Jump to content

Coronavírus (bagulho ta tenso)


Recommended Posts

Sobre a minha cidade, casos confirmados são 8, e nenhuma inteligência por parte da população.

Por exemplo:

- O marido de uma que citei antes está indo ao mercado normalmente. Nesse caso algumas pessoas se revoltaram e exigiram providências. A prefeitura contratou uma equipe de vigilantes e disponibilizou telefones para denúncias.

- O marido da outra, que estava trabalhando no comércio mesmo infectada, diz publicamente que sabe que está contaminado, que está com os sintomas, mas não vai fazer o teste, só que pelo menos aparentemente fica em casa. Só atrapalha nas estatísticas oficiais

- Colega de trabalho da minha sogra passou o dia todo com a primeira contaminada antes de fazer o teste, está com sintomas, mas diz que é só gripe forte e continua com a rotina normal... O marido dela trabalha na prefeitura, e a filha (que mora junto) no hospital da cidade...

Enquanto isso o segundo hospital de referência já encaminha doentes para o de referência regional. Assim como todas as cidades da região. Já faltam vagas e não há mais para onde ir (o próximo passo seria São Paulo, mas não estão aceitando pacientes de fora por razões óbvias).

Inadmissível uma cidade como São José do Rio Preto não ter tido um hospital de campanha planejado.

A contagem regressiva para o caos continua...

Link to post
Share on other sites
  • Replies 1.6k
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

Top Posters In This Topic

Popular Posts

Oh mouço! O tal do brasileiro é uma raçazinha ignorante, burra e hipócrita mesmo viu. Eu vi ontem, no canal da Band no Youtube, uma matéria falando, dentre outras coisas, que um brasileiro, que f

Manjadores manjando como sempre, com opiniões abalizadas sobre tudo, com a certeza mais certa que lhes permite, defensores da terra chata que destestam rubro, e defendem uso do pau de fogo para resolu

Apontar culpados agora é perda de energia. Depois vcs fazem seus boicotes contra a china, param de comprar na gearbest, no Ali express, parem de comprar consoles e videogames, componentes eletrônicos

Posted Images

16 minutos atrás, Daileon disse:

Sobre a minha cidade, casos confirmados são 8, e nenhuma inteligência por parte da população.

Por exemplo:

- O marido de uma que citei antes está indo ao mercado normalmente. Nesse caso algumas pessoas se revoltaram e exigiram providências. A prefeitura contratou uma equipe de vigilantes e disponibilizou telefones para denúncias.

- O marido da outra, que estava trabalhando no comércio mesmo infectada, diz publicamente que sabe que está contaminado, que está com os sintomas, mas não vai fazer o teste, só que pelo menos aparentemente fica em casa. Só atrapalha nas estatísticas oficiais

- Colega de trabalho da minha sogra passou o dia todo com a primeira contaminada antes de fazer o teste, está com sintomas, mas diz que é só gripe forte e continua com a rotina normal... O marido dela trabalha na prefeitura, e a filha (que mora junto) no hospital da cidade...

Enquanto isso o segundo hospital de referência já encaminha doentes para o de referência regional. Assim como todas as cidades da região. Já faltam vagas e não há mais para onde ir (o próximo passo seria São Paulo, mas não estão aceitando pacientes de fora por razões óbvias).

Inadmissível uma cidade como São José do Rio Preto não ter tido um hospital de campanha planejado.

A contagem regressiva para o caos continua...

Calma cara, de acordo com uma galera ai, isso tudo é dado duplicado para gerar panico e os hospitais estão vazios.
Pode ficar tranquilo, pois não vai mais haver atualização do números totais, logo ninguém mais morre dessa coisa aqui no Brazil.


Agora falando sério:
Boa sorte ai meu, força que com loucos, só com proteção divina.
Mas reforço que falei pra ti a muitos posts atrás, tu acha que essa ideia desse cara, vem da onde ? Se a globo passa dia inteiro falando dos perigos do vírus ?

  • Upvote 1
Link to post
Share on other sites

Reportagens que começam com uma charge tosca ou a foto do Bolsonaro com a máscara nos olhos, eu já nem leio.

Números levantados pelo G1 ? Piorou... é tipo Datafolha que dava Haddad eleito. Baseado em números que eles mesmos inventam.

