Jump to content
Sonymaster

Super GamePower nº 50 e o Oscar dos videogames em 1997

Recommended Posts

Em maio de 1998, chegava às bancas de todo o Brasil a revista Super GamePower #50. Além do número expressivo, essa edição também comemorava o aniversário de publicação da revista, uma das mais queridas pelos gamers brasileiros no começo da década de 1990.

Tudo naquela edição era especial. Logo na capa, uma ilustração do lutador Eddy Gordo anunciava a chegada de Tekken 3 ao PlayStation em meio a pré-estréia de Mortal Kombat 4, os detonados de Klonoa e Burning Rangers, e a novidades sobre 1080º Snowboarding, The King of Fighters ’97, Real Bout 2 e Red Baron II.

 

super-game-power-50.png

 

Além dos jogos, outras chamadas preparavam os leitores paras as novidades da edição. Entre elas, mais páginas, um especial sobre os jogos piratas e a segunda edição do Oscar do videogame, premiação que escolhia os melhores jogos e personagens do ano.

O próprio chefe já abriu o editorial em clima de festa. Segundo ele, “se você faz parte deste mundo dos alucinados por videogame, parabéns. Você fez a sua parte colocando a Super GamePower no topo das revistas de games e o Chefinho aqui, com o auxílio de sua equipe de feras, está fazendo a dele. O resultado é uma edição de arrebentar”.

Quando o Chefe disse que a revista estava de arrebentar, ele não estava brincando. A edição nº 50 tinha arte no envelope, espaço para responder as dúvidas dos leitores, classificados, uma retrospectiva das quase 5 mil páginas publicadas até aquele momento, matéria sobre os jogos piratas, prévias de vários jogos, análises dos lançamentos, dicas, detonados, flashback, anúncios. Tudo isso com um visual incrível.

 

pirataria-videogames.png

 

Com tanta coisa boa, uma matéria conseguia se destacar ainda mais. Escrito em letras garrafais, na página nº 10, o título dizia: “II OSCAR DO VIDEOGAME: GOLDENEYE 007 CURTE UMA DE TITANIC E LEVA OS PRINCIPAIS PRÊMIOS DO ANO”.

Com muita pompa e zoação, a revista elegeu os melhores de 1997 em diversas categorias através do voto da redação e dos leitores. Embora na maioria dos casos o escolhido tenha sido o mesmo, em outras situações as escolhas foram surpreendentes. Veja como ficou:

A Super GamePower selecionou 12 categorias para premiar os melhores de 1997 na sua edição de aniversário. Entre premiações convencionais como o jogo do ano e melhor roteiro, outros eram, digamos, um pouco mais exóticos.

 

oscar-dos-videogames-2.png

 

Na categoria de MELHOR JOGO DO ANO, o campeão, por unanimidade, foi GoldenEye 007. Nas palavras do Chefe, “não pensem que GoldenEye levou a estatueta apenas pelos atributos físicos de seu herói. O jogo é animal: muita ação, tiro e uma vilã estonteante, coroados pela potência do Nintendo 64”.

Se você ficou surpreendido por GoldenEye ter levado o prêmio, mesmo com Final Fantasy VII na disputa, o prêmio de GAME MAIS ORIGINAL não ficou atrás no quesito surpresa. Embora o escolhido da galera também tenha sido 007, a redação optou por Bust a Move, jogo de dança do PlayStation. Os redatores devem ter adorado mesmo o jogo, pois, segundo o Chefe, “o negão está dançando até agora…”

 

007_Goldeneye_N64-622x350.jpg

 

Sem receber o prêmio de melhor jogo do ano, Final Fantasy VII não passou a premiação em branco, sendo premiado com o título de MELHOR ROTEIRO por unanimidade. Outro clássico que merecia o troféu de melhor do ano, mas que teve que se contentar com outro título, foi Castlevania: Symphony of the Night, que dividiu o troféu de MELHOR FIGURINO com Samurai Shodown IV.

