Jump to content

Futebol 2021


Recommended Posts

Antes tarde do que nunca, manteremos essa importante tradição do fórum. :popcorn:

 

Citar

 

Nova punição em "caso Denílson" pode levar Cruzeiro para Série C. Entenda

Por Gabriel Coccetrone

Enfrentando o momento mais difícil de sua centenária história, o Cruzeiro vem colecionando punições na FIFA nos últimos meses por não conseguir pagar dívidas deixadas por gestões passadas. No entanto, de todas, uma específica causa extrema preocupação para a diretoria celeste: a do volante Denilson.

A Raposa iniciou a temporada de 2020 da Série B do Campeonato Brasileiro com seis pontos negativos em relação aos outros clubes da competição por conta desse caso. A punição foi imposta pela entidade máxima do futebol após o Cruzeiro não pagar 850 mil euros (R$ 5,3 milhões aproximadamente) ao Al-Wahda, dos Emirados Árabes, referente ao empréstimo do volante, em 2016. Como a dívida segue em aberto mesmo após a FIFA dar um novo prazo para pagamento, a entidade que rege o futebol mundial poderá aplicar uma nova sanção, dessa vez ainda mais pesada: o rebaixamento de divisão na competição nacional.

"De acordo com a antiga versão do Código Disciplinar (de 2017), a sanção padrão para clubes que não cumprissem com as decisões da FIFA ou do CAS (apenas em caso de recurso) era a dedução de pontos ou o rebaixamento para uma divisão inferior, com a possibilidade de transfer ban em caso de persistir o inadimplemento. Segundo a nova lógica do Código Disciplinar (a partir de 2019), a posição é inversa: se os clubes não obedecerem a uma decisão da FIFA ou do CAS (agora não somente em caso de recurso, mas também em processos originários daquela corte), a medida disciplinar padrão é o transfer ban, com possibilidade de redução de pontos ou rebaixamento, em caso de falha persistente, ofensas repetidas ou infrações graves", explica Fernanda Soares, advogada especializada em direito desportivo e colunista do Lei em Campo.

"O Cruzeiro, que já sofreu uma punição de perda de pontos por conta da transferência do atleta Denilson, vindo do Al-Wahda, até onde se tem notícias, ainda não regularizou completamente os valores envolvidos na transferência. Sendo assim, poderá sim ser rebaixado com base no previsto no artigo 6º, 3, h do FIFA Disciplinary Code, que prevê expressamente a pena 'relegation to a lower division'. No entanto, a progressão de penas não é automática, estando submetida ao entendimento do FIFA judicial bodies", avalia Eduardo Coutinho, advogado especialista em direito desportivo.

Gustavo Lopes, advogado especializado em direito desportivo e colunista do Lei em Campo, ressalta que "as normas da FIFA não deixam muito espaço para o descumprimento das decisões de seus tribunais. Ou paga ou consegue um acordo com o credor. Caso contrário, a punição é certa".

O artigo 15, 1, "c" do Código Disciplinar da FIFA determina que o clube que não quitar a dívida será proibido de contratar novos jogadores nas janelas de registro até que ela seja paga. Além dessa medida que é automática, ele também determina que pode haver uma nova perda de pontos pelo inadimplemento ou até, de maneira mais rigorosa, um rebaixamento.

"No caso de clubes, ao expirar o prazo final acima mencionado e no caso de inadimplência persistente ou falha no cumprimento integral com a decisão dentro do prazo estipulado, será decretada a proibição de efetuar transferências até que o valor total devido seja pago ou que a decisão não financeira seja cumprida. Uma dedução de pontos ou rebaixamento para uma divisão inferior também pode ser ordenada, além da proibição de transferência no evento de falha persistente, reincidência ou infrações graves ou se nenhuma transferência completa puder ser imposta ou veiculada por qualquer motivo", detalha o artigo. 15, 1, "c".

O Código da FIFA também fala em reincidência, o que complica ainda mais a situação do Cruzeiro, diante de seu recente histórico negativo.

No final de junho, a FIFA voltou a punir o clube com um 'transfer ban', sanção que impede o registro de novos jogadores. O motivo é o descumprimento do prazo para quitar a dívida de R$ 7 milhões com o Defensor Sporting, do Uruguai, pela compra do meia Arrascaeta, em 2015.