 

Todavia, eu sei que tá difícil defender o Bolsonaro pelas suas falas e algumas atitudes. Boa parte do povo tá todo amedrontado e não aceita ouvir certas coisas que desprezam a doença. Então ele insistir em algumas coisas é dar murro em ponta de faca. Ao mesmo tempo que a gente sabe que qualquer atitude dele, mesmo que fosse em prol de um lockdown do Brasil inteiro, a imprensa estaria malhando ele, dizendo, por exemplo, que o Brasil iria afundar se não reabrisse as portas do comércio. Não tem pra onde correr.

Porém eu acho que essas atitudes são a forma dele de mostrar que o povo deve voltar a normalidade de suas vidas (tipo: se eu faço isso, podem fazer também que é seguro). Ele pensa assim, enquanto há outras pessoas pensam que deveriam ficar confinadas até o meio do ano que vem. Será que existe certo ou errado nesse caso? Volto a dizer: se correr o bicho pega, se ficar o bicho come. Quem acha que se ainda estivéssemos confinados, estaria tudo bem, também é fora da realidade total.

 

Enfim, já discutimos milhão de vezes isso de ficar em casa ou sair de casa. Paciência. Vamos tentar entender os dois lados e boa.

 

@Daileon você está morando em Rio Preto ??

 

  • Upvote 1
Link to post
Share on other sites

Brasil é destaque negativo no mundo por esconder dados de mortes por covid-19

Sob forte pressão, governo deu sinais de que recuaria de nova metodologia e prometeu retomar divulgação detalhada do impacto da doença.

IMG-20200416-WA0042.jpg

A decisão do Ministério da Saúde de mudar a forma de divulgar os dados sobre a covid-19 no Brasil gerou repercussão internacional, com os principais jornais do mundo destacando negativamente as mudanças.

Com o título "Bolsonaro esconde número de mortes e total de casos por coronavírus no Brasil", o jornal britânico The Guardian chamou a iniciativa do governo brasileiro de "movimento extraordinário que os críticos chamam de tentativa de esconder o verdadeiro número de vítimas da doença".

A reportagem, publicada na versão eletrônica do diário no domingo (7 de junho), lembra que a decisão ocorre "após meses de críticas de especialistas que dizem que as estatísticas do Brasil são terrivelmente deficientes e, em alguns casos, manipuladas, o que significa que talvez nunca seja possível obter uma compreensão real da profundidade da pandemia no país".

No fim do dia, o Guardian publicou nova reportagem, dessa vez com o título "Brasil deixa de divulgar número de mortos por Covid-19 e apaga dados do site oficial". Nela, o repórter Dom Phillips, correspondente do jornal no Rio de Janeiro, ressalta que o governo brasileiro foi acusado de "totalitarismo e censura" pela nova metodologia.

"Brasil acusado de ocultar dados sobre crise de coronavírus" foi a manchete do também britânico Financial Times. O jornal descreve Bolsonaro como "presidente de extrema direita", que "há muito tempo é acusado de subestimar a gravidade do surto, levando ao despedimento de um ministro da saúde e à demissão de outro, e à nomeação de um general sem experiência em saúde pública para substituí-los".

O americano The Washington Post foi na mesma linha, com a manchete "À medida que as mortes por coronavírus no Brasil aumentam, Bolsonaro limita a divulgação de dados". De acordo com o jornal, um dos mais influentes dos Estados Unidos, "a retirada repentina dos dados acumulados provocou uma avalanche de críticas quando as pessoas nas cidades retornaram às suas varandas para bater em panelas e detratores sugeriram que o governo federal estava tentando ocultar a gravidade de uma crise de saúde pública que pouco fez para resolver".

Já a rede de TV americana ABC News reproduziu texto da agência internacional de notícias Associated Press dizendo que o Brasil eliminou dados do total de mortos pela Covid-19 e deixou especialistas perplexos.

Influente no mundo árabe, a emissora Al Jazeera publicou reportagem em seu site com o título "Brasil deixa de publicar números de coronavírus".

Covid-19: OMS espera que Brasil seja transparente

Entidade afirmou que espera uma comunicação consistente com o país

A Organização Mundial da Saúde espera que o Brasil seja "consistente e transparente" nas informações sobre a situação da pandemia de Covid-19 no país, afirmou nesta segunda-feira o chefe do programa de emergências da OMS, Mike Ryan, após o Ministério da Saúde modificar a forma de divulgar os números de casos e mortes.

https://www.terra.com.br/noticias/coronavirus/covid-19-oms-espera-que-brasil-seja-transparente,9abf8ae133171378d45d3b466181de24rogdxszi.html

Bolsonarista usa futebol às 22h para justificar horário de boletins de saúde

Fabio Wajngarten, chefe da Secretaria Especial de Comunicação Social do Governo, afirmou que existem 'dois pesos' para futebol e divulgação de dados da COVID-19 no país

Chefe da Secretaria Especial de Comunicação Social do Governo Federal, o advogado Fabio Wajngarten compartilhou uma comparação que gerou polêmica na manhã desta segunda-feira. Nas redes sociais, ele comparou o novo horário da divulgação das taxas de COVID-19 no Brasil, às 22h, com o horário de exibição de algumas partidas de futebol.