Os prêmios individuais também agitaram a edição. Sem maiores concorrentes, James Bond agradou público e crítica como O GOSTOSÃO de 1997. No lado feminino, contudo, Ada Wong, de Resident Evil 2, e a estonteante Lara Croft dividiram o prêmio de A MAIS SENSUAL.

 

 

 

lara-mais-sensual-1.png

 

Leitores e redação também não se entenderam na hora de premiar O MELHOR VILÃO e O BOM DE BRIGA. Como vilão, Sephiroth e Dr. Willy dividiram a estatueta dourada. Como brigador “a disputa estava apertada, mas o Baby chegou e, com extrema delicadeza, converteu alguns votos a favor de Strider, de Marvel Vs. Capcom”, que dividiu o prêmio com Sub-Zero, que, para os leitores, “bate mais e melhor”.

 

bom-de-briga.png

 

Nas escolhas seguintes, contudo, leitores e redação se entenderam. Como O PERSONAGEM MAIS ESQUISITO, venceu Oro, de Street Fighter III. E como O TRAPALHÃO, Crash, o mascote do PlayStation, foi o grande vencedor.

Com muitas surpresas e premiações justas – outras nem tanto, é verdade –, dois personagens se consagraram de vez nesse II Oscar do Videogame promovido pela Super GamePower.

Primeiro, faturando o seu segundo prêmio na mesma categoria, está Sheeva, a bicampeão do Oscar de A MAIS FEIA dos videogames. Segundo a revista, “tá pra nascer mulher mais feia que a Sheeva, apesar de algumas se esforçarem muito. Enquanto isso, a mulher dos quatro braços continua levando estatueta pra casa!”

 

international_superstar_soccer_allejo_560_315.jpg

 

Para encerrar a premiação, ninguém menos do que um dos maiores mitos da história dos videogames. Desde de seus primeiros lances em gramados virtuais, o jovem artilheiro já chamava a atenção do público e da mídia especializada.

Sim, é ele mesmo. Eleito como O BOM DE BOLA em 1997, Allejo “é o melhor jogador da atualidade”. Astro de International Super Star Soccer 64 e de tantos outros títulos ao longo da história, o camisa nº 9 da seleção brasileira se consagrou de vez com o segundo Oscar dos Videogames, levando para casa mais uma estatueta do Chefe Dourado. Simplesmente um mito.

Fonte: Jofo Véio

 

 

 

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

Sub zero vs strider hiryu imagine...

O sub zero nem iria saber de onde vem tanto corte e porrada

Share this post


Link to post
Share on other sites
7 minutos atrás, burn disse:

Sub zero vs strider hiryu imagine...

O sub zero nem iria saber de onde vem tanto corte e porrada

ADA vs Lara teria bastante tiro. 

Share this post


Link to post
Share on other sites

pirataria-videogames.png

 

quantas lembranças era exatamente assim como disse no outro topico para o @Mega.

:foreveralone:

No final da materia diz "Para ver se um CD de Playstation e original veja se tem manual..Os piratas nao trazem"

Nessa epoca os CDs eram prensados na cor prata a unica vez que vi um original foi o de demonstraçao e do V rally de um amigo de escola que era preto.

Depois surgiram na epoca do auge das midias e fim dos pratas prensados midias escuras pretas e roxas nao sei se influenciava na leitura a preta lembro parecia um disco de vinil

Edited by Dav

Share this post


Link to post
Share on other sites

Não sei vocês, mas chega a me dar uma agonia misturada com raiva quando vejo essas revistas antigas. Isso porque olha o line-up das análises/previews do mês: Tekken 3, KoF 97, Real Bout FF 2, Klonoa, Burning Rangers... PQP!

Hoje em dia demora um ano inteiro pra sair UM misero jogo que de fato é muito bom.

 

Quanto as piratinhas, nunca vi Goldeneye versão piratex. Aliás, só existiu pirataria bem no comecinho do N64, depois desapareceu (e eu não sei porque até hoje). Negócio mesmo era toda semana ir nos camelôs fazer a farra com os lançamentos de PS1.