Em seu artigo desta semana no Lei em Campo, a advogada Fernanda Soares explicou as sucessivas punições aplicadas ao Cruzeiro e a possibilidade do clube sofrer sanções ainda mais pesadas, como o rebaixamento para a Série D, caso a Raposa encerra o Brasileiro da Série B de 2021 entre os quatro piores.

O Cruzeiro já ficou impedido de registrar novos jogadores em outras duas oportunidades: em setembro de 2020 pelo não pagamento de 1,1 milhão de euros ao Zorya, da Ucrânia, pela compra do atacante Willian e por não repassar uma porcentagem da venda do zagueiro Bruno Viana ao Olympiacos, da Grécia.

Além do caso de Arrascaeta, o Cruzeiro vê como praticamente certa uma nova sanção da FIFA nos próximos dias, dessa vez por uma dívida de US$ 1,145 milhões (R$ 6 milhões na cotação atual) com o Monarcas Morelia, hoje com o nome de Mazatlán, do México, pela compra do atacante Duvier Riascos, em 2015. Caso ela se concretize, haverá um prolongamento do transfer ban.

É nesse cenário que se questiona sobre a possibilidade de aplicação de uma medida mais gravosa ao clube mineiro, afinal, qual seria a real efetividade de um transfer ban sobre um clube que já está proibido de registrar novos atletas?

Nas últimas semanas, a diretoria celeste está correndo para regularizar a venda do imóvel da Campestre II para arrecadar pouco mais de R$ 13 milhões e assim realizar o pagamento dos R$ 5,3 milhões ao Al-Wahda, evitando que o pior aconteça.

Se fora de campo a situação do Cruzeiro é péssima, dentro dele as coisas também não andam nada bem. O clube não consegue embalar na Série B do Campeonato Brasileiro e ocupa apenas a 14ª colocação da competição, com 11 pontos somados, seis a menos que o CRB, o primeiro time da zona de acesso.

https://www.uol.com.br/esporte/colunas/lei-em-campo/2021/07/13/nova-punicao-em-caso-denilson-pode-levar-cruzeiro-ao-rebaixamento.htm

 

Série C? Fluminense, é você?  :fodase:

Link to comment
Share on other sites

Cara, é triste ver o que os dirigentes fizeram com alguns times brasileiros: Cruzeiro, Corinthians, Santos, ...

Não sei como o Corinthians ainda está vivo, se a dívida ainda não passou de bilhão, tá próximo. 

Link to comment
Share on other sites

Realmente é triste a situação do Cruzeiro, um clube que até pouco tempo colecionava títulos acabar dessa maneira... Infelizmente essa situação se repete em vários clubes, como o Paraná Clube que simplesmente acabaram com o time. É por isso que o Petraglia apesar de ser do tipo "Ame ou Odeie" e ser chato para caramba tem que reconhecer que o cara sabe como gerir um clube.

Link to comment
Share on other sites

1 hora atrás, Axel disse:

Cara, é triste ver o que os dirigentes fizeram com alguns times brasileiros: Cruzeiro, Corinthians, Santos, ...

Não sei como o Corinthians ainda está vivo, se a dívida ainda não passou de bilhão, tá próximo. 

no caso do santos fc ao qual torco acompanho esta meio bilhao sao coisas que vao se acumulando gestao a gestao...ai vao so enrolando e criando mais rolo li esses dias sobre o embrolio de o FIFA 22 ter o camp brasileiro.

noticia de maio deste ano

Veja abaixo o ranking das maiores dívidas do futebol brasileiro:

1 - Atlético-MG: R$ 1,2 bilhão
2 - Cruzeiro: R$ 962,5 milhões
3 - Corinthians: R$ 949,2 milhões
4 - Botafogo: R$ 946,2 milhões
5 - Internacional: R$ 882,9 milhões
6 - Vasco: R$ 830,6 milhões
7 - Flamengo: R$ 680,8 milhões
8 - Fluminense: R$ 649,1 milhões
9 - São Paulo: R$ 575,1 milhões
10 - Palmeiras: R$ 565,2 milhões
11 - Santos: R$ 539,7 milhões
12 - Grêmio: R$ 396,1 milhões
13 - Coritiba: R$ 299,5 milhões
14 - Bahia: R$ 267,9 milhões
15 - Athletico-PR: R$ 200,3 milhões
16 - Red Bull Bragantino: R$ 144 milhões
17 - Goiás: R$ 60,4 milhões
18 - Fortaleza: R$ 38 milhões
19 - Atlético-GO: R$ 33,3 milhões
20 - Ceará: R$ 26,5 milhões