- Novamente dois pesos e duas medidas por parte da mídia: divulgar boletim da saúde às 22:00 é escândalo. Transmitir futebol às 22:00 sem transporte público, todos ficam calados - escreveu ele pelo Twitter.

A repercussão negativa logo aconteceu com comentários na postagem: "Jura mesmo que o senhor fez essa comparação?". Outros usuários da rede também debateram sobre a relação entre as partida de futebol acontecerem pela noite e a publicação de informações tão necessárias ao povo brasileiro.

As recentes decisões do Governo Federal de alterar o horário fixo da divulgação dos boletins médicos com atualizações nos números de coronavírus no país, como a taxa de casos e de mortes em decorrência da doença, foi criticada por parte dos cidadãos.

zzbolsonaro_gado_aroeira.jpg

EaADaDBWkAEsfSS?format=jpg&name=900x900

Edited by Peidãø Neck
Link to post
Share on other sites

Olá,

Boa sorte Minas, let's go rumo a reabertura total, quem morrer, morreu.

 

Após reabertura, Belo Horizonte bate recorde de ocupação dos leitos de UTI
Capital mineira iniciou, nesta segunda-feira, a segunda etapa de flexibilização do isolamento social

 

A alta de 24% na taxa de ocupação dos leitos de UTI para atendimento de Covid-19 em Belo Horizonte ocorreu gradualmente desde o início da flexibilixação das medidas de isolamento social na cidade. O índice mais alto, de 72%, foi registrado neste domingo (7).

De acordo com dados do estado de Minas Gerais, no dia 25 de maio - momento em que parte do comércio foi reaberta, assim como shoppings populares e salões de beleza - a taxa de ocupação dos leitos era de 48%. Sobre os leitos de UTI para atendimento geral da cidade, porém, a secretaria alega que houve um aumento de apenas 2% desde o mês passado.

Nesta segunda-feira a cidade colocou em prática a segunda etapa de flexibilização d isolamento social, autorizando a abertura de lojas de artigos esportivos, bebidas, floriculturas, tabacarias e lojas de instrumentos musicais. A etapa estava prevista para ocorrer no dia 1º de junho, mas o aumento no número de casos fez com que o prefeito, Alexandre Kalil, atrasasse os planos em uma sema

Fonte: undefined - iG @ https://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/2020-06-08/apos-reabertura-belo-horizonte-bate-recorde-de-ocupacao-dos-leitos-de-uti.html

Link to post
Share on other sites
Em 02/06/2020 at 19:49, Sgt. Rock disse:

Sa%C3%BAde-Coronav%C3%ADrus-02-06-2020-1

Quase 70 casos confirmados só hoje na minha cidade.

Por conta dessa escalada escrota, governador e prefeito resolveram chutar o pau da barraca. A partir de amanhã, é pra fechar TUDO (exceto os serviços essenciais), e também teremos toque de recolher na cidade, ninguém mais poderá por a cara pra fora de casa, das 18hs até as 5hs do dia seguinte.

Parabéns a essa população retardada mental, que estava se embolando no centro comercial da cidade todos os dias, frequentando botecos, fazendo festas de aniversário e a porra toda.

Detalhe, das cinco UTIs disponíveis da na cidade, todas já estão ocupadas por pacientes de covid19. Agora deve começar a morre gente nessa porra.

Sa%C3%BAde-Coronav%C3%ADrus-08-06-2020-1

Uma semana depois....

Engraçado que neste sábado passado eu comentei com minha esposa que, pelo andar da carruagem, esta semana começaria a morrer gente na nossa cidade. Putz! Na segunda feira já empacotaram 2. Agora o trem escala e eu não duvido nada que vai começar a morrer pelo menos um por dia.

A única coisa que eu espero que esses mortos sejam os fdp que acharam que essa doença era brincadeira.

Link to post
Share on other sites

Sejamos honestos... No Brasil:

O isolamento era para dar tempo pra reestruturar o Sistema de Saúde? Ou é pra esperar a vacina que vai sair ano que vem?

Em ambos os casos só adia o inevitável que será a contaminação geral.