Edited by setzer

Share this post


Link to post
Share on other sites
6 minutos atrás, setzer disse:

Não sei vocês, mas chega a me dar uma agonia misturada com raiva quando vejo essas revistas antigas. Isso porque olha o line-up das análises/previews do mês: Tekken 3, KoF 97, Real Bout FF 2, Klonoa, Burning Rangers... PQP!

Hoje em dia demora um ano inteiro pra sair UM misero jogo que de fato é muito bom.

 

Quanto as piratinhas, nunca vi Goldeneye versão piratex. Aliás, só existiu pirataria bem no comecinho do N64, depois desapareceu (e eu não sei porque até hoje). Negócio mesmo era toda semana ir nos camelôs fazer a farra com os lançamentos de PS1.

um amigo chegou a alugar fitas piratas de n64 na epoca ele disse que alugava com um adaptador tinhha ate Campeonato Brasiliero hack no ISSS mas nunca pegava outra que esqueci o nome agora sim,

Havia um mito que queimava a entrada da fita as piratas nao sei se e por conta do adaptador

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 minuto atrás, Dav disse:

um amigo chegou a alugar fitas piratas de n64 na epoca ele disse que alugava com um adaptador tinhha ate Campeonato Brasiliero hack no ISSS mas nunca pegava outra que esqueci o nome agora sim,

Havia um mito que queimava a entrada da fita as piratas nao sei se e por conta do adaptador

Sim! Existia esse mito mesmo, lembro perfeitamente.

Mas eu tinha alguns piratinhas e nunca aconteceu nada. Eu tinha Duke Nukem 3D e Doom 64. Depois acabei passando pra frente os dois.

Mas esse hack de Campeonato Brasileiro, se eu encontrasse na época, iria pirar! Aliás, compraria até hoje se eu achasse!

Share this post


Link to post
Share on other sites
13 minutos atrás, setzer disse:

Sim! Existia esse mito mesmo, lembro perfeitamente.

Mas eu tinha alguns piratinhas e nunca aconteceu nada. Eu tinha Duke Nukem 3D e Doom 64. Depois acabei passando pra frente os dois.

Mas esse hack de Campeonato Brasileiro, se eu encontrasse na época, iria pirar! Aliás, compraria até hoje se eu achasse!

sobre o hack eu acho que na epoca nao exisitiu...somente era a label e foi na onda dos hacks do snes para chamar atençao nunca achei a rom nao sei se hoje existe

ele me falou o nome agora procurei no youtube e achei mas o hack e minimo basicamente nada muda no jogo e nao tem times do Brasil

 

HAHAHA RONALDINHO SOCCER e o que diz na tela de press start

Edited by Dav

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eles pelo menos ajeitaram o nome dos jogadores nesse hack então, além de refazer a skin dos jogadores. Eu lembro que eu fazia isso com o time do Brasil toda vez que ia jogar, antes de ter o memory card do N64. Ficava 1 hora fazendo isso toda vez antes de jogar. LOL 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
2 horas atrás, setzer disse:

Eles pelo menos ajeitaram o nome dos jogadores nesse hack então, além de refazer a skin dos jogadores. Eu lembro que eu fazia isso com o time do Brasil toda vez que ia jogar, antes de ter o memory card do N64. Ficava 1 hora fazendo isso toda vez antes de jogar. LOL 

pessoal fazia isso no winning eleven do ps1antes das modificações mas nao tinha paciencia para fazer kkkk

lembro que o fifa 98 era mais completo nessa parte mas na época quase ninguém jogava 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Poooo eu tenho até hj (eu acho que tá perdida em alguma caixa) iss64 pirata + um adaptador para rodar carts piratas no n64 hahah

Esse adaptador é mais moderno, tive um que vc precisava encaixar uma fita original atrás, tive um MRC Racing e una Mario 64 MALDITA que não salvava kkkkk