https://www.espn.com.br/futebol/artigo/_/id/8575907/corinthians-pior-botafogo-atletico-mg-supera-cruzeiro-ranking-dividas-mais-r-10-bilhoes-clubes-brasileiros

o atletico-mg lancou uma camisa em edicao limitada (acho) semelhante a comemorativa da argentina parece que foi um concurso entre torcedores para criar a camisa.

Manto da Massa 113 — Foto: Reprodução/Manto da Massa

https://ge.globo.com/futebol/times/atletico-mg/noticia/atletico-mg-divulga-camisa-vencedora-da-segunda-edicao-do-concurso-manto-da-massa.ghtml

4561acdb0e8a4d307eda060ee0869640

 

 

 

Link to comment
Share on other sites

Também sou santista @Dav, o presidente Andres Rueda está fazendo um ótimo trabalho, infelizmente precisa se sacrificar agora para colocar a casa em ordem e colher os frutos lá na frente. Se ele tivesse entrado já na eleição anterior (onde o Peres entrou e fez um monte de cagada) provavelmente o Santos estivesse numa situação BEM melhor.

Só nos resta tirar o chapéus para o trabalho feito pelo Paulo Nobre anos atrás no Palmeiras e a atual diretoria do Flamengo, souberam reestruturar os clubes com muita competência. 

Sobre o Atl. MG, esse aí está fazendo a lição de casa, falta pouco para "cruzeirar" também, muito pouco aliás... 

Link to comment
Share on other sites

2 horas atrás, Axel disse:

Cara, é triste ver o que os dirigentes fizeram com alguns times brasileiros: Cruzeiro, Corinthians, Santos, ...

Não sei como o Corinthians ainda está vivo, se a dívida ainda não passou de bilhão, tá próximo. 

Curica deve 1 bilhão sem contar o Itaquerão. Se colocar o estádio junto a dívida passa de 1.5 b.

A única chance do curica se recuperar é o PT voltar ao poder e dar uma mãozinha de nove dedos para eles.

Link to comment
Share on other sites

16 horas atrás, Peidãø Neck disse:

Realmente é triste a situação do Cruzeiro, um clube que até pouco tempo colecionava títulos acabar dessa maneira... Infelizmente essa situação se repete em vários clubes, como o Paraná Clube que simplesmente acabaram com o time. É por isso que o Petraglia apesar de ser do tipo "Ame ou Odeie" e ser chato para caramba tem que reconhecer que o cara sabe como gerir um clube.

O Petraglia ergueu o CAP quebrando a Inepar. Não existe milagre. O mérito dele talvez seja não desviar tanto e usar a maioria do dinheiro no clube mesmo.

Não adianta, futebol é grana, simples assim.

Link to comment
Share on other sites

4 horas atrás, Erminio disse:

O Petraglia ergueu o CAP quebrando a Inepar. Não existe milagre. O mérito dele talvez seja não desviar tanto e usar a maioria do dinheiro no clube mesmo.

Não adianta, futebol é grana, simples assim.

Mas eu não quis dizer nesse sentido, mas como ele gerencia o clube mesmo, sem fazer loucuras, tipo pagar salários milionários sem poder, contratações absurdas, no CAP existe um teto de gastos permanente e investimentos na base constante. Tanto é que o Athletico nos últimos anos sempre fecha o ano no "verde" financeiramente.

https://www.umdoisesportes.com.br/athletico/athletico-lider-ranking-financeiro-na-pandemia/

https://ge.globo.com/pr/futebol/times/athletico-pr/noticia/athletico-registra-superavit-pelo-setimo-ano-seguido-fecha-com-r-134-milhoes-e-bate-recorde.ghtml

Edited by Peidãø Neck
Link to comment
Share on other sites

  • 3 months later...
  • 2 weeks later...
  • 2 weeks later...

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
 Share

×
×
  • Create New...