Reestruturar o Sistema de Saúde não é prioridade de nenhum gestor, nunca foi e nunca será. Corona Vírus é a melhor desculpa para roubar e roubar muito!

Imaginem um Presidente ideal no Brasil propondo um lockdown  em março, a população brasileira teria a maturidade da Nova Zelândia de ficar quieta em casa?

O Brasil só está colhendo os frutos da canalhice cultural de seu povo.

Aqui infelizmente só adiamos o inevitável...

  • Like 1
Link to post
Share on other sites
18 minutos atrás, Mega. disse:

Sejamos honestos... No Brasil:

O isolamento era para dar tempo pra reestruturar o Sistema de Saúde? Ou é pra esperar a vacina que vai sair ano que vem?

Em ambos os casos só adia o inevitável que será a contaminação geral.

Reestruturar o Sistema de Saúde não é prioridade de nenhum gestor, nunca foi e nunca será. Corona Vírus é a melhor desculpa para roubar e roubar muito!

Imaginem um Presidente ideal no Brasil propondo um lockdown  em março, a população brasileira teria a maturidade da Nova Zelândia de ficar quieta em casa?

O Brasil só está colhendo os frutos da canalhice cultural de seu povo.

Aqui infelizmente só adiamos o inevitável...

Olá,

Resposta: nenhum dos dois. O isolamento apenas ganharia tempo para o governo montar um plano de flexibilização controlada e e equipar (como fosse possível) o sistema de saúde para 'REDUZIR" o numero de mortes (reduzir é diferente de ZERAR ou eliminar, pois isso NENHUM PAÍS FEZ).

 

MAS... no país do "limite da gambiarra", o isolamento foi totalmente capenga, a montagem de "infraestrutura" hospitalar foi na medida do possivel (jamais alguém sequer cogitaria REESTRUTURAR o sistema de saúde).

E finalmente, o PLANEJAMENTO do governo foi completamente CAGADO por água abaixo: o presidente da república SABOTOU QUALQUER POSSIBILIDADE de planejamento, demitindo DOIS MINISTROS DA SAUDE, IMPONDO UMA CURA MÁGICA (como se isso fosse resolver tudo), brigando com governadores, prefeitos, ameaçando encerrar o isolamento "capenga" por decreto (o que entre outras coisas resultou numa consulta seguida de decisão do STF dando essa prerrogativa aos estados). Em suma, o chefe da nação simplesmente fez o possível pra CAGAR ainda mais com essa merda anunciada. E claro, quando viu que a coisa tá ficando FEIA, TENTOU ESCONDER OS NUMEROS NO MINISTERIO DA SAÚDE, FAZENDO O PAÍS PASSAR MAIS UM VEXAME MUNDIAL.

 

Os governadores, claro não fizeram por menos... mesmo que alguns tenham tomado medidas minimamente alinhadas com o que deveria ser feito, foi muito na base da politicagem (sim, Witzel, Doria)... porque na hora de meter um lockdown DE VERDADE... aí flexibilizaram mostrando que só estavam mesmo é empurrando com a barriga.

 

Aí completamos o cenário com o povo que tem, digamos, dois grandes grupos: os que podem fazer o isolamento e os que não podem. Os que não podem, não há nada a fazer... os que podem, NÃO QUEREM, então aí temos as ruas cheias de gente comprando "miçanga" como se isso fosse prioritário.

 

Paciência. Ainda estamos "na subida" e vai morrer gente.

 

 

 

 

  • Like 1
Link to post
Share on other sites
7 minutos atrás, rcaropreso disse:

Paciência. Ainda estamos "na subida" e vai morrer gente.

Ou... Os números de contaminados estão tão subnotificados que a tal "imunidade de rebanho" já está próxima de ser atingida. 

Falo que a merda desse povo tem os governantes que merecem pois o que mais tem aqui na minha cidade é festa clandestina. 

Preferem pegar ebola do que perder a chance de rebolar a bunda. 

  • Like 1
Link to post
Share on other sites
2 minutos atrás, Mega. disse:

Ou... Os números de contaminados estão tão subnotificados que a tal "imunidade de rebanho" já está próxima de ser atingida. 

Falo que a merda desse povo tem os governantes que merecem pois o que mais tem aqui na minha cidade é festa clandestina. 

Preferem pegar ebola do que perder a chance de rebolar a bunda. 

Olá,

Estamos MUITO longe da imunidade de rebanho.

As PIORES HIPOTESES DE SUBNOTIFICAÇÃo SUGEREM 12 VEZES O VALOR ATUAL, o que daria aí uns 7 milhões de pessoas.