E sobre o.mito de queimar, sim, era verdade: os cartuchos piratas não vinham casa m uma chapa de metal dentro, acho que era para aterrar e de tempos em tempos davam merda no console kkk

Bons tempos

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
39 minutos atrás, DeeJ disse:

Poooo eu tenho até hj (eu acho que tá perdida em alguma caixa) iss64 pirata + um adaptador para rodar carts piratas no n64 hahah

Esse adaptador é mais moderno, tive um que vc precisava encaixar uma fita original atrás, tive um MRC Racing e una Mario 64 MALDITA que não salvava kkkkk

E sobre o.mito de queimar, sim, era verdade: os cartuchos piratas não vinham casa m uma chapa de metal dentro, acho que era para aterrar e de tempos em tempos davam merda no console kkk

Bons tempos

 

 

Eita, era verdade, não tinha essas chapas de metal, o pessoal pensa em tudo. 

Share this post


Link to post
Share on other sites

@SonymasterAcho muito da hora essas suas postagens sobre edições específicas de revistas, continue, é muito bom.

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, Erminio disse:

@SonymasterAcho muito da hora essas suas postagens sobre edições específicas de revistas, continue, é muito bom.

Na verdade é do Jogo Véio ou Arkade, adoro quando eles fazem isso porque tinha muita coisa para comentar daquela época.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, Sonymaster disse:

Na verdade é do Jogo Véio ou Arkade, adoro quando eles fazem isso porque tinha muita coisa para comentar daquela época.

Mesmo assim, continue trazendo elas para cá.

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, sonda 2 disse:

Sou simpático às suas postagens tb:)

 

27 minutos atrás, Erminio disse:

Mesmo assim, continue trazendo elas para cá.

 

Valeu gente, com certeza, gosto de ativar as memorias nostalgias de todos quando vejo algo assim. 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em 10/09/2019 at 11:34, Dav disse:

sobre o hack eu acho que na epoca nao exisitiu...somente era a label e foi na onda dos hacks do snes para chamar atençao nunca achei a rom nao sei se hoje existe

ele me falou o nome agora procurei no youtube e achei mas o hack e minimo basicamente nada muda no jogo e nao tem times do Brasil

 

HAHAHA RONALDINHO SOCCER e o que diz na tela de press start

LOL!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Cara, o N64 foi certamente o video game que nunca tive mais que dois Jogos.
Para conseguir outros precisava manter sempre ativo o sistema de trocas na feira do rolo (Ceilândia da porra:shineeyes:).
Passava longe dos piratinhas com medo de perder o console, pegar uma fitinha e não ter quase 1kg era mal. kkkkkk 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Um leigo falando: Já que a questão das piratas não era problema nos seus chips e voltagens e sim em carcaça, não dava pra pegar o chip da piratinha e colocar na carcaça de uma original que tem estas chapas protetoras e tudo mais?

Share this post


Link to post
Share on other sites
9 horas atrás, jairisongs disse:

Cara, o N64 foi certamente o video game que nunca tive mais que dois Jogos.
Para conseguir outros precisava manter sempre ativo o sistema de trocas na feira do rolo (Ceilândia da porra:shineeyes:).
Passava longe dos piratinhas com medo de perder o console, pegar uma fitinha e não ter quase 1kg era mal. kkkkkk 

 

Pode crê! Enquanto as fitas originais do 64 eram bem pesadas, as piratinhas pesavam 10 gramas hahahahah! Era bizarro! Todos morriam de medo de ferrar com o console ou com o cartucho original que ia no adaptador.

Share this post


Link to post
Share on other sites
9 horas atrás, setzer disse:

 

Pode crê! Enquanto as fitas originais do 64 eram bem pesadas, as piratinhas pesavam 10 gramas hahahahah! Era bizarro! Todos morriam de medo de ferrar com o console ou com o cartucho original que ia no adaptador.

Caramba, joguei tanto os cartuchos piratas, eu acho que era o Top Gear e outro de Rally, nunca deu problema ainda bem. 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...

×
×
  • Create New...