em 4/27/2019 at 11:31 AM, burn disse:

Battletoads é difícil por ser difícil. Os problemas do gng não existem e ainda assim tem fases de arrancar os cabelos.  Mesmo assim consegue fazer o jogador continuar.

Na minha opinião, o Battletoads é mais difícil porque mesmo sendo simples para os padrões de hoje, não precisou fazer uso de um modelo arcaico ou troll pra ter uma dificuldade altíssima

A fase da moto certamente é trollagem. A versão Mega Drive é bem mais fácil nessa parte.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu demorei pouco tempo para passar do turbo tunnel no hard real

 A fase das cobras gigantes e a do "monociclo" eu demorei muito, decorei tudo

Na época eu nem imaginava que aquelas "explosões" que apareciam eram warps 

Edited by burn

Share this post


Link to post
Share on other sites
38 minutos atrás, burn disse:

Eu demorei pouco tempo para passar do turbo tunnel no hard real

 A fase das cobras gigantes e a do "monociclo" eu demorei muito, decorei tudo

Na época eu nem imaginava que aquelas "explosões" que apareciam eram warps 

Isso que ia falar...O complicado pra mim era a fase da Cobra... a da moto mesmo decorando, é ter reflexo e um joypad bom!

 

Falow!!!

Edited by Zariel

Share this post


Link to post
Share on other sites

decorar não é um privilégio do battletoads (sim, estou sendo o chato que não quer dar o braço a torcer sobre a maioria falar que o jogo dos sapos bombados é o mais difícil)

Share this post


Link to post
Share on other sites

Decorar era pratica comum na época...

Os devs não estavam preocupados em deixar o jogador terminar o jogo como é hj, pelo contrário

Good times

Edited by burn

Share this post


Link to post
Share on other sites
14 horas atrás, burn disse:

Os devs não estavam preocupados em deixar o jogador terminar o jogo como é hj, pelo contrário

Ôoo época boa! Simplesmente era isso que você falou, não se preocupavam se você fosse terminar o jogo, e sim que você jogasse do zero tudo de novo se morresse.

Share this post


Link to post
Share on other sites
10 horas atrás, Hill top zone disse:

Ôoo época boa! Simplesmente era isso que você falou, não se preocupavam se você fosse terminar o jogo, e sim que você jogasse do zero tudo de novo se morresse.

Por isso que antigamente valia a pena ter uma locadora, o cara alugava uma fita e se matava para terminar no final de semana, caso contrário teria que alugar novamente no próximo e assim vai, hoje em dia o cara terminar no mesmo dia e vai entregar dizendo que estava com defeito caso se ainda tivesse locadora. :iawww:

Share this post


Link to post
Share on other sites

Mas tbm tinham os d vs filhos da puta, que faziam o jogo tão cheio de coisas escondidas que ficava semi impossível terminar, ex: milons secret castle, Tower of druaga...

Tinham tmb os que cagavam tanto no gameplay que o resultado da semi impossibilidade acabava sendo igual, ex: Transformers de famicom, Athena...

No caso desses das coisas secretas, faziam isso de propósito pra vender guias oficiais dos jogos

Share this post


Link to post
Share on other sites
22 horas atrás, burn disse:

...milons secret castle...

isso que é fazer jus ao nome :fodase:

Share this post


Link to post
Share on other sites

Muitos jogos do NES é difícil, isso para mim lógico, um deles eu terminei pela revista que foi "The Simpsons: Bart vs. the Space Mutants" que foi complicado na época. 

Share this post


Link to post
Share on other sites
10 horas atrás, Sonymaster disse:

Muitos jogos do NES é difícil, isso para mim lógico, um deles eu terminei pela revista que foi "The Simpsons: Bart vs. the Space Mutants" que foi complicado na época. 

Exato! Ganhei a fita e usei a revista videogame que tinha o detonado pra conseguir terminar... E era TENSO, meu velho! Baita jogo! Depois fiz o mesmo com Bart Vs. The World (que gostei bastante também)!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Só Alien 3 não precisaria estar nessa lista.
Depois de decorado, fica fácil, zera em uma sentada.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Bart vs the space mutants era difícil pelos motivos errados

Gameprei truncada, level design tosco, colisão duvidosa, controle bizarro do char

Mas era o que tinha dos Simpsons, então todos ficavam se martirizando

Bartv vs the world foi menos pior

Edited by burn

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now


×