Para atingir 50% da população faltam aí fácil, mais 100 MILHÕES o que daria umas CATORZE VEZES mais desgraça do que temos hoje.

 

Estamos bem longe disso. Então, vai morrer gente.

 

O que pode acontecer é atingirmos o NÍVEL MÁXIMO DE NOTIFICAÇÃO (ou seja, aí a subnotificação começa a subir) e isso seria perceptível se tivemos varios dias seguidos oscilando praticamente nos mesmos números  (aí corremos o risco de nem ter essa estimativa de proporção).

 

 

 

Link to post
Share on other sites

Cara, não tem o que fazer, nem dá pra entrar na pilha de se preocupar.

O próprio Trump criticou o Bolsonaro mas lá morreu muito mais pessoas proporcionalmente e em números até o momento. E olha que ainda tivemos um Carnaval pra ajudar a espalhar o vírus.

Tem países como o Canadá, que ninguém fala mas que proporcionalmente morreu muito mais pessoas do que no Brasil e um país com muito mais recursos. 

Agora é cada um por si, máscara na cara e álcool na mão.

O maior esforço que eu vejo aqui na minha cidade são dos empresários que não querem mais fechar as portas e estão borrifando álcool em todos os clientes e incentivando o distanciamento.

Tem 3 semanas que aqui começou a flexibilização e tem 2 semanas que não morre nenhuma pessoa de Covid.

 

 

  • Like 1
Link to post
Share on other sites
59 minutos atrás, Mega. disse:

Cara, não tem o que fazer, nem dá pra entrar na pilha de se preocupar.

O próprio Trump criticou o Bolsonaro mas lá morreu muito mais pessoas proporcionalmente e em números até o momento. E olha que ainda tivemos um Carnaval pra ajudar a espalhar o vírus.

Tem países como o Canadá, que ninguém fala mas que proporcionalmente morreu muito mais pessoas do que no Brasil e um país com muito mais recursos. 

Agora é cada um por si, máscara na cara e álcool na mão.

O maior esforço que eu vejo aqui na minha cidade são dos empresários que não querem mais fechar as portas e estão borrifando álcool em todos os clientes e incentivando o distanciamento.

Tem 3 semanas que aqui começou a flexibilização e tem 2 semanas que não morre nenhuma pessoa de Covid.

 

 

Olá,

Veja as noticias de SP e RJ, os onibus e BRT's estão circulando ABARROTADOS, com pessoas em pé encostando umas nas outras.

Não há máscara que dê jeito nisso. Esse dá foto está até "vazio".

Em cidades pequenas é possível um controle um pouco melhor... nos grandes centros, eu apenas digo "Boa sorte".

 

 

https://agora.folha.uol.com.br/sao-paulo/2020/06/linha-noturna-vira-incubadora-do-novo-coronavirus-no-grajau.shtml

Linha noturna vira incubadora de novo coronavírus no Grajaú

 

https://gruposulnews.com.br/onibus-da-zona-sul-ainda-registram-aglomeracao-apos-prefeitura-determinar-apenas-passageiros-sentados/

onibus-lotado-2-compressed-2-696x392.jpg

https://oglobo.globo.com/rio/onibus-brts-circulam-lotados-mesmo-com-determinacao-para-reducao-de-passageiros-24468543

Na estação Mato Alto, a equipe de fiscalização não impediu que passageiros continuassem entrando em ônibus lotado Foto: Hermes de Paula / Agencia O Glob / Agência O Globo

Procurado para falar do problema da superlotação, o consórcio BRT informou que está operando com 100% de sua frota. E que o controle efetivo de acesso de passageiros aos ônibus cabe aos agentes públicos, já que controladores de estação e os motoristas não têm o poder de barrar passageiros que forçam a entrada nos ônibus, mesmo quando os assentos já estão ocupados. O consórcio afirmou ainda que seguirá com a distribuição de máscaras, que acontece desde o último dia 2, em suas estações de maior movimento. E que, com passageiros sentados, cada articulado levaria apenas 30% de sua capacidade de lotação.

 

Link to post
Share on other sites

Se tiver o ideal controle de passageiros, vamos chegar ao trabalho as 10h e voltar em casa as 22h (saindo as 18h). Vão construir onibus de campanha agora? Melhor nem ter expediente assim... Espero ficar no home-office até 2022.

Link to post
Share on other sites

Tava eu cá pensando com meus botões...

Não parece ser uma "coincidência" bem interessante o governo federal ter começado a retardar/omitir/manipular os números da covid19 justo quando várias cidades e regiões do país começaram a afrouxar as regras de distanciamento social?

Só pra contextualizar, pelo que parece, a maior parte das cidades que passaram a fazer isso, tiveram um crescimento considerável no número de novos casos da doença.

Link to post
Share on other sites
51 minutos atrás, Sgt. Rock disse:

Tava eu cá pensando com meus botões...

Não parece ser uma "coincidência" bem interessante o governo federal ter começado a retardar/omitir/manipular os números da covid19 justo quando várias cidades e regiões do país começaram a afrouxar as regras de distanciamento social?

Só pra contextualizar, pelo que parece, a maior parte das cidades que passaram a fazer isso, tiveram um crescimento considerável no número de novos casos da doença.

Olá,

Os médicos e especialistas diversos já tinha avaliado que a tendencia dessa curva de contagio era exatamente a piora em junho (acumulando-se com os problemas respiratórios típicos de Julho no país).

O modelo do Ministério da Saúde desde a época do Mandeta batia na tecla de que "Em Agosto" seria notada a redução controlada da curva.

Neste momento, em plena subida com mortes na ordem de 1300 a 1400 ao dia E FLEXIBILIZAÇÃO do jeito que está ali nas fotos? Vai subir e muito essa quantidade.

 

MAS, o governo federal tentar esconder os dados não me preocupa tando quanto os governos ESTADUAIS tentarem fazer o mesmo.

 

 

 

Link to post
Share on other sites
12 horas atrás, Mega. disse:

Sejamos honestos... No Brasil:

O isolamento era para dar tempo pra reestruturar o Sistema de Saúde? Ou é pra esperar a vacina que vai sair ano que vem?

Em ambos os casos só adia o inevitável que será a contaminação geral.

Reestruturar o Sistema de Saúde não é prioridade de nenhum gestor, nunca foi e nunca será. Corona Vírus é a melhor desculpa para roubar e roubar muito!

Imaginem um Presidente ideal no Brasil propondo um lockdown  em março, a população brasileira teria a maturidade da Nova Zelândia de ficar quieta em casa?

O Brasil só está colhendo os frutos da canalhice cultural de seu povo.

Aqui infelizmente só adiamos o inevitável...

 

Onde assino?

Desculpe mas muita gente só entende o que quer. Eu disso isso há uns posts atrás: não adianta, isso aqui não é país Europeu com cultura de 1º mundo. Nunca ia rolar um lockdown no Brasil, com tanta diferença economia, social e tudo mais que aqui existe. Ou vocês acham que existe busão abarrotado de gente na Suíça, Suécia, Dinamarca, e etc?

E segundo: que o povo tem mesmo que entender, como eu também já havia dito ali atrás, que é cada um por si. Se cuidem e desencanem de exigir isso das outras pessoas. Vocês não vão pegar covid, mas vão surtar (muitos percebi que surtaram).

Faz tempo que tá cheio de gente fazendo textão bonito no facebook e depois indo às escondidas em festinhas com a galera. Hipocrisia reina, mais do que muita gente imagina.

Se cuidem, desencanem do que os outros estão fazendo ou deixando de fazer, e parem de neurose com número. Jajá essa merda passa, assim como passou o H1N1.

  • Like 2
Link to post
Share on other sites
1 hour ago, Sgt. Rock said:

Tava eu cá pensando com meus botões...

Não parece ser uma "coincidência" bem interessante o governo federal ter começado a retardar/omitir/manipular os números da covid19 justo quando várias cidades e regiões do país começaram a afrouxar as regras de distanciamento social?

Só pra contextualizar, pelo que parece, a maior parte das cidades que passaram a fazer isso, tiveram um crescimento considerável no número de novos casos da doença.

Então... O buraco é bem mais fundo do que parece.

Essa manipulação é mundial. A OMS e CDC também começaram a ceder às pressões econômicas e dar um cavalo de pau em suas posições.

A CDC agora diz que é muito, muito, muito difícil se infectar ao tocar superfícies contaminadas.

A OMS agora diz que assintomáticos muito, muito raramente transmitem COVID.

Mas nenhum dos dois orgãos apresenta um estudo para embasar esses comunicados.

Ou seja, centenas de milhares (talvez milhões) serão sacrificados no altar da economia como uma medida desesperada para tentar evitar um colapso global.

Estamos por nossa própria conta e risco, basicamente.

Link to post
Share on other sites
13 horas atrás, Mega. disse:

Sejamos honestos... No Brasil:

O isolamento era para dar tempo pra reestruturar o Sistema de Saúde? Ou é pra esperar a vacina que vai sair ano que vem?

Em ambos os casos só adia o inevitável que será a contaminação geral.

Reestruturar o Sistema de Saúde não é prioridade de nenhum gestor, nunca foi e nunca será. Corona Vírus é a melhor desculpa para roubar e roubar muito!

Imaginem um Presidente ideal no Brasil propondo um lockdown  em março, a população brasileira teria a maturidade da Nova Zelândia de ficar quieta em casa?

O Brasil só está colhendo os frutos da canalhice cultural de seu povo.

Aqui infelizmente só adiamos o inevitável...

 

29 minutos atrás, setzer disse:

 

Onde assino?

Desculpe mas muita gente só entende o que quer. Eu disso isso há uns posts atrás: não adianta, isso aqui não é país Europeu com cultura de 1º mundo. Nunca ia rolar um lockdown no Brasil, com tanta diferença economia, social e tudo mais que aqui existe. Ou vocês acham que existe busão abarrotado de gente na Suíça, Suécia, Dinamarca, e etc?

E segundo: que o povo tem mesmo que entender, como eu também já havia dito ali atrás, que é cada um por si. Se cuidem e desencanem de exigir isso das outras pessoas. Vocês não vão pegar covid, mas vão surtar (muitos percebi que surtaram).

Faz tempo que tá cheio de gente fazendo textão bonito no facebook e depois indo às escondidas em festinhas com a galera. Hipocrisia reina, mais do que muita gente imagina.

Se cuidem, desencanem do que os outros estão fazendo ou deixando de fazer, e parem de neurose com número. Jajá essa merda passa, assim como passou o H1N1.

 

Então caras, não era para esperar vacina, nem para esperar a reestruturação da saúde.

 

O isolamento foi para desacelerar o contágio, impedindo que todos os hospitais - incluindo os privados - ficassem sem leitos, aumentando absurdamente o número de mortos por falta de cuidados tanto por covid quanto por outras doenças. O contágio geral era inevitável.

Esse tempo também seria útil para construção de hospitais de campanhas focado no combate do corona - e foram feitos.

 

Bem, não sei como vocês andam se informando. Há mais ou menos 2 meses atrás, a mulher de um colega nosso do fórum seganet morreu pelo corona aqui no Rio. Ele tentou interná-las em 3 hospitais - os 2 primeiros estavam lotados, sem lugar. Um hospital privado foda de onde eu morava também ficou lotado - Hospital São Vicente de Paulo.

 

Para vocês terem uma ideia como o caos se instaurou - pouco se tem contabilizado - mesmo metade da população não saindo de casa aqui no Rio, o cartório registrou 40% a mais de mortos comparado no mesmo mês com o ano passado. Isso é bizarro! Provavelmente o corona mata mais de forma indireta do que direta!

  • Like 1
Link to post
Share on other sites

O que eu não concordo é ficar ameaçando a população com lockdown, prisão, multa para reter o pessoal em casa, e na surdina os caras enchendo a mão de grana da corrupção.

O cara morre de Covid, ai culpam ele por ter saido e se contaminado..

Mas o hospital que ja era pra estar pronto deixa quieto.

O profissional que deveria já estar na ativa ,deixa no gelo...e por ai vai.

Foda é vc ver o povo morrendo e ainda o descrevendo de idiota, e até a frase"ah, esse merece morrer!!".

Eita época chata que vivemos..

 

Edited by parana
  • Like 1
Link to post
Share on other sites
3 horas atrás, Luiz Claw disse:

 

 

Então caras, não era para esperar vacina, nem para esperar a reestruturação da saúde.

 

O isolamento foi para desacelerar o contágio, impedindo que todos os hospitais - incluindo os privados - ficassem sem leitos, aumentando absurdamente o número de mortos por falta de cuidados tanto por covid quanto por outras doenças. O contágio geral era inevitável.

Esse tempo também seria útil para construção de hospitais de campanhas focado no combate do corona - e foram feitos.

 

Bem, não sei como vocês andam se informando. Há mais ou menos 2 meses atrás, a mulher de um colega nosso do fórum seganet morreu pelo corona aqui no Rio. Ele tentou interná-las em 3 hospitais - os 2 primeiros estavam lotados, sem lugar. Um hospital privado foda de onde eu morava também ficou lotado - Hospital São Vicente de Paulo.

 

Para vocês terem uma ideia como o caos se instaurou - pouco se tem contabilizado - mesmo metade da população não saindo de casa aqui no Rio, o cartório registrou 40% a mais de mortos comparado no mesmo mês com o ano passado. Isso é bizarro! Provavelmente o corona mata mais de forma indireta do que direta!

Olá,

Ele mata de forma indireta porque a população brasileira (e a norte-americana), já vem apresentando aqueles indicadores de má alimentação e sedentarismo há muito tempo.

E a má alimentação não decorre somente de subnutrição. Temos altas taxas de diabete na população (que normalmente não leva a sério, o mais comum é ouvir "eu só tenho diabete") e quando o vírus ataca e compromete o organismo ele "acelera" os impactos dessas outras "doenças ocultas" que as pessoas tem, então com certeza muita gente morre dessa forma "indireta".

 

Os hospitais estão cheios e vão ficar cada vez mais. Que as pessoas estão por sua conta e risco isso era óbvio, o isolamento apenas deu um "tempinho a mais" para alguns locais construírem uns hospitais de emergência e respiradores. E esse "tempinho" é de 2 a 3 meses como mostraram os principais países atingidos.

Só que no Brasil, o buraco é sempre mais embaixo, porque nunca que 2 a 3 meses seriam suficientes, aqui não temos a agilidade de outros países (inclusive pelo tamanho). Levou quase 2 meses para "organizar e COMEÇAR"  a pagar um auxílio, e os sistemas de pagamento estão capengando pra paga, cheio de reclamações, falhas, etc.

 

Para o Brasil repetir todos os procedimentos equivalentes ao que foi visto na Europa (ou até mesmo nos EUA) precisaria de duas coisas: MUITO DINHEIRO e um período de 6 a 8 meses (talvez até uns 10). O país não tem condição alguma de impor lockdown ou isolamento por tanto tempo. O mundo também não pode esperar até 2021 para ver a vacina.

 

Inclusive nos grandes centros, como SP e RJ, lotação de onibus e metrô era obvia, se não me engano o dono das linhas BRT avisou "estamos com 100% dos veículos na rua, mas se for pra botar gente sentada, o veiculo ira circular com 30% da capacidade que ele normalmente leva".

 

Ou seja, ou a população fica ESPERANDO 3 a 4 vezes MAIS TEMPO PARADA em pé para conseguir uma vaga sentada, ou os envolvidos tem que MULTIPLICAR POR 3 OU 4  a quantidade de transporte publico disponível. Ambas, inviáveis.

 

O  tempo do isolamento, de 3 meses, acabou. Agora as pessoas vão voltar para a rua e quem puder mais chora menos.

 

 

 

3 horas atrás, Zappato disse:

Então... O buraco é bem mais fundo do que parece.

Essa manipulação é mundial. A OMS e CDC também começaram a ceder às pressões econômicas e dar um cavalo de pau em suas posições.

A CDC agora diz que é muito, muito, muito difícil se infectar ao tocar superfícies contaminadas.

A OMS agora diz que assintomáticos muito, muito raramente transmitem COVID.

Mas nenhum dos dois orgãos apresenta um estudo para embasar esses comunicados.

Ou seja, centenas de milhares (talvez milhões) serão sacrificados no altar da economia como uma medida desesperada para tentar evitar um colapso global.

Estamos por nossa própria conta e risco, basicamente.

Olá,

A OMS só tem cagado repetidas vezes desde o inicio do ano. Era realmente nítido como ela ficou TITUBEANDO para classificar a doença como GRAVE.

Agora ela vai e volta nos tratamentos (cloroquina).

Vai e volta na forma de contágio.

Num dia diz uma coisa, no dia seguinte "DESDIZ".

 

Se o ministério da saúde, ao mexer nos seus números e cagar no sistema no último fim de semana, já perdeu a credibilidade, a OMS foi junto.

Eles vão sacrificar pessoas em nome da economia? Vão.

 

O que essa pandemia vai ensinar é a sua última frase: "Estamos por nossa própria conta e risco, basicamente." e não SÓ DESTA VEZ. Mas em todas as futuras pandemias que assolarem o mundo. 

 

EDIT: Em tempo, eu li em algum lugar que o ministro interino da saúde disse que o novo sistema vai informar as datas das mortes NOS DIAS EM QUE DE FATO OCORRERAM. Se não houver maquiagem de dados e isso for feito corretamente, me parece uma medida mais SENSATA E CORRETA do que somente acumular mortes "REGISTRADAS" no período de 24h mas que NÃO OCORRERAM nas ultimas 24 horas.   RESSALTANDO: DESDE QUE NÃO HAJA MAQUIAGEM.

 

 

 

 

Link to post
Share on other sites
  • Daileon locked and unlocked this topic

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...

×
×
  • Create New...